You are on page 1of 36

OBJETIVO FUNDAMENTAL

DO ESDE

Proporcionar condições para


estudar o Espiritismo de forma
séria, regular e contínua, tendo
como base as obras codifica-
das por Allan Kardec e o
Evangelho de Jesus.
ESTUDO
SISTEMATIZADO DA
DOUTRINA ESPÍRITA

BREVE HISTÓRICO
BREVE HISTÓRICO
• A necessidade de um curso
sistematizado e regular de Espiritismo
foi previsto por Alan Kardec:
"Um curso regular de Espiritismo
seria professado com o fim de
desenvolver os princípios da ciência
e difundir o gosto pelos estudos
sérios (...). Considero esse curso
como de natureza a exercer capital
influência sobre o futuro do
Espiritismo e suas conseqüências.”
Obras Póstumas- Projeto 1868.
O grande afluxo de
pessoas às Casas Espí-
ritas, no Brasil, definiu a
urgência de se organizar
um estudo metódico do
Espiritismo visando o
esclarecimento e o
apoio moral oferecido
pela Doutrina Espírita.
 Apoiando esta iniciativa, o Espírito
Angel Aguarod, em mensagem
recebida, no ano de 1977, na
Federação Espírita do Rio Grande do
Sul, enfatiza:

“Cabe, pois, aos Espíritas,


responsáveis pelo
Movimento Espírita, uma
ampla tarefa de
divulgação das obras
básicas da Doutrina
Espírita, promovendo um
estudo sistemático das
Campanha do Estudo
Sistematizado da Doutrina
Espírita - ESDE, ocorrido
na reunião do Conselho
Federativo Nacional de
1983, em Brasília,
representou avanço
significativo no trabalho
de Unificação do
Movimento Espírita.
 No lançamento da Campanha do
ESDE Bezerra de Menezes, em
mensagem psicofônica recebida por
Divaldo Pereira Franco, acentuou:

“Um programa de estudo


sistematizado da Doutrina
Espí-rita, sem nenhum
demérito para todas as
nobres tentativas que têm
sido feitas ao longo dos
anos (...) é o programa da
atualidade sob a inspiração
do Cristo (...).”
ESTUDO
SISTEMATIZADO DA
DOUTRINA ESPÍRITA

O NOVO PROGRAMA
PRINCÍPIOS METODOLÓGICOS
UTILIZADOS NO ESDE

•1. O (...) “estudo de uma doutrina, qual a


Doutrina Espírita (...), só pode ser feita
com utilidade por homens sérios,
perseverantes, livres de prevenções e
animados de firme e sincera vontade de
chegar a um resultado.”
•Allan Kardec:O Livro dos Espíritos.
Introdução VIII.
PRINCÍPIOS METODOLÓGICOS
UTILIZADOS NO ESDE
•2. “ O que caracteriza um estudo sério é a
continuidade que se lhe dá (...). Quem
deseje tornar-se versado numa ciência
tem que estudar metodicamente,
começando pelo princípio e
acompanhando o encadeamento e o
desenvolvimento das idéias.”
•Allan Kardec:O Livro dos Espíritos.
Introdução VIII.
CONTEÚDO PROGRAMÁTICO

PROGRAMA FUNDAMENTAL: subdividido


em dois tomos, cada um contendo nove
módulos de estudo.

PROGRAMA COMPLEMENTAR:
constituído de um único tomo, também
com nove módulos de estudo.
FORMATAÇÃO PEDADÓGICA
Utilização, em ambos os programas, do sistema
de módulos para agrupar assuntos semelhantes,
os quais são desenvolvidos em unidades
básicas denominadas roteiros de estudo.

A duração mínima prevista para execução do do


Curso é de dois anos letivos

Cada roteiro de estudo deve, em princípio, ser


desenvolvido numa reunião semanal de 1 hora e
30 minutos.
COMPOSIÇÃO DIDÁTICA DO
ROTEIRO DE ESTUDO
PÁGINA DE ROSTO : FORMULÁRIO DE
número e nome do SUBSÍDIOS: variáveis
módulo; objetivos: geral em número, de acordo
e específico, idéias com a complexidade do
básicas. assunto.

SUGESTÕES DE FORMULÁRIO DE
DIDÁTICAS: indica co- REFERÊNCIAS
mo aplicar e avaliar o BIBLIOGRÁFICAS.
assunto de forma Alguns roteiros
dinâmica, segundo os possuem anexos,
seus objetivos e o seu glossários e atividades
conteúdo básico. extraclasse.
NOVO PROGRAMA DO CURSO
ESTUDO SISTEMATIZADO DA
DOUTRINA ESPÍRITA

Oferece Segue a
uma visão ordem
panorâmica seqüencial
e dos assuntos
doutrinária existentes
do em O Livro
Espiritismo dos Espíritos
Programa Fundamental – Tomo I
Módulo I: Introdução ao estudo do Espiritismo
Módulo II: A codificação espírita
Módulo III: Deus
Módulo IV: Existência e sobrevivência do Espírito
Módulo V: Comunicabilidade dos Espíritos
Módulo VI: Reencarnação
Módulo VII:Pluralidade dos mundos habitados
Módulo VIII: Lei divina ou natural
Módulo IX: A lei de adoração
São conteúdos doutrinários existentes em O Livro dos
Espíritos: introdução, primeira, segunda e terceira partes.
Programa Fundamental – Tomo II
Módulo X: Lei de liberdade
Módulo XI: Lei de progresso
Módulo XII: Lei de sociedade e Lei do trabalho
Módulo XIII: Lei de destruição e Lei de conservação
Módulo XIV: Lei de igualdade
Módulo XV: Lei de reprodução
Módulo XVI: Lei de justiça, amor e caridade
Módulo XVII: A Perfeição Moral
Módulo XVIII: Esperanças e Consolações

São conteúdos doutrinários existentes em O Livro dos


Espíritos: terceira e quarta partes.
Programa Complementar – Tomo
Único
Módulo I: Vida no mundo espiritual
Módulo II: Fluidos e perispírito
Módulo III: O fenômeno de intercomunicação mediúnica
Módulo IV: Dos médiuns
Módulo V: Da prática mediúnica
Módulo VI: Obsessão e desobsessão
Módulo VII: Fenômenos de emancipação da alma
Módulo VIII: A evolução do pensamento religioso
Módulo IX: Movimento Espírita e Unificação

São conteúdos doutrinários existentes em O Livro dos


Espíritos: segunda parte.
NOVO PROGRAMA DO ESDE
ESTUDO SISTEMATIZADO
DA DOUTRINA ESPÍRITA

Organização
1. Organização
De acordo com a estrutura da
Instituição Espírita, o ESDE poderá
constituir um Departamento ou um Setor de
outro Departamento (comumente do
Doutrinário) da Instituição. Em ambos os
casos, a sua organização obedece a um
esquema básico administrativo e
pedagógico.
Administrativo
a) Coordenador Geral
b) Monitor
c) Participante
d) Secretaria
e) Biblioteca (sugere-se que, se a Ins-tituição
Espírita não possuir uma biblioteca, o
ESDE organize uma, contendo, no
mínimo, as obras indicadas nos programas
de estudo).
1.2 Atribuições do Coordenador
Geral
• administrar as atividades do Departamento
ou do Setor;
• elaborar o plano de atividade do ano;
• apresentar o planejamento das atividades
do ESDE à Diretoria;
• constituir o quadro de monitores para as
diversas turmas;
• freqüentar, junto com a sua equipe, cursos
de aperfeiçoamento doutrinário-
pedagógico.
1.3 Atribuições do Monitor
• desenvolver o plano de trabalho elaborado;
• comparecer às atividades com assiduidade
e pontualidade;
• comunicar, com antecedência, os seus
impedimentos;
• participar de cursos de aperfeiçoamento
doutrinário-pedagógico;
• manter em dia o registro de freqüência
de sua turma;
• participar das reuniões doutrinário-
pedagógicas organizadas pela
Coordenação.
1.4 Atribuições do participante
• freqüentar as reuniões de estudos com
assiduidade e pontualidade;
• justificar ao monitor as suas faltas e
atrasos;
• acatar as normas de funcionamento
do Curso;
• participar das atividades extra-classe;
• participar das reuniões confraternativas
constantes do plano de atividadades do
Curso.
1.5 Atrituições da Secretaria

