You are on page 1of 7

Livro: O crescimento do cristianismo

Capítulo 9: Oportunidade e Organização

Autor: Rodney Stark


A dificuldade de crescimento de qualquer religião

 Para compreender se uma religião terá sucesso em seu crescimento é necessário


entender duas coisas.

 O estado tem uma religião de maior contato?

 Existe pessoas para frequentar essa nova religião?


ou a mesma pergunta de outra forma
 Existe espaço frente as outras religião para o surgimento de uma nova?
Roma e sua liberdade religiosa

 Roma era um local onde havia muitos deus e crenças, por conta disso existia uma
grande liberdade religiosa, o autor deixa esse raciocínio claro quando afirma: “Em
muitos aspectos, Roma proporcionou maior nível de liberdade religiosa do que o
que se verificou novamente até após a Revolução Americana” (2016 p. 213)

 Um local onde existe liberdade religiosa não irá, com frequência, perseguir
qualquer religião.

 Se dá o mérito do crescimento do cristianismo as pessoas que compartilhavam a


sua fé. Esse fato de liberdade já demonstra que existia pouca repreensão, pois o
ato de testemunhar sua fé nem sempre era proibido
 Rodney Stark comenta sobre uma perseguição que os cristãos sofreram no
segundo século:
 “Henry Chadwick relata que quando um governador romano da Ásia menor
desencadeou uma perseguição contra os cristãos durante o século II, onde toda a
população cristã da região fez passeata diante da resistência da autoridade como
manifestação da própria fé e como protesto contra a injustiça (2006 p. 214)”

 Ele ressalta que que os cristãos não foram punidos pelos seus atos, esse fato
demonstra uma certa liberdade até mesmo de ir contra as autoridades romanas
da época.
Pluralismo

 O autor ilustra todas as religiões como fazendo parte de economia religiosa, onde
as religiões são empresas que oferecem produtos para futuros clientes ou clientes
já permanentes. O resultado dessa perspectiva é visto no livros:
 “Se os níveis de participação religiosa em uma sociedade declinarem, os
cientistas sociais postularão que esse terá sido causado por uma queda na
demanda por religião. Em contrapartida, o aumento da religião reflete o
crescimento das “necessidades” individuais. No entanto, se examinarmos essa
mudança dentro do contexto de uma economia religiosa, a atenção se voltara
para os fornecedores religiosos (2006 p. 216)
 Ao saber disso é importante entender se esse mercado religioso tem ou não
influência do sistema político vigente, pois o sistema pode monopolizar
determinada religião utilizando força para fazer com que ela seja a maior. Se a
política não monopolizar a religião ela se tornara pluralista, surgirão várias
variações da mesma e outras formas de expressão religiosa, se isso o correr
chegara um momento onde firmas se firmaram no poder e, dessa forma,
conquistar espaço será difícil. Roma foi uma sociedade plural, porém havia
Deuses adorados por todos que ligavam de alguma forma as pessoas.
A fraqueza do paganismo

 Por que o Paganismo é fraco ?


 Quando são criados muitos Deus, muitos cultos, cerimonias e etc, à religião
torna-se sem graça para essas pessoas, que acabam abandonando suas
crenças e, nesses contextos religiosos, acaba a mão de obra.

 Dinheiro dado pelo estado que foi retirado das religiões em geral, pois
cristianismo se torna a religião do Império.

 Os pedidos das pessoas aos deuses não se realizavam, exemplo, os muros


de Pompéia com blasfêmias contra os deuses.