You are on page 1of 30

Compreender o Corpo Humano 9

Unidade

1
Saúde e qualidade de vida – Domínio biológico

O Domínio biológico
integra fatores como: a
idade, o sexo, a natureza
étnica, a herança
genética, o nível de
condição física, o estado
geral de saúde, a
mobilidade e a
capacidade de trabalho.
Saúde e qualidade de vida – Domínio psicológico

O Domínio psicológico
integra aspetos associados
ao carácter psíquico, às
emoções, aos sentimentos,
aos comportamentos, às
atitudes e às capacidades
cognitivas dos indivíduos,
nomeadamente, o bem-
estar e a autoestima entre
outras.
Saúde e qualidade de vida – Domínio económico

O Domínio económico
está relacionado com a
promoção da dignidade
do indivíduo, da justiça e
do respeito mútuo. Estes
aspetos dependem
diretamente de políticas
sociais, mas, também, da
vontade individual dos
cidadãos.
Saúde e qualidade de vida – Domínio cultural

O Domínio cultural
está relacionado com o
estilo de vida das
pessoas, isto é, com os
seus comportamentos e
hábitos socialmente
adquiridos, podendo
estes ser benéficos ou
prejudiciais à sua saúde.
Coevolução parasita e hospedeiro

• A pode considerar-se uma coevolução antagónica.


• A seleção que a natureza exerce favorece o parasita
que, desta forma, evolui de modo a ficar mais apto a
invadir o hospedeiro.
• Por sua vez, o hospedeiro evolui, no sentido de impedir
a ação do parasita.
Os antibióticos são totalmente
ineficazes contra os vírus.
Doenças não transmissíveis
Tratam-se de doenças crónicas não infeciosas,
caracterizadas pela ausência de microrganismos na
sua origem, que se prolongam no tempo e são
irreversíveis.
Hipertensão
Caracterização

Caracterizada pela elevação da


tensão arterial (pressão
exercida pelo sangue contra a
parede das artérias) para
valores acima de 150 mmHg
durante a contração cardíaca e
de 100 mmHg durante o
relaxamento do coração.
Fator de risco

Stresse, excesso de sal e gorduras, vida


sedentária e ingestão de estimulantes
(ex.: cafeína).
Doenças cardiovasculares

Caracterização

Caracterizadas por lesões no


coração ou nos vasos
sanguíneos, por vezes causadas
por degenerescência do
organismo.

Fator de risco

Obesidade, hábitos alimentares pouco


saudáveis, sedentarismo, stresse,
hipertensão, colesterol elevado,
tabagismo, entre outros.
Diabetes

Caracterização

Caracterizada pela deficiente


produção de insulina, que pode
estar relacionada com o mau
funcionamento do pâncreas,
por vezes causado por
degenerescência do organismo.

Fator de risco

Obesidade, sedentarismo, stresse,


hipertensão, colesterol elevado, entre
outros.
Doenças respiratórias crónicas

Caracterização

Afetam o trato e os órgãos do


sistema respiratório.
(ex.: asma, broncopatias,
infeções respiratórias).

Fator de risco

Tabagismo, poluição, exposição


profissional a poluentes atmosféricos,
condições alérgicas e doenças do
sistema imunitário.
Doenças oncológicas

Caracterização

Caracterizadas pelo
crescimento e divisão
descontrolada de células.

Fator de risco

Tabagismo, sedentarismo, exposição


excessiva ao Sol, falta de vigilância
médica, consumo de bebidas alcoólicas e
fatores ambientais.
Doenças cardiovasculares

Caracterização

Caracterizadas pela
deterioração crónica da função
renal.
(ex.: nefrite, cálculo renal,
insuficiência renal).

Fator de risco

Diabetes, hipertensão e sedentarismo.


Problemas de saúde mental
Caracterização

Caracterizados pela incapacidade


de lidar de forma positiva com as
incapacidades, pela sensação de
mau estar consigo próprio e
dificuldades na relação com os
outros.
(ex.: depressão, ansiedade, stresse
continuado, dependência de
álcool e outras drogas,
esquizofrenia).
Fator de risco

Isolamento, solidão, inatividade


intelectual e física, perturbações
emocionais.
São vários os fatores que influenciam a saúde individual, os quais, em interação
determinam o estado de saúde de uma população – saúde comunitária.
Estes fatores são os determinantes da saúde e podem ser agrupados em:

Ambientais
habitat, qualidade do ar, qualidade
da água, ...
Os determinantes da saúde influenciam, num ou noutro sentido, o estado de saúde
individual ou comunitária. São, por isso, muitas vezes agrupados em:
• Determinantes da saúde individual
o referem-se às condições próprias do indivíduo, como a idade, o sexo, os fatores
genéticos e os estilos de vida.
• Determinantes da saúde comunitária
o incluem a exposição a condições ambientais desfavoráveis, tais como, elevados
níveis de poluição, inexistência de espaços verdes e falta de infraestruturas.
Incluem, também, aspetos sociais e económicos, e aspetos relacionados com o
acesso aos serviços.
A taxa bruta de natalidade nos países
desenvolvidos é, em geral, mais baixa devido a um
maior recurso a métodos contraceptivos, à
existência de melhores condições médicas e a
padrões socioeconómicos mais elevados, em geral,
verifica-se o contrário nos países em
desenvolvimento.

Hiperligação
Pordata
Contribui para a melhoria dos valores deste
indicador uma maior eficácia dos cuidados
pré́-natais e melhores infraestruturas de
apoio à maternidade
Este indicador do desempenho do sistema
de saúde fornece informações sobre o grau
de apoio médico/hospitalar que uma
determinada região pode prestar à sua
comunidade.
Portugal dispõe de vários programas
nacionais prioritários para a melhoria do
nível de saúde da população, tais como:
Compreender o Corpo Humano 9
Unidade