You are on page 1of 39

Prof.

Ivan Passos

Prof. Ivan Passos ± MKTPASSOS@GMAIL.COM - www.mktpassos.com

Síntese da vida profissional Prof. Ivan Arenque Passos ‡ Ivan Arenque Passos, casado, 40 anos, Bacharel em Administração em Comércio Exterior ± UNIP/SP, MBA marketing ± FGV/ES, Administração Estratégica ± University Central Florida EUA, Mestrando Administração Estratégica. Membro do Programa de Administração de Varejo da Fundação Instituto de Administração (FIAUSP) ± Coordenador Pós-Marketing (FESV) ± Coordenador Acadêmico (GBSIBMEC) ± Consultor (MKTPASSOS) ‡ Esteve trabalhando nas seguintes empresas:

‡ Consultoria e treinamento em Adm. E Marketing ± MKTPASSOS Se especializou nas áreas: ‡ Gestão da Qualidade Total, Marketing Varejo, Produto, Serviços, Pessoal, Social e Cultural e Administração.
Prof. Ivan Passos ± MKTPASSOS@GMAIL.COM - www.mktpassos.com

ORIGENS
1950 JAPÃO DO PÓS GUERRA KAORU ISHIKAWA
Prof. Ivan Passos ± MKTPASSOS@GMAIL.COM - www.mktpassos.com

Evolução da Qualidade
Histórico: pós-guerra: os produtos japoneses são considerados "imitações de baixa qualidade³. 1945: criação nos EUA do embrião da "American Society for Quality Control" e, no Japão, da "Japanese Standards Association" (evidente defasagem da normalização dos dois países). 1950: o estatístico W.E.Deming visita o Japão - seminários sobre controle de processos e aplicação do "PDCA" . anos 50: "O processo seguinte é o seu cliente" - K. Ishikawa frase usada para reduzir a hostilidade entre grupos de produção.

Prof. Ivan Passos ± MKTPASSOS@GMAIL.COM - www.mktpassos.com

2º Guerra Mundial

Japão

EUA

1950

1960

1980

Deming Juran Ishikawa

Japão supera EUA

Obs: Segundo Período da 2º Guerra Mundial (1941-1945)
Prof. Ivan Passos ± MKTPASSOS@GMAIL.COM - www.mktpassos.com

OBJETIVOS
-Melhorar a qualidade de vida dos funcionários, - Transformando o ambiente da empresa, e a atitude das pessoas; - Aumentar a produtividade da instituição, diminuindo desperdícios, e reduzindo custos.
Prof. Ivan Passos ± MKTPASSOS@GMAIL.COM - www.mktpassos.com

SEIRI DESCARTE SEITON ARRUMAÇÃO SEISO LIMPEZA

5S

O QUE É O PROGRAMA

SEIKETSU SAÚDE SHITSUKE DISCIPLINA

S E I R I DESCARTE

S E I R I

DESCARTE
Manter no local apenas aquilo que é necessário e adequado às atividades e ao ambiente de trabalho.
Prof. Ivan Passos ± MKTPASSOS@GMAIL.COM - www.mktpassos.com

PARA QUE SERVE

DCOMO PRATICAR ESCARTE
‡Identificar e eliminar objetos e informações
‡desnecessárias, existentes no local de trabalho.

‡Separar aquilo que não tem
utilidade para o setor.

‡Descartar o que não serve,

disponibilizando para outro setor.
Prof. Ivan Passos ± MKTPASSOS@GMAIL.COM - www.mktpassos.com

DCOMO PRATICAR ESCARTE
IDENTIFICAÇÃO Se é usado toda hora Se é usado todo dia Se é usado toda semana Se não é necessário PROVIDÊNCIAS Colocar no próprio local de trabalho Colocar próximo ao local de trabalho Colocar no almoxarifado, etc Descartar, disponibilizar

Prof. Ivan Passos ± MKTPASSOS@GMAIL.COM - www.mktpassos.com

DRESULTADOS ESCARTE
‡Desocupa espaços. ‡Torna mais visíveis os materiais
realmente utilizados.

‡Torna o ambiente mais claro,

confortável e fácil de limpar.

‡Evita a compra desnecessária de materiais. ‡Aumenta a produtividade. ‡Prepara o ambiente para a segunda fase.

Exemplo de limpeza e descarte em casa!! Filme 05
Aspirador

13

S E I T O N ARRUMAÇÃO

S E I T O N

ARRUMAÇÃO
Arrumar e ordenar aquilo que permaneceu no setor por ser considerado necessário.
Prof. Ivan Passos ± MKTPASSOS@GMAIL.COM - www.mktpassos.com

PARA QUE SERVE

ACOMO PRATICAR RRUMAÇÃO
‡Analisar onde e como guardar as coisas. ‡Definir critérios para organizá-las. ‡Definir lugar e modo adequados de guardá-las. ‡Padronizar os nomes dos objetos. ‡Criar um sistema de identificação visual. ‡Manter tudo em seus lugares após o uso.

ARESULTADOS RRUMAÇÃO
‡Racionaliza os espaços. ‡Facilita o acesso aos materiais e equipamentos
reduzindo o tempo de busca.

‡Melhoria de áreas comuns
(banheiros, refeitórios, etc). ‡Racionaliza a execução das tarefas.

‡Melhora o ambiente de trabalho

reduzindo o esforço físico e mental.

