You are on page 1of 21

CASO CLÍNICO

ESTÁGIO SUPERVISIONADO

Indira Ruas Alves Martins


DADOS PESSOAIS
 Nome: Ovídeo Vicente Ferreira
 Data de nascimento: 09/08/1937

 Idade: 78

 Escolaridade: Ensino Fundamental Incompleto

 Profissão Anterior: Operador de máquinas


QUEIXAS

 Dor na altura do m. peitoral E


 Dor nos joelhos à movimentação

 Dificuldade de andar
DADOS CLÍNICOS
 Diagnóstico clínico: glaucoma

 Medicamentos em uso: Ácido acetil salicílico


(anti-coagulante plaquetário)

 Exames complementares: não apresenta


PROCESSO DE ENVELHECIMENTO
 Processo progressivo, no qual ocorrem alterações
biológicas, funcionais, psicológicas que com o passar
do tempo tendem a uma perda da capacidade de se adaptar
ao meio ambiente, resultando em uma maior fragilidade,
aumentando a incidência de doenças, podendo levar à
incapacidade

Ministério da saúde, 2007


HISTÓRIA DA DOENÇA ATUAL
 Paciente relata sentir dor após um acidente de
moto, que não se lembra quando foi. A dor
aparece durante a movimentação dos braços.
HISTÓRIA DA DOENÇA PREGRESSA
 Realizou cirurgia em região abdominal

HISTÓRIA SOCIAL E OCUPACIONAL

oPossui 8 filhos que residem em Vitória


oGostaria de voltar a tocar violão e ver futebol.
o Os hábitos alimentares são de acordo com o padrão
oferecido pelo asilo.
AVALIAÇÃO COGNITIVA E FÍSICA
 Nível de consciência: desorientado, mas pode
obedecer a instruções simples

 MEEM:
 anterior = 17
 Avaliação = 9
AVALIAÇÃO COGNITIVA E FÍSICA
 Sinais vitais
 PA: 130/90mmHg
 FC: 63
 FR: 17

 EVA m. peitoral: 5
AVALIAÇÃO GERAL:

 EVA: 5 em peitoral

 Pele e extremidades:
 pele não hidratada, com pouca elasticidades
 cicatriz hipertrófica na regiãoabdominal e nos pés
 Ferida em perna D

 Deformidades: dedos da mão D em garra

 Edema: pés edemaciados, com cacifo.


AVALIAÇÃO GERAL:

 Reflexos:
 Bicipital – hiporreflexia
 Tricipital – hiporreflexia
 Patelar – arreflexia
 Aquileu – arreflexia
AVALIAÇÃO POSTURAL
 PALPAÇÃO:
 Rigidez articular em joelhos, tornozelos, pés e
dedos.

 MARCHA/LOCOMOÇÃO
 Deambula com auxílio de bengala e com
supervisão. Marcha lenta, com passos curtos.
PLANO DE INTERVENÇÃO
Diagnóstico
Dedos em garra

 Objetivo
Diminuir rigidez articular e muscular

Condutas
Mobilização articular, movimentação ativa e
alongamento de mm. Flexores de dedos
PLANO DE INTERVENÇÃO
Diagnóstico
Dor em peitoral

Objetivo
Reduzir quadro álgico

 Condutas
Alongamento de peitoral e exercício ativo de MMSS
 Objetivo:
 Manter capacidade respiratória e prevenir perdas;
 Manter mobilidade articular e prevenir perdas.

 Condutas: respiração em tempos com pausa


associada à flexão de ombro; movimentação ativa
livre de ombro, cotovelo, punho e dedos, joelho e
tornozelo.
REFERÊNCIAS
 ARAUJO, Vanessa Lara de et al . Efeito dos exercícios
de fortalecimento e alongamento sobre a rigidez
tecidual passiva. Fisioter. mov., Curitiba , v. 25, n.
4, p. 869-882, Dec. 2012 .
 ARRUDA, Mauricio Ferraz de et al . Ganho de força e
função em idosos por treino isométrico com e sem
resposta visual. Rev Bras Med Esporte, São Paulo
, v. 20, n. 4, p. 309-314, Aug. 2014
 OLIVEIRA, Marlon Alves Subtil et al. Impacto do
exercício na dor crônica. Rev Bras Med Esporte –
Vol. 20, No 3 – Mai/Jun, 2014
 Ministério da Saúde – Envelhecimento e Saúde da
pessoa idosa. Cadernos de Atenção básica, n. 19.
Brasília, 2007.