You are on page 1of 9

ARTE


Origem
A Arte Bizantina é uma arte cristã que surge
justamente no período em que o Cristianismo passa a
ser reconhecido como religião.
Após a morte de Jesus, que sendo considerado
uma ameaça para o Império Romano, foi perseguido e
morto pelos romanos, os seus adeptos continuaram
sendo perseguidos e se escondiam em catacumbas para
rezar, até que em 313 o imperador Constantino
outorgou o Édito de Milão, que proibia a perseguição
aos cristãos e, então, o Cristianismo começa a crescer.
Surgem as igrejas cristãs e um novo estilo de
arte, a Arte Bizantina.
A Arte Bizantina se contextualiza na Arte
Paleocristã. A Arte Paleocristã tem origem nas
expressões artísticas que os convertidos na fé em
Jesus Cristo manifestam especialmente através
das pinturas nas catacumbas e nos sepulcros.
Por sua vez, surge após a aceitação do
Cristianismo e, assim, revela a exuberância de
uma arte que pretende ser vista, divulgada e que
tinha como propósito instruir os devotos a
devoção ao Cristianismo. Desse modo, a Arte
Bizantina pode ser considerada o primeiro estilo
de arte cristã.
Principais Características
•Recebeu influências da cultura greco-romana e oriental
(principalmente da Síria e Ásia Menor), realizando uma
mistura destes diferentes aspectos culturais;
• Seu estilo artístico teve presença marcante do uso de cores;
•Expressa principalmente os temas religiosos (forte influência
do cristianismo).
Pintura Bizantina
Destaque para os
afrescos (pinturas feitas
em paredes,
principalmente de
igrejas), miniaturas (para
ilustrar livros) e ícones
(pinturas em painéis).
O tema religioso
predominou,
principalmente a pintura
de imagens de Cristo e da
Virgem Maria.
Arquitetura
A arquitetura se destaca como expressão artística desse período pela
construção de grandes e ricas igrejas, na verdade basílicas, dada a sua
amplitude e riqueza expressa no revestimento de ouro e decoração com
mosaicos.
Basílica de Santa Sofia, Istambul.
Basílica de Santo Apolinário,Itália
Basílica de São Vital,
Itália
Escultura
A escultura bizantina se caracteriza pela influência oriental,
sendo uma referência da degeneração do Império Romano do
Ocidente. Podemos citar como características principais:
uniformidade, rigidez, falta de naturalidade e presença de linhas
geométricas e folhagens estilizadas.
Mosaicos
Os mosaicos bizantinos
foram bastante
destacados no
período. Retratavam o
imperador, bem como
profetas.
Os mosaicos eram
criados a partir de
pequenos pedaços de
pedras em cores,
colocadas sobre
cimento fresco em uma
parede e que
compunham, assim, um
desenho.