Hinduísmo

A n d re a V ile la Ju a n E sp a n h a L o re n a D ’ A n u n cia çã o L u ca s A ra ú jo

Belo Horizonte 2010

Aquele que não tem princípio nem fim , em meio ao caos ; Aquele que é o criador do Universo , assumindo variadas formas ; Aquele que , sozinho , abarca todo o Universo ; quando alguém o reconhece como deus , liberta - se de todos os grilhões .
Upanishad de Svetasvatara

Hinduísmo – Significado do termo
Rio “ SHINDU ” : território paquistanês, conhecido fora da Índia como rio Indo. HINDU : povo que vivia na margem do rio Indo; ÍNDIA : nome original do território: HINDUÍSMO : britânico e atividade missionária. BHARAT; séc. XIX: colonialismo

Rio Indo - Paquistão

Indiana em frente ao Taj Mahal

O que é Hinduísmo?
“ Nome das várias formas de religião que se desenvolveram na Índia depois que os indo - europeus abriram caminho para a Índia do Norte , de 3 a 4 mil anos atrás ” ( O Livro das Religiões – Gaarder , 2001 ).
Hinduísmo = Sanatana Dharma (imperecível ou eterna religião, verdade, justiça); 1. 2. 3. 4. Hinduísmo: semelhante a uma árvore: Raízes: Vedas e Upanishads (escrituras sagradas); Tronco: Sábios e Santos; Ramos: Tradições Teológicas; Frutos: Seitas e Grupos.

.000 de adeptos: Índia. Indonésia.000.Expressão Mundial 3ª maior religião mundial. Guiana.000. África do Sul. Malásia. 1. Estados Unidos. Brasil. Sri Lanka. Criança vestida como Krishna. Nepal. Bangladesh.

Era de Prata Era de Bronze Boas qualidades se tornam cada vez mais raras Era de Ferro : Era da Escuridão (tempos de kali yuga) Kali yuga.responsabilidade ).Elementos Históricos O tempo sob a perspectiva hindu Era Dourada : Pessoas mais religiosas e adeptas do dharma (lei. .

Mapa da civilização do Rio Indo. A civilização do Vale do Rio Indo ( 2500 . C .): Mohenjo-Daro e Harappa. . História do Hinduísmo Elementos Históricos Principais Períodos Históricos 1 . sacrifícios.4. imagens de deuses e uma figura descrita de Shiva. Relevo persa representando um nativo de Sindhu. Ruínas de Mohenjo-Daro. Harappa. Rio Indo. rituais de banho.1500 a . Evidências de: cerimônias religiosas.

O Período Védico ( 1500 – 500 a . C . . Sacrifício aos deuses: qualquer tipo de oferecimento sob o fogo sagrado. 10. Língua do período védico: sânscrito. Sacrifício em fogo sagrado.Elementos Históricos 2 .): Tese da Migração Ariana x Tese da Transformação Cultural. Agni (Deus do Fogo). Período em que os Vedas foram escritos. Vedas.

Mahabharata e Ramayana: Bhagavad Gita. A Era Épica . Shaktismo (focado em Devi).): Ditados os principais textos sagrados do Hinduísmo (em • • • sânscrito): Dharma Sutras e Shastras. Puranas. . Purânica e Clássica ( 500 a .4. C . História do Hinduísmo Elementos Históricos 3 .– 500 d . C . Desenvolvimento de três grandes linhas hinduístas: • • • Vaishnavismo (focado em Vishnu). Shiva. Shaivismo (focado em Shiva).

Período Pré . C . C .– 1500 d .Moderno ( 1500 – 1757 ): Índia sob o comando político muçulmano. Templo de Jagganatha. 4 .): Construção dos     Templo de Jagganatha.4. Período Medieval ( 500 d . . Criança vestida como Shiva. História do Hinduísmo Elementos Históricos principais templos religiosos: centros de poder religioso e político. 5.

