You are on page 1of 21

Mangue Beat!

Investigando
soluções para Monitoramento de
Aplicações Orientadas a
Microsserviços

Lucas Serra da Cunha Assad

Orientador: Vinicius Cardoso Garcia


1. Contextualização Histórica
a. Evolução dos computadores
2. Tipos de Monitoramento
3. Soluções de Monitoramento abordadas no trabalho
a. Proposta de Solução MangueBeat!
4. Configuração do Ambiente
a. Hardware
b. Software
5. Comparativo das Soluções abordadas
6. Considerações finais
a. Conclusão
b. Limitações
c. Trabalhos Futuros
1º Contextualização Histórica

Primeira Geração Segunda Geração Terceira Geração Quarta Geração

...

1946-1959 1959-1964 1964-1971 1971-1981


Tipos de Monitoramento
● Tempo de Atividade
Tipos de Monitoramento
● Monitoramento de Desempenho
Tipos de Monitoramento
● Monitoramento de Recursos
Tipos de Monitoramento
● Monitoramento de Log
Monitoramento no Kubernetes

A figura ao lado ilustra a forma de


monitoramento para coleta de Logs e
métricas dos containers por
Operadores no Kubernetes.
Configuração do Ambiente

Configuração de Hardware

Configuração de Software
Ferramentas Para monitoramento no
Kubernetes
FLUENTD
● Escrito em Ruby;
● 7983 Start no github;
● 207 Issues abertas;
● Informações coletadas em forma de JSON;
● Necessário 1 Operador por nó;
● Consome 80MB de memória a menos por operador que o Beats;
FLUENTD
BEATS
● Escrito em GO;
● 7414 Start no github;
● 1180 Issues abertas;
● Informações coletadas em forma de JSON;
● Necessário 1 Operador por nó;
● Facilmente integrável com dashboard já prontos no Kibana;
● Vários micro-ferramentas distintas;
BEATS
MANGUEBEAT!
● Escrito em NodeJS;
● Gitlab interno da Ustore;
● Propriedade intelectual da Ustore;
● Monitora métricas de consumo de recursos computacionais e de rede de
vários clusters simultaneamente;
● Necessária apenas 1 instância operacional do servidor de métricas do
Kubernetes e do Manguebeat!;
● Integração para alerta com TelegramBot;
MANGUEBEAT!
MANGUEBEAT!
Comparativo das Soluções abordadas
Limitações
● É necessária uma análise melhor da escalabilidade do MangueBeat com
relação a quantidade de clusters monitorados;
Trabalhos Futuros
● Modelo de negócio voltado para Platform as a Service(PaaS);
● Uso das métricas para propor escalabilidade vertical ou horizontal de
aplicações;
● Uso das métricas para propor escalabilidade vertical ou horizontal de
aplicações;
Obrigado!!
Alguma pergunta?

Vocês podem entrar em contato


comigo através do email:
lsca@cin.ufpe.br