• elaborar fichas de matrícula;


• efetuar matrícula dos participantes;
• manter os seus dados cadastrais
atualizados;
• organizar o seu registro de freqüência;
• elaborar formulários diversos para
atendimento dos serviços de secretaria;
1.5 Atrituições da Secretaria
• atender a solicitações diversas atinentes a
esse setor;
• informatizar, caso haja possibilidade, todos
os registros necessários ao bom
funcionamento do Curso;
• participar das reuniões doutrinário-
pedagógicas organizadas pela Coordenação.
1.6 Atribuições do encarregado da
Biblioteca do ESDE
• organizar o acervo de acordo com a
bibliografia indicada nos programas de
estudo adotado;
• organizar e manter atualizados os dados
cadastrais dos usuários;
• decidir se a Biblioteca será de consulta ou
de empréstimo;
• elaborar a ficha de empréstimo, se for o
caso;
• organizar o espaço físico adequado, no caso
de opção pelo sistema de consulta.
2. Pedagógico

• Adotar um programa de estudo,


antecipadamente organizado.
• Estabelecer uma metodologia consentânea
com o objetivo e fins dos Cursos de
ESDE.
• Estabelecer critérios para avaliação dos
trabalhos, envolvendo
coordenadores, monitores e
participantes, bem como o conteúdo,
a metodologia e os recursos
didáticos.
ESTUDO
SISTEMATIZADO DA
DOUTRINA ESPÍRITA

IMPLANTAÇÃO E
MANUTENÇÃO
Implantação na Casa Espírita
• Adquirir conjunto completo de apostilas.
• Ler o Manual de Orientação.
• Conhecer todo o material.
• Compor equipe de monitores.
• Estabelecer reunião de monitores.
• Elaborar planejamento administrativo-
pedagógico.
• Marcar local, dia e hora.
• Divulgar o ESDE na instituição.
• Entrevistar/inscrever os participantes.
• Formar grupos de 15 a 25 interessados.
• Promover/participar de cursos e reuniões.
Manutenção na Casa Espírita
• Avaliar cada aula e o trabalho dos monitores.
• Renovar periodicamente o material de
divulgação.
• Incentivar a consulta e o estudo das obras da
Codificação e das demais indicadas nos roteiros.
• Orientar e dar condições para o planejamento
antecipado das tarefas.
• Proporcionar condições didático-pedagógicas
para o bom desempenho dos monitores.
• Manter clima de cooperação, harmonia e bom
ânimo, evitando polêmicas e discussões estéreis.
Manutenção na Casa Espírita
• Incentivar a prática do reforço positivo no
relacionamento da equipe.
• Proporcionar a integração dos participantes nas
atividades da casa.
• Criar novos grupos de estudo e fazer a
divulgação no centro e na comunidade.
• Promover/incentivar a participação em cursos de
preparação e atualização.
• Replanejar as atividades com base nas
avaliações e na experiência acumulada.
Implantação e Manutenção
CENTRO ESPÍRITA “MENSAGEIROS DA LUZ”
ESTUDO SISTEMATIZADO DA DOUTRINA ESPÍRITA
Ficha de Inscrição
LOCAL E DATA: _____________________________________________
NOME: _____________________________________________________
NASCIMENTO: Data: ______________ Local: _____________________
ENDEREÇO: ________________________________________________

_________________________________________________________
CIDADE: _____________________ UF: _________ CEP.: ____________
TELEFONE: Casa: _________ Cell: ____________ Trab.: ___________
E-MAIL: _________________________ ESTADO CIVIL: _____________
PROFISSÃO: ____________________ INSTRUÇÃO: ________________
PROGRAMAS: ______________________________________________
OBSERVAÇÕES: _______________________________________________
ESTUDO SISTEMATIZADO DA
DOUTRINA ESPÍRITA

ESTRUTURA
ADMINISTRATIVA
ESTRUTURA ADMINISTRATIVA
• O ESDE no contexto da casa espírita:
– estrutura;
– equipe;
– constante aperfeiçoamento.
• O ESDE no contexto do movimento
espírita:
– visão cooperativa;
– estrutura;
– equipe multiplicadora;
– os cursos, seminários, encontros;
– os múltiplos desafios e possibilidades do
futuro.