You are on page 1of 57

UFCD: 4259 NÍVEL: FM

FORMADOR: CARLA ALEXANDRA PEREIRA

INTERVENÇÃO SOCIOCULTURAL E REPRESENTAÇÃO SOCIAL


DA DIFERENÇA - 4259

Formadora: Carla Alexandra Soares Pereira


carlapereira751985@gmail.com
UFCD: 4259 Nível: FM

Formador: Carla Alexandra Pereira

OBJETIVOS

■ Refletir sobre as questões de desigualdade e de diferença em relação

ao género, à idade, à etnia, à cultura, aos aspetos físicos e aos

comportamentos patológicos decorrentes da doença mental.

■ Refletir sobre as implicações sociais da velhice.

■ Analisar a intervenção e integração sociocultural dos mais diferentes.


CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS

■ Ser diferente versus normal

■ As questões étnicas e culturais

■ Os emigrantes e as suas culturas

■ A importância da multiculturalidade e interculturalidade na sociedade atual

■ A saúde mental e as suas implicações no ser “normal”


CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS

■ O processo de envelhecimento

■ O papel do idoso na vida social, familiar, económica e política – O que é ser velho

■ Os aspetos individuais e coletivos da vida - os fatores genéticos, biológicos, físicos, químicos e

nutricionais e os aspetos psicológicos, sociológicos, económicos, comportamentais,

ambientais

■ As questões de género
Dinâmica de grupo – Avenida Complicada
As tarefas do grupo consistem em encontrar um Casa n° Casa n° Casa n° Casa n° Casa n°
801 803 805 807 809
método de trabalho que possa desenvolver com
máxima brevidade possível, o problema da Cor . . . . .
AVENIDA COMPLICADA.
Veículo . . . . .

 Sobre a avenida complicada encontra-se Bebida . . . . .


cinco casas numeradas da esquerda para a
direita: 801, 803, 805, 807 e 809. Animal . . . . .
Cada casa caracteriza-se pela cor diferente,
pelo proprietário que é de nacionalidade Proprietário . . . .
diferente, pelo veiculo que é de marca
diferente, pela bebida diferente e pelo animal As informações que permitirão a solução da
doméstico diferente.
Avenida Complicada são:
1- As cinco casas estão localizadas na mesma avenida e no mesmo 10-A casa verde é vizinha da casa cinza, à sua direita;
lado;

2- O mexicano mora na casa vermelha 11-O peruano e o argentino são vizinhos;

3- O peruano tem um carro Mercedez Benz; 12-O proprietário do Volkswagen cria coelhos

4- O argentino possui um cachorro; 13-O Chevrolet pertence à casa de cor rosa;

5- O chileno bebe coca-cola; 14-Bebe-se pepsi-cola na 3º casa;

6- Os coelhos estão à mesma distância do Cadillac e da cerveja; 15-O brasileiro é vizinho da casa azul;

7- O gato não bebe café e não mora na casa azul 16-O proprietário do carro Ford bebe cerveja;

8- Na casa verde bebe-se whisky; 17-O proprietário da vaca é vizinho do dono do


Cadillac;

9- A vaca é vizinha da casa onde se bebe coca-cola; 18-O proprietário do carro Chevrolet é vizinho do
cavalo.
Solução: Avenida complicada

■ 801- Whisky; Mercedez; Peruano; Gato; Verde

■ 803- Cerveja; Ford; Argentino; Cachorro; Cinza

■ 805- Pepsi; Volkswagen; Mexicano; Coelho; Vermelha

■ 807- Coca-cola; Cadilac; Chileno; Cavalo; Azul

■ 809- Café; Chevrolet; Brasileiro; Vaca; Rosa


Ser diferente versus normal

O que é ser diferente?


O que é ser normal?
Ser diferente versus normal
Ser diferente e o ser normal são coisas completamente diferentes.

Uma pessoa ser diferente resume-se á volta dela e de quem gira á sua
volta, porque o que para mim pode ser diferente para a sociedade pode
não ser, ou vice-versa

 Todas as pessoas são diferentes, ninguém é igual a ninguém, pois o


modo de vida muda uma pessoa, a maneira de falar de agir não é
igual a nenhuma outra, poderá existir parecenças, mas não iguais.
Ser diferente versus normal
Uma pessoa é sempre normal á sua maneira…..

 Não há ninguém ”anormal” porque essa mesma pessoa poderá ser


“normal” de acordo com a sua maneira e para nós isso poderá não
ser o “normal”, porque todos nós não pensamos da mesma maneira
por isso temos ideias e ideais completamente diferentes.
Ser diferente versus normal
Uma pessoa é sempre normal á sua maneira…..

Poderão existir pessoas diferentes como os “Deficientes” devido á nossa


sociedade elas tornam-se “anormais” porque não tem o modo de vida
parecido ao que a sociedade tem e são chamados de pessoas
“anormais”, por vezes gozados porque a sociedade assim os define, não
quer dizer que todas as pessoas pensem assim mas a maioria assim
pensa, não só de agora mas sim de algum tempo atrás.
Ser diferente versus normal

O que a sociedade pensa é que ser normal é ser uma


pessoa saudável sem problemas.

Mas podem existir pessoas com problemas graves que não


sejam visuais e essas não são postas de lado como as
outras, porque a sociedade não vê e reflete que aquela
pessoa está bem, porque vão pela aparência e não pelo que
a pessoa realmente é.
Ser diferente versus normal

Eu não sou assim porque nós para dizermos que uma pessoa é
diferente ou “anormal” temos que pensar o que para nós é
realmente diferente ou “anormal”, e temos que pensar que ninguém
é igual a ninguém e temos que respeitar as pessoas que tem
doenças e não dizer que essas mesmas são “anormais
Ser diferente versus normal
As questões étnicas e culturais
As questões étnicas e culturais
 Cultura significa todo aquele complexo que inclui
o conhecimento, a arte, as crenças, a lei, a moral, os
costumes e todos os hábitos e aptidões adquiridos pelo
ser humano não somente em família, como também por
fazer parte de uma sociedade da qual é membro.

 A cultura é o meio de adaptação do homem aos diferentes


ambientes;

 A cultura é um processo acumulativo


As questões étnicas e culturais
A cultura é o conjunto:
 De formas e expressões que caracterizarão no tempo uma
sociedade determinada.

Pelo conjunto de formas e expressões, entende-se e inclui os


 costumes,
 crenças, práticas comuns,
 regras, normas,
 códigos,
 vestimenta,
 religião, rituais
 e maneiras de ser que predominam na maioria das pessoas que a
integram.
As questões étnicas e culturais
A cultura é uma lente através da qual o homem vê o mundo -
pessoas de culturas diferentes usam lentes diferentes e, portanto,
têm visões distintas das coisas
Dinâmica:
Cada país tem a sua própria cultura, que é influenciada por
vários fatores.

A cultura Brasileira é ______________________________


A cultura Portuguesa é ______________________________
Raça e Etnia

A discussão em torno do tema raça e etnia é um dos debates mais


constantes na sociedade no cerne dos conflitos que o
mundo atravessa, seja por causa das guerras entre os povos
Raça e Etnia

RAÇA está relacionado com o âmbito biológico, as diferenças de


características físicas que fazem daquele grupo social um grupo
particular.

Pode-se compreender melhor o que se quer dizer quando se fala


de raça quando se atenta para as questões da cor de pele, tipo de
cabelo, conformação facial e cranial, ancestralidade e genética.
Raça e Etnia

Etnia está relacionado ao âmbito da cultura, aos modos de viver, tradições,


religião, costumes, nacionalidade, afinidades linguísticas (língua) de um
determinado povo que criam as condições de pertença naquela
determinada etnia.

Pode-se compreender melhor as questões étnicas a partir dos inúmeros exemplos


que enchem a televisão como os eternos conflitos entre grupos étnicos no oriente
médio que vivem em disputa política por territórios ou por questões religiosas.
Exercício 1 – RAÇA OU ETNIA?

Imagem 1 Imagem 2
Raça e Etnia
Raça e etnia não são sinónimos, mas o conceito de raça é associado ao de
etnia significa POVO.
Raça e Etnia

RAÇA ETNIA
 Etnia também compreende os fatores culturais, como a nacionalidade,
religião, língua e as tradições, enquanto raça compreende apenas os
fatores morfológicos, como cor de pele, constituição física, estatura.
Dinâmica de grupo
Objetivo : Criar comunicação fraterna e madura.

Desenvolvimento: distribuir aos participantes papel e convidá-los a fazer um


desenho de um homem e uma mulher.

Anotar na figura:
Diante dos olhos : as coisas que viu e mais o impressionaram.
Diante da boca : 3 expressões (palavras, atitudes) dos quais se
arrependeu ao longo da sua vida.
Diante da cabeça : 3 idéias das quais não abre mão.
Diante do coração : 3 grandes amores.
Diante das mãos : ações inesquecíveis que realizou.
Diante dos pés : piores enroscadas em que se meteu.
Dinâmica de grupo
Colocar em plenário

- Foi fácil ou difícil esta comunicação? Porque?


- Este exercício é uma ajuda? Em que sentido?
- Em qual anotação sentiu mais dificuldade? Por que?
- Este exercício pode favorecer o diálogo entre as pessoas e o
conhecimento de si mesmo? Por que?
As questões de género
Igualdade de Género consiste desde logo em efetuar uma distinção
entre Sexo e Género.

SEXO: GÉNERO
SEXO GÉNERO
Conjunto de características Representações em torno do
biológicas que distinguem sexo que são geradas em
homens e mulheres sociedade
As questões de género
Igualdade de Género consiste desde logo em efetuar uma distinção
entre Sexo e Género.

O conceito de Sexo pertence ao domínio O conceito de género descreve assim o


da biologia e traduz o conjunto de conjunto de qualidades e de
características biológicas e fisiológicas comportamentos que as sociedades
que distinguem os homens e as mulheres. esperam dos homens e das mulheres,
formando a sua identidade social
Actividade Pedagógica Nº 2

■ Objetivo: reflexão sobre o conceito de género.


Coloque S ou G, no quadrado, consoante a afirmação se relacione com o
Sexo ou com o Género
Porque é importante falar em
igualdade de género atualmente?
A Igualdade entre Mulheres e Homens, ou Igualdade de Género,

Significa igualdade de direitos e liberdades para a igualdade de


oportunidades de participação, reconhecimento e valorização de
mulheres e de homens, em todos os domínios da sociedade,
político, económico, laboral, pessoal e familiar.
FALAR EM IGUALDADE DE GÉNERO
É IMPORTANTE PORQUE...
 A participação dos homens e mulheres no mercado de trabalho é desigual,
facto que se reflete na existência do gap salarial entre homens e mulheres e
consequentemente no maior número de situações de pobreza entre a
população feminina;

 Nas empresas privadas e na administração pública, os lugares de chefia são


maioritariamente ocupados por homens, pese embora o número de mulheres
com habilitações superiores ser superior ao dos homens;
FALAR EM IGUALDADE DE GÉNERO
É IMPORTANTE PORQUE...
 Continuam a persistir profissões tendencialmente femininas e
tendencialmente masculinas;

 Continuam a verificar-se diferentes participações e usos do tempo entre


homens e mulheres no que diz respeito à vida familiar, sendo que as mulheres
são ainda as principais responsáveis pela execução das tarefas domésticas e
pela prestação de cuidados à família;
FALAR EM IGUALDADE DE GÉNERO É
IMPORTANTE PORQUE...
 Não obstante a licença de maternidade/paternidade, de acordo com a lei,
poder ser partilhada pela mãe e pelo pai, são ainda poucos os homens que
auferem deste direito;

 Persistem as barreiras psicossociais no que diz respeito ao acesso a cargos


políticos ;

 As mulheres ocupam uma posição desigual no que diz respeito ao trabalho


remunerado
O processo de Envelhecimento

O que significa ser velho hoje?


O Processo de Envelhecimento
VELHO
Aurélio Buarque
 É uma pessoa muito idosa;
 Algo antigo;
 Os velhos tinham outros costumes;
 Que tem muito tempo de existência;
 Gasto pelo uso;
 Antiquado;

Fraiman
é "aquele que tem muitos anos de idade e uma grande experiência acumulada
que o diferencia dos demais".
O Processo de Envelhecimento
VELHICE

Remete-nos, para a noção de idade

A Organização Mundial da Saúde classifica cronologicamente como idosos as


pessoas com mais de 65 anos de idade.
O Processo de Envelhecimento

VELHICE

Não é um processo, é um estado que caracteriza a condição de ser;


O registo corporal é aquele que fornece as características do idoso: cabelos
brancos, calvície, rugas, diminuição dos reflexos, compressão da coluna
vertebral e outros.
O Processo de Envelhecimento
ENVELHECIMENTO

É um processo complexo e universal que resulta da interação entre diversos


fatores:

 Biológicos (relativos às mudanças operadas no organismo com a idade),

 Psicológicos (relativos às mudanças no comportamento)

 Sociais (relativos às mudanças com origem nas forças sociais e nas


respostas dadas pelo indivíduo a essas forças).
O Processo de Envelhecimento

ENVELHECIMENTO

 É universal;
 Variável;
 Processo diferencial;
 Contínuo;
 Fenómeno normal
Actividade Pedagógica Nº 3

■ Objetivo: reflexão sobre os mitos da velhice


Coloque V ou F, nas frases seguintes, consoante a afirmação se relacione com a velhice.

