You are on page 1of 30

METODOLOGIA

CIENTÍFICA

Mestre em Educação: Valdir Francisco


INTRODUÇÃO

• A Metodologia científica refere-se à forma


como funciona o conhecimento científico. A
metodologia científica tem sua origem no
pensamento de Descartes, que foi
posteriormente desenvolvimento empiricamente
pelo físico inglês Isaac Newton. Descartes
propôs chegar à verdade através da dúvida
sistemática e da decomposição do problema
em pequenas partes, características que
definiram a base da pesquisa científica.
METODOLOGIA E INICIAÇÃO A
PESQUISA
• São diversas formas pela quais o homem entra
em contato com o mundo que o cerca,
dependendo das circunstâncias e necessidades,
bem como artigo de cultura em que ele está
inserido. Em geral, destacam-se as abordagens
mística, religiosa, artística como a científica,
filosófica e do senso comum. (Aranha, 1997)
• Conhecimento empírico: Também denominado
conhecimento popular ou senso comum, ele está
ligado à história devida do sujeito, é forma do
cidadão interpretar a realidade do dia a dia.
CONTINUANDO...

• Conhecimento Filosófico: Caracterizado como


uma reflexão que busca compreender o sentido
da realidade, do homem, e a sua relação com a
natureza, e com os outros.
• “Não há filosofia que se possa aprender, só se
aprende a filosofar”. (Emamuel Kant)
• “A juventude envelhece, a maturidade é
superada, a ignorância pode ser educada, a
embriaguez passa porém à “estupidez” é
eterna”. (Aristóteles)
• “O homem não se banha duas vezes na água
do mesmo rio”. (Heraclito)
CONTINUANDO...

• CONHECIMENTO EMPÍRICO/SENSO COMUM

• TEOLÓGICO

• FILOSÓFICO

• CIENTÍFICO
CONTINUANDO...

• METODOLOGIA: (Como realizar a pesquisa?)


Neste momento você deverá esclarecer o tipo de
pesquisa que será desenvolvida: Bibliográfica, de
campo, de laboratório, ou se for um estudo de caso.
• CRONOGRAMA: (Qual a duração da pesquisa?)
• CUSTOS: Caso o projeto envolva custos financeiros
deve-se fazer um levantamento de materiais a
serem utilizados.
• REFÊNCIAS OU BIBLIOGRAFIAS.
• MÉTODO

• DEDUTIVO Todo Homem é mortal.


Jorge é Homem.
Logo, Jorge é Mortal.

• INDUTIVO Antônio é mortal. Jorge é


mortal. Valdir é mortal. Logo, se Valdir, Jorge e
Antônio são mortais e são homens, logo todos
os homens são mortais.
CAMINHOS

• GRADUAÇÃO
• PÓS GRADUAÇÃO
• MESTRADO
• DOUTORADO
• PHD
MÉTODOS DE ESTUDOS

• FICHAMENTO TEMA

• NÚMERO DE PÁGINAS
• PALAVRAS CHAVES
• CONTEÚDO
• DESTAQUE
RESENHA

• INTRODUÇÃO
• DESENVOLVIMENTO
• AVALIAÇÃO CRITICA
• CONCLUSÃO
• REFERÊNCIAS
OBSERVAÇÕES

• Sempre em 3ª Pessoa do Plural (TCC).


Exemplo: "Concluirmos" "Percebemos" "Nós".

• Já na Introdução, se você começou o trabalho


no presente, ele deverá ser concluído no
presente, ou passado. Objeto: Aluno Dislexo.
• PESQUISA INVESTIGAR

• CIENTÍFICA

• APLICADA / COM CRITÉRIOS / TESTES

• BÁSICA (Pode haver variáveis internas na


pesquisa)
CRITÉRIOS DE AFETIVIDADE

• TEMPO Você não escolhe sofrer.

• - Há sofrimentos que podem ser evitados e


outros inevitados. Você não pode deixar de
fazer a pesquisa, isso não pode ser evitado.
Mas você pode não sofrer, ao falar daquilo
que você domina.
• ERROS: INTENCIONAIS

• TEMA: ABRANGENTE

• ABORDAGEM: DE PESQUISA

• QUANTITATIVA E QUALITATIVA

• PESQUISA OBJETIVO: REFERÊNCIAS,


BIBLIOGRÁFICAS E ENTREVISTAS.
NÃO USAR EM TCC/TODOS
SEMPRE
• Respondendo a Perguntas:

• Quais os fatores importantes na escrita de trabalhos


acadêmicos? R: Linguagem culta e técnica, coesão, lógica e um
conhecimento teórico científico.

• R: O texto expressa Termo Técnico utilizando-se de uma


expressão acadêmica, filosófica e o uso da gramática.

• R: Sim, por ele ser extremamente Rebuscado e técnico, ou


carregado de linguagem culta.
A PESQUISA

• O termo pesquisa significa, indagação ou busca


minuciosa para verificar certa velocidade, uma
investigação sistemática, o mais importante é
compreender a pesquisa, como um processo de
produção do conhecimento para compreensão da
realidade.
• A pesquisa cientifica é uma das mais importantes
realização da humanidade.
• A ciência não resulta na verdade absoluta, mas na
busca da verdade, embora se configura-se pelo
processo de investigação contínua.
CONTINUANDO...