1947 ): “ A não-violência não :quer dizer a missionária cristã. Domínio britânico atividade renúncia a toda forma de luta contra o mal. Quero que as culturas de todos os povos andem pela minha casa com o máximo de liberdade possível. Reformistas hindus: MAHATMA GANDHI (1869–1948) pelo menos como eu a concebo.” .” “A desobediência civil é um direito intrínseco do cidadão. Orar é a respiração da alma. Reprimir a desobediência civil é tentar encarcerar a consciência. Elementos Históricos Período Britânico ( 1757 .” “Orar não é pedir.” “Não quero que minha casa seja cercada por muros de todos os lados e que as minhas janelas estejam tapadas. A não-violência. História do Hinduísmo 6. mas em plano moral. Pelo contrário. é uma luta ainda mais ativa e real que a própria lei de talião.4.

Templo Swaminarayan.Elementos Históricos 6. em Londres.2010 ): Hare Krishna. Yoga. . Índia Independente ( 1947 .

os homens. 2000). destruidor Vishnu: sustentador Shiva: • . as plantas e os animais (GAARDER. uma força que permeia o todo: os objetos.Divindades  Divindade: uma energia.  • Brahma: criador  TRINDADE: três aspectos de deus.   Crença em um deus eterno indivíduos devem decidir de que maneira esse deus será adorado.

Anda sobre um pequeno rato. Possui a cabeça de um elefante e corpo de um ser humano com quatro braços. .Divindades Ganesha: deus da sabedoria e é um bom escritor. É sempre adorado antes de uma viagem e antes de um livro ser escrito.

o adorador torna-se uma criança e Kali assume a forma de uma mãe carinhosa e cuidadosa. apesar de sua aparência terrível. É uma divindade que tem uma ligação intima e amorosa com devotos .Divindades Kali yuga : a mãe das trevas. . Nessa relação.

. Lakshmi é a esposa do deus Vishnu. Ela é representada como uma bela mulher de ouro e com quatro braços.Divindades Lakshmi : é a deusa da riqueza e generosidade e também da boa fortuna. e normalmente sentada ou em pé sobre um lótus.

Divindades • Prithvi: é a deusa da terra. Possui a aparência de uma vaca. E seus filhos são Agni. o deus do trovão.  . Sua filha Ushas é a deusa da aurora. Ela teve três filhos com o deus Dyaus. e também da fertilidade. e Indra. o deus do fogo.

Divindades • Dyaus: é o deus do céu e da fertilidade. • . também Dyaus aparece como um touro. É o esposo da Prithvi.

Saraswati é a filha de Lorde Shiva e da deusa Durga. Ela é a mãe dos Vedas. .Divindades • Saraswati: é a deusa do conhecimento e das artes e representa o livre fluxo de sabedoria e consciência.

criação. destruição preservação e .Divindades • Durga: poder é a por de mãe trás do do universo e crêem que ela é o trabalho do mundo.

cultos. por onde as pessoas podem atravessar o oceano da vida e da seus morte. em Nova Delhi praticando todos cultos são Existem muitos templos e lugares dedicados diversas divindades. de a Templo de Lakshmi Narayan.Templos e Lugares sagrados • Considerados como “porto de passagem”. .

Templos e Lugares sagrados • Existem cidades sagradas relacionadas com manifestações de divindades. e N a rm a d a sã o sa g ra d o s b a n h a r-se nel s e si n i ca p u ri ca çã o d o g fi fi e sp í to . K a ve ri e Ya m u n a . citadas em hinos hindus. como Ayodhya. Os ri s o G a n g e s. ri Rio Ganges . Mathura.

Animais Sagrados A va ca é a n i a l sa g ra d o m e é a d o ra d a d u ra n te fe sta s re l g i sa s. ld d a VACA Símbolo da vida ALVO DE CRÍTICA OCIDENTAL . cri çã o . m a te rn i a d e . o i o que i di n ca p a ra a n ti o s cu l s d e g to fe rti i a d e .

.Textos Religiosos Shruti (raiz shru. é a tradição oral . que significa escutar) aquilo que é escutado. lembrar ) aquilo que é lembrado . Smrti (da raiz smr.

criador. um sábio que seria a encarnação de Vishnu. Yajur Veda. . pelo próprio discípulo. é o Conhecimento completo ao primeiro mestre. 4 livros: Rig Veda.Textos Religiosos Shrut i Vedas revelado. Sama Veda e Atharva Veda.  Transmitido oralmente de mestre ao  Primeira versão dos Vedas em papel  São – 2 a. Revelado conhecer. Dakshinamurti. organizados por Vyasa.C. saber.

Textos Religiosos Rig Veda É o mais antigo. para os sacerdotes que executam atos de sacrifício murmurando orações.  Ritual: Soma Yajur Veda Contém  Guia as fórmulas para fazer os rituais do Rig Veda. a prosa e as fórmulas de sacrifício. é composto de hinos. simultaneamente. dividindose em Krishna (negro) e Shukla (branco). . rituais e oferendas às divindades.

sociologia. retrata uma visão mais clara da sociedade védica.Textos Religiosos Sama Veda Contém  Versão melodias e cânticos. Atharva Veda É composto de fórmulas para  Diz respeito à história e à rituais em geral. resumida do Rig Veda. .

Brahman. . constituindo a parte final dos Vedas.  Brahmana: são explicações das palavras e dos  Aranyaka: são textos para os renunciantes. textos.Textos Religiosos Divisão dos Vedas Samhitá: são coleções de mantras.  Upanishad: são textos que tratam do Absoluto.

Shastras. Puranas. . Itihasas. Agamas e Darshanas.Textos Religiosos Smrti Seu objetivo é  É composto de: preservar o ensinamento védico.

Darshanas Textos que possuem as principais escolas filosóficas. política. ética. .Textos Religiosos Ágamas Textos com regras para instrução e culto. Shastras Textos sobre leis. vida em sociedade.

Textos Religiosos Puranas Contém mitologias hindu. . A história do Solar e Lunar corridas de reis. formando o chamado períodos Manwantaras. ou pancalaksana: A criação do universo. Os reinados dos Manus. A genealogia dos deuses e dos patriarcas. A destruição e renovação.  Competência e as obras dos deuses.  Cinco temas característicos.

Textos Religiosos Itihasas Objetivo de o homem comum possa compreender a elevada filosofia abstrata dos Upanishad e dos Brahma-sutras. .  Dois textos conhecidos: Ramayana e o Mahabharata.  Escrituras populares e úteis para o Hindus.  Filosofia apresentada em forma de analogias e parábolas.

liberdade e perfeição .Textos Religiosos Ramayana Escrito em vinte e quatro mil versos por  A história de Sri Rama. como um rei deve governar seu reino. seus iguais e com os inferiores. como se pode alcançar a realização. como um homem deve levar a sua vida no mundo.  Moral : Aprender de como uma pessoa deve Sri Valmiki Deva. se comportar com seus superiores. o homem ideal.

Textos Religiosos Mahabharata Escrito  A em cem mil versos por Ganesha e narrado por Krishnadvaipayana Vyasa. contendo muitas historias e episódios. o Canto Divino. parábolas e diálogos. Sri história que descreve a grande Batalha de Kurukshetra. .  Moral : verdadeiros ensinamentos morais nobres. discursos. e lições úteis para todos os tipos de pessoas. os quais assinalam fortemente os princípios morais e metafísicos. a qual ocorreu entre os Pandavas e os Kauravas.  Contém o Bhagavad-Gîtâ. sermões.

e reapresenta para ele todos os princípios fundamentais do Sanatana Dharma.Textos Religiosos Bhagavad Gîtâ É onde o Krishna instrui Arjuna sobre os mistérios da vida e da morte. principal obra da religião Vaishnava. . da alma e da vida.  Contém  A as mais brilhantes lições sobre a natureza de Deus. jamais antes escrito na humanidade. popularmente conhecida como movimento Hare Krishna e difundida a partir de 1965 no ocidente por Bhaktivedanta Swami Prabhupada.

.  Dharma:  Moksa: esforço na reta distribuição da justiça.  Artha: busca pela correta distribuição da riqueza. bem como desenvolvimento de virtudes. busca pela liberação ou salvação do ciclo de nascimento e morte (reencarnação). tendo em vista conceber o bem-estar geral.Filosofia Hindu Quatro objetivos vitais: Kama: Busca do agradável e o gozo dos sentidos regulados conforme a Varna e Ashrama.

