You are on page 1of 12

SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO

COLÉGIO ESTADUAL SENADOR WALTER FRANCO


ATENDIMENTO EDUCACIONAL ESPECIALIZADO

PROCESSOS DE INCLUSÃO E
AVALIAÇÃO CURRICULAR
SALA DE RECURSOS
MULTIFUNCIONAIS
O que é

Histórico

Plano de aplicação- PDE acessível- Planos de ação executados

Atribuições do professor

Perfil de alunos atendidos


MATRÍCULA AEE 2018
Altas habilidades/ superdotação
◦ Os estudantes com altas habilidades ou superdotação terão
suas atividades de enriquecimento curricular
complementados em ambientes que possam desenvolver suas
habilidades e aptidões.

RESOLUÇÃO Nº 7, DE 06 DE NOVEMBRO DE 2014


Lei nº 13.146/2015 – Lei brasileira de inclusão da pessoa com deficiência

Adaptações relativas a projeto pedagógico - organização escolar e serviços de


apoio, oferta de condições estruturais em sala de aula e individualmente.

Adaptações relativas ao currículo da classe - programação de atividades


elaboradas para sala de aula.

Adaptações individualizadas de currículo - atuação do professor na avaliação e


atendimento a cada aluno.
Diagnóstico: algumas características – não é definitivo
Foco nas possibilidades

Adaptação (flexibilização)- o que ele pode?


Planejamento – O que é mais importante? Quais recursos?

Aulas diferentes? Não! Objetivos diferenciados? Sim!


Avaliação
Seleção de técnicas e instrumentos de acordo com as necessidades educacionais especiais

1. Atividades complementares e alternativas


2. Recursos de apoio
3. Alteração dos níveis de complexidade da tarefa
4. Seleção e adaptação de material
5. Tempos flexíveis no que se refere à duração e ao período das atividades propostas.
6. Alunos com deficiência precisam passar pelos momentos de avaliação ao mesmo tempo
que os colegas.
7. Observação do aluno em momentos de aprendizagem ou de atuação coletiva
Deficiência Intelectual
Cada um destes alunos é único. É comum que estes estudantes tenham
dificuldades com conteúdos abstratos, criatividade e lógica.
Daniel

Ezequiel
Contextualizar as atividades e os conteúdos com situações do cotidiano
Flexibilizar o tempo de realização da atividade; Repetição das etapas. Lara

Incentivar a interação com os demais, principalmente em atividades em


grupo. Favorecer o desenvolvimento de habilidades adaptativas sociais, de
comunicação, cuidados pessoais e autonomia.
Surdez
Aluno surdo não conhece a Língua Portuguesa. Oferecer apoio vocabular é
Adriana importante!
Ter intérprete de Libras na escola é um direito. Não temos. E agora?
Rayanne

Karolina
Abusar dos estímulos visuais e táteis
Oferecer registros escritos claros e em imagens, de preferência
Proponha que sente na frente e sempre que puder, fale olhando para ele.
Estimule a interação dos demais alunos com ele.
ALUNOS SEM DIAGNÓSTICO NÃO ATENDIDOS NO AEE
Marcelly Karolina
Letícia Andreyalle
Marisol
PROGRAMAÇÃO

Sexta – 21/09 (Matutino): Palestra inicial: As


diferenças nos enriquecem, mas o respeito nos une -
Local: Sala do Preuni. Horários: 2º e 4º horários.

Segunda – 24/09 (noturno): Palestra de abertura e


vídeo comemorativo ao Dia do atleta paraolímpico.
Local: Auditório. Horário: 19:15.

Terça – 25/09 (matutino e vespertino): Mostra


pedagógica. Local: Sala de recursos multifuncionais.
Horário: Toda a manhã e tarde.

Quarta – 26/09 (tarde): Homenagem ao Dia do surdo.


Palestra com Mara Rúbia e coral em LIBRAS – Local:
Auditório. Horário: 16:00

Quinta – 27/09 (matutino) café da manhã com pais e


alunos do AEE – das 08:00 às 10:00. Local: Sala de
recursos.
REFERÊNCIAS
BRASIL. Ministério de Educação e Cultura. LDB - Lei nº 9394/96, de 20 de dezembro de 1996. Estabelece as Diretrizes e Bases da Educação
Nacional. Brasília : MEC, 1996.

______. Ministério da Educação. Secretaria da Educação Especial. Política Nacional de Educação Especial na Perspectiva da Educação
Inclusiva. MEC/SEESP, Brasília, 2008.

______. Lei nº 12.764, de 27 de dezembro de 2012. Política Nacional de Proteção dos Direitos da Pessoa com Transtorno do Espectro Autista.
Brasília, DF, 27 dez. 2012. Disponível em: . Acesso em: 12 jan. 2013.

______. Lei nº 13.146, DE 6 DE JULHO DE 2015. Dispõe sobre a Lei Brasileira de Inclusão da Pessoa com Deficiência. Disponível em: <
http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_Ato2015-2018/2015/Lei/L13146.htm > . Acesso em : 05 fev. 2017

SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO DO DISTRITO FEDERAL. Currículo em Movimento da Educação Básica. Educação Especial. Brasília:
2012.