You are on page 1of 35

Curso de Batismo

Proibido a reprodução total ou parcial deste material sem a autorização do autor.


Havendo interesse, entre em contato com a igreja Batista do Capelinha.
Março/2017
Programação

 Café da manhã e oração às 9:00h


 Inicio do curso às 9:20h
 Intervalo para café às 10:30h
 Retorno ao curso às 10:45h
 Fim do curso às 12:30h
 Almoço às 12:30h
 Ultimas instruções e oração final às 13:30h
Lição 1
Por que você está aqui?
 Estamos aqui por uma razão muito especial:

 Estamos aqui porque Deus nos ama e nos convenceu deste amor através
de Jesus Cristo
 Estamos aqui porque desejamos cumprir uma etapa de nossa vida, o
batismo.

Mais do que nos batizar, estamos aqui em resposta do amor de Deus, porque
entendemos este amor e queremos manifestar este sentimento através do
batismo. Mas para isto, precisamos conhecer melhor ao Deus que nos ama e
assim conhecer o propósito de nossas vidas.
Quem é Deus (Revelação Geral)

 Deus é o Criador e nós criaturas, por isto, nunca entenderemos ou


conheceremos Deus em sua plenitude.

Mas a Bíblia diz que podemos aprender muito sobre Ele se olharmos à
criação:
“No principio Deus criou os céus e a terra” (Gn1.1; Jó 9.8)
“Os céus declaram a glória e Deus; o firmamento proclama a obra de suas
mãos” (Sl 19.1)
“Desde a criação do mundo, as qualidades invisíveis de Deus, ou seja, o
seu poder eterno e a sua natureza divina, são vistas pelos homens
claramente. Elas podem ser compreendidas pelas coisas criadas...” (Rm
1.20).
De onde mais podemos conhecer a
Deus? (Revelação Especial)
Olhando para este quadro, o que o artista
quer comunicar?

• Olhando as coisas criadas, podemos


entender que existe um Deus perfeito,
Criador, mas não podemos saber mais
nada sobre Ele apenas olhando a criação.

Deus revelou-se de maneira especial:


• Pessoalmente ao ser humano.
• Por meio de manifestações (epifanias)
• Por meio dos profetas
• Por meio de Seu Filho Jesus
• Por meio da Bíblia
Jesus é a revelação máxima de quem
Deus é.
 “Havendo Deus antigamente falado muitas vezes, e de muitas maneiras,
aos pais, pelos profetas, a nós falou-nos nestes últimos dias pelo Filho... O
qual, sendo o resplendor da sua glória, e a expressa imagem da sua
pessoa” (Hb1.1,3a)
 É porque Jesus é a revelação do Pai que Ele nos pede para segui-lo:
“Disse-lhe Jesus: Eu sou o caminho, e a verdade e a vida; ninguém vem
ao Pai, senão por mim” (Jo 14.6)

Portanto , é errado dizer que todos os caminhos


levam a Deus:
“Porque há um só Deus, e um só Mediador entre
Deus e os homens, Jesus Cristo homem.” I Tm 2.5.
Deus também tem corpo como Jesus
Cristo?
 O fato de lermos que Jesus é o esplendor da glória de Deus e Sua imagem expressa, não
significa que Deus tem um corpo físico como Jesus, mas que a essência divina de Deus
está em Jesus.

 João diz que :


 “No princípio era o Verbo, e o Verbo estava com Deus, e o Verbo era Deus. Ele estava no
princípio com Deus. Todas as coisas foram feitas por ele, e sem ele nada do que foi feito
se fez.” (João 1:1-3).
Com isto, entendemos que:
 Jesus é Eterno
 Jesus é Deus
 Jesus é Criador

Logo, ninguém jamais viu a Deus, mas Jesus revelou a Deus quando se manifestou em forma
humana (Jo 1.14,18)
“Se tivessem sabido quem sou, então saberiam também quem é o meu Pai... Todo aquele
que me viu, viu também o Pai” Jo 14.5,7
Conhecendo Jesus para compreender
a Deus (revelação Especial)
Recapitulando: Deus se revelou de forma geral pelas coisas criadas, falando com
os seres humanos, com os profetas por meio do Espírito Santo e finalmente por
Jesus. Mas como então conheço a Jesus para entender melhor sobre Deus e o que
Ele quer de mim?

A Bíblia é a revelação escrita deixada por Deus para ensinar e


orientar.
Mas será que podemos confiar em um livro escrito por homens?
Posso dizer que acredito em Deus e não acreditar na Bíblia?
Razões por que devemos crer na Bíblia

 Ela não foi escrita por vontade humana


“Porque a profecia nunca foi produzida por vontade de homem algum, mas
os homens santos de Deus falaram inspirados pelo Espírito Santo” II Pe 1.21
 Ela é inspirada por Deus e não pelos homens
“Toda a Escritura é divinamente inspirada, e proveitosa para ensinar, para
redargüir, para corrigir, para instruir em justiça;” II Tm 3.16

A palavra “inspiração” aparece nos dois versículos e significa que Deus


soprou sobre aqueles que a escreveram. Isto não quer dizer que eles
ficaram em transe ou perderam a consciência, mas que Deus dirigiu
suas vidas para escreverem sem interferir em quem eles eram ou na
vontade deles.
Homens de Deus foram inspirados pelo Espírito Santo para escreverem a
Bíblia e, por isto, quando a lemos, temos a sensação de ter sido escrita
por um único autor, como de fato foi, o autor Espírito Santo!
Espírito Santo, a promessa de Deus
para nós.
Além do Espírito Santo ter inspirado os escritores humanos para escrever,
precisamos compreender mais sobre Ele para evitar muitas distorções que
existem sobre Ele.
 Ele é Deus, igualmente com o Pai e o Filho (At 5.3-4)
 Estava na criação (Gn 1.2) com o Pai, assim como o Filho (Jo 1.1)
 É Onisciente (I Co 2.9-11) Onipresente (Sl 139.7) Onipotente (Rm 15.19;)
 Ele cria e dá vida (Sl 104.29-30), ressuscitou Jesus e nos ressuscitará (Rm 8.11).

 Ele é a promessa do Pai, o Consolador da qual Jesus disse aos discípulos (Jo
14.16-17)
 Ele é quem convence o homem do pecado e ajuda os crentes a se
lembrarem das palavras de Cristo, guiando-os como um companheiro (Jo
14.26; 16.8,13).
Considerações que precisamos fazer
sobre o Espírito Santo
 Somos templo do Espírito Santo, ou seja, Ele habita em nós (I Co 6.19).
 O Espírito Santo que está em nós é o selo de Deus no momento em que
cremos em Jesus. Ele passa a habitar no crente em Jesus e se torna a
garantia da promessa de Deus para nós (Ef 1.13-14).
 Ele nos ajuda em nossas fraquezas e intercede por nós (Rm 8.26)
 E mesmo Ele habitando em nós, podemos entristece-lo com nossas
atitudes (Ef 4.30).

Isto mostra que o Espírito Santo é uma pessoa, é Deus,


está conosco todos os dias e por isso não estamos sós.
É por meio dEle que realizamos a obra de Deus aqui na
terra. É o Espírito Santo que leva as pessoas ao mundo
para pregar ainda que isto lhes custe a vida.
A trindade

Falar sobre a Trindade não é algo fácil, portanto, preste atenção na imagem
abaixo:

• Há um só Deus (Tg 2.19)


Único Senhor (Dt 6.4).
• O Filho também é Deus
juntamente com o Pai
(Jo 1.1; 14.9; Cl 2.9)
• O Espírito Santo é Deus
juntamente com o Pai e
o Filho (At 5.3-4; I Co
3.16).
Uma tentativa de ilustração da
Trindade
O ovo tem: casca, clara e gema. São três elementos
básicos que formam um único ovo. A gema sem clara e
casca não é ovo, assim como nenhum dos elementos é
ovo sem as outras partes. Assim, Deus só é Deus sendo o
Pai, o Filho e o Espírito Santo.