‡Prepara o ambiente para a terceira fase.

Não adianta estar arrumado e não entender o que estão solicitando!! Filme 05
Quero leite

Tem arrumações que não se explica! Filme 05
Tudo tem seu lado

19

S E I S S O LIMPEZA

S E I S O

LIMPEZA PARA QUE SERVE
Nesta etapa devemos limpar a área de trabalho e também investigar as rotinas que geram sujeira, tentando modificá-las. Todos os agentes que agridem o meio-ambiente podem ser englobados como sujeira (iluminação deficiente, mal cheiro, ruídos, pouca ventilação, poeira, etc).
Prof. Ivan Passos ± MKTPASSOS@GMAIL.COM - www.mktpassos.com

LIMPEZA COMO PRATICAR
‡Fazer uma faxina geral. ‡Acionar regularmente o pessoal da limpeza. ‡Acionar regularmente o pessoal da manutenção. ‡Desenvolver hábitos de limpeza. ‡Limpar os objetos antes de guardá-los.

LIMPEZA RESULTADOS
‡Conscientiza sobre a necessidade de manter
o local de trabalho limpo e arrumado.

‡Cria um ambiente de trabalho
saudável e agradável.

‡Melhora a imagem do setor, da instituição e,
por extensão, dos funcionários.

‡Incrementa a qualidade de vida na instituição. ‡Prepara o ambiente para a quarta fase.

Algumas limpezas devem ser feitas com descrição!

Filme 05
Dedo

Sempre verifique o que se deve limpar!

Filme 05
Empregada

24

S E I K E T S U SAÚDE

S E I K E T S U

SAÚDE
Desenvolver a preocupação constante com a ³higiene em sentido amplo´, tornando o local de trabalho saudável e adequado às tarefas desenvolvidas.

PARA QUE SERVE

SAÚDE COMO PRATICAR
‡Praticar sempre os 3S anteriores. ‡Melhorar as condições ambientais de trabalho. ‡Promover o respeito mútuo. ‡Cuidar sempre da saúde e higiene pessoal. ‡Criar um ambiente de trabalho harmonioso.

SAÚDE COMO PRATICAR
‡Além do ambiente de trabalho o asseio pessoal acaba melhorando, pois os funcionários, não querendo destoar do ambiente limpo e agradável, acabam por incorporar hábitos mais sadios quanto à aparência e higiene pessoais.

SAÚDE RESULTADOS
‡Reduz acidentes. ‡Melhora a saúde geral dos funcionários. ‡Eleva o nível de satisfação dos funcionários. ‡Facilita as relações humanas. ‡Divulga positivamente a imagem do setor,
da instituição e dos funcionários.

‡Prepara o ambiente para a quinta fase.

Leve a vida com mais calma desfrute de todos os momentos! Filme 05
No Stress

Cuide de seu humor e ele cuidará de sua vida! Filme 05
Stress no escritório

30

S H I T S U K E DISCIPLINA

S H I T S U K E

DISCIPLINA
Melhorar constantemente. Desenvolver a força de vontade, a criatividade e o senso crítico. Respeitar e cumprir o estabelecido.

PARA QUE SERVE

DCOMO PRATICAR ISCIPLINA
‡Disciplinar a prática dos ³S´ anteriores. ‡Compartilhar objetivos. ‡Difundir regularmente conceitos e informações. ‡Cumprir as rotinas com paciência e persistência. ‡Incorporar os valores do Programa 5 S. ‡Criar mecanismos de avaliação e motivação. ‡Participar dos programas de treinamento.

DCOMO PRATICAR ISCIPLINA
Quando as pessoas passam a fazer o que tem que ser feito e da maneira como deve ser feito, mesmo que ninguém veja, significa que existe disciplina. Para que esse estágio seja atingido todas as pessoas envolvidas devem discutir e participar da elaboração de normas e procedimentos que forem adotados no programa 5S.

DRESULTADOS ISCIPLINA
‡Elimina o controle autoritário e imediato. ‡Facilita a execução das tarefas. ‡Propicia resultados de acordo com o planejado. ‡Propicia o crescimento pessoal e profissional. ‡Melhora os serviços e as relações pessoais. ‡Prepara a instituição e os funcionários para os
Programas da Qualidade mais abrangentes.

O casamento perfeito de disciplina o motivação! Filme 05
Coach

Devemos ter disciplina até para dirigir! Filme 05
Good Vídeo

36

O ³5 S´ E A CIDADANIA
‡REEDUCAÇÃO ‡ADOÇÃO DE VALORES - ÉTICA ‡APLICAÇÃO ABRANGENTE transcende o ambiente de trabalho ‡REFLEXÃO sobre a ação do indivíduo enquanto cidadão ‡TRANSFORMAÇÃO DA SOCIEDADE
Prof. Ivan Passos ± MKTPASSOS@GMAIL.COM - www.mktpassos.com

Bibliografia: www.ipem.sp.gov.br NATALI, M. Praticando o 5S: na indústria, comércio e vida pessoal. São Paulo: Editora STS, 1995. 101p. RIBEIRO, H. 5S A Base para a Qualidade Total: um roteiro para uma implantação bem sucedida. Salvador: Casa da Qualidade. 1994. 115p.

Boa semana a todos E Obrigado pela participação!! Prof. Ivan Passos MKTPASSOS@GMAIL.COM www.mktpassos.com