You are on page 1of 82

Ginástica

Origem da Palavra

A palavra “Ginástica” provém do termo


grego Gymnastike, que significa a “arte da
ginasta” ou “pertencente ao ginasta”.
Um pouco de História

A ginástica é um desporto que remonta à


Antiguidade e era realizada no âmbito de
danças sagradas.
 Ao longo dos séculos, a ginástica
identificou-se com uma vasta gama de
exercícios e destrezas corporais, incluindo
atividades como lançamento, saltos e
corridas.
A primeira aceitação da ginástica como uma
forma de desporto e a inclusão de
praticantes femininas deu-se no século XIX.

 Quem praticava até esta altura eram os


Ginastas, os Equilibristas e os “Homens
Fortes”.
Principais Escolas Gímnicas

 Francesa de Amorós

 Sueca de Ling

 Suíça de Clias
A ginástica como atividade desportiva tem
vindo a assumir formas de prática muito
diferentes das originais, havendo
atualmente uma grande diversidade de
disciplinas, que vão desde a ginástica
artística à rítmica e acrobática, entre
outras.
Atualmente…
A Federação Internacional de Ginástica
(FIG) conta com mais de uma centena de
federações filiadas.

A Federação de Ginástica de Portugal (FGP)


gere as seguintes disciplinas:
 Ginástica Artística
 Ginástica Rítmica Desportiva
 Ginástica Aeróbica Desportiva
 Ginástica Geral (Lazer e manutenção)
 Trampolins

 Tumbling

 Desportos Acrobáticos
GINÁSTICA DE SOLO
CARACTERIZAÇÃO

A ginástica envolve um conjunto de


exercícios, muito exigentes do ponto de
vista físico, técnico e psicológico, fazendo
apelo a elevados níveis de força e de
flexibilidade.
 Os elementos a executar são complexos,
pelo que é necessário atenção,
persistência e cooperação.
 Segundo o regulamento, os exercícios no
solo realizam-se numa superfície flexível
(praticável de 12 x 12 metros), ladeada
por uma zona de segurança envolvente (um
metro de largura).
O Esquema de solo deve conter elementos
acrobáticos e gímnicos.
A prova de solo masculina tem de ser
executada no tempo máximo de 70
segundos.

A feminina tem de ter um


acompanhamento musical e ser realizada
no tempo máximo de 90 segundos.
Elementos Técnicos

 Antes de executar qualquer exercício no


solo deves definir a posição inicial e a
posição final.
 Antes de executar os elementos que se
seguem, deve-se saber fazer:

 Rolamento engrupado à frente;

 Rolamento à retaguarda com saída de


membros inferiores estendidos e afastados;

 Rolamento engrupado à retaguarda.


Como transportar o colchão

4 Alunos utilizando as pegas


ROLAMENTOS
(CAMBALHOTAS)
Rolamento à frente com saída de membros
inferiores estendidos e afastados.
Aspetos importantes na execução

 Apoiar as mãos longe dos pés.


 Impulsão dos membros inferiores.

 Manter os membros inferiores estendidos e


unidos, afastando-os apenas na fase final do
movimento.

 Apoiar as mãos no solo (entre os membros


inferiores ao lado das coxas) e fazer repulsão
dos membros superiores.
Rolamento à frente com saída de
membros inferiores estendidos e unidos
Aspetos importantes na execução
 Apoiar as mãos longe dos pés.

 Impulsionar os membros inferiores.


 Manter os membros inferiores estendidos e
unidos, próximos do tronco, durante todo o
movimento.

 Apoiar as mãos no solo (do lado exterior dos


membros inferiores junto às coxas) e fazer
repulsão de membros superiores.
Rolamento à frente saltado
(após corrida)
Aspetos importantes na execução

 Impulsão forte e simultânea dos membros


inferiores.

 Existência de uma fase de voo com uma


pequena flexão entre o tronco e os
membros inferiores.

 Engrupar na parte final do movimento.


