FACULDADE ATENAS MARANHENSE - FAMA

Produção e Logística
Localização das Instalações

© Gerisval Pessoa

Página 1 de 20

Localização Industrial  Introdução  Principais Teorias da Localização Industrial  Influências do Lado dos Fornecedores  Influências do Lado da Demanda  Técnicas de Localização Industrial  Outras Técnicas de Localização

© Gerisval Pessoa

Página 2 de 20

Localização Industrial
“Localizar significa determinar o local onde será a base de operações, onde serão fabricados os produtos ou prestados os serviços e/ou onde se fará a administração do empreendimento.” (MOREIRA, 1998, p.47)  Onde Produzir? 1o . a macrolocalização 2o . a microlocalização 3o . o projeto do edifício 4o . o arranjo físico dos equipamentos/Ambiente de trabalho  Opções para empresas em operação: - adicionar uma unidade expandir a instalação já existente ou fechar e abrir outra.  Objetivos da decisão de localização: - os custos e serviços prestados espacialmente variáveis da operação; - a receita potencial da operação.
© Gerisval Pessoa

Página 3 de 20

Principais Teorias de Localização Industrial
O Modelo de Weber (1909): - Analisa as vantagens de custo (produção e distribuição) afetando a decisão locacional de indústrias em geral. a) Fatores Locacionais: - Fatores gerais – afetam a indústria em maior ou menor intensidade - Fatores especiais – especiais de uma ou de um grupo de indústrias. São citados também: Fatores naturais, técnicos, sociais e culturais. b) Mesmo considerando a existência de fatores não econômicos, a escolha é influenciada apenas por questões de custo, sendo o transporte o principal; c) Existência de “forças aglomerativas” e “forças desaglomerativas”.
© Gerisval Pessoa

Página 4 de 20

Principais Teorias de Localização Industrial
O Modelo de Losch (1954): O Sistema de Cidades - Considera a maximização dos lucros;
- A área de mercado ótima é que vai determinar a escolha da localidade; - Principais Pressupostos: a) Planície homogênea - Igualdade de renda e de gostos entre os consumidores; - Existência de economia de escala na produção do bem final; - População igualmente distribuída por todo o território; - Uniformidade do conhecimento da tecnologia; - Matéria-prima dispersa uniformemente; - Oportunidade igual de produção. Distância
© Gerisval Pessoa

Custos de Transporte

Preço do Produto
Página 5 de 20

Principais Teorias de Localização Industrial
Teoria dos Pólos de Perroux (1955): - Considera o desenvolvimento regional. - Teoria dos Pólos de Crescimento:
Desenvolvimento econômico de uma região está associada a um “certo grau” de industrialização. Pólos Industriais complexos

© Gerisval Pessoa

Página 6 de 20

Principais Teorias de Localização Industrial
-Conjuntos Ativos – pólos que produzem a expansão de um setor industrial anexo a ele; - Conjuntos Passivos – produzem o crescimento da atividade em certas condições; - Modelos de Crescimento: a) Modelo do Impulso – o crescimento necessita de estímulo; b) Modelo do Gargalo – os déficits no crescimento são ocasionados pela falta de elementos essenciais; - Condições de Produção – infra-estrutura, vantagens aglomerativas; - Barreiras à Integração – limitações de acesso ao mercado, condições em matéria de comunicações e transportes.
© Gerisval Pessoa

Página 7 de 20

Localização Industrial
“Localizar significa determinar o local onde será a base de operações, onde serão fabricados os produtos ou prestados os serviços e/ou onde se fará a administração do empreendimento.” (MOREIRA, 1998, p.47)  Onde Produzir? 1o . a macrolocalização 2o . a microlocalização 3o . o projeto do edifício 4o . o arranjo físico dos equipamentos/Ambiente de trabalho  Opções para empresas em operação: - adicionar uma unidade expandir a instalação já existente ou fechar e abrir outra.  Objetivos da decisão de localização: - os custos e serviços prestados espacialmente variáveis da operação; - a receita potencial da operação.
© Gerisval Pessoa

Página 8 de 20

Influências à Localização Industrial
• Influências do Lado da
Demanda  Habilidade da mão-de-obra. Ex: Parques Tecnológicos;  Adequação do local em si. Ex: Hotel luxuoso com acomodações para férias;  Imagem do local. Ex: Abrir uma loja de perfume em Paris;  Conveniência para os clientes. Ex: Salão de beleza. • Níveis de decisão de localização  Escolha da região ou País;  Escolha da área do país ou região;  Escolha do local específico.
© Gerisval Pessoa

• Influências do Lado dos Fornecedores:
Fatores que influenciam na localização de uma empresa:
Fator Localização das matérias-primas Descrição de Influências · Perecibilidade · Custo de transporte · Múltiplos fornecedores · Quantidade e qualidade suficiente; · Influência dos sindicatos; · Transferência de empregados; · Dominação sob · Quantidade suficiente. · Custos de terreno e de aluguéis são muito variáveis; · Empresas de serviços: pagamento de um local de “alta classe” só se compensar. · Transporte da matéria-prima e bens fabricados · Punição legal para empresas que despejam dejetos em rio, mar etc, com taxas altas / indenização. · Fator determinante para instalação de grandes empresas;

Mão-de-obra Água e energia elétrica Terra Custos de transportes Legislação ambiental Incentivos fiscais

Fatores da · Cultura local; comunidade (valor · Governo e Infra-Estrutura do Local; não econômico) Página 9 de 20

Técnicas de Localização Industrial
Veremos os seguintes importantes métodos para resolver a tomada de decisão para a escolha da melhor Localização para instalação da Organização:

 Ponderação Qualitativa;  Comparação de Custos Fixos e Variáveis;  Método do Centro de Gravidade;  Método das Medianas.

© Gerisval Pessoa

Página 10 de 20

Ponderada Qualitativa
1. Defini-se Critérios; 2. Atribui-se ponderações (Pesos) para estes Critérios; 3. Avalia-se atribuindo notas relativas aos Critérios perante as localizações pré-selecionadas. Exemplo: A Empresa Pack Paper Industry quer construir uma nova fábrica na região da Europa, e escolheu três locais propícios, definindo os seguintes critérios, conforme tabela a seguir:
Critérios Custo do Local Impostos Mão-de-obra especializada Transportes Potencial para Expansão Clima Local A Local B Local C Pesos Nota Aplic. P.Fa (*) Nota Aplic. P.Fb (*) Nota Aplic. P.Fc (*) 4 8 32 7 28 6 24 3 3 9 5 15 8 24 2 9 18 6 12 5 10 1 5 5 6 6 4 4 1 8 8 4 4 6 6 1 2 2 7 7 8 8
SOMA 74 SOMA 72 SOMA 76

(*) p.Fn – Peso * Nota da Localização.
© Gerisval Pessoa

Página 11 de 20

Comparação entre Custos Fixos e Variáveis
1. Calcula-se o lucro associado a cada localidade, escolhendo a que obter o maior lucro; 2. Caso a receita seja a mesma, calcula-se o custo total em cada localidade, optando pela de menor Custo Total (fixos + varáveis à produção); 3. Calcula-se o ponto de equilíbrio, escolhendo a a localidade de menor Ponto de Equilíbrio. Exemplo: Uma fábrica de baterias quer construir uma nova unidade. Duas localidades foram selecionadas ( Serra Brava e  Monjolinho). Espera-se vender 100.000 baterias/ano ao preço médio de R$ 80 cada. Conforme tabela temos:
Custos Fixos em R$ mil Custo Variável unitário em R$
© Gerisval Pessoa

Serra Brava Monjolinho 320 280 40 42
Página 12 de 20

Comparação entre Custos Fixos e Variáveis
Solução: - Receita Total (com base no Lucro): R = R$ 8 milhões - Custos Variáveis:  100.000 * 40 = R$ 4 milhões  100.000 * 42 = R$ 4,2 milhões
Receita Total Anual Custos Fixos Custos Variáveis Totais Lucro Total Anual Serra Brava Monjolinho 8000 8000 320 280 4000 4200 3680 3520

(-)

- Calculando Ponto de Equilíbrio (Q):  320.000/(80-40) = 8.000 baterias

 280.000/(80-42) = 7.368 baterias
- Para os Custos  e  iguais (em mil): 320 + 0,04*x = 280 + 0,042*x = 20.000.
© Gerisval Pessoa

Página 13 de 20

O Método do Centro de Gravidade
Localizar uma nova instalação dentro de uma rede de instalações e/ou mercados já existentes, bem como os custos de transporte. • Exemplo: Uma Indústria de artigos de couro quer construir um armazém de distribuição para melhor atender seus clientes em São Paulo, Ribeirão Preto, Curitiba e Belo Horizonte. A fábrica localiza-se na cidade de São Paulo. A localização é mostrada no mapa:
São Paulo
8 7 6 5 4 3 2 1 0 0 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10

Ribeirão Preto

Curitiba

Belo Horizonte

Cv

- Calculando as coordenadas “x” e “y” pela fórmulas:
Gx =

∑XiVi ∑Vi

Gy =

∑YiVi ∑Vi

Será encontrado o ponto Centro de Gravidade. Este será a coordenada no mapa da Localização do armazém.
Página 14 de 20

© Gerisval Pessoa

O Método da Mediana
São dados básicos: as Coordenadas horizontais e verticais das instalações ou mercados e as cargas a serem movidas. 1. Soma-se as cargas. Se par, será a metade e a metade mais 1. Se ímpar será exatamente a metade; 2. Encontra-se a coordenada horizontal; 3. Encontra-se a coordenada vertical. Exemplo: Uma cooperativa avícola quer construir uma fábrica de ração, cuja localização deverá atender R1, R2, R3 e R4. As cargas mensais estão conforme tabela:
Para R1 R2 R3 R4
© Gerisval Pessoa

Carga Mensal Prevista 80 50 20 130

Custo por carga unit. e distância (R$) 1 1 1 1
Página 15 de 20

O Método da Mediana
Solução: Somando as cargas, encontramos o valor 280. Então temos dois valores para a mediana:  Mediana 1 = 280/2 = 140  Mediana 2 = 280/2 + 1 = 141. O Gráfico abaixo demonstra toda a operação, com R4 a escolhida no processo.

70 60 50 40 30 20 10 0 0
© Gerisval Pessoa

R2

R1

R4 R3

10

20

30

40

50

60

70

80
Página 16 de 20

Outras Técnicas: Localização de Unidades de Emergência
O principal objetivo é a rapidez no atendimento. Ex.: Bombeiros, postos de ambulância, Policiais . Tabela dos tempos mínimos de acesso
Instalação de um Posto Policial - Rotas de Acesso
5 min 5 min 3min

5 min

3
3min

6

1
5min

4 min

2
4 min 4min

7

4
© Gerisval Pessoa

5
Página 17 de 20

Outras Técnicas: Localização de Unidades de Emergência
DE 1 2 3 4 5 6 7 1 0 4 5 5 8 10 9 PARA( tempo mínimo de acesso em minutos ) 2 3 4 5 6 4 5 5 8 10 0 3 8 4 8 3 0 10 7 5 8 10 0 4 15 4 7 4 0 12 8 5 15 12 0 5 8 13 9 3
Região 1 2 3 4 5 6 7 Tempo Máximo (min) 10 08 10 15 12 15 13

7 9 5 8 13 9 3 0

© Gerisval Pessoa

Página 18 de 20

Outras Técnicas: Localização de Instalações de Serviços

Tendem a se localizar perto dos mercados consumidores;

• Considerações sobre recursos é mais para indústrias; • Custo de abrir/fechar instalações é maior para as indústrias; MODELO DE ARDALAN Aplicado a empresas (de serviços) que desejam instalar várias unidades em um conjunto de comunidades, objetivando distribuí-las em ordem de prioridade. - DADOS NECESSÁRIOS PARA A APLICAÇÃO DO MODELO 1. 2. 3. 4. Quantas e quais são as comunidades a serem servidas; Local de instalação da unidade em cada comunidade; Peso de importância que cada comunidade terá; População total por comunidade;

5. Distância entre cada unidade de serviço;
© Gerisval Pessoa

Página 19 de 20

Outras Técnicas: Localização de Instalações de Serviços

A
6 Km

LOC: SHOPPING POP: 20.000 PESO:2

Distância A A B C Do Bairro 0 6 3 B 6 0 2 Para o Bairro Bairro A C 3 2 0

POP

P

3 Km

20.000 10.000 5.000

2 3 1

B

2 Km

C

LOC: C. COMERCIAL POP: 5.000 PESO:1

LOC: CONCORRÊNCIA POP: 10.000 PESO:3

Bairro B 240.000 0 10.000 250.000

Bairro C 120.000 60.000 0 180.000

A
00 0 0.

A

Bairro A Bairro B

0 180.000 15.000 195.000

00

0

24

18

Bairro C TOTAL

B
© Gerisval Pessoa

0.

B

Tabela de Custos (distância x população x peso) Página 20 de 20

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful