You are on page 1of 13

Profª Alexandra Roldão 1

 A efetiva gestão de stocks deve basear-se:


- No conhecimento do mercado;
- Nas tendências de consumo,
mas também na:
- Análise fiável dos custos e proveitos com
vista a alcançar maiores níveis de eficiência.

Profª Alexandra Roldão 2


 O índice de rotação de stocks é um indicador
indispensável para a avaliação da gestão de stocks.
Porquê?
a) Permite aperfeiçoar o nível de stock, com um
investimento racionalizado,
b) Contribui para uma maior eficiência operacional.

Profª Alexandra Roldão 3


 São muito úteis para:
- Reduzir o potencial de perda de receita.
- Manter o custo sob controlo.

Profª Alexandra Roldão 4


É utilizada para administrar o stock operacional
dos produtos.
É conhecida como o “par stock”.

Profª Alexandra Roldão 5


 É o inventário fixo de produtos que se
estabelece como o máximo em determinado
ponto de venda.
 O número fixo de produtos é estabelecido tendo
em consideração o histórico das vendas.

Profª Alexandra Roldão 6


Pode acontecer uma de duas coisas:
 Um stock menor do que o necessário implica
a possibilidade de não poder atender ao
pedido dos clientes por falta de produtos;
 Um stock maior do que o necessário significa
recursos económicos parados, que poderiam
estar a ser aplicados noutras mercadorias
com melhor saída.

Profª Alexandra Roldão 7


 O estabelecimento do par stock facilita o
processo de requisição de produtos, pois
permite facilmente determinar o volume
adequado a solicitar. Para tal apenas é preciso
fazer um inventário para apurar o stock atual.

Profª Alexandra Roldão 8


 A análise ABC é uma ferramenta de gestão
muito simples, mas com grande eficiência na
classificação correta dos stocks, criando três
níveis de prioridade distintos na gestão dos
mesmos.

Profª Alexandra Roldão 9


 Este método classifica os stocks em três
grandes grupos, A, B ou C, de acordo com a
percentagem dos consumos anuais que cada
grupo representa.

Profª Alexandra Roldão 10


 Implementar politicas diferenciadas a nível de
fornecedores, clientes e stocks;
 Facilita o agrupamento das encomendas.

Vários critérios podem ser utilizados na Analise


ABC:
Consumo,
Rotação e;
Stock médio.

Profª Alexandra Roldão 11


 Classe A – São os artigos com maior valor de consumo
anual, embora seja representado por um pequeno número
de artigos: 15% a 20% dos artigos correspondem a 75% a
80% do valor do consumo anual total.

 Classe B – grupo intermédio: 20% a 25% do total de artigos


representam 10% a 15% do valor do consumo anual de todos
os artigos.

 Classe C – Este grupo possui o menor valor de consumo


anual, embora represente um elevado número de
referências: 60% a 65% do número total de artigos
correspondem a 10% do valor do consumo anual de todos os
artigos.

Profª Alexandra Roldão 12


 Classe A – Os artigos devem ser controlados
frequentemente para manter existências baixas e
evitar ruturas.
 Classe B – Os artigos devem ser controlados de
forma mais automatizada.
 Classe C – Os artigos devem possuir regras de
decisão muito simples e totalmente
automatizadas. Os níveis de stock de segurança
podem ser elevados de forma a minimizar os
inconvenientes de eventuais ruturas.

Profª Alexandra Roldão 13