Rolamento à retaguarda com saída de
membros inferiores estendidos e unidos
Aspetos importantes na execução
 Fletir o tronco à frente com desequilíbrio à
retaguarda.

 Apoiar as mãos no solo junto à cabeça e


fazer repulsão para promover a rotação.

 Manter os membros inferiores estendidos e


unidos durante todo o movimento.
Rolamento à retaguarda com passagem
por apoio facial invertido
Aspetos importantes na execução
 Fletir o tronco à frente com desequilíbrio à
retaguarda.

 Apoiar as mãos no solo junto à cabeça.

 Na passagem dos membros inferiores pela


cabeça, efetuar abertura do ângulo tronco-
membros inferiores, com repulsão dos
membros superiores até ao completo
alinhamento corporal.
APOIOS
INVERTIDOS
Apoio facial invertido seguido de
rolamento à frente
Aspetos importantes na execução

 Posição de afundo.

 Apoiar as mãos no solo à largura dos ombros


e longe dos pés.

 Membros superiores em completa extensão.

 Cabeça colocada entre os membros


superiores e olhar dirigido para as mãos.
 Alinhamento e tonicidade de todos os
segmentos corporais.

 Desequilíbrio à frente dos membros


inferiores e junção do queixo ao peito com
apoio da nuca no solo, executando o
rolamento.

 Tonicidade: pequena tensão permanentemente apresentada pelo músculo no


estado de repouso (tónus).
Roda
Aspetos importantes na execução

 Posição de afundo.

 Apoiar as mãos (alternadamente) no solo,


longe do pé de chamada, na mesma linha
dos membros inferiores.
 Passagem da bacia pela vertical dos apoios
com os membros inferiores estendidos e
bem afastados

 Rotação dos ombros e da bacia.


Rodada (Rondada)
Aspetos importantes na execução

 Iniciar a rodada de frente, com rotação do


tronco antes do apoio das mãos.

 Apoiar as mãos alternadamente no solo


(segunda mão virada para a primeira),
longe do pé de chamada.
 Unir os membros inferiores antes da
passagem pela vertical e fazer a repulsão
dos membros superiores.

 Em simultâneo, fechar o ângulo tronco-


membros inferiores, efetuando a receção
(com os dois pés em simultâneo)
Roda a um braço
Aspetos importantes na execução

 Posição de afundo.

 Apoiar a primeira mão no solo longe do pé


de chamada e na mesma linha (a segunda
mão não faz qualquer apoio).

 Passagem rápida pela vertical, com rotação


dos ombros e da bacia.
Salto de Mãos
Aspetos importantes na execução

 Salto em extensão seguido de chamada com


afundo.

 Apoiar as mãos longe do pé de chamada à


largura dos ombros, com o olhar dirigido
para as mãos.
 Bloquear os ombros e efetuar a impulsão
dos membros superiores.

 Unir os membros inferiores na passagem


pela vertical, impulsionando-os para cima.
POSIÇÕES
 Antes de poder executar os diferentes tipos
de posições e elementos de ligação, deves:

 Ter uma noção correta da tua atitude


corporal (posicionamento dos vários segmentos

corporais).

 Trabalhar o equilíbrio, a flexibilidade e a


tonicidade geral.
EQUILÍBRIO
Avião
Aspetos importantes na execução
 Membros inferiores em extensão e com
grande afastamento.

 Fletir o tronco à frente.

 Olhar dirigido para a frente.

 Membros superiores em extensão

 Manter a posição durante três segundos.


Bandeira
Aspetos importantes na execução

 Grande afastamento e extensão dos membros


inferiores.

 A mão segura na zona do calcanhar do membro


inferior elevado.

 Tronco na vertical do membro inferior de apoio.

 Manter a posição durante três segundos.


FLEXIBILIDADE
Ponte
Aspetos importantes na execução

 Membros superiores em extensão.

 Ombros na vertical dos apoios e bacia


elevada.

 Membros inferiores unidos e em extensão.

 Olhar dirigido para as mãos.


Espargata Antero-Posterior
Aspetos importantes na execução

 Grande afastamento e extensão dos


membros inferiores e pés.

 Tronco vertical e orientado para o membro


inferior da frente.

 Membros superiores estendidos


lateralmente.
Espargata lateral
Aspetos importantes na execução

 Grande afastamento e extensão dos


membros inferiores e pés.

 Tronco na vertical e orientado para a


frente.

 Membros superiores estendidos


lateralmente.
Sapo
Aspetos importantes na execução

 Sentado no solo, com grande afastamento


dos membros inferiores.

 Flexão do tronco à frente, tocando no solo.

 Membros superiores estendidos e afastados.


 Bloquear os ombros e efetuar a repulsão
dos membros superiores.

 Unir os membros inferiores na passagem


pela vertical, impulsionando-os para cima.
FORÇA
Ângulo
Aspetos importantes na execução

 Mãos apoiadas no solo na parte exterior dos


membros inferiores e junto às coxas.

 Membros inferiores e pés estendidos e


elevados.
 Ângulo tronco/membros inferiores a 90º,
com o olhar dirigido para a frente.

 Manter a posição durante três segundos.


ELEMENTOS
DE
LIGAÇÃO
SALTOS
Tesoura
Aspetos importantes na execução

 Tronco na vertical.

 Impulsão com elevação alternada dos


membros inferiores em extensão acima do
nível da bacia.

 Membros superiores em extensão ao nível


dos ombros ou em elevação superior.
Engrupado
Aspetos importantes na execução

 Tronco na vertical.

 Impulsão com a elevação e flexão


simultânea dos membros inferiores acima
do nível da bacia.

 Membros superiores em elevação superior.


En Jambé
Aspetos importantes na execução

 Impulsão dos membros inferiores.

 Grande afastamento antero-posterior dos


membros inferiores.

 Tronco na vertical, com membros superiores


colocados lateralmente (na fase de voo).

 Receção simultânea dos pés.


Carpa
Aspetos importantes na execução

 Impulsão dos membros inferiores.

 Grande afastamento frontal dos membros


inferiores (paralelos ao solo).

 Tronco na vertical, com membros


superiores colocados à frente.

 Receção simultânea dos pés.


VOLTAS
Salto em extensão com meia volta
Aspetos importantes na execução

 Impulsão na vertical.

 Corpo em extensão com membros


superiores em elevação superior.

 Rotação de 180º sobre o eixo longitudinal.


Pivot
Aspetos importantes na execução

 Rotação do corpo sobre um apoio no eixo


longitudinal (360º).

 Bacia colocada sobre o membro inferior de


apoio.

 Fixar um ponto e rodar a cabeça na fase final.

O membro inferior que inicia atrás passa para


frente.
Salto em extensão com uma pirueta
Aspetos importantes na execução

 Impulsão vertical.

 Corpo em extensão, com os membros


superiores em elevação superior.

 Rotação do corpo sobre o eixo longitudinal


(360º).

 Fixar um ponto e rodar a cabeça na fase final.


AFUNDOS
Frontal
Aspetos importantes na execução

 Grande afastamento dos membros


inferiores.

 Flexão do membro inferior colocado à


frente ou atrás.

 Tronco no prolongamento do membro


inferior de trás e membros superiores em
elevação superior.
Lateral
Aspetos importantes na execução
 Grande afastamento dos membros inferiores.

 Flexão de um membro inferior e extensão do


outro.

 Tronco no prolongamento do membro inferior


estendido.

 Membros superiores estendidos ao nível dos


ombros.
Questões
 Os exercícios de solo realizam-se num
praticável de 12 x 10 metros.
O tempo do esquema de solo masculino é
superior ao do feminino.
 Na prova feminina é obrigatório o
acompanhamento musical.
 Um esquema de solo contém elementos
gímnicos.
O praticável é ladeado por uma zona de
segurança envolvente de dois metros.