Redes de Computadores

Prof. Alessandro Brawerman

Agenda
   

Tipos de conexão Número de máquinas e alcance Custo de implantação Aplicações de redes

Tipos de Conexão

Normalmente, para formar uma rede precisamos que cada micro possua uma placa de rede, conectá-los através de um cabo apropriado e fazer as configurações necessárias. Além da placa de rede, outros meios podem ser usados:
 

Interface serial, paralela e USB 1.1 – menor eficiência. USB 2.0 e Firewire – desempenho elevado.

Tipos de Conexão
Conexão Porta serial Porta paralela USB 1.1 USB 2.0 Firewire 400 (1394a) Firewire 800 (1394b) Velocidade 115.200 bps 600 Kbps a 16Mbps 12 Mbps 480 Mbps 400 Mbps 800 Mbps Conexão Ethernet Fast Ethernet Gigabit Ethernet 10-Gigabit Ethernet Wi-fi, 802.11b Wi-fi, 802.11a Wi-fi, 802.11g Velocidade 10 Mbps 100 Mbps 1 Gbps 10 Gbps 11 Mbps 54 Mbps / 108 Mbps 54 Mbps / 108 Mbps

Tipos de Conexão

Portas serial e paralela
   

Há anos atrás, um PC não possuia placa de rede. Elas eram muito caras e não existia a Internet. Formavam-se rede através da serial ou paralela. Além de permitir a ligação de apenas 2 micros, a velocidade era muito baixa.

Tipos de Conexão

Como estas interface não foram criadas para formar redes, a distância de propagação do sinal era reduzida. Mas é viável para ligar, por exemplo, um notebook antigo que não possua placa de rede e nem PCMCIA a um desktop.

Tipos de Conexão

Redes por USB

Criadas para conectar múltiplos periféricos ao computador e não para formar redes. Existem dispositivos especiais (USB-USB Bridge) que permitem fazer a conexão direta entre 2 micros usando as interfaces USB. O Windows não oferece suporte nativo a este tipo de conexão, é necessário usar o software de conexão que acompanha o produto.

Tipos de Conexão

USB 2.0 é um método vantajoso pela velocidade de conexão, porém só interliga 2 micros. Além disto, é preciso comprar o USB-USB Bridge que custa bem mais queum cabo e duas placas de rede. Os modems de banda larga possuem tanto conexão Ethernet quanto USB. É possível conectar um PC a um modem via USB com a instalação do driver do modem, que faz a USB se comportar como uma placa de rede.

Tipos de Conexão

Rede com Firewire
 

 

IEEE-1394 Suas placas de interface ainda são um pouco caras e difíceis de serem encontradas. Não é o método mais barato. Uma vantagem é a velocidade 800 ou 400 Mbps contra 100 Mbps das placas Fast Ethernet.

Tipos de Conexão

Tipos de Conexão

Tipos de Conexão

Ethernet
 

Mais usado na construção de redes atuais. O Ethernet comum opera a 10 Mbps, ainda existem muitas redes antigas que o utilizam. A maioria das redes atuais são do tipo Fast Ethernet, operando a 100 Mbps. Quanto em MB/s? Existe ainda o padrão Gigabit Ethernet – 1Gbps, usado nas conexões entre servidores de alto desempenho.

Tipos de Conexão
 

Por fim o padrão 10 GbitEthernet - 10 Gbps. No Brasil existem 2 anéis interligando várias cidades e universidades neste último padrão através da RNP – Rede Nacional de Ensino e Pesquisa. Com acesso de 10 Gbps dedicados as instituições de pesquisa se interconectam e também usam a Internet com a mesma banda. À medida em que os computadores se tornam mais rápidos, conexões mais rápidas passam a ser necessárias.

Tipos de Conexão

Wi-Fi

Para redes sem fio foram criados os padrões 802.11a – b – g. A taxa de transmissão varia em função da distância e obstáculos para a propagação das ondas de rádio. O padrão b foi o primeiro e vai até 11Mbps com baixa freqüência. O a veio em seguida e oferece 54 Mbps, mas pode chegar a 108 Mbps, com alta freqüência.

Tipos de Conexão
 

O g usa as vantagens dos 2 padrões. Alta velocidade com baixa freqüência e maior área de cobertura. O próximo padrão, 802.11n, está sendo formulado e terá 108 Mbps de banda padrão.

Número de Máquinas e Alcance
 

Os difentes métodos para formar redes possuem características distintas. Os mais simples possuem alcance pequeno e permitem ligar apenas 2 computadores, serial, paralela e USB. Usando Firewire, vários micros podem ser interligados em cascata, porém é caro.

Número de Máquinas e Alcance

As redes de maior porte, oferecem maior alcance e permitem ligar inúmeras estações, através de cabeamento (ou sem cabeamento) e dispositivos apropriados.