“Vós, porém, não estais na carne, mas no Espírito, se é que


o Espírito de Deus habita em vós. Mas, se alguém não tem
o Espírito de Cristo, esse tal não é dele” (Rm 8.9)

De quem é o Espírito? Deus ou de Jesus? Se entendemos


que o Espírito Santo é Deus, Ele é do Pai e do Filho.
Lição 2
A família de Deus
 Toda criança ao nascer faz parte de uma família e esta família tem seu
jeito de ser, suas regras, suas crenças e seus valores. A criança vai
aprender muito dentro de sua família e levará até o fim de sua vida alguns
traços de sua casa.
 Nós fazemos parte da família de Deus e nesta família também existem
particularidades que são únicas. Nós podemos ser diferentes um dos
outros, mas partilhamos de muitas coisas por pertencermos ao mesmo Pai
Celestial.
Para você...Todas as pessoas do mundo são
filhos de Deus?

Todos somos criaturas de Deus(Gn 1.27).


Mas somente através de Jesus é que somos adotados como filhos e
herdeiro das bênçãos de Deus (Rm 8.15).
Como me torno filho de Deus?

 Jesus é a única forma de nos tornarmos filhos de Deus: “Mas, a todos


quantos o receberam, deu-lhes o poder de serem feitos filhos de Deus, aos
que crêem no seu nome;” (João 1.12).
 Conforme o texto que lemos em Romanos 8.15, é por causa de Cristo que
recebemos o Espírito de adoção e clamamos Aba Pai.
 A presença do Espírito de Deus em nós que “testifica dentro de nós que
somos filhos” (Rm 8.16).
Nós somos filhos de Deus por que Jesus nos reconciliou com o Pai através de
sua morte. Jesus pagou o preço e derramou seu sangue para apagar os
pecados que existem em nós e assim nos aproximarmos de Deus. MAS POR
QUE PRECISAMOS DE RECONCILIAÇÃO COM DEUS? POR QUE JESUS TEVE QUE
MORRER?
O relacionamento que foi quebrado

Quando Deus criou o homem e a mulher, Ele tinha comunhão e


relacionamento com eles. Não havia pecado, não havia separação.
 Deus deu ao homem o privilégio de escolher o nome dos animais no
jardim (Gn 2.19-20).
 Deus visitava o Jardim e o casal como quem visita a casa de um amigo
(Gn 3.8)
 O homem e a mulher estavam nus, não sentiam vergonha entre eles ou
mesmo Deus. (Gn 2.25).
 Deus elegeu o homem como governador sobre todas as coisas que o
Senhor criará (Gn 1.28).
Adão e Eva, e a serpente do
Paraíso na entrada da
Catedral Notre Dame, em
Paris. A Arte da Cristandade Deus disse que se eles comessem do fruto morreriam (Gn 1.29) e o diabo
Medieval costuma retratar a disse que eles seriam como Deus (Gn 3.4-5) conhecendo o bem e o mal.
serpente como mulher, assim
enfatizando a capacidade Ao comerem, perceberam sua nudez (Gn 3.7) e sentiram vergonha (v.10).
de sedução e sua relação O relacionamento foi quebrado e o homem não era mais o mesmo.
com Eva.
A situação do homem após a
desobediência de Adão e Eva.
A desobediência à Deus é o que chamamos de pecado
 Pecado é errar a vontade de Deus. Quando falhamos em cumprir esta
vontade, erramos o alvo que Deus nos estabeleceu.
 O pecado causa o afastamento do homem e Deus. Assim como eles se
esconderam da presença de Deus por que estavam nús, assim estamos
afastados de Deus por causa deste pecado que herdamos.

