1 Fisiologia Renal

Rim – Localizado na parede posterior do abdomen, fora da cavidade peritonial Região Cortical Região Medular 1. Funções renais: 2. Excreção de produtos de degradação do metabolismo e de substâncias químicas estranhas 3. Regulação do equilíbrio hidroeletrolítico 4. Regulação da osmolalidade e concentrações de eletrólitos dos líquidos corporais 5. Regulação do equilíbrio ácido-base 6. Regulação da pressão arterial 7. Secreção, metabolismo e excreção de hormônios 8. Gliconeogênse. 9. Produção de eritropoetina

Suprimento sanguíneo renal 1.100 ml/min – corresponde a cerca de 22% do débito cardíaco Aumento da perfusão - aumento da filtração sanguínea

1a

Artéria Renal → artérias interlobares → artérias arqueadas → artérias interlobulares → arteríolas aferentes → capilares glomerulares → arteríola eferente → capilares peritubulares

2

Unidade funcional do rim – Néfron Cerca de 1 milhão. Número cai com a idade • Túbulo proximal • Alça de Henle • Tubulo distal • Ducto coletor

Néfron

3

Formação da urina Intensidade de excreção urinária = Intensidade de filtração – (intensidade de reabsorção + intensidade de secreção)

4

Substância A = Creatinina Substância B = Vários eletrólitos Substância C = Aminoácidos e glicose Substância D = Medicamentos (fármacos)

Pq ↑ qdes de soluto são filtradas e depois reabsorvidas? Rápida remoção de produtos de degradação que dependem da filtração para serem eliminados. Os rins podem filtrar e processar todo o líquido carporal várias vezes por dia. Composição do filtrado glomerular Isento de ptns Isento de componentes celulares (eritrócitos) Conc. De íons e molec. Orgânicas semelhantes ao do plasma

Filtrabilidade inversamente proporcional ao peso molecular

5

Controle fisiológico da filtração glomerular e do fluxo sanguíneo local:

Ativação simpática : Diminuição do fluxo sanguíneo e da filtração glomerular por constricção da arteríola aferente via receptores α 1.

Mecanismos de auto-regulação do fluxo sanguíneo renal

5a

1. 2. 3. 4.

Fluxos sanguíneos renais promovem uma maior filtração glomerular. Uma maior filtração glomerular promove a chegada de mais solutos na macula densa (porção inicial do túbulo distal) A mácula densa produz uma substância vasoconstrictora promove vasoconstricção nas arteríolas aferentes A vasoconstricção da arteríola aferente promove um menor fluxo sanguíneo renal e uma menor filtração glomerular.

Ação das forças de starling sobre a filtração glomerular

5b

5c

Mecanismos de reabsorção tubular

6

Transporte ativo primário Transporte ativo secundário Difusão facilitada Transporte transcelular Transporte paracelular

Túbulo proximal – reabsorção de 65% do sódio filtrado

7

•Reabsorção isosmótica •Trocador Na+/H+ • Na+/K+/ATPase na membrana basolateral •Reabsorção de glicose e aminoácidos •Secreção de ácidos orgânicos (ácido úrico, antibióticos, etc)

Alça de Henle – reabsorção de 20% do sódio do filtrado

8

•Reabsorção de água na parte delgada descendente da alça •Ramo espesso ascendente – transportador Na+/K+/2Cl•Geração de potencial lumen positivo – transporte paracelular Mg+2/Ca+2 Tubulo contorcido distal – Reabsorção de 10% do sódio Transportador Na+/Cl-

Ducto coletor – 5% da reabsorção de sódio •Canais de sódio e potássio presentes nas membranas das células principais •Células principais apresentam receptores de aldosterona – aumentam a atividade da Na+/K+ ATPase e aumentam a expressão de canais de Na+ •Impermeável a água a menos que o ADH esteja presente. Aumento da expressão de aquaporinas •Principal local de secreção de potássio. Relacionado á entrada de Na+ no organismo

9

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful