You are on page 1of 27

Economia de Empresas

Conceito
€

Uma empresa transnacional, ou multinacional, é caracterizada por ter sua matriz em um determinado país e atuar no mercado de outros países. Sua origem é do final do século XIX, porém, a atuação dessas empresas no mercado mundial se intensificou após a Segunda Guerra Mundial, ou seja, a partir de 1945.

na maioria das vezes. € . Lucros são destinados à construção de novas filiais em outros locais.Matéria-prima.Amplo mercado consumidor . energia e mão de obra barata € € A instalação de uma filial em países em desenvolvimento ocorre. Contribuem para a construção de filiais são: .Objetivos € Instalar filiais em outros países com o intuito de obter máxima lucratividade. e uma parte vai para a matriz localizada no país de origem.Isenção de impostos . através de benefícios do governo (doação de terreno e isenção de impostos) gerando empregos e desenvolvimento industrial.Infraestrutura .

Exemplo de Transnacionais .

€ Divisão regional do trabalho . O termo multinacional está saindo de uso. € € . com o objetivo de reduzir custos na produção.as empresas transnacionais produzem cada parte de um produto em localidades diferentes. que refere à atuação de uma empresa em outros países. pois passa a ideia de que uma empresa é composta por várias nações. Sendo substituído pela denominação de empresa transnacional. elementos essenciais para a atuação dessas empresas em escala mundial. A globalização proporcionou condições de telecomunicação e transporte.

A posição de IDE de um país é sistematicamente relacionada à sua estrutura e ao seu nível de desenvolvimento econômico. O IDE é considerado como um dos veículos que registrou um desempenho crescente para a inserção de empresas de países em desenvolvimento (PEDs) nesta economia global. € € .Expansão das Empresas Transnacionais € A competição das empresas de investimento direto externo (IDE) e de formas não societárias de participação em praticamente todas as economias abertas.

Expansão das Empresas Transnacionais € Empresas nacionais apenas iniciam o processo de internacionalização: y Via o IDE. estimulando o processo de internacionalização da produção. . y Quando o país já atingiu um certo nível mínimo de desenvolvimento. y Quando as vantagens específicas ou de propriedade das empresas já evoluíram.

. y A primeira ordem se refere ao ambiente macroeconômico e político do país de origem do IDE. liberalização do câmbio e valorização cambial.Determinantes do Investimento Direto Estrangeiro € Os determinantes do IDE de origem dos PEDs podem ser classificados em duas ordens de fatores. y Melhorias no quadro regulatório do IDE dos países de origem como: liberalização da conta corrente do balanço de pagamentos (diminuição dos controles sobre o câmbio) celebração de acordos sobre o comércio acordos de bi-tributação e investimento incentivos fiscais e financeiros dos próprios governos para estimular a competitividade internacional de suas empresas. incluindo restrições ao crescimento do mercado doméstico.

Determinantes do Investimento Direto Estrangeiro € A segunda ordem está específicos. oportunidades de investimento nos país de destino. y Management factors: disponibilidade de talentos e conhecimento necessários para o sucesso do processo de internacionalização. y Pull factors: crescimento de oportunidades. política de internacionalização da empresa. y Chance factors: a empresa pode estar convidada para integrar uma cadeia de valor no exterior. que incluem: relacionada aos fatores corporativos y Push factors: aumento dos custos no país de origem. baixos custos de produção. seguir os concorrentes e fornecedores. incentivos dos governos receptores do investimento. disponibilidade de recursos naturais. .

.Determinantes do Investimento Direto Estrangeiro € Os determinantes do IDE diferem de acordo com: y As indústrias y As localizações y Tamanho da empresa y Orientação estratégica y Estratégias de entrada em mercados y Tipos de organizações (empresas privadas versus empresas públicas).

Fluxos de entrada e saída de IDE (em milhares de milhões de dólares) Entrada Saída .

IDE no Brasil IDE em milhões de dólares no Brasil 50000 45000 40000 35000 30000 25000 20000 15000 10000 5000 0 IDE em milhões de dólares no Brasil .

Número de empresas estrangeiras por brasileiras Número de Empresas 100 90 80 70 60 50 40 30 0 10 0 96 57 44 Número de Empresas 004 2005 2006/2007 .

420 possuem operações no Brasil. pois o processo é muito mais rápido. tanto real quanto potencial. Em relação as 500 maiores empresas transnacionais.Dados relevantes € Há 42 empresas brasileiras com mais de 130 fábricas produzindo no exterior. € € . No Brasil. o que revela a dimensão do mercado brasileiro. Estima-se que apenas 5% destas unidades foram implantadas pelas próprias empresas. a maioria delas é resultado de aquisições. são ao todo cerca de 10 mil empresas multinacionais ± que possuem ao menos 50% do capital total de origem externa.

Atuação das Transnacionais nos Setores da Economia Brasileira € Maior atuação: y y y y y y y y y Fabricação de produtos do fumo Máquinas para escritório Equipamentos de informática Máquinas Aparelhos e materiais elétricos Aparelhos e equipamentos de comunicações Fabricação e montagem de veículos automotores Refino de petróleo Reboques e carrocerias. .

impressão e reprodução de gravações Fabricação de móveis e indústrias diversas.Atuação das Transnacionais nos Setores da Economia Brasileira € Menor atuação: y Fabricação de produtos têxteis y Confecção de artigos do vestuário e acessórios y Preparação de couros e fabricação de artefatos y y y y de couro Artigos de viagem e calçados Fabricação de produtos de madeira Edição. .

