UNIBRATEC – Ensino Superior e Técnico em Informática

QSW – Qualidade de Software
Qualidade

Marcely Dias marcely.dias@unibratec.edu.br
1
Qualidade Monday, May 23, 2011

Nome da Disciplina

Marcely Dias

Modelos de Processo

“Modelo de processo é uma coleção estruturada de elementos que descrevem as características de um processo efetivo” [SEI]

Benefícios
– – – – –

Indica um caminho para iniciar o projeto de melhoria Baseado de experiências anteriores Linguagem comum Indica prioridades Ajuda a assegurar processos estáveis e maduros
Qualidade Monday, May 23, 2011

2

Nome da Disciplina

Marcely Dias

Modelos Existentes

SEI, ISO, IEEE e tantas outras organizações definem modelos Modelos existentes aplicados ao desenvolvimento de software

– – – –

ISO 9001:2000 ISO 9001:2008 ISO 12207 ISO 15504 Capability Maturity Model Integration (CMMI) Melhoria de Processos de Software Brasileiro - MPS-BR

3

Qualidade

Monday, May 23, 2011

– A arquitetura utiliza uma terminologia bem definida para aquisição. um melhor entendimento das atividades a serem executadas nas operações que envolvem. 2011 . por meio de processos bem definidos. desenvolvimento. de alguma forma. e manutenção do software. atendendo assim seus requisitos e as necessidades desta empresa – Objetivo  Auxiliar os envolvidos na produção de software a definir seus papéis. fornecimento. e assim proporcionar. o software. May 23. operação. às organizações que a utilizam. proporcionando acompanhamento de todo o processo.Nome da Disciplina Marcely Dias Modelos Existentes  ISO 12207 – Direciona como estruturar e gerenciar o ciclo de desenvolvimento. permitindo que o software venha representar a realidade da empresa modelada para geração de um sistema customizado. e é composta de:  Processos – Atividades  Tarefas 4 Qualidade Monday.

Nome da Disciplina Marcely Dias Modelos Existentes  ISO – 12207 durante o ciclo de vida do software – – – Processos Fundamentais  Atuam Início Contratação entre o adquirente e o fornecedor Execução  Desenvolvimento  Operação  Manutenção – Processos de Apoio  Documentação  Gerência de Configuração  Garantia da Qualidade  Verificação. May 23. 2011 . Auditoria e Resolução de Problemas 5 Qualidade Monday. Validação. Revisão Conjunta.

2011 . May 23.Nome da Disciplina Marcely Dias Modelos Existentes  ISO – 12207 Processos Organizacionais  Processos de Gerência  Infra-estrutura  Melhoria  Treinamento – Processos de Adaptação  Definem as atividades necessárias para adaptar a norma para sua aplicação na organização ou em projetos 6 Qualidade Monday.

Nome da Disciplina

Marcely Dias

O CMMI

Source Models • Capability Maturity Model for Software V2, draft C (SW-CMM V2C) • Electronic Industries Alliance 731, System Engineering Capability Model (SECM) • Integrated Product Development Capability Maturity Model, draft V0.98 (IPD-CMM)

SE/SW CMMId Stage tion senta Repre

E/SW CMMI-S ous Continu tion nta Represe

•Modelo integrado de Engenharia de Sistemas/Engenharia de Software •Pode se aplicar: – IPPD (Desenvolvimento de produto e processo integrado) – Engenharia de sistemas – Engenharia de software – Subcontratação

7

Qualidade

Monday, May 23, 2011

Nome da Disciplina

Marcely Dias

Base do CMMI

O CMMI agrega abordagens já utilizadas e difundidas em uma estrutura que:
– – –

Provê suporte para as organizações avaliarem a efetividade de seus processos Estabelece prioridades para as atividades de melhoria Estabelece um framework para integração de modelos futuros

É um modelo que descreve orientações para a definição e implantação de processos:
– –

“O que” x “Como” É composto por boas práticas que orientam as definições de processo

8

Qualidade

Monday, May 23, 2011

Nome da Disciplina

Marcely Dias

Benefícios do CMMI
O

SEI mantém um site com dados sobre melhoria através da implantação do CMMI:
http://www.sei.cmu.edu/cmmi/results/results-bycategory.html

