You are on page 1of 21

POLOS: DIAS D’ÁVILA, IPOJUCA, LIMOEIRO, ITABAIANA e PESQUEIRA

Gestão de Unidades de Conservação Aula 4: Plano de manejo – 1ª parte
Professora: Adriane Mendes Vieira Mota Tutores: Dias D’Ávila - Luciana Helena Ipojuca- Alyson Almeida Limoeiro- Alisson Bezerra Pesqueira- Fabiana Kalina Itabaiana- Marcelo Aquino

Slide 2

- Pode dizer-me que caminho devo tomar? - Isto depende do lugar para onde você quer ir. (Respondeu com muito propósito o gato) - Não tenho destino certo. - Neste caso, meu amigo, qualquer caminho serve. (“Alice no País da Maravilhas” - Lewis Carrol)

Slide 3 Princípios iniciais de planejamento aplicáveis a gestão de uma UC • Diante do que já fora discutido nas aulas anteriores. sentimo-nos aptos a planejar a gestão de uma UC? • Sabemos diferenciar planejamento de manejo? .

é referente à prática de ações e procedimentos que são utilizados com a finalidade de promover a conservação da biodiversidade e. de forma clara e objetiva. definir. em maior escala. quais estratégias serão utilizadas para garantir e cumprir os objetivos da UC que pretendemos gerenciar. 2. visando o alcance de determinados objetivos.Slide 4 Planejamento¹ vs.Estabelecer um conjunto coordenado de ações com bases técnicas e métodos definidos. lidar com respeito.Tratar com deferência. Manejo² 1. conservação dos ecossistemas nos quais a UC está inserida. .

sentimo-nos aptos a planejar a gestão de uma UC? • Sabemos diferenciar planejamento de manejo • Roteiro para planejamento de UCs: Dividido em três fases • Diagnóstico.Slide 5 Princípios iniciais de planejamento aplicáveis a gestão de uma UC • Diante do que já fora discutido nas aulas anteriores. planejamento de ações básicas e cronograma físico-financeiro .

Identificar instituições com potencialidade e interesse em apoio à UC. . Citar as principais vias de acesso à UC. Verificar a existência de infra-estruturas.Slide 6 Diagnóstico O que é necessário fazer nesta fase? Como proceder? Contextualizar a UC. Identificar atividades inadequadas. Relacionar pesquisas realizadas na área da UC e/ou em sua região. Apontar as ameaças e as oportunidades. Inserir mapas existentes sobre a UC.

• Definir os recursos humanos necessários. • Estabelecer mecanismos de divulgação da UC e de organização do acervo documental. prevenção e combate a incêndios. vigilância patrimonial e parcerias). • Definir a operacionalização da unidade (fiscalização. equipamentos e edificações.Slide 7 Planejamento de ações básicas O que é necessário fazer nesta fase? Como proceder? • Definir a infra-estrutura básica da unidade: vias de acesso. em razão das necessidades e estratégias de proteção à UC. . • Indicar áreas prioritárias para a regularização fundiária. manutenção.

Slide 8 Cronograma físico-financeiro O que é necessário fazer nesta fase? Como proceder? • Deverá ser elaborado um cronograma de execução físico-financeiro para o período de um ano. • Devem ser indicadas as fontes de recursos alternativos/potenciais (compensação ambiental. ONGs nacionais e/ou internacionais e outros. Fundo Nacional de Meio Ambiente – FNMA. . contemplando as necessidades da unidade.

Envolve a busca constante de informações e conhecimentos para manter sempre atualizadas e adequadas as propostas de manejo. .Slide 9 Características do planejamento de UCs • Continuidade .

. num contexto multi e interdisciplinar. como participativo e leva em consideração todos os atores que fazem parte da realidade da unidade.o planejamento integrado é conhecido. agregando especialistas de diversas áreas para tal. também.Slide 10 Características do planejamento de UCs • Integração .

de acordo com as revisões do plano de manejo. . são agregados novos avanços na busca da melhor situação de manejo da unidade.o planejamento deve ser fundamentado de acordo com o grau de conhecimento existente sobre os recursos naturais e culturais. ou seja.Slide 11 Características do planejamento de UCs • Evolução gradativa .

Embora possam ser realizadas alterações. sem a necessidade de se rever todo o documento. . sempre que estiverem à disposição novos dados. não se deve perder o enfoque nos objetivos específicos da unidade.Slide 12 Características do planejamento de UCs • Flexibilidade .o planejamento é passível de modificações que podem ocorrer pela inserção ou revisão de informações.

após a data de criação da Unidade de Conservação. se estabelece o seu zoneamento e as normas que devem presidir o uso da área e o manejo dos recursos naturais. mediante o qual. 27 menciona que o Plano de Manejo deve ser elaborado no prazo de cinco anos. 2°). O Art. ele consiste num documento técnico. . com fundamento nos objetivos gerais de uma UC. inclusive a implantação de estruturas físicas necessárias à gestão da unidade.Slide 13 O plano de manejo • De acordo com o SNUC (Art.

Slide 14 O plano de manejo: objetivos • Levar a UC a cumprir os objetivos estabelecidos na sua criação. orientado pelo conhecimento disponível e/ou gerado. visando à proteção de seus recursos naturais e culturais. . • Promover a integração socioeconômica das comunidades do entorno da UC. • Promover o manejo da unidade. • Estabelecer a diferenciação e intensidade de uso. • Orientar a aplicação dos recursos fi nanceiros destinados à UC. mediante zoneamento.

Slide 15 Elaboração do Plano de Manejo • Etapa 1 .Organização do Planejamento Quem vai será a equipe de elaboração? Que aspectos devem ser previamente levados em conta? Como organizar as informações? quais os recursos disponíveis? Quais as informações que devem ser coletadas para a elaboração do Plano? Como vão ser coletadas? quem as coleta? Como e quando vão ser realizados o envolvimento e a participação? .

Slide 16 Etapa 1 .

• Pressões verificadas sobre os recursos. • Dinâmica das mudanças que são observadas. fronteiras com outros países). .Contextualização e Diagnóstico da Unidade de Conservação • Contextualização da unidade quanto a sua localização (Zona de Amortecimento.Slide 17 Elaboração do Plano de Manejo • Etapa 2 . • Saúde dos ecossistemas e status das espécies. como também sua representatividade federal e estadual.

Slide 18 Etapa 2 .contextualização .

Slide 19 Etapa 2 .Diagnóstico .

Slide 20 Etapa 2 .Diagnóstico .

. é um trabalho que exige bastante pesquisa. Além disto.Slide 21 Considerações finais • Como pudemos observar. a gestão de UCs perpassa uma série de áreas de conhecimentos. dedicação e comprometimento dos profissionais que o realizam. recursos financeiros. o que é característico da área ambiental.

5.43909:.4 . ..$/0 9.

5.4 .$/0 9.3O89. .

4 .3O89.5.$/0 9. .

-.$/0 438/07.3.4257420920394 /48 574 8843.:7848 13.430.4 0 .. E70. :2.89.7.4 6:0 00 -.907J89.7 . 70. 8F70 /0 E70.2-039.. 0894 /0 &8 5075.4 /.8 6:0 4 70.88.203948 4 6:0 F .8 /0 . .2 .0813.0748 /0/.. F2 /894 F :2 97.390 5086:8...8 W 424 5:/0248 4-807.