You are on page 1of 64

1

CONCEITO DE JUROS SIMPLES

Juros sempre
incidem sobre o

VALOR
PRESENTE
PRESTE ATENÇÃO!!!
 Empréstimo
 Valor atual na data
zero igual a $100,00
 Taxa igual a 10% a.p.

Considere juros
simples
JUROS SIMPLES
Juros simples sempre
n Juros VF Fórmula
incidem sobre valor presente

0 - 100,00 VF=VP

10% x $100
1 10,00 110,00 VF=VP + i.VP
10% x $100
2 10,00 120,00 VF=VP + i.VP + i.VP

n i.VP VF VF=VP (1+ i.n)


FÓRMULA DOS JUROS SIMPLES

VF=VP (1+ i.n)


Devem estar
em uma mesma
base!!!

Como a taxa é sagrada,


ajusta-se o valor de n
5
PARA PENSAR ...
"O juro composto é a
maior invenção da
humanidade, porque
permite uma confiável
e sistemática
acumulação de
riqueza”.
6
Albert Einstein
PRESTE ATENÇÃO!!!
 Empréstimo
 Valor atual na data
zero igual a $100,00
 Taxa igual a 10% a.p.

Considere juros
compostos
JUROS COMPOSTOS
n Juros VF Fórmula
Juros compostos sempre
incidem sobre montante

0 - 100,00 VF=VP

10% x $100
1 10,00 110,00 VF=VP (1+i)

10% x $110

2 11,00 121,00 VF=VP (1+i) (1+i)

n i.VFant VF VF=VP (1+ i)n


CONCEITO DE JUROS
COMPOSTOS

Juros sempre sobre o

MONTANTE

ANTERIOR
UMA CONSTATAÇÃO

Juros
sobre montante
Montante inclui juros

Juros sobre
juros

10
FÓRMULA DOS JUROS
COMPOSTOS

VF=VP (1+ i) n

Expoente!
Desafio matemático …
Contas mais difíceis …

11
CALCULANDO NO BRAÇO
 Um investidor aplicou $4.000,00
por seis meses a uma taxa
composta igual a 8% a.m. Calcule
o valor do resgate.

VF
i = 8% a.m.

0 6 meses
VF = VP (1+i)n
VF = 4000 (1+0,08)6 12
-4000
VF = $6.347,50
AS TABELAS PADRONIZADAS
 Para facilitar as contas …

VF=VP (1+ i) n

(1+ i) n

Tabelas padronizadas
coluna 13

linha
PARA O EXEMPLO
i = 8% a.m. VF

n=6 i=8% 0 -4000


6 meses

n\i 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10

1 1,0100 1,0200 1,0300 1,0400 1,0500 1,0600 1,0700 1,0800 1,0900 1,1000
2 1,0201 1,0404 1,0609 1,0816 1,1025 1,1236 1,1449 1,1664 1,1881 1,2100
3 1,0303 1,0612 1,0927 1,1249 1,1576 1,1910 1,2250 1,2597 1,2950 1,3310
4 1,0406 1,0824 1,1255 1,1699 1,2155 1,2625 1,3108 1,3605 1,4116 1,4641
5 1,0510 1,1041 1,1593 1,2167 1,2763 1,3382 1,4026 1,4693 1,5386 1,6105
6 1,0615 1,1262 1,1941 1,2653 1,3401 1,4185 1,5007 1,5869 1,6771 1,7716
7 1,0721 1,1487 1,2299 1,3159 1,4071 1,5036 1,6058 1,7138 1,8280 1,9487
8 1,0829 1,1717 1,2668 1,3686 1,4775 1,5938 1,7182 1,8509 1,9926 2,1436
9 1,0937 1,1951 1,3048 1,4233 1,5513 1,6895 1,8385 1,9990 2,1719 2,3579
10 1,1046 1,2190 1,3439 1,4802 1,6289 1,7908 1,9672 2,1589 2,3674 2,5937

=1,5869
SUBSTITUINDO AN,I

i = 8% a.m. VF

0 6 meses
-4000

VF = VP (1+i) n

VF = 4000. (1,5869)
VF = R$ 6.347,50 15
JAN LUKASIEWICZ
 Uma idéia genial!
 Simplificar a notação
matemática para facilitar
as contas em máquinas!