9

Qualidade

Monday, May 23, 2011

Engenharia de Software Foca na aplicação sistemática. Qualidade Monday. Desenvolvimento Integrado de Produto e Processo Subcontratação 10 Cobre a aquisição de produtos de fornecedores. Engenharia de Sistemas Desenvolvimento total de sistemas. 2011 . disciplinada.Nome da Disciplina Marcely Dias Disciplinas do CMMI Atualmente 4 disciplinas estão disponíveis no CMMI. Abordagem sistemática para alcançar a colaboração correta dos envolvidos na criação do produto. e quantificada do desenvolvimento. Outras poderão ser incluídas no futuro. operação e manutenção de software. May 23.

Nome da Disciplina Marcely Dias Representações do CMMI O CMMI provê duas representações para maturidade Por Estágios Process Area Capability 5 Contínua 4 ML5 ML4 ML3 ML2 ML 1 0 PA 1 2 3 PA PA . .para uma única área de processo ou um conjunto de áreas de processo definidas pela organização 11 Qualidade Monday. 2011 . . May 23. .para um conjunto de áreas de processo pré-estabelecidas pelo modelo. . .

Nome da Disciplina Marcely Dias Representações do CMMI (2)  Por Estágios – –  Contínua – – – – Níveis de maturidade Agrupamento de áreas de processo por nível de maturidade Avaliação da maturidade da organização Níveis de capacidade Agrupamento das áreas de processo por categoria Avaliação da capacidade das áreas de processo 12 Qualidade Monday. May 23. 2011 .

May 23. 2011 .Nome da Disciplina Marcely Dias Estágio x Contínua  Por Estágio – –  Contínua – – – Mais utilizada no mundo Alta gerência e clientes compreendem com maior facilidade Clientes potenciais e contratantes governamentais indicam como mais apropriada Mais adequada às necessidades das organizações – – Foco do trabalho baseado nos objetivos e prioridades da organização Abordagem é focada na melhoria contínua da capacidade do processo e não no atendimento de um nível de maturidade Permite um caminho alternativo para a abordagem por estágios 13 Qualidade Monday.

Nome da Disciplina Marcely Dias Componentes do Modelo – Representação por Estágios Nível de Maturidade Área de Processo Metas Genéricas Características Comuns Área de Processo Metas Específicas Área de Processo Compromisso para Executar Habilidade para executar Implementação direta Verificação Práticas Genéricas Práticas Específicas 14 Qualidade Monday. May 23. 2011 .

Nome da Disciplina Marcely Dias Componentes do Modelo – Representação Contínua Área de Processo 1 … Área de Processo n Meta Específica 1 … Meta Específica n Meta Genérica 1 Meta Genérica 2 Meta Genérica 3 Meta Genérica 4 Meta Genérica 5 Prática Específica 1 … Prática Específica n Práticas Genéricas Nível 1 Práticas Genéricas Nível 2 Práticas Genéricas Nível 3 Práticas Genéricas Nível 4 Práticas Genéricas Nível 5 Nível 0: Incompleto Nível 1: Executado Nível 2: Gerenciado Nível 3: Definido Nível 4: Nível 5: Gerenciado Otimizando Quantitativamente 15 Qualidade Monday. May 23. 2011 .

Nome da Disciplina Marcely Dias Componentes do Modelo – Representação por Estágios Nível de Maturidade Área de Processo Metas Genéricas Características Comuns Área de Processo Metas Específicas Área de Processo Compromisso para Executar Habilidade para executar Implementação direta Verificação Práticas Genéricas Práticas Específicas 16 Qualidade Monday. May 23. 2011 .

utilizando uma seqüência comprovada de melhoria. 2011 .”[SEI] [CMMI]  Platô da melhoria de processos O CMMI define 5 níveis de maturidade 17 Qualidade Monday.Nome da Disciplina Marcely Dias Níveis de Maturidade “Cada nível é uma fundação para a melhoria de processos. iniciando com práticas de gerência e progredindo através de um caminho pré definido. May 23.

Nome da Disciplina Marcely Dias Níveis de Maturidade Optimizing 5 Foco na melhoria do processo 4 Processo medido e controlado Quantitatively Managed Defined 3 Processo pró ativo e definido para a organização Processo definido para o nível de projetos e freqüentemente reativo Managed 2 Performed 1 Processo imprevisível. 2011 . pouco controlado 18 Qualidade Monday. May 23.