O Sistema de Castas Basicamente. há quatro classes sociais:   .

. •É uma disciplina física por meio da qual o corpo do praticante atinge o estado de sintonia com o cosmos. •O YOGA é a principal atividade realizada na primeira das quatro etapas da vida (ashramas) dos rapazes nascidos nas três classes mais elevadas.Yoga •YOGA significa “unir” em sânscrito.

roubar ou retirar o que não lhe pertence. com a verdade e . Brahmacharya: conduta casta. nãoferir. ausência de desejos materiais e de cobiça. Satya: veracidade (agir e dizer coerentemente veracidade). não agressão. • • • Asteya:não furtar. e Aparigraha: contentamento com o que tem.Yoga  • • VIRTUDES ÉTICAS NA FILOSOFIA YOGA: • • Ahimsa: não-violência.

controle da respiração. É composto de posturas. meditação e êxtase. portanto podemos entender Hatha-YOGA como a YOGA da força. além de muitas técnicas de limpeza orgânica em geral. . concentração. sendo esta última a mais difundida.Yoga No Ocidente as duas escolas mais conhecidas o YOGA Clássico e o Hatha-YOGA. Hatha significa força ou forte. característica última esta que concede autonomia do hatha-YOGA frente as demais vertentes da YOGA. inibição sensorial.

região ao norte da Índia. porém. . que faz fronteira com o Paquistão. onde a maioria da população é muçulmana. região na qual os líderes políticos aderiram à Índia. os ingleses propuseram a divisão da região Índia em dois países: Índia e Paquistão (ocidental e oriental). • • Neste contexto é que encontramos o • problema que envolve a Caxemira. evitado um conflito interno de grandes proporções.Hindus • x Muçulmanos Ao final da Segunda Guerra Mundial desde.

Hindus  x Muçulmanos Militantes hindus demoliram. Os hindus acreditam que a cidade de Ayodhya. . em 1992.prometendo colocar um templo a Rama no local.construída no século 16 . no Estado de Uttar Pradesh. é o lugar onde nasceu Lord Rama. Os ativistas justificaram a destruição afirmando que o lugar costumava ser um templo hindu até a construção da mesquita. uma das mais importantes divindades do hinduísmo. a mesquita Babri . Ayodhya é mencionada em várias escrituras hindus e é um local sagrado para peregrinação há séculos.

Ela é composta de três sons .que é considerado o som mais sagrado que brota da profundeza da alma e significa “aquele que protege” (referindose a Brahman). • •  .Curiosidades • OM(“a sílaba sagrada”) é o grande símbolo hindu (também usada por budistas) e é enunciada no início de preces e recitações de textos sagrados. atmosfera. céu) ou que representem a essência de três Vedas.a-u-m . Há quem afirma que o significado dos três sons simbolizem os três mundos (terra.

• •  Mandalas têm origem hindu e no sânscrito mágico”.Curiosidades • Flor de Lótusé o símbolo para a espiritualidade. • . da meditação e imortalidade. imaculada da água. significa São “círculo desenhos Representa também a pureza que emerge geométricos que representam a unidade entre a divindade e o cosmos.

THE BRITSH MUSEUM. São Paulo: Phorte. .  • DANUCALOV. J. Acesso em: 20 Ago.. Early Hinduism.uk/hinduism/home_set.ancientindia.D.uk/religion/religions/hinduism/>. Acesso em: 15 Ago. R.co.das Letras.html>. O livro das religiões. 2010.com/>. HELLERN. Disponível em: < http://www. NOTAKER.bbc. V. • • • • .co.A. 2006. 291p. THE NEW YORK TIMES COMPANY Hinduism. Religions: Hinduism. São Paulo: Cia .about. SIMÕES. Acesso em: 20 Ago. Disponível em: < http://www. 2010. H.  • GAARDER. Neurofisiologia da Meditação. 494p. 2010.Referências • BBC.S. Disponível em: <http://hinduism. 2000. M.

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful