You are on page 1of 1

O Facebook de Rafael Greca: da

campanha eleitoral à gestão da


prefeitura de Curitiba
Tema Política - 2018 Palavras-chave
Aluno: Ezequiel Schukes Quister| e-mail: ezequielsq@gmail.com Campanha online; Comunicação Política; Facebook;
Orientador: Prof. Dr. Doacir Gonçalves Quadros Eleições.
Projeto de pesquisa: Mídia e Política: o facebook e o twitter nas eleições
de 2018 para presidente e para governador do Paraná
Instituição: Centro Universitário UNINTER Apresentação / Problema / Justificativa
As pesquisas sobre campanhas eleitorais on-line visam identificar, por um lado,
Objetivos as peculiaridades e as potencialidades das mídias sociais como espaços virtuais
A presente pesquisa analisou as para campanha eleitoral, e, por outro lado, observar como as mídias sociais
postagens no perfil oficial de Rafael estão sendo usadas pelos candidatos para a construção de estratégias
Greca no Facebook, candidato a eleitorais. Em especifico sobre o Facebook, observa-se que ele está entre as
prefeito de Curitiba em 2016. Tal mídias sociais mais acessadas pelos internautas no Brasil. Pesquisas mostram
análise procurou atingir três objetivos: que é a mídia social que conta com 70 milhões de perfis ativos no país, o que
i) identificar para quais estratégias compreende um percentual de quase 90% da população on-line brasileira
eleitorais o Facebook foi utilizado (BACHINI; AVANZI; PENTEADO; MARTINHO, 2013, p. 2). Observa-se que pelas
durante a campanha eleitoral; ii) mídias sociais os candidatos podem estar mais próximos para melhor identificar
verificar se após eleito o candidato as demandas e para então construírem suas propostas para a satisfação das
manteve o uso do Facebook para dar necessidades dos seguidores e eleitores. É a partir destas novas possibilidades
feedback aos seus seguidores sobre de interação e de comunicação proporcionado pelas mídias sociais que a
suas ações na prefeitura; iii) saber se presente pesquisa analisou as postagens no perfil oficial de Rafael Greca no
as propostas de campanha divulgadas Facebook, candidato a prefeito de Curitiba em 2016.
no Facebook foram realizadas na
gestão de Greca ou foram somente Procedimentos Metodológicos / Cronograma
promessas on-line. .
O recorte temporal selecionado para a análise é de 1º de agosto a 30 de outubro
Resultados esperados / de 2016. Os dados coletados foram distribuídos em categorias que serviram para
identificar a forma como o candidato Rafael Greca se comunicou e interagiu com
Conclusões seus seguidores, qual a linguagem e quais recursos foram adotados para o reforço
Os dados coletados sugerem que o dos atributos pessoais do candidato. As categorizações também permitiram
Facebook funcionou como um reforço de identificar os temas das postagens, o número de postagens realizadas pelo
campanha do candidato atuando como candidato e em qual período elas mais ocorreram. Exemplos:
uma ferramenta para desconstruir a
imagem dos seus adversários (12% no 1º
turno e 4,6% no 2º turno) por meio de
críticas e da construção de campanha
negativa aos seus opositores. Imagens
(45,2% no 1º turno e 36,5% no 2º turno) e
vídeos (31,9% no 1º turno e 32,7% no 2º
turno) foram os recursos mais presentes
no perfil do candidato. No primeiro ano
da gestão Greca cumpriu parcialmente as
propostas postadas no perfil durante a
campanha. (cumpridas: gestão de
consultas no postos de saúde e abertura
de 150 novos leitos em hospitais). Na
gestão Greca tem se utilizado do
Facebook como ferramenta de Referências
informação para divulgações de eventos BACHINI, Natasha; AVANZI, Clarice; PENTEADO, Cláudio Luis de Camargo; MARTINHO,
e de postagens sobre seu cotidiano. A Silvana. Curtiu? O uso do Facebook nas eleições municipais de São Paulo em 2012. V
prestação de contas (accountability) não Congresso da Compolítica, realizado em Curitiba/PR, 2013.
aparece como uma das funções do
AGGIO, Camilo; REIS, Lucas. CAMPANHA ELEITORAL NO FACEBOOK. Usos,
Facebook. Portanto, conclui-se que a
configurações e o papel atribuído a este site pelos candidatos durante as eleições municipais
campanha on-line de Greca no seu perfil de 2012. Revista Compolítica. Artigo. Ano 2013, vol. 3, n.2. Disponível em:
no Facebook espelhou a sua campanha <http://compolitica.org/revista/index.php/revista/article/view/48>. Acesso em 21 jul. 2018.
convencional, sobretudo no que diz
respeito à disseminação de informações CARVALHO, Fernanda Cavassana de.; NICHOLS, Bruno Washington; FONTES, Giulia
sobre agenda de campanha (16,5%), Sbaraini; PINSAG, Yachan; DEBATE SOBRE ELEIÇÕES LOCAIS NO FACEBOOK:
Comentários em fanpages na campanha municipal de 2016 em Curitiba. Artigo.
propostas (16,9%), informações pessoais
Disponível em:<https://www.anpocs.com/index.php/papers-40-encontro-2/spg-4/spg07-4/10
e realizações com o intuito de “inflar o 954-debate-sobre-eleicoes-locais-no-facebook-comentarios-em-fanpages-na-campanha-muni
apoio a sua candidatura”. cipal-de-2016-em-curitiba/file> . Acesso em 27 jun. 2018