Trauma Urogenital

Introdução   

Os acidentes são a maior causa de morte entre homens e mulheres com menos de 40 anos. Aproximadamente 10% dos traumas envolvem o trato urinário. O rim é o órgão mais frequentemente atingido

 Lesões abdominais por esmagamento  Lesões penetrantes nos flancos e dorso. .Introdução   Geralmente as lesões urogenitais são assintomáticas. DeveDeve-se suspeitar em:  Indivíduos com historia de trauma abdominal contuso. acompanhado de lesões dos arcos costais ou processos espinhosos.

 Sangue no meato uretral. quando a lesão for baixa.Aspectos Sintomáticos  Os sintomas urinários são: hematúria. quando a lesão é no trato urinário superior.  .

 Toque retal pode apresentar uma próstata deslocada superiormente. .  Sangue no meato uretral.Aspectos Sintomáticos  Exame físico deve se observar hematomas perineais ou em dorso.

Lesões podem variar desde pequeno hematoma subcapsular até o acometimento do hilo renal. Associado a lesões de vísceras em 80% dos casos.Trauma Renal     O rim é o órgão mais acometido nos traumatismos urogenitais. . ou penetrantes ou não penetrantes. EtiologiaEtiologia-classificaçao: podem ser abertos ou fechados.

. sem solução de continuidade com o meio exterior. atropelamentos ou grandes quedas. As lesões fechadas (mais comum).Classificação das lesões renais   As penetrantes são causadas por ferimentos por arma de fogo ou arma branca que atravessam a parede abdominal ou torácica. que causam a compressão ou rotura direta do rim. são causadas por acidentes automobilísticos.

 Exame de triagem é a UGE. .  Recomendado é a TC que é capaz de nos informar sobre a presença de tecido necrótico. parênquima renal.Diagnóstico A investigação inicia-se com: inicia-  Rx simples de abdome e US. a extensão do hematoma sobre a função renal.

Tratamento    90% das lesões por trauma fechado. Trauma aberto 90% são operados. são:   Indicações absolutas são em casos de sangramentos persistentes ou instabilidade hemodinâmica. . Relativas quando apresenta extravasamento de contraste. cerca desse 10 % são operados. a avaliação incompleta e a trombose da artéria renal. presença de seguimento desvitalizado. Indicações cirúrgicas podem ser absolutas ou relativas.

correção de hematocrito e monitorização O tratamento cirúrgico é realizado através de laparotomia mediana xifopubica.Tratamento O tratamento clinico consiste em reposição volêmica. dissecção e isolamento do pedículo com controle da artéria e veia renal e abertura e exploração do hematoma do retroperitônio .

 Sangramentos tardios 1%.Complicações  Imediatas 4 a 6 semanas do trauma: Coleção e abscesso no retroperitônio.  Hipertensão arterial  .  Embolização 82%.

Classificação das lesões traumáticas renais .

.

.

Trauma Ureteral    É consequência de ferimentos por arma de fogo ou branca. ou decorrente de manipulações endoscópicas intraluminares e cirurgias pélvicas extensas. manifestandomanifestando. Diagnostico é realizado através da Urografia Excretora ou Retrograda e US. urinomas e abscesso intra abdominal. . Inicialmente são silenciosas clinicamente.se através de fistula.

. a localização e o tempo decorrido entre o traumatismo e a correção. As lesoes mais distais são tratadas com reimplante vesical.Tratamento   É feito de acordo com a extensão. BaseiaBaseia-se no desbridamento anastomose adequada sem tensão (ureteroureterostomia) e com colocação de cateter de duplo ´Jµ na luz ureteral.

 . As lesões podem ser intra ou extra.peritoneais. geralmente associado a fratura da bacia.Trauma de Bexiga   A lesão de bexiga é mais freqüente após traumatismo fechado.  Lesoes extra-peritoneias o tratamento é conservador. com colocação de cistotomia. extracom colocação cateter vesical tipo Foley. extraAs primeiras são corrigidas com sutura por planos através de acesso abdominal.

Conduta: Uretrocistografia Tratamento: cistotomia . atropelamentos e armas de fogo. dor de baixo ventre.Trauma de Uretra      Mais freqüente no sexo masculino. impossibilidade de urinar . hematomas perineais ou escrotais. Quadro Clinico: uretrorragia. Etiologia: Acidentes automobilísticos.

. Tratamento: objetivo manter a função do pênis e testículos procriação e ereção. auto mutilações.Trauma Genitália Externa    Fechado ou Penetrante Etiologia: Acidentes automobilísticos. armas de fogo.

Trauma Peniano    Contusão: lesões superficiais. com hematomashematomasanalgesia e gelo local. Fratura peniana: lesão uretral ocorre em 23% (uretrografia). Penetrantes: tratamento cirúrgico .tratamento: cirúrgico.

duvidas cirurgia. .Trauma Testicular    FechadoFechado. Penetrante: cirurgia.hematomas: Diagnóstico: Us ou cintilografia.