Farmª Rouzeli Coelho

É um conjunto articulado de ações baseadas em critérios técnicos, científicos e sociais, tem papel decisivo para o direito de acesso aos medicamentos e garantia de seu uso racional.

Assistência Farmacêutica

Ciclo da assistência farmacêutica

O farmacêutico é afastado das questões relativas a medicamentos. armazenamento e distribuição. .Visão fragmentada do serviço Há uma valorização das ações de aquisição.

imprescindíveis ao atendimento das necessidades de uma dada população. tendo como base as doenças prevalentes.SELEÇÃO A seleção é um processo de escolha de medicamentos eficazes e seguros. com a finalidade de garantir uma terapêutica medicamentosa de qualidade nos diversos níveis de atenção à saúde. .

na estrutura dos serviços de saúde. técnicos e econômicos como.Seleção Deve estar fundamentada em critérios epidemiológicos. também. .

.A seleção requer poucos gastos com recursos humanos. materiais e financeiros com grande ganho terapêutico e otimização de recursos.

.... .Comissão de Farmácia Terapêutica (CFT) Tem caráter multidisciplinar Deve ser nomeada através de portaria e ser composta por:  Farmacêuticos  Médicos  Enfermeiros  Outros.

política e administrativa de todo o processo.CFT Deverá ser a responsável pela condução técnica. .

.  Revisão periódica REMUME usando critérios técnicos para avaliar as solicitações de inclusão e exclusão de medicamentos.  Elaborar e atualizar o Formulário Terapêutico.Atribuições da CFT  Elaboração da REMUME  Elaborar e incentivar a adoção de protocolos e diretrizes terapêuticas.

possuindo influência direta sobre o estabelecimento e o acesso ao medicamento. em um período definido de tempo. É uma etapa imprescindível do ciclo da AF. . para atender determinada demanda de serviços.PROGRAMAÇÃO Programar medicamentos consiste em estimar quantidades a serem adquiridas.

È necessário dispor de dados consistentes sobre:  o consumo de medicamentos.  o perfil epidemiológico. .  oferta e demanda de serviços na área de saúde  recursos humanos  disponibilidade financeira para a execução da programação.

.Fatores que interferem na programação Informações imprecisas. Epidemias Descontinuidade de fornecimento por razões técnicas.

. identificar padrão de consumo e detectar desvios.Na programação é preciso analisar o consumo de medicamentos com o objetivo de mapear a sazonalidade na saúde de produtos.

. com o objetivo de suprir as unidades de saúde em quantidade.AQUISIÇÃO Consiste num conjunto de procedimentos pelos quais se efetiva o processo de compra dos medicamentos estabelecidos pela programação. qualidade e menor custo.

Os preços tendem a reduzir conforme o volume da compra Estratégias Contratos de compras maiores com prazo determinado e entregas parceladas. 1. Formação de consórcios municipais e estaduais. 2. 3. . Cadastros de fornecedores.

 Consumo histórico é o mais usado e se baseia no quantitativo de entradas/saídas/estoque. . O ideal é a combinação dos dois métodos para uma adequada programação.Necessidade e consumo  A necessidade se originam nas unidades de saúde e são resultantes do perfil das doenças da população e metas de ofertas dos serviços.

 Recursos orçamentários e financeiros disponíveis.  Disponibilidade e a capacidade do fornecedor.  Capacidade de armazenamento. .  Definição dos níveis de estoque.Quando comprar Devem ser consideradas:  A modalidade de compra adotada.

dispensa de licitação ou inexigibilidade de licitação. Deve obedecer critérios técnicos e legais e geralmente está vinculada ao valor da compra.Como comprar As compras podem ser feitas por meio de licitação. .

publicidade. probidade administrativa. que devem ser registrados em processo próprio e obedece ao principio da legalidade. . entre outros.Licitação Regulamentada pela Lei Federal nº 8. igualdade.666 É um conjunto de procedimentos formais. uma serie ordenada de atos. vinculada ao edital e do julgamento objetivo.

000.00 3.Modalidades de licitação 1.00 2.00 . convite: até R$ 80. Tomada de preço: até R$650. Concorrência: > R$650.000.000.

Elaboração do edital. 2. Divulgação. 4. 5. 6. 7. Habilitação(julgamento das propostas) Adjudicação(atribui ao vencedor o objeto da licitação) Homologação (declaração de regularidade) Anulação / revogação(por vício ou interesse público) . Demanda identificada.Fases da licitação 1. 3.

Pode ser: Presencial ou eletrônico. .Pregão Não está vinculada a valores Usada para aquisição de bens comuns que tenham padrões de qualidade e desempenho claramente definidos.