2011 . May 23. sucesso dependente de iniciativas individuais Difícil prever a performance   19 Qualidade Monday.Nome da Disciplina Marcely Dias Níveis de Maturidade – Nível 1 Nível 1 – Inicial  Processos executados freqüentemente de maneira adhoc Poucos processos definidos.

Inicial In     Out  O processo utilizado é uma caixa preta Dificuldade em determinar progresso do projeto Requisitos fluem para dentro Um produto de software é (normalmente) produzido através de algum processo disforme. O produto flui para fora e (espera-se) funciona 20 Qualidade Monday.Nome da Disciplina Marcely Dias Níveis de Maturidade – Nível 1 Nível 1 . 2011 . May 23.

May 23. 2011 .Nome da Disciplina Marcely Dias Níveis de Maturidade – Nível 2 Nível 2 – Gerenciado  Gerência de projetos disciplinada  Políticas organizacionais estabelecidas e institucionalizadas nos projetos  Planos e processos do projeto são documentados e seguidos  Existência de recursos apropriados  Responsabilidades e autoridades são atribuídas  Planejamento e gerenciamento de novos projetos pode ser baseado na experiência de projetos similares 21 Qualidade Monday.

Nome da Disciplina Marcely Dias Níveis de Maturidade – Nível 2 Nível 2 . 2011 . May 23.Gerenciado In    Out A disciplina faz com os processos sejam mantidos em tempos de “crise” Os status das atividades e dos produtos de trabalho são visíveis à gerência em etapas pré-definidas Os requisitos fluem para dentro e o produto flui para fora e (normalmente) funciona 22 Qualidade Monday.

May 23. padronizado e documentado pela organização (adaptado quando necessário) Todos os projetos utilizam uma versão deste processo.Nome da Disciplina Marcely Dias Níveis de Maturidade – Nível 3 Nível 3 .Definido  Processo para desenvolvimento de software é estabelecido. personalizada para o tipo do projeto a ser desenvolvido Atividades de gerenciamento e engenharia de software são estáveis e repetidas (foco na organização)   23 Qualidade Monday. 2011 .

2011 . responsabilidades e interação entre atividades são bem entendidos por todos  No nível 3 medidas são coletadas e analisadas para se entender e gerenciar as atividades e resultados do projeto – – Limites são definidos. mas sem a utilização de técnicas estatísticas Quando se atinge os limites.Definido In Out    Funções e responsabilidades no processo são bem entendidas A produção do produto de software é visível através do processo de software Papéis. ações são tomadas 24 Qualidade Monday. May 23.Nome da Disciplina Marcely Dias Níveis de Maturidade – Nível 3 Nível 3 .

May 23.Nome da Disciplina Marcely Dias Níveis de Maturidade – Nível 4 Nível 4 – Gerenciado Quantitativamente   O processo de software é previsível e gerenciado quantitativamente (estável) Métodos estatísticos e quantitativos são utilizados no nível de projetos e da organização para: – – Entender os resultados de performance. 2011 . a qualidade do produto e do serviço de projetos passados Prever a performance e a qualidade do produto e dos serviços de projetos futuros  Base de dados organizacional para coletar e analisar dados dos projetos 25 Qualidade Monday.

May 23. 2011 .Nome da Disciplina Marcely Dias Níveis de Maturidade – Nível 4 Nível 4 – Gerenciado Quantitativamente In   Out Progresso e problemas são medidos A gerência tem bases objetivas para tomada de decisão 26 Qualidade Monday.

Nome da Disciplina Marcely Dias Níveis de Maturidade – Nível 5 Nível 5 – Otimizando  No nível 4 a análise é direcionada às causas especiais de variação do processo => No nível 5. May 23. 2011 . a análise é direcionada às causas comuns de variação do processo As medições são utilizadas para: –  Selecionar melhorias e inovações. estimar seus custos e acompanhar os gastos reais  Os processos definidos da organização são alvos das atividades de melhoria 27 Qualidade Monday.

2011 .Nome da Disciplina Marcely Dias Níveis de Maturidade – Nível 5 Nível 5 – Otimizando In Out  Estabelecimento e acompanhamento de objetivos quantitativos para a melhoria de processos 28 Qualidade Monday. May 23.

Nome da Disciplina Marcely Dias Componentes do Modelo – Representação por Estágios Nível de Maturidade Área de Processo Metas Genéricas Características Comuns Área de Processo Metas Específicas Área de Processo Compromisso para Executar Habilidade para executar Implementação direta Verificação Práticas Genéricas Práticas Específicas 29 Qualidade Monday. May 23. 2011 .

May 23. 2011 . satisfazem um conjunto de metas consideradas importantes e críticas para caracterizar a melhoria na área de processo em questão” [CMMI] 30 Qualidade Monday. na contínua e na por estágios. as áreas de processo são as mesmas Por Estágios: Agrupadas em níveis de maturidade Apenas o nível 1 não possui áreas de processo Uma área de processo não é a descrição de um processo! “Conjunto de práticas relacionadas. que quando implementadas de forma coletiva.Nome da Disciplina Marcely Dias Áreas de Processo (PA)     Em ambas as representações.

Nome da Disciplina Marcely Dias Áreas de Processo – Nível 2        Gerenciamento de Requisitos Planejamento de Projeto Monitoramento e Controle de Projeto Gerenciamento do Contrato de Fornecedor Gerenciamento da Configuração Garantia da Qualidade do Processo e do Produto Medição e Análise Defined Optimizing Quantitatively Managed Managed Performed 31 Qualidade Monday. May 23. 2011 .

Nível 3             Definição dos Requisitos Solução Técnica Integração de Produto Verificação Validação Foco no Processo da Organização Definição do Processo da Organização Treinamento Organizacional Gerenciamento de Projeto Integrado Análise por Decisão e Resolução Gerenciamento de Riscos Optimizing Quantitatively Managed Defined Managed Performed 32 Qualidade Monday. 2011 .Nome da Disciplina Marcely Dias Áreas de Processo . May 23.

Nome da Disciplina Marcely Dias Áreas de Processo – Nível 4   Performance do Processo da Organização Gerenciamento Quantitativo de Projetos Optimizing Quantitatively Managed Defined Managed Performed 33 Qualidade Monday. 2011 . May 23.

May 23. 2011 .Nome da Disciplina Marcely Dias Áreas de Processo – Nível 5   Desenvolvimento e Inovação Organizacional Análise Causal e Resolução Optimizing Quantitatively Managed Defined Managed Performed 34 Qualidade Monday.

2011 .Nome da Disciplina Marcely Dias Componentes do Modelo – Representação por Estágios Nível de Maturidade Área de Processo Metas Genéricas Características Comuns Área de Processo Metas Específicas Área de Processo Compromisso para Executar Habilidade para executar Implementação direta Verificação Práticas Genéricas Práticas Específicas 35 Qualidade Monday. May 23.

2011 .Nome da Disciplina Marcely Dias Metas Específicas  Endereçam práticas que descrevem o que deve ser implementado para satisfazer a área de processo Exemplo de uma meta específica da área de processo de Medição e Análise: –  Meta Específica 2 (SG2) Fornecer resultados de medições Resultados de medições que endereçam as necessidades de informação e objetivos são fornecidos 36 Qualidade Monday. May 23.

Nome da Disciplina Marcely Dias Metas Genéricas  Endereçam práticas que descrevem como melhorar o controle do planejamento e implementação da área de processo São chamadas genéricas por que são as mesmas para todas as áreas de processo O nível 1 de maturidade não possui meta genérica   37 Qualidade Monday. May 23. 2011 .

May 23. 2011 .Nome da Disciplina Marcely Dias Componentes do Modelo – Representação por Estágios Nível de Maturidade Área de Processo Metas Genéricas Características Comuns Área de Processo Metas Específicas Área de Processo Compromisso para Executar Habilidade para executar Implementação direta Verificação Práticas Genéricas Práticas Específicas 38 Qualidade Monday.

atribuir responsabilidades e autoridade. e treinamentos Implementação direta: gerenciar a performance do processo. gerenciar a integridade dos produtos de trabalho e envolvimento dos stakeholders relevantes Verificação: garantir a implementação e a conformidade aos padrões estabelecidos 39 Qualidade Monday.Nome da Disciplina Marcely Dias Características Comuns  Forma com que as metas genéricas são categorizadas – – – – Compromisso para executar: definir políticas e garantir o patrocínio Habilidade para executar: estabelecer e manter planos. May 23. recursos. 2011 .

