You are on page 1of 20

Riscos Químicos

ÁCIDO SULFÚRICO

Ácido Sulfúrico
É um composto químico de formula(H2SO4) sendo classificado como o ácido mineral mais forte e é o principal dos ácidos derivados de enxofre sendo considerado o produto químico mais fabricado e utilizado no mundo.

Propriedades química São propriedades que se relacionam transformando-se quimicamente.formando novas substâncias a partir das fórmulas inicias. Tipos de reações químicas: Mudança de cor Liberação de gás (efervescência) Formação de um sólido(precipitado) Aparecimento de chama ou luminosidade Alteração de temperatura • • • • • .

Ácido sulfúrico com carboidratos Ácido sulfúrico com borracha .

Propriedades físicas Uma propriedade físicas tem a característica de poder ser medida ou observada sem que a composição ou integridade da substancia respectiva seja afetada. .

• • • • • • • Estado físico: liquido Cor: Incolor a leve amarelado Odor: Inodoro Ponto de fusão: .15C° Ponto de ebulição: 310C° Solubilidade: Solúvel em H2O Temperatura de ignição não aplicável .

.como matéria prima e como coadjuvante. apenas perdendo para a água como substância utilizada na indústria.Utilização da Substância na Indústria O ácido sulfúrico encontra inúmeras aplicações industriais.

Aplicações • • • • • • • Fertilizantes Fabricação de outros produtos químicos Metalúrgicas Papel e Celulose Tratamento de água Indústria do açúcar e do álcool Detergentes .

Possíveis Danos O acido sulfúrico é altamente corrosivo especialmente em soluções concentradas. bronquites e pneumonites. • Por Inalação: Irritação ao trato respiratório e mucosas da membrana. • Contato com a pele: queimaduras e ulcerações. edema de laringe. edema pulmonar. Produz graves .

Vômitos de sangue e tecidos dilacerados. possivelmente pode ser fatal. lesões na pálpebra.• Por Ingestão: Erosão dentaria. garganta e abdômen. possível cegueira. • Contato com os olhos: Produz profunda ulceração/necrose da córnea. queimaduras da boca. •Exposição crônica pode causar câncer. conjuntivites. .

Queimaduras provocadas por ácido sulfúrico .

Telefone de Emergência 0800-118270 . Olhos: Enxaguar abundantemente com água mantendo a pálpebra aberta. Ingestão: Ingerir água e não provocar vômito.Primeiros socorros Os procedimento a serem adotados são: Pele: Retirar a roupa contaminada. lavar a região atingida com água abundante por pelo menos 15 minutos.

• Exaustores. FISPQ e também: • EPI’s: Para o manuseio utilizar máscara facial com filtro para gases ácidos. botas.Metodologia para prevenção e controle As medidas de controle e prevenção são amplas podemos citar o PPRA. . luvas. PCMSO. macacões com capuz PVC. óculos.

• Boas Praticas: Não Comer. • Extintores ( Pó Químico). fontes de ignição ou qualquer outro produto não compatível. não beber. calor. combustíveis.. • Lava-olhos. higiene adequada. chuveiro de emergência. • Condições a evitar: Água. seco e devidamente sinalizando...• Capelas. • Estabilidade: Armazenar em local fresco. . Em caso de manipulação.

Luvas de butila EPI’s para Trabalhar com Ácido sulfúrico .

Uma carreta com 19 mil litros de ácido sulfúrico tombou na Rodovia Professor Zeferino Vaz. Não houve vazamento do produto químico. .Acidentes 1. à cabine do motorista desconectou e soltou a carregamento na pista. De acordo com a Policia Rodoviária Federal (PRF). que liga Campinas a Paulínia. O acidente foi na altura do km 116. próximo à fábrica da Perdigão. onde é armazenado a carga. um defeito no cavalo. peça que liga o compartimento. na manhã do dia 26-06-2011.

caindo na ribanceira. na região de Carvalhos (sul de Minas). a ajudante de cozinha Teresa Teodoro da Silva. 42. o motorista perdeu o controle do veículo e capotou no quilômetro 245 da rodovia BR-267. mas não resistiu aos ferimentos. Célio Antônio Ferreira. 23_ morreram na hora. Acidente com caminhão que transportava ácido sulfúrico mata quatro Quatro pessoas morreram no capotamento de um caminhão que transportava ácido sulfúrico. 38. responsável por parte do abastecimento de água das cidades da região. chegou a ser levado ao Hospital Municipal de Aiuruoca. e o balconista Claudinei Arantes Mendes. Três passageiros que haviam pego carona _a cozinheira Maria Benedita da Silva. na tarde desta terçafeira.Por volta de 15h30. A Polícia Florestal e bombeiros de Três Corações foram convocados para controlar a contaminação. O ácido transportado vazou do tanque e atingiu o rio Francês. .2. O motorista.

