A República

Livro Oitavo

‡ Tudo é comum.REPÚBLICA ‡ Forma perfeita de governo. ‡ Chefes são consumados na filosofia e na ciência militar. .

Oligarquia. .Tais formas de governo são defeituosas. .As demais formas de governo são: ‡ ‡ ‡ ‡ Timocracia ou Timarquia. Tirania.Há uma correspondência entre as formas de governo e a alma humana. . Democracia.

é impossível que haja qualquer transtorno para o Estado.Sedição (causada pela ambição) na República leva à Timocracia (governo da ambição e meio termo entre Oligarquia e Aristocracia) A mudança começa pela sedição no governo (quando este último se mantém. por menor que seja.) .

. ‡ A aversão dos guerreiros à agricultura. às artes mecânicas e às outras profissões lucrativas. ‡ O cuidado de cultivar os exercícios ginásticos e militares.O que a Timocracia conserva da Aristocracia? ‡ O respeito aos magistrados. ‡ O costume de comer em comum.

como nos Estados oligárquicos. . ‡ Habitantes ávidos de riquezas.O que a Timocracia tem de próprio? ‡ O temor de elevar os sábios às primeiras posições. mais atentos à guerra do que à paz. isso levará ao desaparecimento dos homens virtuosos e esclarecidos. ‡ Preferir os homens de espíritos buliçosos.

.O Homem ambicioso é a imagem do governo Timocrático Dividido entre a razão e as paixões torna-se ambicioso e altaneiro.

.A Timarquia se converte em Oligarquia (os ricos tem o poder e o mando) São as riquezas acumuladas pelos particulares que causam a ruína da Timocracia.

‡ O homem oligárquico não tem outro pensamento senão acumular riqueza. ‡ Quase todos são pobres.Na Oligarquia ‡ O aumento da paixão pela riqueza diminui a virtude. ‡ A questão da guerra é um problema: armar o povo (o que é perigoso) ou formar um exército pouco numeroso? Além disso. mas dividido entre pobres e ricos. . ‡ Sobrepõe as riquezas a tudo mais. ‡ O Estado não é uno. Usar este critério em detrimento da capacidade é um desastre para o Estado. ‡ Os ricos são louvados e os pobres desprezados. ‡ A renda passa a ser o critério para a ocupação dos cargos públicos. só não os chefes. por avareza os ricos não aceitam custear a guerra.

Estes últimos. Os ricos devem sua riqueza à fraqueza e covardia dos pobres. odeiam os ricos. considerada um bem. por sua vez.A Oligarquia se transforma em Democracia por causa da cobiça à riqueza. Um Estado desse tipo não tarda a ser um teatro de sedições. .

e no qual impera a igualdade entre os mais desiguais. ‡ Regime marcado pela brandura com os criminosos (impunidade). por isso cada indivíduo pode viver a seu modo. e cuja variedade arrebata. ‡ Encerra todos os gêneros de governo. com plena independência de pensamento e palavras e podem fazer o que lhes convém (a liberdade é seu maior bem).Democracia ‡ Quando os pobres alcançam a vitória sobre os ricos. ‡ Regime que escolhe os ocupantes dos cargos públicos por sorteio (sorte): ‡ Todos são livres. . ‡ Resumo: ³governo suave. ‡ Governo caracterizado pelo desprezo aos negócios públicos. no qual ninguém é superior a outrem.

Homem democrático Marcado por todas as paixões e caracteres .

em escravidão tanto para o Estado quanto para o indivíduo. 332 .A liberdade é o maior bem da Democracia E a ruína desse Estado ocorre quando o desejo desse bem é insaciável ³A excessiva liberdade degenera. cedo ou tarde.´ p.

Democracia Tirania Liberdade Servidão .

Neste Estado é a classe mais numerosa e a mais forte quando reunida. ‡ A terceira é a baixa plebe. outros mais tímidos vão na esteira dos primeiros. uns mais ousados (zangões armados de ferrão). .Divide o Estado Democrático em três classes ‡ A primeira é formada por uma multidão de gente ociosa e pródiga. por isso recebe o nome de heróis dos zangões. ‡ A segunda vive separada da multidão e forma a parte mais rica que neste Estado é explorada pelos zangões. formada por artesãos e desocupados. gente que mal tem o que comer.

Há ataques e acusações mútuas entre zangões e ricos Nesta circunstância surge o ³protetor do povo´: o futuro Tirano. .

que deu origem a este Estado. Como precisa de uma guarda bem numerosa. . o Tirano pode chegar a violentá-lo e maltratá-lo caso sua vontade não seja atendida. prestativo e benevolente Depois se revela eliminando os capazes de lhe fazer alguma oposição. o Tirano recorre à exploração do povo. Desse novo corpo de guarda surge os bajuladores do Tirano. Para sustentar a si e ao seu séquito. Como o povo se encontra desarmado.No início o Tirano é solícito. o Tirano a forma com os ex-escravos a quem deu liberdade depois de ter matado seus senhores.

querendo.Definição de Tirano/Tirania ³É um filho desnaturado. cai no fogo do mais cruel despotismo e vê suceder à excessiva e mal entendida liberdade a mais dura e amarga servidão. 341 . na qual o povo.´ p. como se diz. Eis o que se chama tirania propriamente dita. evitar o rumo de uma escravidão de homens livres. um parrícida.