2011 . estuda as metas genéricas de nível 3 e explica como implementá-las  Sorteio de quem vai apresentar! 40 Qualidade Monday. May 23.Nome da Disciplina Marcely Dias EXERCÍCIO O lado esquerdo da sala estuda as metas genéricas 2 e explica como implementá-las  O lado direito.

Nome da Disciplina Marcely Dias Componentes do Modelo – Representação por Estágios Nível de Maturidade Área de Processo Metas Genéricas Características Comuns Área de Processo Metas Específicas Área de Processo Compromisso para Executar Habilidade para executar Implementação direta Verificação Práticas Genéricas Práticas Específicas 41 Qualidade Monday. May 23. 2011 .

Nome da Disciplina Marcely Dias Práticas Específicas   Sempre associada a uma meta Representa uma atividade considerada importante no atendimento da meta específica associada à mesma Exemplo de prática específica da Meta Específica 2 (SG2) Fornecer resultados de medições –  Prática Específica 1 (SP2.1-1) Coletar os dados das medições Descrição: Obter os dados especificados para as medições 42 Qualidade Monday. 2011 . May 23.

Nome da Disciplina Marcely Dias Práticas Genéricas  Provêem institucionalização a fim de assegurar que os processos associados à área de processo serão efetivos. May 23. 2011 . repetíveis e duradouros Contribuem para o atendimento das metas genéricas quando aplicadas a uma determinada área de processo Exemplo de prática genérica associada à meta “Meta Genérica 2 (GG2) Institucionalizar um processo gerenciado” –   Prática Genérica (GP2.1) Estabelecer uma política organizacional Estabelecer e manter uma política organizacional para o planejamento e execução dos processos <xxx> 43 Qualidade Monday.

2011 .Nome da Disciplina Marcely Dias EXERCÍCIO . May 23.Projeto  Atualizem o processo com procedimentos para implementar as práticas genéricas! 44 Qualidade Monday.

2011 . o CMMI apresenta outros componentes que não aparecem na estrutura do modelo  Produtos de Trabalho Típicos  Fornecem exemplos de artefatos de saída das práticas Produtos diferentes dos relacionados podem ser usados na implementação do modelo  Sub Práticas  Descrições detalhadas que fornecem informações adicionais para a interpretação das práticas genéricas e específicas Associadas a uma prática 45 Qualidade Monday. May 23.Nome da Disciplina Marcely Dias Outros componentes do modelo  Além dos componentes descritos anteriormente.

Nome da Disciplina Marcely Dias Outros componentes do modelo (2)  Amplificações de disciplinas  informações relevantes para uma disciplina em particular e são associadas a práticas específicas Elaboração de praticas genéricas  orientações de como as práticas genéricas devem ser unicamente aplicadas a uma determinada área de processo Referências informações adicionais ou mais detalhadas a respeito de áreas de processo relacionadas 46 Qualidade Monday. May 23. 2011 .

2011 . Esperados ou Informativos Requeridos: Metas específicas e genéricas –  – São os componentes essenciais para o alcance da melhoria de processos numa determinada área de processo São utilizados como base em uma avaliação para a atribuição de um nível de maturidade ou capacidade 47 Qualidade Monday.Nome da Disciplina Marcely Dias Estrutura do CMMI  O CMMI classifica seus componentes como Requeridos. May 23.

amplificações de disciplinas. May 23. 2011 . elaboração de praticas genéricas e referências Fornecem informações adicionais a respeito do modelo 48 Qualidade Monday.Nome da Disciplina Marcely Dias Componentes do Modelo  Esperados: Práticas específicas e genéricas – – – Explica em detalhes o que tipicamente deve ser feito para o atendimento das metas da área de processo Orientam os usuários do modelo e os avaliadores Permitem a utilização de práticas alternativas  Informativos: Todos os outros componentes – – Produtos de trabalho típicos. sub-práticas.

