Reflexão da luz

€

€

€

Sempre que a luz proveniente de uma fonte luminosa incide na superfície dos objectos, volta em parte ou totalmente para trás. Chama-se a isto reflexão da luz. As superfícies perfeitamente lisas e polidas, como as dos espelhos, reflectem praticamente toda a luz que nelas incide de forma regular. Na reflexão regular ou, simplesmente, reflexão, um feixe paralelo de luz incidente origina um feixe também paralelo de luz reflectida, praticamente com a mesma intensidade.

As superfícies não-polidas, como as da maioria dos objectos, reflectem parte da a luz que nelas incide de forma irregular, sendo a quantidade de luz reflectida dependente da cor do objecto. € Na reflexão irregular ou difusão, um feixe paralelo de luz incidente origina um feixe de luz reflectida em todas as direcções ² um feixe difuso e com menor intensidade de iluminação.
€

um raio luminoso incide num espelho, as direcções do raio reflectido obedecem a duas leis ² as leis da reflexão. € 1ª lei ² o raio incidente, o raio reflectido e a normal ao espelho no ponto de incidência estão no mesmo plano. € 2ª lei ² o ângulo de incidência é igual ao ângulo de reflexão.
€ Quando

1- Na frase que se segue selecciona as opções que permitem obter uma afirmação correcta. Na reflexão da luz há passagem/reenvio da luz para o mesmo meio/um novo meio. 2- Considera os seguintes corpos: Régua de madeira tira de metal polido espelho paralelepípedo de granito Indica, justificando, onde ocorre a difusão e onde ocorre a reflexão regular da luz.

3- Um raio luminoso incide num espelho fazendo um ângulo de 40º com a normal. 3.1Indica a amplitude do ângulo de reflexão. 3.2Diz o que acontece ao raio reflectido se o ângulo de incidência aumentar. E se diminuir. 3.3Diz o que significa um ângulo de incidência de 0º.

CAVALEIRO, M. Neil G. C.; BELEZA, M. Domingas ² FQ Sustentabilidade na Terra. 8º ano, 3º Ciclo do Ensino Básico. Lisboa: Edições ASA, 2007. ISBN 978-972-41-5123-6

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful