You are on page 1of 15

Ética e Deontologia profissional

no trabalho com crianças e jovens


(UFCD 9631)
Ética
 O termo ética tem origem no grego “ethiké” ou do latim “ethica” (ciência
relativa aos costumes).
 Ética é o domínio da filosofia que tem por objetivo o juízo que distingue o
bem e o mal, o comportamento correto e o incorreto.

2
Moral

A moral, deriva da palavra latina mores (que também significa costumes).

Moral é um conjunto de regras, valores e proibições vindos do exterior ao homem, ou


seja, impostos pela política, a religião, a filosofia, a ideologia, os costumes sociais, que
impõem ao homem que faça o bem.

3
Deontologia
 O termo Deontologia surge das palavras gregas “déon, déontos” que significa
dever e “lógos” que se traduz por discurso ou tratado.
 A deontologia seria o tratado do dever ou o conjunto de deveres, princípios e
normas adotadas por um determinado grupo profissional.

4
Princípios de referência ética

A Competência
A Responsabilidade
A Integridade
O Respeito

5
Direitos das crianças

1 - Todas as crianças, independentemente de cor, sexo, língua, religião ou opinião,


têm os direitos a seguir garantidos.

2 - A criança será protegida e terá desenvolvimento físico, mental, moral, espiritual e


social adequados.

3 - Crianças têm direito a nome e nacionalidade.

4 - A criança terá direito a alimentação, recreação e assistência médica.

5 - Crianças deficientes terão tratamento, educação e cuidados especiais.

6
Direitos das crianças

6 - A criança precisa de amor e compreensão.

7 - A criança terá direito a receber educação, que será gratuita pelo menos no grau
primário.

8 - As crianças estarão, em quaisquer circunstâncias, entre os primeiros a receber


proteção e socorro.

9 - A criança será protegida contra qualquer crueldade e exploração. Não será


permitido que ela trabalhe ou tenha ocupação que prejudique os estudos ou a saúde.

10 - Toda criança terá proteção contra atos de discriminação.

7
Respeito pelo superior interesse da criança

 O interesse superior da criança: responsabilidade pela sua educação e


orientação; tal responsabilidade cabe, em primeira instância, aos seus pais.

8
Compromissos com os intervenientes
1. No compromisso com as crianças
- Respeitar cada criança.

9
Compromissos com os intervenientes
- Garantir o sigilo profissional, respeitando a privacidade de cada criança.

10
Compromissos com os intervenientes
2. No compromisso com as famílias
- Respeitar as famílias e a sua estrutura, valorizando a sua competência educativa.
-

11
Compromissos com os intervenientes
3. No Compromisso com a equipa de trabalho
- Respeitar os colegas de profissão e colaborar com todos os intervenientes na
equipa educativa, sem discriminações.

12
Compromissos com os intervenientes
4. No Compromisso com a entidade empregadora
- Participar na construção da própria organização social em que está inserido(a)

13
Compromissos com os intervenientes
5. No Compromisso com a comunidade
- Conhecer e respeitar as tradições e costumes da comunidade onde a instituição
está inserida.

14
Compromissos com os intervenientes
6. No Compromisso com a sociedade
- Assumir a sua condição de cidadã(o), agindo de modo informado, responsável e
coerente com o seu estatuto de profissional.

15