May 23.Nome da Disciplina Marcely Dias Resumindo… Para Alcançar um Nível de Maturidade Alcançar todas as Áreas de Processo Alcançar todas as metas da Área de Processo Em geral. 2011 Para Alcançar uma Área de Processo E Para Alcançar uma Meta? 49 Qualidade . implementando as práticas Monday.

May 23. 2011 .Nome da Disciplina Marcely Dias Outras Considerações  Não é possível atingir um nível sem atingir seu inferior  Comprometimento em apenas uma meta do nível compromete o nível inteiro 50 Qualidade Monday.

2011 . May 23.Nome da Disciplina Marcely Dias Componentes do Modelo – Representação Contínua Área de Processo 1 … Área de Processo n Meta Específica 1 … Meta Específica n Meta Genérica 1 Meta Genérica 2 Meta Genérica 3 Meta Genérica 4 Meta Genérica 5 Prática Específica 1 … Prática Específica n Práticas Genéricas Nível 1 Práticas Genéricas Nível 2 Práticas Genéricas Nível 3 Práticas Genéricas Nível 4 Práticas Genéricas Nível 5 Nível 0: Incompleto Nível 1: Executado Nível 2: Gerenciado Nível 3: Definido Nível 4: Nível 5: Gerenciado Otimizando Quantitativamente 51 Qualidade Monday.

2011 . os níveis de capacidade inferiores fornecem a fundação para a implementação dos processos dos níveis superiores  52 Qualidade Monday. May 23.Nome da Disciplina Marcely Dias Níveis de Capacidade  Alcance da melhoria de processo dentro de uma área de processo individual Assim como funcionam os níveis de maturidade.

May 23.Nome da Disciplina Marcely Dias Níveis de Capacidade 5 Optimizing 4 Quantitatively Managed 3 Defined 2 Managed 1 Performed 0 Incomplete 53 Qualidade Monday. 2011 .

Uma ou mais metas específicas da área de processo não são satisfeitas. 2011 .Nome da Disciplina Marcely Dias Níveis de Capacidade – Níveis 0 e 1  Nível 0: Incompleto – – Um processo que não está sendo executado ainda.  Nível 1: Executado – Um processo executado é um processo que satisfaz todas as metas específicas de uma área de processo. ou está sendo parcialmente executado. May 23. 54 Qualidade Monday.

3. 2011 . 4 e 5   Mesma definição da representação por estágios! Nível 2: Gerenciado – Um processo gerenciado é planejado e sua execução é acompanhada através do planejamento inicial. Um processo gerenciado quantitativamente que é modificado e adaptado a fim de atingir objetivos organizacionais tanto atuais. Um processo adaptado a partir do conjunto de processos padrões da organização de acordo com as diretrizes definidas pela organização. como futuros. Um processo definido e controlado através de técnicas estatísticas ou outras técnicas quantitativas.Níveis 2. May 23.  Nível 3: Definido –  Nível 4: Gerenciado Quantitativamente –  Nível 5: Otimizando – 55 Qualidade Monday.Nome da Disciplina Marcely Dias Níveis de Capacidade .

são agrupadas por categorias 56 Qualidade Monday. May 23.Nome da Disciplina Marcely Dias Áreas de Processo  Mesmas  Ao áreas da representação por estágios invés de serem agrupadas por níveis. 2011 .

2011 .Nome da Disciplina Marcely Dias Áreas de Processo Gerenciamento de Projetos •Planejamento de Projeto Gerenciamento de Processos •Monitoramento e Controle de •Processo da Organização Projeto •Definição do Processo da •Gerenciamento do Contrato de organização Fornecedor •Treinamento Organizacional •Gerenciamento de Projeto •Desenvolvimento e Inovação Integrado Organizacional •Gerenciamento de Riscos •Performance do Processo da •Integração de Equipes Organização •Gerenciamento Quantitativo de Suporte Engenharia Projetos •Gerenciamento da Configuração •Definição dos Requisitos •Garantia da Qualidade do Processo e do Produto •Gerenciamento de Requisitos •Medição e Análise •Verificação •Análise de Decisão e Resolução •Validação •Análise Causal e Resolução •Solução Técnica •Ambiente Organizacional para Integração •Integração de Produto 57 Qualidade Monday. May 23.

