You are on page 1of 23

Sistemas de

Numeração
Objetivos
 Caracterizar as diferentes bases de numeração.
 Representar números nas bases decimal, binário e
hexadecimal.
 Efectuar a conversão entre decimal e as outras bases e
vice-versa, de números inteiros e fraccionários
 Efectuar operações aritméticas em binário.
 Calcular o complemento a dois e a um de um número
binário.
 Representar números binários com bit de sinal.
 Efectuar conversões entre o código BCD e o sistema
decimal.
Introdução
O homem através dos tempos, sentiu necessidade de utilizar sistemas
numéricos.

Existem vários sistemas numéricos, dentre os quais se destacam:


sistema decimal, binário, octal e hexadecimal.

O sistema decimal é utilizado por nós no dia-a-dia e é, sem dúvida, o


mais importante dos sistemas numéricos.

Trata-se de um sistema que possui dez algarismos, com os quais


podemos formar qualquer número através da lei de formação.

Os outros sistemas, em especial o binário e o hexadecimal, são muito


importantes nas áreas de técnicas digitais e informática.
Sistemas de Numeração
 Um sistema de numeração é formado por um conjunto de
símbolos (alfabeto/números) que é utilizado para
representar quantidades e por regras que definem a forma
de representação.

 É definido por sua base, a qual define o número de


algarismos (ou dígitos) utilizados para representar números.

 Sistema decimal (base 10) os algarismos utilizados são: 0, 1,


2, 3, 4, 5, 6, 7, 8 e 9 (dez algarismos).
 Sistema Hexadecimal (base 16) os algarismos são: 0, 1, 2, 3,
4, 5, 6, 7, 8, 9, A, B, C, D, E e F (dezesseis algarismos).
 As bases mais utilizadas em computação correspondem a
B=2, B=8, B=10 e B=16.
1.Sistema Decimal
 A quantidade de algarismos disponíveis em um
dado sistema de numeração é chamado de base.
Números decimais são chamados de base 10.

 A base serve para contarmos grandezas maiores,


indicando a noção de agrupamento.

 Símbolos: são os dígitos 0,1,2,3,4,5,6,7,8 e 9.


 A posição de cada dígito determina o multiplicador
utilizado com ele.
Exemplificando
 O número 1303, é composto de 4 algarismos: 1,
3, 0 e 3
 Onde cada algarismo possui um valor
correspondente à sua posição no número
1 3 0 3 número

3210 posição

1x103+3x102+0x101+3x100 = 1x1000+3x100+0x10+3x1=
1000+300+0+3=1303
Exemplificando
 Generalizando, em um sistema qualquer de numeração
posicional, um número N é expresso na seguinte forma:
N=(dn-1 dn-2 dn-3 ... d1 d0) b
 Onde
N = número
d = algarismo
n-1, ..., 0 = posição
b = base
n = número de algarismos inteiros.
2.Sistema Binário
 O sistema de numeração que utiliza apenas esses dois
dígitos (0 e 1) é denominado sistema binário.
 Dígito binário  BIT (contração das palavras BInary
digiT).
 Na prática, cada dígito binário recebe a denominação de
bit (binary digit), o conjunto de 4 bits é denominado
nibble e o de 8 bits de byte, termo bastante utilizado na
área de informática.
 Números binários são chamados de base 2.
 Símbolos: são os dígitos 0, 1 (bits)
 Ex.: 11011 (possui 5 dígitos ou 5 bits)
Até quanto podemos
contar?
 Um número binário com n-bits pode
acomodar 2n valores.
Por ex:
n=2 (4 valores)
n=4 (16 valores)
n=8 (256 valores)
Porquê Números Binários
na Computação?
 Confiabilidade na construção de circuitos.
 Apenas dois estados (0=off e 1=on)
devem ser considerados.
 Complexidade enorme (e custo) para
construir circuitos capazes de distinguir
entre diversos estados.
3.Sistema Octal
 O sistema octal de numeração é um sistema de
base 8 no qual existem 8 algarismos
enumerados: 0,1,2,3,4,5,6 e 7.