Custo de Implantação de Redes Pequenas

Cabos, placas e concentradores são os equipamentos necessários. Para redes pequenas o custo é relativamente baixo, pois não necessitam de um servidor dedicado. O custo é ainda menor para casos de redes formadas por 2 computadores. Neste caso, não é preciso utilizar concentrador.

Custo de Implantação de Redes Pequenas

  

Podemos ligar os 2 computadores diretamente usando um cabo de rede do tipos crossover. Os cabos de redes mais usados são os do tipo par trançadp, com conectores RJ-45. Modalidades normal e crossover. Crossover sem concentrador. Normal obrigatoriamente passano por um concentrador.

Par Trançado e Cabo Coaxial

Par Trançado

Normal

Crossover

Crimpador

Testador de Cabo

Placa de Rede

Custo de Implantação de Redes Pequenas

Caso Crossover:

 

Praticamente todos os micros modernos possuem interface de rede integrada. Se ambos os micros tiverem interface de rede, o custo da implementação é o cabo crossover. Mesmo sem as interfaces de rede, o custo é baixo já que as placas são baratas. Placas 10/100 cerca de R$ 30,00. Crossover somente 2 micros.

Custo de Implantação de Redes Pequenas

Caso Cabo Coaxial:

Custo de Implantação de Redes Pequenas

Caso Cabo Coaxial:

Custo de Implantação de Redes Pequenas

Caso Cabo Coaxial:

Custo de Implantação de Redes Pequenas

Caso Par Trançado Normal:
   

Mais de 2 computadores. Cada um precisa de uma placa de rede. Liga-se todos ao concentrador. Pode-se ligar inclusive impressoras que tenham placa de redes ou interface sem fio.

Custo de Implantação de Redes Pequenas

Caso Par Trançado Normal:

Custo de Implantação de Redes Pequenas

Caso Par Trançado Normal:
 

Hub 16 portas – R$ 100,00 Roteador 4 portas – R$ 140,00

Aplicações de Redes

Compartilhamento de arquivos

Compartilhamentos resultam em redução de custos. Usuário pode usar as unidades de disco locais e virtuais localizadas em um servidor. Unidades virtuais são pastas (diretórios) do servidor que são configuradas para serem compartilhadas. No Windows através de menu Locais de Rede.

Aplicações de Redes

Aplicações de Redes

Compartilhamento de Impressoras

 

Uma impressora conectada a um servidor pode ser configura como compartilhada. Outros computadore poderão utilizá-las. Como no caso de arquivos também podem ser configuradas para limitar o acesso por usuários. Existem impressoras a laser de alto desempenho e alto custo. Produzem em poucos minutos, listagens que outras impressoras demorariam horas.

Aplicações de Redes

Impressoras com Interface de Rede

Aplicações de Redes

Compartilhamento de Internet

 

O ICS – Internet Connection Sharing é um serviço Windows que através de um servidor compartilha a conexão de Internet. Existe desde o Windows 98 2º Edição. No Linux o compartilhamento existe a ainda mais tempo. Para compartilhar Internet usando o Linux basta configurar o iptables.

Aplicações de Redes

Internet Predial

Muitos condomínios são atualmente conectador a Internet, quase sempre via rádio. Um servidor é instalado no prédio pelo provedor e é ligado aos apartamentos através de uma rede interna. Cada computador é ligado a Internet através de sua placa de rede, sem necessidade de modem.

Internet Predial

Jogos

Jogos em redes devem ser evitados em ambientes empresariais. Através da rede, cada cópia do jogo operando em um computador envia informações sobre a localização e as ações do seu usuário. Também recebe informações semelhantes vindas dos outros usuáriuos do jogo.

Jogos

Um dos primeiros jogos a operar no modo multiplayer foi o DOOM2 em meados de 90. 4 jogadores em rede ou 2 pela serial (pontoa-ponto)

Correio Eletrônico

Dentro de uma empresa o número de mensagens internas, tende a ser maior que o de externas. A conexão com a Internet é bastante poupada quando as mensagens trocadas entre 2 membros da mesma rede podem ser transmitidas através da própria rede. Os programas de e-mail podem estabelecer uma conexão com um servidor de e-mails interno, a troca de e-mails fica mais rápida.

Troca de Mensagens

Existem casos em que a comunicação deve ser feita de forma imediata, com urgência. Através de uma rede é possível trocar este tipode de mensagem em tempo real. Podem ser usados textos, vídeos, voz e transferir arquivos.

Acesso Remoto

Através de uma rede, um computador pode controlar outro. Suponha que você esteja em casa, mas precisa utilizar o seu computador da empresa. Se ele estiver configurado da maneira adequada, você pode através do seu computador de casa, usar o computador da empresa. Isto é acesso remoto.

Acesso Remoto

Diferentes programas:

O conteúdo da tela do computador remoto será mostrado na tela do computador local.

Acesso Remoto

Você abre uma shell e controla o computador remoto, porém não compartilha o monitor do computador remoto. (Telnet)

Acesso Remoto

Transferência de arquivos.