You are on page 1of 18

ADMINISTRAÇÃO

PÚBLICA
IMPERDÍVEL AGU
Professor: José Wesley
Planejamento
Sobre as seis principais etapas que compõem o processo de planejamento
• Definição dos objetivos: definição para onde queremos ir
• Situação atual: definição de onde estamos agora e o que precisa ser feito.
• Alternativas de ação: estabelecer quais são os caminhos possíveis.
• Premissas em relação ao futuro: o que temos pela frente, definição de
cenários.
• Escolher a melhor alternativa: definir qual é o melhor caminho a ser
seguido.
• Implementação do plano escolhido e avaliação dos resultados: seguir o que
foi planejado e tomar as ações corretivas se necessário.
Planejamento
Sobre os níveis de planejamento
1. Nível institucional.
• Este nível é composto pela presidência e pelos diretores. Concentram-se na interação da
organização com o ambiente externo, principalmente nas questões estratégicas, como
oportunidades de atuação em novos mercados, lançamento de novos produtos, mas
também, na identificação de possíveis ameaças.
2. Nível intermediário. (tático, setor, administrativo)
• Este nível é composto pelos gestores ou gerentes de vários departamentos. Concentrar
no desdobramento da estratégia, ou seja, na sua implementação junto aos seus clientes,
fornecedores, parceiros, colaboradores etc.
3. Nível operacional.
• Este nível é composto pelos colaboradores, pelo corpo técnico e por supervisores. São
responsáveis pela execução das ações ou tarefas que foram planejadas e que são
necessárias para o funcionamento da organização, propondo correções ou melhorias
para o melhor funcionamento dos processos.
Estrutura Organizacional
• Uma empresa também é um exemplo de sistema, pois é composta por um
conjunto de atividades que são interligadas, formando um todo
organizado, levando a organização a alcançar os seus objetivos. (certo)
• Nas organizações, as saídas são os materiais, os insumos, a energia, ou a
informação que são enviados aos seus fornecedores.(errado- seria cliente)
• As organizações, em geral, possuem uma estrutura muito bem definida,
cada nível hierárquico possui um grau de autoridade e de responsabilidade
necessários para o desempenho de suas funções administrativas. Para que
as metas e os objetivos organizacionais sejam alcançados, conforme o
planejamento estratégico, é muito importante que a estrutura
organizacional seja eficiente. Com relação aos níveis hierárquicos que
compõem a estrutura organizacional, relacione adequadamente as colunas
a seguir. (certo)
• Matricial(funcional+projetos)- Dentre os diversos critérios de
departamentalização das organizações esse tipo se apresenta como um
tipo híbrido e utilizado comumente em caso de combinações especiais de
habilidades e especializações diferentes na organização

• Linear - “Os órgãos da Administração Pública podem apresentar diversos


tipos de estrutura organizacional. As organizações lineares são
caracterizadas pela formação piramidal ou verticalizada, na qual é
evidenciada a clara hierarquização entre as linhas estruturais.
Processo Organizacional
• A primeira das funções administrativas, o planejamento é um
processo de estabelecer objetivos e definir a maneira de alcançá-los.
O planejamento é um processo constituído de uma série sequencial
de passos: definir objetivos, verificar qual a situação atual em relação
aos objetivos, desenvolver premissas quanto às condições futuras,
analisar as alternativas de ação, escolher um curso de ação entre as
várias alternativas e implementar o plano e avaliar o resultado.
Processo Organizacional
• A organização é baseada em uma divisão racional do trabalho, na
diferenciação e integração dos órgãos e na representação por meio de
organograma. A organização é um processo administrativo por meio
do qual se agrupa, estrutura e integra os recursos organizacionais;
divide o trabalho a ser feito; agrupa órgãos e atividades em uma
estrutura lógica; designa as pessoas para a sua execução e coordena
os diferentes esforços.
• A essência do controle reside em verificar se a atividade controlada
está ou não alcançando os resultados desejados. O conceito de
controle não pode existir sem o conceito de planejamento. Quanto
mais complexo o planejamento e quanto maior for o seu horizonte
temporal, tanto mais complexo será o controle.
Conceitos de Eficiência, Eficácia e Efetividade
“Relaciona‐se melhor utilização dos recursos para atender ao interesse
público. Pode ser definido(a) como a coerência dos meios em relação
com os fins visados, e se traduz no emprego de meios para obtenção
de um máximo de resultados positivos para o serviço público e
satisfatório no atendimento das necessidades da comunidade e seus
membros.
ESSE CONCEITO É O DE ____________ na Administração Pública.”
Conceitos importantes...
Vantagens e Desvantagens da Centralização e Descentralização

• A centralização favorece a otimização de recursos humanos e físicos

O que é amplitude de controle

• Amplitude de supervisão.
O PENSAMENTO ESTRATÉGICO
• Segundo um estrategista bastante conhecido, Henry Mintzberg, o
planejamento estratégico é um processo analítico voltado à execução
de estratégias já identificadas.
• O planejamento estratégico resulta na criação de um plano. Por outro
lado, o pensamento estratégico envolve intuição e criatividade.
• É uma forma de sintetizar os estímulos dos ambientes interno e
externo para criar uma perspectiva integrada de empreendimento.
• O pensamento estratégico é amplo e focado em objetivos
Na gestão de processos
O Ciclo BPM(modelagem de processos de negócio) unificado é indicado como
ferramenta a ser adotada para um amplo gerenciamento de processos de negócios.

BPM-CBOK
FASES DO CICLO DE GERENCIAMENTO DE PROCESSOS
• Planejamento;
• Análise;
• Desenho e modelagem; (representa ação fidedigna do processo)
• Implementação;
• Monitoramento e controle e
• Refinamento.
Análise SWOT
“A análise SWOT estuda a competitividade de uma organização
segundo quatro variáveis, devendo ser feita e interpretada de forma
integrada, conjugando os elementos da análise interna e externa, por
forma a que o diagnóstico que dela resulta seja fiável e constitua uma
fonte de informação e suporte adequada às necessidades da gestão
estratégica, que se ocupa das decisões que vão no fundo delinear o
futuro a médio e longo prazo da organização .”
O conceito de 5S
As palavras são Seiri, Seiton, Seiso, Seiketsu e Shitsuke, que foram
traduzidas como “sensos”. São eles: senso de utilização, senso de
organização, senso de limpeza, senso de saúde e senso de
autodisciplina.

1) SEIRI – Senso de Utilização


2) SEITON – Senso de Organização
3) SEISO – Senso de Limpeza
4) SEIKETSU – Senso de Padronização e Saúde
5) SHITSUKE – Senso de Disciplina ou Autodisciplina
Ciclo PDCA (padroniza informações de
controle)
• Talvez seja uma das mais famosas ferramentas da qualidade total para
controle de processos. Foi levado ao Japão por Deming e amplamente
empregado naquele país.
• Propõe a análise dos processos com vistas à sua melhoria.
• Permite integrar as etapas de modo relativamente simples. Para aplicá‐lo,
não são necessários malabarismos intelectuais ou administrativos,
tampouco elevado dispêndio de tempo.
• Uma vantagem do ciclo PDCA é que pode ser utilizado em qualquer
instância da empresa, produzindo melhorias consistentes nos processos e
atividades em geral.
• a visão usual que se tem de controle, tirando‐o do domínio exclusivo dos
supervisores ou gerentes e passando‐o ao domínio de todos os
trabalhadores envolvidos em dado processo.
Sobre o benchmarking (tomar como referência as
melhores práticas do mercado)
• As bases de dados do benchmarking devem atender aos requisitos de
acesso, dados, relatórios e flexibilidade de aplicações.
• Os requisitos para as bases de dados são:
• Permitir o acesso somente a usuários previamente cadastrados.
• Permitir o armazenamento e a recuperação de informações tanto sobre o
desempenho das empresas quanto de seus relatos de boas práticas.
• Permitir que os relatórios possibilitem informações para que sejam
levantadas as causas (prováveis) de melhor desempenho das empresas.
• Ser flexível em suas aplicações permitindo cadastro de novos indicadores
ainda não previstos.
DELEGAÇÃO
• Quando um superior transfere autoridade e responsabilidade para
posições inferiores na hierarquia.