FERRAMENTAS DA QUALIDADE

SLIDE 1 1o SEMESTRE / 2006

Prof. Eng. Ricardo Oi

FERRAMENTAS DA QUALIDADE a) Definição b) Brainstorming c) Cartas de controle d) Diagrama de causa e efeito e) Lista de verificação f) Diagrama de Pareto g) Plano de ação 5W2H .

aplicando fortemente a Estatística. com base em conceitos e práticas existentes. . dando a certeza de que a decisão é realmente a mais indicada. As ferramentas da qualidade são gerenciais e permitem análises de fatos e tomada de decisão com base em dados.a) Definição As ferramentas da qualidade são as técnicas utilizadas nos processos de Gestão da Qualidade. principalmente a partir da década de 50.

é uma ferramenta para o desenvolvimento de equipes. Os grupos. Busca-se diversidade de opiniões a partir de um processo de criatividade grupal. sendo a participação voluntária. são formados por 5 a 12 integrantes. . O propósito do Brainstorming é lançar e detalhar idéias com certo enfoque. no menor espaço de tempo possível. geralmente. em uma atmosfera sem inibições. originais. Adicionalmente.b) Brainstorming A técnica do Brainstorming (tempestade de idéias) é um processo de grupo em que os indivíduos emitem idéias de forma livre. sem críticas.

registro de idéias .ausência de hierarquia durante o processo .O Brainstorming apresenta as seguintes características: .ausência de julgamento prévio .capacidade de síntese .capacidade de aceitar e conviver com diferenças .liberação da criatividade .capacidade de auto-expressão .delimitação de tempo .

análise e seleção das idéias .O Brainstorming tem as seguintes fases: .geração e documentação das idéias .clareza e objetividade na apresentação dos assuntos .

. identificando as causas comuns (intrínsecas ao processo) e especiais (aleatórias). Por sua vez. as causas especiais refletem ocorrências fora dos limites de controle (ex.: projeto e equipamentos).c) Cartas de controle É um tipo de gráfico para monitorar a variação de um processo.: falha humana e matéria prima não conforme). As causas comuns estão relacionadas ao funcionamento do próprio sistema (ex.

de especificação .Exemplo de cartas de controle limite sup. de controle Média limite inf. de especificação limite sup. de controle limite inf.

equipamentos. Etapas: . pessoas e processos.discussão do assunto .descrição do efeito .levantamento das possíveis causas .análise do diagrama e coleta de dados .d) Diagrama de causa e efeito Também conhecido como diagrama de Ishikawa. é uma representação gráfica das possíveis causas que levam a um efeito (defeito/falha). As causas são agrupadas por categorias e semelhanças: materiais.

MATERIAIS >insumos de baixa qualidade >armazenamento inadequado EQUIPAMENTOS >falta de manutenção preventiva >uso inadequado do equipamento Exames de laboratório com erros >falta de padrões documentados >baixo nível de padronização PROCESSOS >desmotivação >treinamento inadequado PESSOAS .

período em que os dados serão coletados .e) Lista de Verificação É uma ferramenta que permite quantificar a freqüência com que certos eventos ocorrem. Serve para a construção do Diagrama de Pareto.dados confiáveis e consistentes .estabelecer o que será verificado .utilizar um formulário de fácil manuseio . As etapas para a elaboração: . em um período de tempo.

durante o mês de janeiro/2006. d.) 60 50 40 30 20 200 . total Loja Leste Loja Sul Loja Oeste Loja Norte Loja Centro no de reclamações (freq. c. b. itens a. e.: reclamações dos clientes de uma pequena rede de varejo ao SAC.Ex.

Nos eixos verticais direito e esquerdo.f) Diagrama de Pareto É um gráfico de barras construído a partir de coletas de dados utilizando-se uma lista de verificação. . No eixo horizontal está a descrição dos eventos. Pode ser empregado quando se deseja priorizar problemas relativos a um determinado assunto. o número das ocorrências e o percentual. mostram. respectivamente.

Ex.: reclamações dos clientes de uma pequena rede de varejo ao SAC. 200 100 % freqüência absoluta 60 a b c d e freqüência relativa . durante o mês de janeiro/2006.

What: o quê Who: quem When: quando Where: onde Why: por que How: como How much: quanto custa . na elaboração de planos de ação e nos procedimentos associados a indicadores. prazos. métodos. Busca-se o fácil entendimento através da definição de responsabilidades.g) 5W2H (Plano de Ação) Utilizado no mapeamento e padronização de processos. objetivos e recursos.

: falta de treinamento dos funcionários o quê: quem: quando: onde: por quê: como: custo: dar treinamento ao pessoal do Depto Mkt Departamento de RH 05/02/2005 sala de treinamento capacitação para nova atividade através de apostilas com casos práticos R$ 400 / funcionário (40 horas) .Ex.

et al. Isnard. Rio de Janeiro: FGV. Rio de Janeiro: Fundo de Cultura.004. Manual de Gestão da Qualidade aplicado aos cursos de graduação.003. 2004.. Letícia. CAMPOS. 2. . Gestão da Qualidade. Gestão da Qualidade Total – Uma Abordagem Prática. > VIEIRA FILHO. Alexandre. 2. > SHIGUNOV NETO. Geraldo. Campinas: Alínea.REFERÊNCIAS > MARSHALL JR.