16
UMA LÓGICA REVERSA …

R eversa
P olonesa
N otação 17
OBSERVAÇÃO IMPORTANTE
 A HP 12C não tem a tecla

=
A notação polonesa
dispensa seu uso 18
Álgebra convencional …
ALGUNS EXEMPLOS …
Soma de 235 e 121

235 + 121 = 356


Operador Instrução
Operandos
Notação polonesa …
235 121 + 356
ENTER

Operador 19
Instrução
Operandos
JUROS COMPOSTOS NA HP 12C

20
O PRIMEIRO PASSO DE SEMPRE

CLEAR

 Limpa a memória da calculadora

21
FUNÇÕES FINANCEIRAS DA HP
12C

 [n]: calcula o número de períodos


 [i]: calcula a taxa de juros

 [PV]: calcula o valor presente

 [PMT]: calcula a prestação

 [FV]: calcula o valor futuro

 [CHS]: troca o sinal


22
FUNÇÕES ESPECIAIS

Azuis

Amarelas

23
FUNÇÕES ESPECIAIS AZUIS

24

Apenas teclas azuis


FUNÇÕES ESPECIAIS
AMARELAS

25

Apenas teclas amarelas


IMPORTANTÍSSIMO!!!

 Ajuste
a HP 12C para a
convenção exponencial!!!

26
CONFIGURANDO A HP 12C
Ative o flag “C”!!!

27
PARA ATIVAR …

28
HP 12C CONFIGURADA!!!

29
NA HP 12C
VF
i = 8% a.m.

0 6 meses

-4000
[f] [Reg]
4000 [CHS] [PV]
6 [n]
8 [i]

[FV] R$ 6.347,50 30
EXEMPLO A
 Pedro aplicou R$400,00 por três meses a 5% a.
m. (juros compostos). Qual o valor de resgate?

[f] [Reg]
400 [CHS] [PV]
3 [n]
5 [i] VF?

Movimentações de $
[FV] R$ 463,05

n=3
Tempo

-400,00

i=5% a.m.
EXEMPLO B
 Qual o valor presente
obtido para um valor
futuro igual a R$ 800,00
no ano 4 a uma taxa
igual a 8% a. a.?

[f] [Reg]
800 [FV]
4 [n]
8 [i]

[PV] R$ 588,03
EXEMPLO C
+600,00
i=?

3
-500,00

[f] [Reg]
500 CHS [PV]
3 [n]
$ 600 [FV]

[I] 6,27 % a. p.
EXEMPLO D
+1.200,00
i = 2%

4
-VP

[f] [Reg]
1200 [FV]
4 [n]
2 [i]

[PV] R$ 1.188,61
EXEMPLO E
+VF
i = 3%

6
-800,00

[f] [Reg]
800 [CHS] [PV]
6 [n]
3 [i]

[FV] R$ 955,24
EXEMPLO F
+750,00
i=?

8
-580,00

[f] [Reg]
580 [CHS] [PV]
750 [FV]
8 [n]

[I] 3,27 % a. p.
CARACTERÍSTICAS DOS
COMPOSTOS
 Juros incidem sobre juros
 Valor futuro cresce
exponencialmente

Capitalização Exponencial
Valor Futuro

VP

Tempo
Exercícios
1. Determinar o montante no final de 10 meses, resultante da
aplicação de um capital de R$ 100.000,00 a taxa de 3,75% a.m.
R: R$ 144.504,39

2. Uma pessoa empresta R$ 80.000,00 hoje para receber R$


507.294,46 no final de 2 anos. Calcular as taxas mensal e
anual desse empréstimo.
R: 8% a.m. ou 151,817% a.a.

3. Sabendo-se que a taxa trimestral de juros cobrada por uma


institução finaceira é de 12,486%, determinar qual o prazo em
que um empréstimo de R$ 20.000,00 será resgatado por R$
36.018,23.
R: 5 trimestres ou (15 meses).
39
4. Quanto devo aplicar hoje, a taxa de 51,107% a.a. para ter R$
1.000.000,00 no final de 19 meses.
R: R$ 520.154,96.

5. Em que prazo uma aplicação de R$ 374.938,00 a taxa de 3.25%


a.m., gera um resgate de R$ 500.000,00
R: 9 meses.

6. Determine o principal relativo aos empréstimos, com os prazos


e taxas abaixo discriminados:
a) FV = R$ 150.000,00 b) FV = R$ 400.000,00
i = 5% ao mês i = 10 % ao mês
n = 12 meses n = 30 meses
PV = ? R$ 83.525,61 PV = ? R$ 22.293,42

c) FV = R$ 900.000,00 d) FV = R$ 600.000,00
i = 20% ao trimestre i = 6,25 % ao mês
n = 2,5 anos = ? trimestre n = 2 semestres = ? meses
40
PV = ? R$ 145.355,02 PV = ? R$ 289.870,48
7. Conhecendo o montante, o principal e o prazo, determine a
taxa de juros mensal relativa ao empréstimo:
a) FV = R$ 172.000,00 b) FV = R$ 249.600,00
PV = R$ 100.000,00 PV = R$ 120.000,00
n = 12 meses n = 12 meses
i = ? = 4,62% ao mês i = ? 6,29% ao mês

c) FV = R$ 366.000,00 d) FV = R$ 760.000,00
PV = R$ 150.000,00 PV = R$ 400.000,00
n = 8 trimestres n = 9 meses
i = ? = 11,79 % ao trim. i = ? = 7,39% ao mês