Carreta pega fogo e fecha BR-116 Uma carreta. mas segundo informações. pode ter ocorrido um curto circuito no veículo . carregada de produto químico altamente corrosivo (ácido sulfúrico). pegou fogo na manhã de hoje 0208-2011. e ainda serão estudadas pelas autoridades.3.

evacue todas as pessoas se necessário. a fim de mais tarde levar a disposição o vazamento caso não acarrete riscos adicionais. remova toda fonte de ignição e providencie ventilação adequada. construa dique de contenção profundo para conter. . Se for grande o derramamento. Se não tiver agente neutralizante disponível.PROCEDIMENTO EM CASOS DE VAZAMENTO DERRAMAMENTO E Vazamento/Derramamento: Imediatamente avisar o pessoal da Segurança. Nunca use material orgânico para absorver derramamento. Pare ou controle o vazamento caso não acarrete riscos adicionais are ou controle Neutralize pequenos derramamentos com bicarbonato de sódio ou uma mistura de soda ou cal (50/50) e colocar dentro de um container lacrado para disposição. absorva o derramamento do H2SO4 com vermiculite. areia ou terra. Utilize equipamento de proteção individual para manusear o produto. Mantenha água e combustível distantes do produto.

FIM .

W f¾ ¾ .

W .

¯n% W ¾f  f ¯f °f ¯nf€ ¾n ¾ n   f¯ ° ¾°ff°   W ff ¾ n   ¯ –y°nf W f¾9fnf¾ -j.f½ f¾ ¯nf¾ ¯f°½fsj W ° ¾%9.

¯  °j  – °  f f f W .

° sµ ¾f f –f n¯ ¾ ¾ nf  €° ¾ –°sjf ½  °jn¯½f   .

f¾  f 9#¾½ff@f ffn¯ n ¾€n .

n ° ¾  D¯f nf f n¯  ¯ ¾ hn  ¾€n ¯  °f  f 9€ ¾¾  € ° If  –f .

f¯½°f¾ f 9f°f °f ¯f°j  f     fn ° € °f ff  ¯  ½¯ g €h nf f 9  –j  fn  n¯ f 9nf  hf  f %9% ¯ €  ° nff ½ sf  –f  n¯½f¯ ° ° x f¯f °f  f nf–f g nf °  ¯¾f ¾n° n ¾ f nf –f¯ ° °f ½¾f -j  ff¯ °  ½  ¯n .

 n ° n¯nf¯°j f°¾½ffhn ¾€n¯ff f .f½ ¾¾f¾¯ f¯°nf½f¯ ° ¯nf¯°j f°¾½ff hn ¾€n °f –j .

ff ° f ff   ff© f°  n°f@  ¾f@   ff    fn°¾f.ff¾%¾ .°f¾% °ff  ¾f sf € f 9f  ¯¾f½  n°   n nf½° ´¯  f f   nf° °f f°n f @y¾½f¾¾f– ¾ ff¯½ –nf°f%fn° f.

f °  f° ¾. ° ¾ %¯ f¯°ff ¯¾f .

x°´°  f n –f¾  f f¾½f.°n½f nf ¯f¾°j ¾¾f¾€ ¯ °¾ hn f°¾½f f f°  f°–f°ny¾  ¾½°¾h ½ ½f  f f¾ n¯ ° h–f f¾n f ¾ f –j 9nf ¾f  ¯ ¾ @y¾.

fsµ ¾€f¯n°nf ¾½ffn°ffn°f¯°fsj .

 .

f f½ –f€– € nf   D¯f nf f nf –f f ½  ¯n ff¯ ° n¾ %hn  ¾€n% ½ – €– °f ¯f°j ©    f° f ¾ j ¾ f f¾ ½ f¾ f f ¾ ¯f¾ ¾ –°  °€¯fsµ ¾ ½   n  ¯ n nn °  n .

9.

.-@ . .

.-@ Iff¯ °$ f¯f¯ ° ¯ ff¯ ° f¾f  ½ ¾¾f f  –f°sf fn  f¾ f¾ ½ ¾¾f¾ ¾ ° n ¾¾h  ¯f  f €° –°sj ½ °n  °fsj f f f D ½f¯ ° ½ sj °  f ½ff ¯f°¾ f  ½  .f° °f h–f n¯ ¾  ¾f° ¾  ½  9f  n°  ff¯ ° nf¾ °j fnf  ¾n¾ f n°f¾ f  n° - f ½  °¾ f¯f¯ °¾ n¯ nf °f ¾   ¯f ¯¾f ¾ f  nf %$% nnf ° ¯ n°f°  fnf  ½ff ¾½¾sj  °j   f– ° ° ff° ¾½°  f ¾f  f¯f¯ °   n¯  ¯n f f   f -°nf ¾ ¯f f –i°n ½ff f ¾  f¯f¯ °  € –f°  f¯f¯ ° n°¾f  n° °sj ½€°  ½ff n°  f €¯ ¯f¾ f  f f ¾½¾sj  ff¯ ° nf¾ °j fnf  ¾n¾ f n°f¾ .  I.-@  .

 .