You are on page 1of 21

ESTRADA

ESCAVO EMPURRADOR

PROFESSOR(A): SIMONE NATASHA


ACADÊMICOS:

ALEXANDER QUEIROZ
CARLOS PATRICK BENTES MONTEIRO
GAUBER DA CRUZ SILVA
JEFERSON DANTAS DOS SANTOS
MAIDSON FREITAS CLEMENTINO
PEDRO BACURI PESTANA
AMAURI GUEDES
CARACTERÍSTICA DE ESCAVO EMPURRADOR

Corresponde ao trator de rodas ou esteira adaptado


com o implemento de uma lâmina à frente do trator que o
transforma numa unidade capaz de escavar e empurrar a terra.
Tratores são maquinas para puxar ou empurrar coisas,
que exerce muita força de tração
Possuem um ou dois eixos, são usados em substituição
aos tratores de esteira onde é permitida sua circulação a
velocidades maiores, percorrendo uma maior distância e
trazendo maior economia de transporte, além de não trazer
prejuízo para as rodovias tem maior manobrabilidade, rápido
impulso, agilidade e provoca menos fadiga ao operador.
Os tratores de um eixo possuem boa manobra, boa
aderência, baixa resistência ao rolamento e baixa manutenção
dos pneus.
Os tratores de dois eixos possuem melhor estabilidade
que os de um eixo, boa dirigibilidade, são mais difíceis de
virar nas encostas (maior segurança), atingem maiores
velocidades e, consequentemente, maiores distancias
econômicas de transporte, podendo operar sozinhos, sem o
reboque; no entanto, as rampas são ainda mais limitadas, e
sua operação se restringe em solos de bom suporte e
compactos.
TIPOS DE UNIDADES:

Trator de esteira com lâmina: para trabalhos que exigem


maior necessidade de aderência e flutuação das máquinas.
Trator de pneus com lâmina: para serviços que exigem
maiores velocidades e maior mobilidade das máquinas.
TRATOR COM LÂMINA RETA

Tem esse equipamento outras denominações, como:


trator de lâmina reta, ou trator de “queixo duro”. (“bulldozer”).
O implemento colocado no trator é um robusto suporte
metálico que tem à sua frente uma lâmina de aço montada
perpendicularmente ao eixo longitudinal do trator.
A lâmina tem apenas dois movimentos, um de
elevação e outro de abaixamento, ambos executados através
de cilindros hidráulicos. O extremo inferior da lâmina e suas
laterais têm as bordas constituídas com aço extremamente
duro, para melhor resistir à abrasão. (São bordas
substituíveis).
É o equipamento indicado para escavação e
transporte dos materiais em linha reta, desmonte de
materiais e rochas pouco duras, deslocamento de blocos de
pedra. Isto tudo, devido à sólida construção oferecida pelo
conjunto máquina/lâmina.
Trator de lâmina reta (buldozer)
TRATOR COM LÂMINA ANGULADA “ANGLEDOZER
Outras designações atribuídas a esse equipamento:
trator de lâmina oblíqua, “angledozer”. A sua lâmina é de
construção semelhante à do “bulldozer”. A diferença está no
sistema de suporte da lâmina o qual permite, além dos
movimentos de elevação e abaixamento, o posicionamento
da lâmina de forma perpendicular (reta) ou formando ângulos
com o eixo longitudinal do trator (O usual é de até 25°, à
esquerda ou à direita).
Uma lâmina do tipo angulável, comparada com a do
“bulldozer”, apresenta menor altura, porém tem maior
comprimento.
TRATOR COM LÂMINA AJUSTÁVEL

Também chamado de tipedozer (“tipdozer”).


O ajuste da lâmina é obtido através de um conjunto de peças
adaptadas ao “bulldozer” ou ao “angledozer” o qual dá um novo
posicionamento para a lâmina.
A lâmina poderá ser movida e fixada em uma nova posição em
relação a um eixo horizontal, aumentando ou diminuindo o seu
ângulo de ataque, em relação ao terreno.
Essa montagem permite “rolar” a terra na frente da lâmina, com
melhor aproveitamento no transporte do material.
Trator com lâmina ajustável
Trator com lâmina inclinável
Também chamado de tiltedozer (“tiltdozer”), é outra forma
de dar outra fixação para a lâmina em relação a um plano de
apoio do conjunto de esteiras. O equipamento efetua com essa
nova disposição, cortes a meia encosta e abertura de valetas.
TIPOS DE LÂMINAS E
ACESSÓRIOS:
Lâmina U (universal blade).
Possui a forma de U, o que reduz a perda lateral de
material durante a escavação. É apropriada para movimentação
de grandes cargas a grandes distâncias e para movimentar
materiais leves e de baixa capacidade de suporte. Pode
executar movimentos de inclinação lateral e de tombamento.
- Para grandes cargas
- Para grandes distâncias
- HP/m (largura) – baixa
- Utilizada para solos de baixa resistência ao corte
- Evita perdas laterais- HP/m³ - baixo materiais leves
Lâmina S (straight blade)
Lâmina reta, apropriada para escavação de materiais com
peso específico elevado e empregável na operação de pusher por
possuir menores dimensões. Pode executar movimentos de
inclinação lateral e de tombamento.
- Para materiais resistentes- HP/m - elevado- HP/m3 -
elevado - materiais pesados- D3 a D11- Com placa para “pusher”
® motoscrapers

Angulável - “A”
Lâmina a (angle blade) - lâmina angulável, apropriada
para escavações em meia-encosta, abertura de caminhos de
serviço e de valetas, reaterro, etc. Pode formar um ângulo de até
25° com a perpendicular à direção de deslocamento da máquina.
Pode executar movimentos de inclinação lateral, mas não
movimentos de tombamento, por ser fixada ao trator por meio de
uma estrutura em forma de c;

- Utilizada 90º com eixo- Utilizada 25º para cada lado- Escavação
de meia encosta- Valetas- Reaterro- D4 a D8
A mortecedora - “C”

Lâmina amortecedora, usada em tratores de grande


porte paro o empuxo de motoscrapers. Possui menores
dimensões, quando comparada às lâminas S e U, para
facilitar a manobra de acoplagem aos motoscrapers e
reduzir danos aos pneus destes. Este tipo tem seu uso
limitado
- tratores de grande porte- apoio ao motoscrapers- largura
reduzida .
PLACAS PARA PUSHER:

É uma lâmina bastante reforçada, usada para empurrar


o “scraper” durante a operação de carga. Sua função principal
não é a de movimentar terras, mas sim auxiliar outros
equipamentos no aumento do seu esforço de tração.
ESCARIFICADOR ou RIPPER:
São “dentes” cortantes, instalados na parte traseira
do trator, usados para romper solos compactos ou para
aumentar a eficiência do implemento das lâminas de
carga.
Serviços Executais:
Emprego dos tratores com lâmina frontal

• Abertura de caminhos de serviço e preparo da plataforma de


rodagem para outros equipamentos;
• Desmatamento, limpeza e destocamento;
• Construção de aterros com empréstimo lateral a curtas
distâncias e pouca altura;
• Cortes com bota-fora, em terrenos com forte inclinação lateral
ou longitudinal, cortes altos e com pequena extensão;
• Cortes com pequena distância de transporte;
• Regularização de terrenos (grosseiro nivelamento);
• Remoção de troncos ou blocos de pedra;
• Espalhamento de materiais depositados pelos caminhões
basculantes e escreipers;
• Operação de tração como deslocador de escreipers.
• O transporte de materiais de escavação, com os tratores com
lâmina só é econômico até as seguintes distâncias máximas:
• Transporte de material em pequenas distâncias;

• Corte do terreno;
Cortes são movimentos de terra ou rocha cuja execução exige
escavação do material que compõem o terreno natural no interior dos
limites das seções projetadas.

• Abertura de valetas pouco profundas;


As valetas de proteção dos cortes serão obrigatoriamente executadas
e revestidas imediatamente após a sua conclusão, independentemente
das demais obras de proteção previstas.

• Acabamento básico de superfícies;


A tecnologia de acabamento de superficie permite levar os
limites de desempenhos de seus componentes a niveis mais alto.
• Escarificação leve (quando tem o implemento
escarificador);
• É o corte vertical ou perfuração do solo e das raízes da
relva com implementação especiais, tais como os potentes
escarificadores de relva.

• Utilizável Como equipamento escavador deslocador;


• Materiais escaváveis pela lamina de um trator de esteira.

• Limpeza, Destocamento.
• Estando definido o traçado de uma rodovia ou ferrovia
haverá a desapropriação de uma área em torno do eixo do
traçado denominado faixa de domínio, com largura de acordo
com normas.

Related Interests