You are on page 1of 40

TESTES EM AUDITORIA

Prof. Dr. Silvio Aparecido Crepaldi

Os Testes em Auditoria constituem o processo pelo qual o auditor reúne elementos comprobatórios. comprobatórios. Pode-se aplicar os testes a todas as transações ou a uma amostra representativa adequada. É o procedimento por meio do qual o auditor consegue examinar uma quantidade menor que o total de um conjunto de dados, dados a fim de emitir uma conclusão sobre o mesmo.

O problema fundamental do auditor é a maneira de determinar a natureza e a extensão da verificação necessária: ‡ até onde se deve chegar, ‡ quanto é necessário investigar, ‡ quais são as variáveis a considerar, para se ter a certeza de que as condições testadas referem-se também às que não foram e, com isso, formar uma opinião definitiva sobre as áreas auditadas auditadas.

PROCEDIMENTOS
São o conjunto de técnicas que permitem ao auditor obter evidências ou provas suficientes e adequadas para fundamentar sua opinião sobre as demonstrações contábeis auditadas e abragem testes de observância e testes substantivos. substantivos.

o auditor vai recolhendo evidências acerca da fidedignidade das demonstrações contábeis tomadas em conjunto. conjunto .CLASSIFICAÇÃO DAS EVIDÊNCIAS Durante todo o processo de formação de uma opinião independente.

‡ evidências quanto à natureza. os auditores classificam-nas inicialmente em: ‡ evidências quanto à finalidade. .Para melhor conhecer os diferentes tipos de evidências.

.Evidências quanto à FINALIDADE SOBRE A CONTINUIDADE A continuidade normal das atividades deve merecer especial atenção do Auditor. ao analisar os riscos de auditoria. e deve ser complementada quando da execução de seus exames. Auditor quando do planejamento dos seus trabalhos.

SOBRE O SISTEMA DE CONTROLES INTERNOS Os auditores reconhecem que grande parte da fidedignidade das demonstrações contábeis é assegurada pela qualidade do sistema de controles internos em uso. uso .

 de que todas as transações realizadas foram. de fato. informações como essência de seu trabalho. fazse mister assegurar-se: foram.  de que essas transações são legítimas . fato registradas de acordo com os Princípios Fundamentais de Contabilidade. e legítimas. dessa forma.EVIDÊNCIAS BÁSICAS Ao auditor cabe julgar a veracidade das informações. Existem. duas questões capitais.

escritas.  Declaração de fontes consultadas: .2) Evidências quanto à NATUREZA  Existência Física. .verbais. .

e  documentos internos sem circularização externas.Documentação comprobatória:  documentos externos.  Acontecimentos posteriores.  Repetição de Cálculos. .  documentos internos com circularização externa.  Procedimentos de controle interno.

As técnicas não são provas em si.TÉCNICAS DE AUDITORIA São o conjunto de investigações empregadas pelo auditor para reunir as evidências. . mas deve proporcionar a obtenção das provas necessárias para emitir o parecer fundamentado.

existência física. identificação. autenticidade e qualidade.As técnicas mais usuais são as seguintes: EXAME E CONTAGEM FÍSICA Este procedimento é utilizado para as contas do ativo e consiste em identificar fisicamente o bem. . O exame físico deve conter as seguintes caracterísitcas básicas: quantidade.

confirmando ou não.CIRCULARIZAÇÃO  Positiva ± é aquela em que o auditor sempre espera receber uma confirmando. .  Negativa ± somente prevê resposta em caso de discordância da fonte externa em relação ao saldo ou posição informada. resposta. o saldo ou posição demonstrada.

CONFERÊNCIA DE CÁLCULOS: ‡ cálculo de valores de estoques. . ‡ cálculos de amortização de despesas antecipadas. ‡ cálculos dos juros provisionados. ‡ cálculos de depreciações dos bens do ativo imobilizado.

erros mecânicos. . Averiguação: Averiguação: Correlação: Correlação: É o relacionamento harmônico do sistema contábil de partidas dobradas A uniformidade das dobradas. contas que se relacionam. pelo menos. constitui certamente alguma prova de que elas estão livres de.Inspeção dos documentos: documentos: Fazer perguntas ao pessoal do cliente sobre quaisquer aspectos ou questões acerca dos quais o auditor tenha dúvida ou queira simplesmente confirmar seu pensamento.

TESTES DE AUDITORIA Testes de Observância (cumprimento de normas internas dos cumprimento controles chaves). a fim de determinar se cumprem corretamente certos procedimentos de controle interno. . estabelecidos pelo interno sistema de empresa. chaves São os procedimentos empregados.

colhendo informações acerca de como as transações são processadas. .Para entender o funcionamento do sistema de controles internos o auditor entrevista os funcionários.

‡ . e determinar a natureza e a quantidade de erros que possam ter ocorrido na aplicação dos procedimentos de controle previstos no sistema. é necessário: ‡ verificar se o sistema funciona consistentemente conforme descrito pelos funcionários da empresa.Após esse entendimento.

Testes Substantivos (comprobatórios de transações) comprobatórios transações São aqueles empregados com a finalidade de obter provas suficientes e convincentes sobre as transações. . que proporcionem fundamentação razoável para a emissão do relatório. saldo e divulgações nas demonstrações financeiras.

O objetivo é certificar-se da correção de um certificarou mais dos seguintes pontos:  existência se o componente patrimonial existência: existe em certa data. ocorrência: .  ocorrência se a transação de fato ocorreu.  direitos e obrigações se efetivamente obrigações: existentes em certa data.

 abrangência se todas as transações abrangência: estão registradas. apresentação e mensuração. . e  mensuração. divulgados. divulgação: divulgação se os itens estão avaliados. classificados e descritos de acordo com os Princípios Fundamentais de Contabilidade e as Normas Brasileiras de Contabilidade.

.Testes Substantivos Subdividem-se em:  Testes das transações e saldos.  Procedimentos de revisão analítica.

lucros de títulos de renda. sem serem razoável necessários testes detalhados. o auditor pode convencerconvencerse de que o saldo total é razoável. .Testes Substantivos GLOBAIS Em alguns casos. folha de pagamento ou salários de empregados de uma organização pequena. Exemplo: Dados relativos ao ativo imobilizado e amortização.

Testes Substantivos de PROCEDIMENTOS DE REVISÃO ANALÍTICA Correspondem a uma modalidade de testes substantivos de elementos econômicofinanceiros por meio de análise e comparação do relacionamento entre eles eles. a extensão a que outros poderão ser reduzidos. Poderá indicar a necessidade de procedimentos adicionais ou. contrariamente. .

com base ditoria na análise de riscos de auditoria e outros elementos de que dispuser. determinar a amplitude dos exames necessários à obtenção dos elementos de convicção que sejam válidos para o todo.APLICAÇÃO DOS PROCEDIMENTOS DE AUDITORIA Deve ser realizada. cabendo ao auditor. . testes e amostragens. em razão da complexidade e volume das operações. por operações meio de provas seletivas.

b) Observação ± acompanhamento de processo ou procedimento quando de sua execução. . documentos e de ativos tangíveis. substantivos o auditor deve considerar os seguintes procedimentos técnicos básicos: a) Inspeção ± exame dos registros.Na prática dos testes de observância e substantivos.

quantidades absolutas ou outros meios. . dentro ou fora da entidade. d) Cálculo ± conferência da exatidão aritmética de documentos comprobatórios. e e) Revisão Analítica ± verificação do comportamento de valores significativos. quocientes. mediante índices. registros e demonstrações contábeis e outras circunstâncias.c) Investigação e Confirmação ± obtenção de informações junto a pessoas ou entidades conhecedoras da transação. com vistas à identificação de situação ou tendências atípicas.

a combinação dos procedimentos normalmente deve favorecer os testes de observância e os testes substantivos analíticos. sendo:  Se os controles internos são fortes.COMBINAÇÃO DE TESTES DE OBSERVÂNCIA E SUBSTANTIVOS O equilíbrio a ser atingido na combinação dos testes depende de diversos fatores e circunstâncias. . analíticos.

Se os controles internos são fracos. analíticos como os de detalhes. tanto os extensos. fracos . detalhes O tamanho da amostragem de todos os testes normalmente deve ser maior quando os controles internos são fracos. a combinação dos procedimentos deve normalmente favorecer os testes substantivos mais extensos.

.DIREÇÃO DOS TESTES O saldo de uma conta do balanço patrimonial ou da demonstração do resultado pode estar errado para mais (superavaliado) ou para menos (subavaliado). A experiência tem demonstrado que é mais prático dirigir os testes principais de superavaliação para as contas devedoras e os de subavaliação para as contas credoras.

TESTES PARA SUPERAVALIAÇÃO O auditor parte do valor registrado no razão geral para o documento-suporte documentoda transação. transação Razão geral -> registro final -> registro intermediário -> registro inicial -> documento. .

TESTES PARA SUBAVALIAÇÃO O auditor parte do documento para o razão geral agindo de forma contrária geral. . ao do teste de superavaliação.

denominado universo ou população. Amostragem é a utilização de um processo para obtenção de dados aplicáveis a um conjunto. por meio do exame de uma parte deste conjunto denominada amostra. .AMOSTRAGEM ESTATÍSTICA Ao determinar a extensão de um teste de auditoria ou método de seleção de itens a testar. o auditor pode empregar técnicas de amostragem.

e ‡ o erro esperado. o auditor deve levar em auditoria consideração os seguintes aspectos: ‡ os objetivos específicos da auditoria. . ‡ a estratificação da população. ‡ o risco da amostragem.Ao planejar e determinar a amostra de auditoria. ‡ o tamanho da amostra. ‡ o erro tolerável. ‡ a população da qual o auditor deseja extrair a amostra.

. com base em uma amostra. possa ser diferente da conclusão que seria alcançada se toda a população estivesse sujeita ao mesmo procedimento de auditoria.O risco de amostragem surge da possibilidade de que a conclusão do auditor.

O auditor está sujeito ao risco de amostragem nos testes de observância e testes substantivos. . possua menor nível de erro do que aquele detectado na amostra. embora o resultado da aplicação de procedimentos de auditoria sobre a amostra não seja satisfatório o restante da população satisfatório. sendo: 1) Testes de Observância: ‡ Risco de subavaliação da confiabilidade: é o confiabilidade risco de que.

. embora o resultado da aplicação de procedimentos de auditoria sobre a amostra seja satisfatório. o restante da população possua maior nível de erro do que aquele detectado na amostra amostra.‡ Risco de superavaliação da confiabilidade: confiabilidade é o risco de que.

relevantemente. distorcido. mas. está . efetivamente. não está.2) Testes Substantivos: ‡ Risco de rejeição incorreta é o risco incorreta: de que. embora o resultado da aplicação de procedimentos de auditoria sobre a amostra leve à conclusão de que o saldo de uma conta ou classe de transações registradas está.

está. embora o resultado da aplicação de procedimentos de auditoria sobre a amostra leve à conclusão de que o saldo de uma conta ou classe de transações registradas não está relevantemente. distorcido. efetivamente. mas.‡ Risco de aceitação incorreta: é o incorreta risco de que. está. .