O pecado é herdado?
“Portanto, como por um homem entrou o pecado no mundo, e pelo
pecado a morte, assim também a morte passou a todos os homens
por isso que todos pecaram.” (Rm 5.12)

TODOS SOMOS PECADORES E HERDAMOS ISTO DE ADÃO, QUAL A


SOLUÇÃO PARA ESTE PROBLEMA?
Não podemos resolver o problema do
pecado.
 Não existe nenhum justo se quer, inclusive eu você (Rm 3.10)
 Fazemos o mal mesmo quando queremos fazer o bem (Rm 7.19)
 E se dissermos que não pecamos, nos tornamos mentirosos (I Jo 1.10)
Nada do que fizermos poderá restaurar nossa comunhão com Deus, pois o
pecado que herdamos nos afasta dEle e não somos capazes de consertar
sozinhos este problema.
“Porque todos pecaram e destituídos estão da glória de Deus;” (Rm 3.23)

Deus nos criou para vivermos em comunhão com Ele e mesmo que o
diabo e o homem tenha manchado essa relação pela desobediência
(pecado), Deus não abandou seu plano de viver conosco e nos aproximar
dEle novamente.
“Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho
Unigênito para que todo aquele que nEle crê, não pereça, mas tenha a
vida eterna” (Jo 3.16).
A solução do problema

De acordo com o versículo que lemos sobre o amor e salvação de Deus:


 O iniciativa veio dEle em nos amar e não nós (I Jo 4.10).
 Jesus morreu não só pelos nossos pecados mas os de todo o mundo (I Jo
2.2).
 Apesar de ainda sermos pecadores, agora somos pecadores redimidos
pelo sangue de Jesus pois ele pagou a dívida do pecado que nos
afastava de Deus (Cl 2.14).
 A salvação dos nossos pecados é um presente dado por Deus para
aqueles que confessam ao Senhor Jesus como seu Salvador (I Jo 4.2,15;
Rm 10.9).

Para você? O que é confessar ao Senhor Jesus? Você Já fez


isto publicamente? Você acredita que uma pessoa que
não confessou a Jesus deve se batizar?
Lição 3
Batismo
 A palavra batismo significa mergulhar, aspergir, borrifar. Nós batistas
entendemos que o batismo deve ser por imersão simbolizando a morte
para velha vida e a ressurreição para a vida em Cristo(Rm 6.4; Cl 2.12).
 Nós batistas não batizamos os bebês pois entendemos que o batismo é
uma atitude de fé em Cristo. A Bíblia diz que aquele que CRER e for
batizado será salvo (Mc 16.16). Um bebê não pode crer.
 As crianças devem ser ensinadas pelos pais ou aqueles que as
representam, dando exemplo e caminhando junto (Dt 6.6-7; PV 22.6)
 O Batismo é uma Ordenança de Cristo Jesus para todos os crentes! Nosso
papel no mundo é fazer discípulos para Cristo, batiza-los e ensina-los (Mt
28. 19-20).
Qual a diferença de ordenança para
sacramento?
 Sacramento – Esta palavra provém do latim e traduz o termo grego
mysterion e significa algo misterioso ou mágico. Por esta razão, o batismo,
Ceia e outros ritos conferem graça para quem pratica.
 A Ordenança – Trata-se de uma ordem e Jesus onde seus discípulos
cumprem uma ordem. A ordenança não confere graça, é um ato
simbólico que representa algo maior e real.
Quando lemos:
“Quem crer e for batizado será salvo; mas quem não crer será condenado.”
(Mc 16.16).
1- Primeiro se crê e depois se batiza
2- Na segunda parte do texto diz que apenas quem não crê está
condenado.
Logo, o batismo não salva, quem salva é Cristo e se a pessoa se batiza sem
crer em Jesus ela estará condenada da mesma forma.
Refletindo sobre o Batismo

E se uma criança nascer e morrer sem ter tido tempo de se batizar? Qual a
sua opinião?
 Como dissemos, a pessoa precisa crer para ser batizada. Se ela morreu
sem entender quem é Jesus, ela não pode ser julgada por algo que foge
de sua capacidade decidir. Ela é do Senhor e Deus não leva em conta o
tempo de ignorância (At 17.30).
Então não preciso me batizar, só preciso confessar a Jesus par ser salvo?
 Sim e não! Se você crê no Senhor Jesus então deve fazer o que Ele pediu,
ou seja, batizar-se. Quem crê se batiza. Quem crê já é salvo e quem é
salvo busca o batismo.
Então é errado dizer:
• Amo a Jesus e creio nele, mas o batismo, não estou preparado!
• Não estou consagrado, preciso melhorar minha vida!
• Já confessei a Jesus, mas o batismo estou esperando Deus me tocar!
E se eu morrer antes de me batizar?