ARMAZENAMENTO Conjunto de procedimentos técnicos e administrativos que envolvem as atividades de recepção. guarda. conservação e controle de estoque de medicamentos. .

) 2)Estocagem (Observar todos os cuidados de armazenagem). validade etc. a) Empilhamento d)Umidade b) Temperatura e)Iluminação c) Ventilação f)Normas de segurança . quantidade. lote.Fases do armazenamento 1)Recepção (conferir rigorosamente os medicamentos quanto a qualidade.

em quantidade.DISTRIBUIÇÃO Atividade que consiste no suprimento de medicamentos às unidades de saúde. qualidade e tempo oportuno. .

Neste ato o farmacêutico informa e orienta o paciente sobre o uso adequado do medicamento.DISPENSAÇÃO É o ato do profissional farmacêutico de proporcionar um ou mais medicamentos a um paciente. . em resposta à apresentação de uma receita elaborada por um profissional autorizado.

Principio da orientação Mínima POM Consiste em uma avaliação simplificada dos PRM e é elemento fundamental na prática do profissional farmacêutico. 1) Analise da prescrição. . 2) Aconselhamento informal.

interagindo diretamente com ele e assumindo um compromisso redefinidor da prática profissional que resulte na melhoria da qualidade de vida do paciente.Atenção farmacêutica A atenção farmacêutica pressupõe uma visão centrada no paciente. .

. que suscitem reflexões de nossas práticas profissionais e nosso papel na sociedade.Finalizando Nosso desejo e intenção é que as idéias aqui discutidas colaborem na constituição do novo mosaico que se forma para nossa profissão.

com.br .Obrigada! rozelicoelho@uol.

9 –j [W_` bZUaSVSSbS[^W_ _SVS\S^SS]a_ [VWTWZ_U[aZ_]aW`WZS \SV^ W_VW]aSVSVWWVW_W\WZ[US^SWZ`W VWXZV[_ [VW_W^ ^W_WZUS[aWW`^ ZU[ .

-..-@ [ZaZ`[VW\^[UWVWZ`[_` UZU[_WSVZ_`^S`b[_ ]aWWZb[bWS_S`bVSVW_VW^WUW\ [YaS^VS U[Z_W^bS [WU[Z`^[WVWW_`[]aWVWWVUSWZ`[_ .

f¾ ¾ f¯f °f¯ ° #WUW\ [U[ZXW^^^Y[^[_SWZ`W[_WVUSWZ`[_ ]aSZ`[S]aSVSVW]aSZ`VSVW[`WbSVSVWW`U #_`[USYW.

T_W^bS^`[V[_[_UaVSV[_VW S^S WZSYW S \SWZ`[VVSVW T W\W^S`a^SW aZS [ U WZ`S [X [^S_VW_WYa^SZ S .

@ D `bVSVW]aWU[Z__`WZ[_a\^WZ`[VW WVUSWZ`[_ _aZVSVW_VW_S VWW]aSZ`VSVW ]aSVSVWW`W\[[\[^`aZ[ .

9- [S`[V[\^[X__[ZSXS^SU a`U[VW\^[\[^U[ZS^ a[aS_WVUSWZ`[_Sa\SUWZ`WW^W_\[_`S S\^W_WZ`S [VWaS^WUW`SWST[^SVS\[^a \^[X__[ZSSa`[^ SV[ W_`WS`[[XS^SU a`U[ ZX[^SW[^WZ`S[\SUWZ`W_[T^W[a_[SVW]aSV[V[ WVUSWZ`[ .

[Z__`WWaSSbSS [_\XUSVSV[_  W  WWWZ`[XaZVSWZ`SZS\^ `USV[\^[X__[ZS XS^SU a`U[ # ZS_WVS\^W_U^ [ # U[Z_WSWZ`[ZX[^S .°¯f 9.9°n½ f °fsj.

 °sj€f¯fnynf S`WZ [XS^SU a`US\^W__a\ WaSb_ [UWZ`^SVS Z[\SUWZ`WZ`W^SYZV[V^W`SWZ`WU[WWW S__aZV[aU[\^[__[^WVWXZV[^VS\^ `US \^[X__[ZS]aW^W_a`WZSW[^SVS]aSVSVWVW bVSV[\SUWZ`W .

°ff°  [__[ VW_W[ W Z`WZ [ ]aW S_ V S_ S]a V_Ua`VS_ U[ST[^W ZS U[Z_``a [ V[ Z[b[ [_SU[ ]aW _W X[^S \S^S Z[__S \^[X__ [ ]aW _a_U`W ^WXW W_ VW Z[__S_ \^ `US_ \^[X__[ZS_ W Z[__[ \S\W ZS _[UWVSVW .

.

T^YSVS ^[ WU[W[!a[U[T^ .