41
EQUIVALÊNCIA DE TAXAS

 Duas taxas de juros i1 e i2, referidas a


períodos diferentes no regime de
capitalização ou dos juros compostos são
equivalentes quando resultam no mesmo
montante, ou juro, no fim do prazo da
operação, tendo incidido sobre o mesmo
principal.

42
Conversões de taxas de juros:
Fórmulas para conversão de taxas de juros equivalentes

Existem duas situações básicas para a conversão de taxas de juros:

a) Conversão de uma taxa de período de tempo menor para uma taxa


de período de tempo maior:
Taxa semestral em taxa anual, taxa mensal em taxa anual, etc. Neste
caso vamos aplicar a seguinte fórmula:

ie= (1 + iq )n - 1
onde: ie = taxa equivalente; iq = taxa conhecida a ser convertida; n =
número de períodos contidos no período da taxa de juros menor.

Exemplo:
converter uma taxa de 4% a.t. em taxa anual. Ie = (1 + 0,04)4 =
1,16985
=> ie = 16,98% a.a. Neste caso n = 4, uma vez que um ano contém
100 [CHS] [PV]
4 trimestres. 4 [I] 43
4 [N]
[FV]16,98 % a. a.
Conversões de taxas de juros:
b) Conversão de uma taxa de período de tempo maior para uma taxa
de período de tempo menor:
taxa anual em taxa trimestral, taxa semestral em taxa mensal, etc.

Vamos, neste caso aplicar a seguinte fórmula:


ie = n (1 + iq ) − 1
onde: ie = taxa equivalente; iq = taxa conhecida a ser convertida; n =
número de períodos contidos no período da taxa de juros menor.

Exemplo:
Converter uma taxa de 40% a.a. em taxa quadrimestral.

ie = 3 (1 + 0,4) − 1 100 [CHS] [PV]


140 [FV]
ie = 3 (1,4) − 1 3 [N]

=> 11,87% a.q. [I] 11,87 % a. 44


q.
Conversões de taxas de juros:
Exercício

Calcular as taxas equivalentes abaixo:

Taxa mensal Taxa anual


(%) (n= 12)

1 12,68 %
2 26,82 %
3 42,58 %

ie= (1 + iq )n - 1
100 [CHS] [PV]
[I]
Na HP: 45
[N]
(1,01 )12 - 1?
1,01 [ENTER] 12 [ yX ] [FV]
Conversões de taxas de juros:
Exercício

Calcular as taxas equivalentes abaixo:

Taxa anual Taxa mensal Taxa trimestral Taxa semestral


(%) (n= 12) (n= 4) (n= 2)

6 0,49 1,467 2,956


12 0,95 2,87 5,83
30 2,21 6,78 14,02
45 3,14 9,73 20,42

ie = n (1 + iq ) − 1 100 [CHS] [PV]


140 [FV]
46
Na HP: 3 [N]
12
1,06 −1
1
1,06 [ENTER] 12 X [ yX ] 1 - [I] 11,87 % a. q.
Exercícios
1. Quais as taxas de juros compostos mensal e trimestral
equivalentes a 25% ao ano?
R: 1,877% a.m. e 5,737% a.t.

2. Explicar a melhor opção: aplicar um capital de R$ 60.000,00 à


taxa de juros compostos de 9,9% ao semestre ou à taxa de
20,78% ao ano.

3. Qual é a taxa trimestral equivalente a 30% a.a.?


R: i= 0,0678 a.t. ou 6,78% a.t.

4. Qual é a taxa anual equivalente a 2% a.m.?


R: i= 0,0678 a.t. ou 6,78% a.t.

5. Calcular o montante de uma aplicação financeira de R$


80.000,00 admitindo-se os seguintes prazos:
a) i= 5,5% a.m.; n=2 anos
47
b) i= 9% a.b.; n= 1 ano e 8 meses
Exercícios

6. Se uma pessoa deseja obter R$ 27.500,00 dentro de um ano,


quanto deverá ela depositar hoje numa alternativa de
poupança que rende 1,7% de juros compostos ao mês?
R: R$ 22.463,70

7. Uma aplicação de R$ 22.000,00 efetuada em certa data


produz, à taxa composta de juros de 2,4% a.m., um montante
de R$ 26.596,40 em certa data futura. Calcular o prazo da
operação.
R: 8 meses

8. Determinar o juro pago de um empréstimo de R$ 88.000,00


pelo prazo de 5 meses à taxa composta de 4,5% a.m.
R: R$ 88.000,00

48
Equivalência de
Capitais Diferidos

 Dois ou mais capitais diferidos são


equivalentes, em certa época, quando seus
valores atuais, nessa época, são iguais.

 Em juros compostos, a equivalência de


capitais pode ser definida para qualquer data
focal, ou seja, independe da data de
comparação escolhida.
49
Exemplo 1
Admita o exemplo descrito no gráfico abaixo, com uma taxa
de juros de 2% a. m.

Pagamento 50.000,00 80.000,00


original

0 4 6 8 12 meses

Proposta de
pagamento 10.000,00 30.000,00 x

A situação trata, em essência, da substituição de um


conjunto de compromissos financeiros por outro equivalente,
devendo-se determinar o valor do pagamento no mês 12. Este
pagamento deve ser tal que o valor da propostaexpressa em
50
certa data focal seja exatamente igual ao valor do plano originsl
expresso no mesmo momento.
12

12

51
Exemplo 2
Uma empresa deve R$ 180.000,00 a um banco sendo o
vencimento definido em 3 meses contados de hoje. Prevendo
dificuldades de caixa no período, a empresa negocia com o
banco a substituição deste compromisso por dois outros de
valores iguais nos meses 5 e 6 contados de hoje, Sendo de
3,6% ao mês a taxa de juros, pede-se calcular o valor dos
pagamentos propostos sendo a data focal:
a) hoje;
b) de hoje a 3 meses;
c) de hoje a 5 meses.

Solução: R$ 180.000,00
Dívida
atual

3 5 6 meses
Dívida 52
proposta
P P
53
Séries Uniformes de
Pagamentos/Recebimentos

54
Séries Uniformes

Características Básicas

• Parcelas de mesmo Valor Nominal


• Intervalo constante entre as parcelas

Classificação

• Postecipada (ou postergada)


• Antecipada
Estrutura geral - Série Postecipada

P
...
n

n = Número de parcelas
C P = Valor de cada parcela
C = Valor presente
i = Taxa de juros
Estrutura geral - Série Postecipada
Valor Equivalente dos Recebimentos = Valor Equivalente dos Pagamentos

P P P P
C= + + + ..... +
(1 + i ) ( 1 + i ) (1 + i )
1 2 3
(1 + i ) n

 1 1 1 1 
C = P× + + + ..... + n
 (1 + i ) (1 + i ) (1 + i ) (1 + i ) 
1 2 3
( 1+ i) −1
Série Uniforme
n Postecipada

C = P×
i × (1 + i )
n

Modo de
Configuração

PV PMT i n END
END

Na calculadora financeira
PORTANTO:

P =C×
(1+ i) ×in

(1 + i ) −1
n

PMT = PV ×
(1+ i) ×i
n

(1 + i ) −1
n
Estrutura geral - Série Antecipada

P
...
1 2 3 n-1 n

n = Número de parcelas
C
P = Valor de cada parcela
C = Valor presente
i = Taxa de juros
Estrutura geral - Série Antecipada
Valor Equivalente dos Recebimentos = Valor Equivalente dos Pagamentos

P P P P
C = P+ + + + .....+
(1 + i ) (1 + i ) (1 + i )
1 2 3
(1 + i ) n −1

 1 1 1 1 
C = P × 1 + + + + ..... + n −1 
 (1 + i ) (1 + i ) (1 + i ) (1 + i ) 
1 2 3
( 1 + i) −1
Série Uniforme
n Antecipada

C = P×
i × (1 + i )
n −1

Modo de
Configuração

PV PMT i n BEGIN
BEGIN

Na calculadora financeira
IMPORTANTE

As variáveis ii ee n
As variáveis n devem
devem estar
estar
na mesma
na mesma unidade
unidade dede tempo
tempo

Exemplos:
Parcelas mensais Taxa em % ao mês
Parcelas trimestrais Taxa em % ao trimestre
Parcelas semestrais Taxa em % ao semestre
Fluxo de Caixa - Calculadoras
Sériepostecipada
postecipada++Parcela
Parcelafinal
final END
PV Série END

1 2 3 n-1 n
PMT

FV

Sérieantecipada
Série antecipada++Parcela
Parcelafinal
final BEGIN
BEGIN
PV

1 2 3 n-1 n
PMT
FV