 A maioria das pessoas idosas é senil ou doente;

 A maior parte dos idosos é infeliz;

 No que se refere ao trabalho, as pessoas idosas são menos


produtivas do que os jovens;
Actividade Pedagógica Nº 3

 Os idosos mantêm obstinadamente os seus atos de vida, são


conservadores e incapazes de mudar;

 Todas as pessoas idosas se assemelham;

 A maior parte dos idosos está doente e tem necessidade de ajuda


para as suas atividades quotidianas;

 A maioria das pessoas idosas está isolada e sofre de solidão.


O papel do idoso na vida social, familiar,
económica e política – O que é ser velho

VELHICE

 A velhice atual é um centro de


preocupações devido à
dependência tida pelos mais
idosos relativamente aos filhos,
netos ou familiares.
O papel do idoso na vida social, familiar,
económica e política – O que é ser velho

Imagem de um idoso:

 Não são úteis, só estorvam

 São curvados e usam bengala

 Doentes e Reformados
Os emigrantes e as suas culturas

EMIGRANTE – se refere a uma pessoa que sai do seu país,


indo residir em um país estrangeiro

IMIGRANTE – Se refere a uma pessoa que vem residir num


país que não é o seu
■ Exemplos: Imigrante: A família real Portuguesa imigrou para o Brasil.

Emigrantes: A família real Portuguesa emigrou de Portugal.


Os emigrantes e as suas culturas

Entregues à sua sorte, em terra amiga mas estranha, se não na


língua, pelo menos na cultura, hábitos e costumes, estes
emigrantes sofrem de três terríveis males:

 A precaridade de condição,
 A solidão e
 Falta de intérpretes fiáveis com a realidade em que vivem.
Os emigrantes e as suas culturas
 O primeiro dos males marca desde logo o emigrante, remetendo-o para
os piores trabalhos e condições salariais - Neste caso também aqui
trabalho igual não significa salário igual.

 O segundo maL - a solidão -, produz frequentemente a tendência para os


comportamentos autodestrutivos (suicídio, alcoolismo, etc. ).

 O terceiro decorre das dificuldades de comunicação. Vivendo uma


situação de enorme fragilidade, os emigrantes procuram entre os seus
pares a segurança e força indispensável para enfrentarem as diversas
situações
Os emigrantes e as suas culturas
É neste contexto que a questão dos seus direitos, está quase sempre no fim
de uma longa cadeia de aspirações e desejos, onde à cabeça estão
preocupações mais imediatas como a sobrevivência, o trabalho, o alojamento,
a legalização, a língua de comunicação, a família, etc.

Este é um dos pontos fundamentais que condiciona a afirmação e integração


dos imigrantes na sociedade e os leva a aceitarem, por vezes, situações
reconhecidamente degradantes e a perderem a sua identidade cultural.
Os emigrantes e as suas culturas

Para a população que os recebe, a vinda de estrangeiros para


se fixarem e trabalharem no seu país, é entre outros aspetos
marcada pela dimensão do seu número

Despertar reações que se podem traduzir em sentimentos de ameaça:

 diminuição dos empregos disponíveis,

 mas também pelo medo uma perca da identidade cultural


Os emigrantes e as suas culturas

A e/imigração não constitui uma ameaça à identidade


cultural dos povos, mas pelo contrário representa uma
enorme oportunidade para que estes se enriqueçam com
novas experiências e saberes alargando-lhes os horizontes
A importância da multiculturalidade e
interculturalidade na sociedade atual

A multiculturalidade é um termo utilizado para descrever a


existência de variadas culturas numa certa cidade, região ou
até mesmo país, sem que nenhuma dessas culturas
predomine sobre as outras.
A importância da multiculturalidade e
interculturalidade na sociedade atual
Como acontece esta diversidade cultural?

A diversidade cultural num certo local acontece quando pessoas de


culturas distintas são obrigadas a relacionarem-se e a conviverem
Aspetos positivos e negativos da
multiculturalidade
Aspetos positivos: a multiculturalidade leva à relação de várias pessoas
diferentes, ou seja, ao contacto de várias culturas diferentes e isso pode ser
tomado como um aspeto positivo na medida do enriquecimento pessoal de
cada pessoa e consequentemente do país.

Aspetos negativos: existem culturas preconceituosas relativamente a outros


tipos de cultura o que pode gerar conflitos entre os povos.