Quando Jesus foi crucificado, outros dois bandidos estava também sendo
mortos e um deles começou a afrontar a Jesus dizendo que ele salvou a
muitos e não podia se salvar. Mas o outro bandido disse:
 “Tu nem ainda temes a Deus, estando na mesma condenação? E nós, na
verdade, com justiça, porque recebemos o que os nossos feitos mereciam;
mas este nenhum mal fez. E disse a Jesus: Senhor, lembra-te de mim,
quando entrares no teu reino.” (Lc 23.40-42).

Então Jesus disse que ainda naquele dia aquele homem estaria
com ele no paraíso (v.43).

Vamos ler Atos 8.28-38 e compreender o as duas histórias tem em


comum.
O simbolismo do Batismo e suas
implicações para nossa vida.
 Como dito anteriormente, o Batismo é feito através da água e ela simboliza
pureza, purificação, limpeza ou santidade (Ap 7.14).
 O batismo por imersão simboliza a morte do velho com Cristo e a ressurreição
com Ele para uma vida nova (Rm 6.3-4; Cl 2.12)

Quanto as implicações do Batismo (Entendendo que estamos em Cristo):


“Assim que, se alguém está em Cristo, nova criatura é; as coisas velhas já
passaram; eis que tudo se fez novo. E tudo isto provém de Deus, que nos
reconciliou consigo mesmo por Jesus Cristo, e nos deu o ministério da
reconciliação; Isto é, Deus estava em Cristo reconciliando consigo o mundo, não
lhes imputando os seus pecados; e pôs em nós a palavra da reconciliação.” (II
Coríntios 5.17-19).
Portanto, a profissão de fé é um momento especial onde os candidatos ao
batismo declaram através de perguntas, coisas concernentes à sua fé. Não é
preciso ficar nervoso, a intenção da igreja é ouvir sua fé em Cristo para salvação.
Isto geralmente é feito momentos antes do batismo.
Preparativos para o Batismo

1. Esteja lá! Brincadeira!


 Leve chinelo de dedo
 Toalha para se secar
 Roupas secas para ficar no culto ou no evento deste dia
 Roupas para se colocar por baixo da bata batismal. Se possível, coloque
roupas brancas, mas de modo algum entre no batistério só com a bata ou
você irá passar vergonha após sair das águas.

Você será direcionado por um irmão até as águas. Ele ajudará você a entrar e sair do
batistério.
Quando estiver na água, entrelace as mãos colocando-as no peito.
Se a pessoa é muito alta, ela pode se abaixar, ficar sentada etc. O pastor irá reclinar a
pessoa e a levantará rapidamente.
Lição 4
A igreja
 A palavra igreja tem sua origem no grego ekklesia e significa reunião de
pessoas, assembleia de cidadãos ou ajuntamento de pessoas. Era uma
reunião de pessoas que visava resolver questões políticas e não religiosa.
Somente mais tarde ela passou a se chamar assembleia de fieis.

A palavra ekklesia aparece de quatro maneiras na Bíblia:


1. Como reunião para assuntos comuns de interesse do
povo local (At 19.39,41)
2. Como reunião de um povo, nação ou mesmo Israel (At
7.38)
3. Como a igreja Universal (Mt 16.18; Hb 12.23). Todos que
morreram em Cristo, os que vivem nEle e os que ainda
viverão.
4. Como a igreja local. Estas aparecem no inicio em
reuniões nas casas (Rm 16.5; I Co 16.19, Cl 4.15; Fl2)
A Igreja local e sua finalidade.
• Algumas pessoas acham que podem ser cristãs sem fazer parte de uma igreja. Isso
não é verdade, pois parte de nossa vida cristã envolve o outro.
• Paulo e outros escreveram muito para igrejas locais, buscando soluções para suas
dificuldades, corrigindo atitudes e exaltando comportamentos de amor. Ignorar a
igreja é ignorar quase todo o NT.