4.Sistema Hexadecimal
 O sistema hexadecimal possui 16 algarismos,
sendo sua base igual a 16.
 Os algarismo são enumerados assim: 0, 1, 2, 3,
4, 5, 6, 7, 8, 9, A, B, C, D, E e F
Conversão de Bases
 As bases 2, 8 e 16 são muito utilizadas em computação
por serem múltiplas entre si.
Base B Base 10
 Para a conversão de qualquer base para a base
10 aplica-se a “Fórmula Geral para Base 10”.

N = dn-1xbn-1 + dn-2xbn-2 + ... + d1xb1 + d0xb0

 Deste modo, na base 10, podemos representar


um número
n=4
b=10
N=3748 d4-1=3 d4-2=7 d4-3=4 d4-4=8
Base B Base 10
 Numere os dígitos da direita para a esquerda, utilizando
sobrescritos.
 Comece com zero, e incremente os sobrescritos por um,
da direita para a esquerda.
 Use os sobrescritos para formar a potência da base.
 Multiplicar o valor do dígito visto como um decimal, pela
base elevada a sua respectiva potência.
 Somar o valor de todos as multiplicações parciais.
Base B Base 10
N = dn-1xbn-1 + dn-2xbn-2 + ... + d1xb1 + d0xb0

 Exemplos:
a) (101101)2 = (______)10
1x25+0x24+1x23+1x22+0x21+1x20 = 32+0+8+4+0+1 = (45)10

b) (201)8 = (______)10
2x82+0x81+1x80 = 128+1 = (129)10

c) (16)16 = (______)10
1x161+6x160 = 16+6 = (22)10
Base 10 Base B
 Quando queremos converter de uma base B para a base 10
usamos a multiplicação.

 Agora para converter da base 10 para uma base B faremos a


divisão do número decimal pelo valor da base desejada.

 O resto encontrado é o algarismo menos significativo do valor na


base B (maior a direita).

 Em seguida, divide-se o quociente encontrado pela base B.

 O resto é o algarismo seguinte (a esquerda) e assim


sucessivamente, até obter o quociente com valor zero.
Base 10 Base B
 Exemplos:
(45)10 = (______)2

(45)10 = (101101)2
Base 10 Base B
 Exemplos:
(3964)10 = (______)8

(3964)10 = (7574)8
Base 10 Base B
 Exemplos:
(36970)10 = (______)16

36970 / 16 = 2310 Resto = 10 (dígito A)


2310 / 16 = 144 Resto = 6
144 / 16 = 9 Resto = 0
9 Resto = 9

Logo
(36970)16 = (906A)16
Base 8 Base 2 e vice-versa
 Neste caso, a conversão é feita simplesmente pela
substituição do algarismo octal pelo seu binário
correspondente, usando o código BCD-421.

 Exemplos:
a) (306)8 = (______)2
(011)(000)(110)2 = (011000110)2

b) (111101)2 = (__)8
(111)(101)2 = (75)8
Base 16 Base 2 e vice-versa
 Neste caso, a conversão é feita simplesmente pela
substituição do algarismo hexadecimal pelo seu binário
correspondente , usando o código BCD-8421.

 Exemplos:
a) (F50)16 = (______)2
(1111)(0101)(0000)2 = (111101010000)2

b) (1001011010)2 = (______)16
(0010)(0101)(1010)2 = 25A16
Base 8 Base16
 Neste caso, a conversão é feita simplesmente pela
substituição do algarismo octal pelo seu binário
correspondente, usando o código BCD-421, para a
posterior convertermos de binário para hexadecimal,
utilizando o código BCD-8421 e, vice-versa.
 Exemplos:
a) (306)8 = (___)16
1º) (306)8 = (___)2 (011)(000)(110)2 = (011000110)2

2º) (11000110)2 = (__)16 ( 1100 ) (0110)2 = (C6)16


6
12 = C
Base16 Base 8
 Exemplos:

a) (90E)16 = (______)8

1º) (90E)16 = (___)2 (1001)(0000)(1110)2 = (100100001110)2

2º) (100100001110)2 = (__)8 (100)(100)(001)(110)2

(100100001110)2 = 44168