Estima-se que as ETNs investem duas vezes mais em P&D do que as empresas nacionais.constata-se que as companhias estrangeiras estão sempre à frente das nacionais. € € . são bastante ativas em P&D.Tecnologia e P&D € Brasil ² Pintec (IBGE) e Paep (Seade) ² mostraram que as filiais de ETNs. tomadas em conjunto. Investimento em P&D .

4 7.Tecnologia e P&D Samsung GSK Sanofi J&J Norvatis Pfizer Toyota Nokia Microsoft Roche 0 5 10 6 6.1 6.3 6.8 8.1 Fonte: Booz & Company Quem mais investe em P&D (Mundo) US$ Bilhões .7 7.2 9 9.98 7.

3 7.29 3.3 1.8 9 2 5.Tecnologia e P&D Ranking 1º 2º 3º 4º 5º 6º 7º 8º 9º Companhia Apple 3M GE Toyota Microsoft P&G IBM Samsung Intel Gasto com P&D (bilhões US$) 1.6 Ranking gastos 81 84 35 4 2 58 12 10 13 .8 6 5.

e Índia ( 21). mas à frente da Rússia ( 7) e México ( 6). Vale Petrobrás Embraer Gerdau Votorantim Braskem Sadia Perdigão Natura Coteminas WEG JBS-Friboi Marcopolo . y Neste aspecto. fica atrás da China ( 44 companhias).Brasil ² Ranking ETNs € Boston Consulting Group: y Brasil possui em 13 das 100 maiores multinacionais das economias emergentes.

000 maiores empresas do mundo. . feita pela Forbes.091º) Embraer (1.Brasil ² Ranking ETNs € € Segundo listagem das 2.345º) Sadia (1733º). várias multinacionais brasileiras figuram no ranking: € € € € € € € € € € Petrobrás (29ª) Vale (76ª) Bradesco (85ª) Banco do Brasil (132º) Itaúsa (175º) Unibanco (233º) Usiminas (736º) Gerdau (766º) Braskem (1.

Empresas com atuação fora do Brasil 11% 25% 68% Exportam diretamente Alianças estratégicas no exterior Subsidiárias ou unidades de produção no exterior .Brasil ² Ranking ETNs € Pesquisa realizada pela Fundação Dom Cabral com 109 entre as maiores empresas de capital nacional indica que 73% delas mantém algum tipo de atuação fora do Brasil.

TOTVS Químicas 13. Gerdau Solutions 2. As empresas brasileiras mais internacionalizadas são pela ordem: 1. Metalfrio . Weg 20. Método Engenharia 9. Odebrecht 18. Duas Rodas Industrial 23. Perdigão 8. Votorantim Participações 12. Itautec 3.Indice de Internacionalização O Índice de Transnacionalidade é o percentual de negócios de cada empresa no exterior. Tigre 21. Sabó 16. Adrade Gutierrez 24. Lupatech 10. ALL 7. Natura 5. Marcopolo 17. Artecola Ind 25. Petrobrás 6. Camargo Corrêa 22. Vale 15. calculado pela média de ativos. Aracruz Celulose 11. Portobello 4. Embraer 19. CSN 14. número de funcionários e vendas no exterior.

.Mundo ² Ranking ETNs Ranking Maiores empresas países desenvolvidos General Eletric British Petroleum Toyota motor Shell Group Exxonmobil Ford Motor Vodafone Group Total Electricité Wal-Mart Stores Maiores empresas países em desenvolvimento 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Hutchison Petronas Samsung Eletronics Cemex SA Hyunday Motor Singtel Ltd CITIC Group Formosa Group Jardine Ltd LG Corp.

y Principal motivação para a internacionalização deve ser o aumento de y Países com empresas transnacionais fortalecidas em nível mundial compram outras transnacionais. .Conclusão € A forte entrada de investimentos externos nos países exerce: y Forte pressão competitiva sobre as empresas locais. qualificações e tecnologia. competitividade. y Acesso a novos mercados e recursos ± definidos de uma forma ampla como recursos naturais. y Aumenta a importância dos investimentos diretos no exterior como uma opção estratégica. y A internacionalização é um instrumento essencial para a sobrevivência das empresas transnacionais no próprio mercado doméstico e não apenas como a busca de novos mercado no exterior.

.Conclusão € Os benefícios ao país de origem depende de uma política articulada do país. como: y Financiamento à internacionalização contrapartida: a exigência de geração de empregos no mercado doméstic o aumento das exportações a transferência de tecnologia via criação de escritórios de engenharia aumento de gastos em P&D.

24. Determinantes das Estratégias de Investimento das Empresas Multinacionais dos Países em Desenvolvimento: O Caso de uma Empresa Brasileira http://proxy. 209232.php/rn/article/vi ewArticle/204 Alexandre Freitas Barbosa. Hampshire. Informe sobre os Investimentos no Mundo 2008 . O.furb. n. Mohamed Amal. On the Internationalization of Firms: A Critical Analysis. 2006. Investimento Direto Estrangeiro das Empresas Transnacionais.http://www. Journal of International Business Studies.org ANDERSEN. 1993.br/ojs/index. p. v.Bibliografia UNCTAD. 2. .unctad.