Em Atos 2.41-47 encontramos as conversões de milhares de pessoas que se


dedicavam aos ensinamentos dos apóstolos e no partir do pão. Ninguém ali estava
desassociado um do outro, mesmo que aquela igreja não tenha nome, era um povo
com uma identidade. Eram cristãos! Pessoas pecadores regeneradas pelo sangue de
Cristo.

Jesus mesmo disse “que onde estiverem dois ou três


reunidos no nome dEle, ali Ele estaria” (Mt 18.20).

Mas se as pessoas se reúnem para fofoca, para maldade,


para brigar, isto não é igreja, Jesus não se faz presente.
A metáfora do Corpo de Cristo

O apóstolo Paulo compara a igreja, tanto local como universal, como Corpo
de Cristo. Ao usar esta metáfora, ele consegue expressar o que é igreja e
como ela viva:
 “pois assim com em um corpo em muitos membros e todos os membros
não tem a mesma função, assim também nós, embora muitos, somos um
só corpo em Cristo e individualmente membros uns dos outros” (Rm 12.4-5)
 No corpo, a mão não pode dizer não que não precisa do pé, nem a
orelha pode dizer que não precisa do olho. Se todos forem mão ou pé,
então não temos um corpo, temos um monte de mãos ou de pés (I Co
12.14).
 Mesmo as pessoas mais simples, aparentemente fracas e até consideradas
sem valor, elas são de extrema importância. Ninguém pode dizer que não
precisa do outro. Isto é o que muitos fazem nos dias de hoje “não preciso
de ti” (I Co 12.21-25)
 Se uma membro sofre, todo o corpo sofre, mas se um membro é honrado,
todos são honrados com ele pois somos o Corpo de Cristo e seus membros
individuais (I Co 12.26-27).
A Cabeça do Corpo

Todo corpo tem uma cabeça. A Bíblia diz que somos o corpo, a igreja, e Jesus
é a cabeça deste corpo (Cl 1.18).
 Quando o Corpo de Cristo é dirigido pela Cabeça, que é Cristo, a igreja
realiza a vontade de Deus na terra. Quando ela não tem Cristo com as
cabeça, ela peca pois erra o alvo de Deus para sua igreja.
 Se o corpo de Cristo se faz presente através de nós, as curas acontecem,
os milagres, a restauração, o conselho, a paz e a justiça acompanham a
igreja (Mc 16.17).
 É CONTRA ESTA IGREJA QUE O INFERNO NÃO PODE PREVALECER! É a igreja
que vive pela direção do Espírito, pela mente de Cristo e no amor do Pai.
Esta é a igreja universal, mas se aplica a igreja local
Filiando-se à igreja local

Existem basicamente três maneiras de filiar-se a uma igreja Batista:


 Pelo Batismo
 Por carta de recomendação
 Por aclamação

Quando pretendemos sair de nossa igreja e ir para outra, precisamos da carta


de recomendação, sair em paz com os irmãos e ser abençoado pela igreja.
“E consideremo-nos uns aos outros, para nos estimularmos ao amor e às boas
obras, Não deixando a nossa congregação, como é costume de alguns,
antes admoestando-nos uns aos outros; e tanto mais, quanto vedes que se
vai aproximando aquele dia.” (Hb 10.24-25 ).

As pessoas que saem sem a benção de seu pastor e de sua igreja está
demonstrando que seu coração é duro e insubmisso. Deus não se agrada
de pessoas que não são tratáveis.
Disciplina
Em todo lugar existe regras e disciplina quando esta regras são quebradas.
Desde uma família até uma empresa, ninguém faz o que quer, existe regras
para fazer parte deste grupos e não é diferente com a igreja.
Jesus nos fala dos três níveis da disciplina:
1. Ora, se teu irmão pecar contra ti, vai, e repreende-o entre ti e ele só; se te
ouvir, ganhaste a teu irmão;
2. Mas, se não te ouvir, leva ainda contigo um ou dois, para que pela boca
de duas ou três testemunhas toda a palavra seja confirmada.
3. E, se não as escutar, dize-o à igreja; e, se também não escutar a igreja,
considera-o como um gentio e publicano.(Mt 18.15-17)

A proposta de Jesus é ganhar o irmão, ou seja, não perder a amizade e sim


buscar a reconciliação. Mas se depois de fazer todas as tentativas nada der
certo, considere esta pessoa como gentio e publicano:
• Gentio – É a pessoa que não tinha temor de Deus
• Publicano – É considerado um traidor do povo de Deus.
A nossa postura

As pessoas conhecem a Jesus através de nós e mais ainda pela forma como você
age no seu trabalho, casamento, filhos etc.
Devemos buscar a reconciliação em todo tempo. Da mesma forma, devemos
estar prontos para perdoar sempre. Não somos mais a velha pessoa, temos Jesus
como Senhor de nossas vidas e, como tal, é o que Ele manda que importa:
“Assim que, se alguém está em Cristo, nova criatura é; as coisas velhas já
passaram; eis que tudo se fez novo.” (II Co 5.17).
Já devemos ser assim antes do batismo. O batismo é o anuncio público daquilo
que cremos e vivemos:
“De sorte que fomos sepultados com ele pelo batismo na morte; para que, como
Cristo foi ressuscitado dentre os mortos, pela glória do Pai, assim andemos nós
também em novidade de vida” (Rm 6.4)
Direitos e deveres dos membros
Dos Deveres.
Dos deveres:
 Apoiar os cultos e programações com sua presença ou participação para
execução do mesmo.
 Sustentar financeiramente os projetos da igreja. Além disto, a igreja tem luz,
água e gastos com os departamentos de música, infantil, beneficência etc.
Cabe a você ser sensível ao Espírito Santo que está em você (Atos 5.1-11). O
dinheiro que temos é Deus quem nos dá, Ele é dono de tudo. (I Cr 29.14)
 Zelar pela comunhão na igreja e ser atento aos cuidados dos irmãos em suas
necessidades. Devemos orar por nossa igreja, ser sensíveis as necessidades das
pessoas e agir.
 Honrar os compromissos assumidos, dando satisfação da impossibilidade de
comparecer ou realizar determinada tarefa.
 Apoiar sua liderança e promover uma vida saudável na comunidade.
Exortando em amor aqueles que se desviam da boa conduta como por
exemplo a fofoca, intrigas, facção etc.
Dos Direitos

Dos direitos:
 Direito de voto – Em muitas decisões que se tomam na igreja são os irmãos
que reunidos em assembleia deliberam sobre os assuntos e
democraticamente estabelecem suas prioridades e decisões.
 Direito de liderança – Você pode concorrer ou se colocar a disposição
para assumir a liderança de um ministério.
Além disto, a Ceia do Senhor é um direito e dever de todo o cristão que está
em comunhão com sua igreja e com Deus. Quem não está em igreja alguma
ou não é batizado deve tomar a ceia?
A ceia é um memorial, e como tal, só pode fazer lembrança de Cristo quem
o conhece e, se alguém o conhece, obedece sua ordenança, o batismo.
A ceia é lugar de comunhão com a igreja, trata-se de uma refeição
simbólica. Se não estamos em comunhão com nossa igreja, não discernimos
o Corpo de Cristo e participamos da Ceia indignamente.
Considerações finais...

 Se você ama a Jesus, deve amar a igreja e respeita-la, pois ela faz parte do
corpo de Cristo. Se você ama a Jesus, obedeça e se batize, pois a
responsabilidade de mudança de vida não vem depois do batismo, mas
quando recebemos o Senhor Jesus e nos tornamos nova criatura.
 Crie o hábito de ler a Bíblia, ore a Deus e peça para que o Espírito Santo o
ajuda entender o que lê, afinal, foi Ele o autor das Escrituras.
 Cultive amizades saudáveis, frequente a igreja, participe, contribua. Cultive o
hábito de falar com Deus e você será fortalecido em todo momento.

Se você tem dúvida sobre se batizar, possivelmente você ainda está pensando
que o batismo é algo místico, mas na verdade, o batismo é apenas a
confirmação pública de sua entrega ao Senhor Jesus. O que conta, é sua vida
com Ele, por isso, obedeça e se batize.