• Portanto toda pesquisa é carregada de escolhas


Teóricas e as escolhas do Senso Comum (Crenças,
Sabedorias, Populares, etc).
• OBS: Poderá haver variáveis internas na pesquisa,
quais seriam elas: Tempo, Afetividade, Trabalho,
Perdas, Viagens.
PROJETO DE PESQUISA

• O projeto de pesquisa é uma construção lógica e


racional, com base nos postulados da
metodologia cientifica a ser empregada no
desenvolvimento de uma série de etapas, para
facilitar o plano de trabalho que envolve uma
pesquisa. Contudo não há um único modelo de
projeto. São vários os tipos, dependendo em
grande parte da área de formação acadêmica,
da natureza do assunto, dos objetivos do estudo,
a fim de administrar de forma correta a
metodologia especifica. (Fachin, 2001)
ESTRUTURAS DE PROJETOS

• A Comunicação precisa ser clara, compreensível e


lógica.
• Obs: A comunicação é quase tão importante
quanto a pesquisa.
• “Um bom pesquisador deve propor problema e ao
mesmo tempo dar conta do recado.”

• O projeto deve ser alvo de críticas por pessoas


mais experientes.
ETAPAS DO PROJETO DE
PESQUISA

• TÍTULO: É o nome do TCC, devendo sintetizar o


conteúdo da Pesquisa.
• DELIMITAÇÃO DO TEMA: O pesquisar pode escolher
seu tema movido pelo interesse em aprofundar o seu
estudo.
• JUSTIFICATIVA: (Porque pesquisar?) Neste idem o
pesquisar expõe os motivos mis significativos que o
levaram a abordar o tema escolhido.
• OBJETIVOS: (Para que pesquisar?) O pesquisador
pode estabelecer um objetivo geral e/ou objetivos
específicos.
CONTINUANDO...

• METODOLOGIA: (Como realizar a pesquisa?)


Neste momento você deverá esclarecer o tipo de
pesquisa que será desenvolvida: Bibliográfica, de
campo, de laboratório, ou se for um estudo de caso.
• CRONOGRAMA: (Qual a duração da pesquisa?)
• CUSTOS: Caso o projeto envolva custos financeiros
deve-se fazer um levantamento de materiais a
serem utilizados.
• REFÊNCIAS OU BIBLIOGRAFIAS.
MODALIDES DE PESQUISAS
CIENTIFICAS

• Pesquisa Exploratória: Voltada para pesquisadores que


possuem pouco conhecimento sobre o assunto pesquisado.
• Pesquisa Descritiva: Metodologia, indicada para
orientar a forma de coleta de dados.
• Pesquisa Explicativa: Método adequado para as
pesquisas que procuram estudar a influência de
determinados fatores ou ocorrências de fatos.
• Pesquisa Documental: Ocorre normalmente no interior de
órgãos públicos ou provados como manuais, balancetes.
• Estudo de Caso: É utilizada na mais diversas áreas do
conhecimento.
CONCLUINDO...

• Pesquisa Participante: Estes dados podem ser


agrupados por categorias, econômicos,
educacionais e outros.
• Pesquisa Ex-Post-Factor: É o experimento
realizado depois do fato. Exemplo: Processo de
erosão sofrido na rocha por choque proveniente
das ondas do mar.
PROBLEMA X METODOLOGIA

A pergunta para minha pesquisa deve ser:


• A metodologia que eu vou usar consegue dar
conta do meu problema levantado? Hipótese e
observação são pontos principais para dar
origem ao meu trabalho.
• Obs: O novo não é inédito, o seu trabalho pode
ser uma releitura de algo existente.
COMO FORMULAR UM PROBLEMA?

A complexidade da questão, dúvidas conceituais.

• Obs: A hipótese precisa conversar com o meu


objetivo.
• Exemplo: Motivação Problema Conhecido
• Aprendizagem O que é preciso para fazê-lá
• Pesquisa Ação Cuidado com o que você irá
abordar em sua pesquisa. Há pesquisas que
começam a falar sobre abacaxi e terminam
sobre elefante.
PASSO A PASSO

• O Artigo deverá conter:


• Tema
• Problema
• Justificativa
• Objetivos
• Hipótese
• Desenvolvimento
• Introdução
• Conclusão
• Referências
ATENÇÃO!

• Tema é um aspecto da área de interesse que


você deseja provar ou desenvolver.
• As fontes literárias do artigo devem conversar
entre si. O meu autor conversa com outro autor.
• “Quando uma coisa não conversa com a outra, de
verdade não existe coerência, em uma linha de
pesquisa, o objetivo conversa com o problema.”
• Por fim, um vai conversa com o outro.
PORTANTO...

• A redação científica tem que ser compacta e


direta.
• Obs: A minha introdução precisa conversar com o
meu objetivo. Ela conversa com hipótese. Às vezes
precisamos lapidar, cortar e suprimir o nosso
trabalho.
• “Você precisa dormir com seu artigo e acordar
sorrindo para ele.”
ENFIM...

• No seu referencial teórico, você encontrará todo o


subsídio para o seu trabalho.
• Pesquisa qualitativa são dados de natureza
interpretativa e semântica ou seja, nomeia objetos
reais ou abstratos.
• A introdução do artigo emite a contextualização do
estudo para dar um posicionamento ao meu leitor.
Ela é como se fosse um trailer de um filme, onde
você irá apresentar os pontos principais. A
relevância de limitação, factibilidade, ou seja
indicadores e variáveis.
CONTATO

EMAIL: VALDIR2681@HOTMAIL.COM
WHATSAPP: (13) 98134-2989

VALDIR FRANCISCO DA SILVA FILHO


•MESTRE EM EDUCAÇÃO
• DOUTORANDO EM PSICOLOGIA

• DOUTORANDO EM CIÊNCIAS DA RELIGIÃO