2011 . May 23. no entanto – As metas genéricas 1.Nome da Disciplina Marcely Dias Metas Genéricas e Específicas  As metas genéricas e específicas são as mesmas para ambas as representações. 4 e 5 só são aplicadas à representação contínua 58 Qualidade Monday.

59 Qualidade Monday.Nome da Disciplina Marcely Dias Metas e práticas genéricas – Nível 1 “Meta Genérica 1 (GG1) Atingir metas específicas” (O processo suporta e habilita o alcance das metas específicas da área de processo através da transformação de produtos de trabalho como entrada para produzir produtos de trabalho de saída) – Prática Genérica (GP1. May 23.1) Realizar Práticas Base  Realizar as práticas base da área de processo para desenvolver produtos de trabalho e prover serviços para atingir as metas específicas da área de processo. 2011 .

May 23.Nome da Disciplina Marcely Dias Metas e práticas genéricas – Nível 4 “Meta Genérica 4 (GG4) Institucionalizar um Processo Quantitativamente Gerenciado” (O processo é institucionalizado como um processo quantitativamente gerenciado) – Prática Genérica (GP4.2) Estabilizar a performance de sub-processos  Estabilizar a performance de um ou mais sub-processos para determinar a habilidade do processo <xxx> em alcançar os objetivos quantitativos estabelecidos para a qualidade e a performance dos processos 60 Qualidade Monday. 2011 .1) Estabelecer Objetivos Quantitativos para o Processo  Estabelecer e manter objetivos quantitativos para os processo <xxx> que endereçam qualidade e performance dos processos baseados nas necessidades do cliente e objetivos do negócio – Prática Genérica (GP4.

1) Garantir a Melhoria de Processo Contínua  Garantir a melhoria contínua do processo <xxx> no preenchimento dos objetivos de negócio relevantes da organização – Prática Genérica – GP5. 2011 . May 23.Nome da Disciplina Marcely Dias Metas e práticas genéricas – Nível 5 “Meta Genérica 5 (GG5) Institucionalizar um Processo Otimizado” (O processo é institucionalizado como um processo otimizado) – Prática Genérica (GP5.2 Corrigir as Causas Originais dos Problemas  Identificar e corrigir as causas originais dos defeitos e outros problemas no processo <xxx> 61 Qualidade Monday.

Nome da Disciplina Marcely Dias Resumindo… Para Alcançar um nível de uma Área de Processo? Alcançar todas as metas do nível e de níveis inferiores 62 Qualidade Monday. 2011 . May 23.

2011 .. 63 Qualidade Monday.Nome da Disciplina Marcely Dias Outras Considerações  Todos os componentes apresentados na representação por estágios são aplicados da mesma forma para a representação contínua – – – – – – Áreas de processo Metas genéricas e específicas Práticas genéricas e específicas Amplificações Referências .. May 23.

UNIBRATEC – Ensino Superior e Técnico em Informática QSW – Qualidade de Software Considerações Finais 64 Qualidade Monday. 2011 . May 23.

capacidade das pessoas. Sugere-se em algumas etapas: uma consultoria especializada  65 Qualidade Monday.5 a 2 anos  A quantidade de pessoas envolvidas no processo de melhoria varia de acordo com tamanho da organização. May 23.. escopo da melhoria. . 2011 ..Nome da Disciplina Marcely Dias Implantando o CMMI  Tempo de Implantação do CMMI (nível 2) – Da fase de inicio do processo de melhoria ao processo de avaliação oficial => 1.

overhead da equipe de desenvolvimento. … 66 Qualidade Monday.00 Fora equipe de processos. ferramentas. May 23.00 Estimativa de preço de consultoria: R$ 200. treinamentos.00 a hora do consultor.Nome da Disciplina Marcely Dias Custo  Trabalhar – com o CMMI é caro… – – – Estimativa de custo para avaliação SCAMPI (Standard CMMI Appraisal Method for Process Improvement) de nível 2: R$ 70. Estimativa de custo para uma mini avaliação: R$ 30. 2011 .000.000.

Nome da Disciplina Marcely Dias Perguntas? 67 Qualidade Monday. May 23. 2011 .

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful