You are on page 1of 31

Profa. Dra.

Luciana Pietro
Sistema Endócrino
Coordenar as
Sistemas de integração funções dos
vários órgãos
Sistema Nervoso

Funções:
1. Detectar, transmitir, analisar e utilizar as informações
geradas pelos estímulos sensoriais representados por
calor, luz, energia mecânica e modificações químicas
do ambiente externo e interno
2. Organizar e coordenar, direta ou indiretamente, o
funcionamento de quase todas as funções do
organismo, entre as quais as funções motoras,
viscerais, endócrinas e psíquicas.
 Sistema Nervoso  interface entre meio interno e meio
externo.

 Mantém a homeostasia e controle de toda a atividade:


 Física
 Biológica
 Psicológica

 Possui aproximadamente cerca de 100 bilhões de células


nervosas.

 Estas células estão adaptadas à transmissão e


processamento de sinais elétricos
Percorrem grandes
distâncias em
velocidades que variam Impulso Nervoso
de 0,5 a 130 m/s ou 1,6
a 448 km/h
 Neurônios
 Células excitáveis  respondendo a estímulos e convertendo
em PA
 Produzem a maioria das funções exclusivas do SN
 Sensibilidade
 Pensamentos
 Lembranças
 Atividade muscular
 Regulação de secreções glandulares

 Células da Glia (Neuróglia)


▪ 10 células da glia/neurônio
▪ Função: sustentar, alimentar e proteger os neurônios
▪ Mantém a homeostasia no líquido intersticial que banha os
neurônios
 Classificação Anatômica do
Neurônio

- Corpo celular ou pericário  centro


trófico da célula, capaz de receber
estímulos

- Dendritos  prolongamentos
numerosos, especializados na função de
receber estímulos do meio ambiente, de
células epiteliais sensoriais ou de outros
neurônios

- Axônio  prolongamento único,


especializado na condução de impulsos
para células nervosas, musculares,
glandulares
 Classificação Estrutural dos Neurônios

- Apresentam grande diversidade de tamanho e


forma
- São classificados em:
- Bipolar:
- possuem um dendrito principal e um axônio
- ex. retina, orelha interna e área olfatório do encéfalo

- Unipolar ou Pseudounipolar:
- possuem dendritos e um axônio que se fundem para
formar um processo contínuo que emerge do corpo
celular
- os dendritos da maioria desses neurônios funcionam
como receptores sensoriais, detectando estímulos
sensoriais como toque, pressão, dor....
-Multipolar:
-geralmente possuem
diversos dendritos e um
axônio
-ex. encéfalo e medula
espinhal
 Classificação Funcional dos Neurônios

- Classificados de acordo com a direção na qual o impulso nervoso


(potencial de ação) é transportado com relação ao SNC em:
- Neurônios aferentes ou sensoriais:
- contêm receptores sensoriais
- estímulo  ativação do receptor sensorial  envio para o neurônio sensorial  que envia
para o SNC
- maioria são unipolares

- Neurônios eferentes ou motores:


- transportam a informação para músculos e glândulas
- maioria são multipolares

- Interneurônios ou neurônios de associação:


- localizados entre os neurônios motores e sensoriais
- maioria são multipolares
 Regeneração e Reparo
 Apresentam elevada plasticidade – capacidade de mudar, com
base na experiência
 Podem apresentar:
 brotamento de novos dendritos
 síntese de novas proteínas
 alterações nos contatos sinápticos com outros neurônios

 Possuem limitada capacidade de regeneração, propriedade de


autorreplicação ou autorreparo
 SNP: o dano aos dendritos e aos axônio mielinizados pode ser reparado se o
corpo celular permanecer intacto e se as células de Schwann, que produzem
mielina, continuarem ativas
 SNC: ocorre pouco ou nenhum reparo dos neurônios danificados, mesmo
quando o corpo celular permanece intacto
Constituem aproximadamente metade do volume do SNC

Participam ativamente nas atividades do tecido nervoso

Geralmente são menores que os neurônios

São de 5 a 50 vezes mais numerosas

Não geram ou propagam potenciais de ação mas respondem à estímulos


produzidos pelos neurônios

Possuem a capacidade de se multiplicarem

Em casos de lesão ou doença, as células da neuróglia se multiplicam para


preencher os espaços anteriormente ocupados por neurônios
 Função:
Microglia-synapse interactions are also observed in several
- Proteção neurodegenerative diseases. A reduction in the function and number of
synapses, along with an activation of microglia, is an early event in the
- Sustentação pathogenesis of Alzheimer’s disease, Huntington’s disease, and other
neurodegenerative diseases
- Nutrição Miyamoto, 2013
- Os axônios são envoltos por um revestimento de multicamadas
 bainha de mielina

- Função:
- isolar eletricamente os axônio de um neurônio
- aumentar a velocidade de condução do impulso nervoso

- Axônios sem revestimento são


chamados de amielínicos
- conduzem impulsos mais lentamente
 Células de Schwann:
 Células que envolvem
o axônio.
 Contendo em sua
membrana celular
lipídeos, formando
uma bainha isolante

Bainha de Mielina
 Bainha de Mielina:
 A bainha de mielina não é
contínua, pois apresenta
intervalos, formando os
nódulos de Ranvier.

 Nódulos de Ranvier:
 Espaçamento entre as
células de Schwann, onde
pequenas quantidades de
íons podem fluir atingindo
superfície do neurônio

 Desmielinização
 refere-se à perda ou
destruição das bainhas de
mielina em torno dos axônios
 pode resultar de distúrbios
como esclerose múltipla
 A transmissão sináptica refere-se à propagação dos impulsos
nervosos de uma célula nervosa a outra.

 São essenciais para a homeostasia, pois permitem que as


informações sejam filtradas e integradas;

 Durante o aprendizado a estrutura e a função das sinapses


específicas ser alteram, permitindo que alguns sinais sejam
transmitidos e outros bloqueados;

 Na sinapse entre neurônios, o neurônios que envia o sinal é


chamado de neurônio pré-sináptico, e o neurônio que recebe a
mensagem de neurônio pós-sináptico, sendo que o axônio do
neurônio pré-sináptico, se justapõe ao neurônio pós-sináptico,
formando a fenda sináptica.
 Um axônio pode fazer contato em qualquer parte do
outro neurônio para a realização das sinapses sendo:
 Sinapse axodendrítica sinapse do axônio para o dendrito

 Sinapse axossomátioca  sinapse do axônio para o corpo


celular

 Sinapse axoaxônica  sinapse do axônio para o axônio

 Com relação aos tipos de sinapses, podem ser:


 Sinapse elétrica

 Sinapse química
 Tipos de Sinapse:

 Sinapses Elétricas:

Não há intervenção de neurotransmissores,


porque nestas existem pontos de contacto
entre as membranas das duas células (pré-
sináptica e pós-sináptica), permitindo que a
despolarização se propague de forma
contínua.
neurônio pré-sináptico
 Tipos de Sinapse:
conversão de sinal elétrico
em químico
 Sinapses Químicas:
liberação de
neurotransmissor

Neurotransmissores neurônio pós-sináptico

conversão de sinal químico


em elétrico