You are on page 1of 24

Sistema Nervoso Autônomo

Controla maioria das funções viscerais PA, moti. GI, secreção GI, esvaziamento da bexiga, sudoreze, temperatura corporal. Distribuído amplamente pelo corpo Rapidez e intensidade -> alterar as funções viscerais
4/22/12

• •

Organização Geral do SNA

Controle central: Medula Espinhal, Tronco Cerebral, Hipotálamo e Córtex (límbico). Opera através de:

Reflexos viscerais Resposta reflexa subconsciente

Sinais autônomos eferentes:
Sistema nervoso simpático (tóracolombar) 4/22/12

Anatomia fisiológica Sistema Nervoso Simpático 4/22/12 .

Sistema Nervoso Simpático 4/22/12 .

Neurônios Pré-ganglionares 4/22/12 .

Neuronios Pós-ganglionares Origem -> Gânglios simpáticos Inervam – Tórax. 4/22/12 . glândulas sudoríparas e mm piloeretores – fibras simpáticas em nervos espinais. Abdome. Cabeça e Pescoço Vasos sanguíneos.

Gânglios Paravertebrais: 22 pares Tronco simpático Ramos brancos Ramos cinzas Gânglios Prévertebrais: Celíaco (solar) Mesentérico Superior Aortorrenal Hipogástrico Gânglios terminais: Próximo ao órgão 4/22/12 .

4/22/12 .

4/22/12 .

Anatomia fisiológica Sistema Nervoso parassimpático 4/22/12 .

Sistema Nervoso Parassimpático SNC e Sacral (S2-S4) 75 % 4/22/12 .

Gânglio ciliar Músculos ciliares do olho Esfíncter pupilar Gânglio esfenopalatino Glândulas lacrimais e nasais Gânglios submandibulares Glândula Gânglio ótico submandibular Glândula parótida Coração Estomago Piloro Cólon Sacr al Intestino delgado Válvula ileocecal Esfíncter anal Bexiga Músculo detrusor Músculo trígono 4/22/12 .

4/22/12 .

Simpático x Parassimpático Simpático T1-L2 Fibras pré-ganglionares: colinérgicas Fibras pós-ganglionares: adrenérgicas Parassimpático Cranial e Sacral(S2-S4) Fibras pré e pós-ganglionares: colinérgicas Inerva todo corpo. atuação generalizada Inerva glândula suprarrenal dispêndio de energia gastador restauração e conservação de energia poupador 4/22/12 . exceto mm Atuação mais restrita esqueléticos.

Função simpática e parassimpática 4/22/12 .

Fibras Colinérgicas e Adrenérgicas • Colinérgicas -> secretam Acetilcolina (Ach) Adrenérgicas -> secretam Norepinefrina (Adr) Todos neurônios pré-ganglionares (SNS e SNP) -> colinérgicos Pós-ganglionares: – • • • SNP -> colinérgicos -> adrenérgicos – SNS 4/22/12 .

br/fef/downloads/keila/sistema_nervoso_autonom Pós Adr A 4/22/12 vasos sanguíneos mm piloeretores glândulas sudoríparas .CADEIA SIMPÁTICA Pré Ach vsites.unb.

br/fef/downloads/keila/sistema_nervoso_autonom Pós Ach 4/22/12 .unb.CADEIA PARASSIMPÁTICA Pré Ach vsites.

α e • .Receptores nos órgãos efetores • Nicotínicos (gânglios) 4/22/12 Norepinefrina α • Epinefrina .

Ações excitatórias e inibitórias Simpático e Parassimpático • • Ações antagonistas Ações isoladas e independentes Ações integradas e interdependentes • 4/22/12 .

SNA Simpático • • • • • • • • vasoconstrição –  vasodilatação –  aceleração cardíaca –  contração do miocárdio –  bronquiodilatação –  piloeretores –  lipólise –  e  Olho (midríase) –  4/22/12 .

SNA Simpático • Descarga simpático adrenal • • • • • • dilatação da pupila taquicardia aumenta pressão arterial vasoconstrição inibição gastrintestinal efeitos metabólicos 4/22/12 .

SNA Parassimpático • • • Reduz cardíaca Diminui arterial frequência a pressão os e Estimula movimentos secreção gastrointestinal • Ajuda na absorção de nutrientes 4/22/12 .

relaxado ereção midríase (dilatação) constrição dilatação detrusor – relaxado trígono .ORGÃO ALVO Miocárdio Coronárias e vasos Pressão Arterial Pulmão Fígado Sistema Digestivo Esfíncteres Pupila Vasos Abdominais Vasos Musculares Bexiga 4/22/12 Pênis SIMPÁTICO  FC e força da contração cardíaca vasoconstrição (α) vasodilatação(β 2) PARASSIMPÁTICO  FC e taxa de contração vasodilatação aumenta bronquiodilatação  a liberação de glicose  atividade das glândulas e dos músculos lisos contração diminui bronquioconstrição nenhum efeito  peristaltismo e secreção glandular relaxamento miose (constrição) dilatação Nenhum efeito detrusor .contraído trígono .contraído ejaculação .