You are on page 1of 16

Universidade de Belas Departamento de Engenharia

Trabalho de Fundamentos de Engª de Segurança
Tema: Mapa de Risco

Curso : Engª de Petróleo (P e P) 5º Ano Sala: 26 Docente: Paulo Aguiar

Luanda aos 04 de Julho de 2011

Simão 2.Integrantes do Grupo 6 1. Daniel .Geldino Pucuta 5.Francisco M.Hermenegildo Macaia 6.Felismino Magalhães 4. Benvindo 3. J.Anacleto P.Manuel D.

Riscos Ocupacionais 3.1 Objetivo do Mapa de Riscos 3. O Mapa de Riscos 3.3 Etapas de elaboração .1 AVALIAÇÁO DOS RISCOS 2.Índice 1.2 Elaboração do Mapa de Riscos 3. Introdução 1.

além de prejuízos de ordem legal e patrimonial para a empresa. provocando lesões imediatas. situações de deficiência ergonômica ou riscos de acidentes. Desta forma. como a concentração e a forma do contaminante no ambiente de trabalho. relações interpessoais.INTRODUÇÃO 1. . doenças ou a morte. Entretanto. torna-se imprescindível a necessidade de investigar o ambiente de trabalho para conhecer os riscos a que estão expostos os trabalhadores. não existem micro ou pequenos riscos. manipulação ou exposição a agentes físicos. existe perigo para a saúde. em qualquer tipo de atividade laboral. o nível de toxicidade e o tempo de exposição da pessoa. obrigatoriamente. AVALIAÇÁO DOS RISCOS Os locais de trabalho. médio e longo prazo. podem comprometer a do trabalhador em curto. na visão da prevenção. biológicos. pela própria natureza da atividade desenvolvida e pelas características de organização. É importante salientar que a presença de produtos ou agentes nocivos nos locais de trabalho não quer dizer que. o que existem são micro ou pequenas empresas. químicos. Isso vai depender da combinação ou inter-relação de diversos fatores.

elabora-se um mapa de riscos da empresa. existem duas modalidades básicas de avaliação. conhecida como preliminar. neutralização ou controle dos riscos. saúde e a segurança. para medir. A avaliação qualitativa.Formas de avaliar os riscos Para investigar os locais de trabalho na busca de eliminar ou neutralizar os riscos ambientais. comparar e estabelecer medidas de eliminação. . Por fim. e a avaliação quantitativa.

calor. fumos. a exemplo de poeiras. gases. bactérias. compostos ou outros produtos químicos. apresenta como limitações a dependência do conhecimento prévio sobre os determinantes de agravos e a menor viabilidade de uso desta noção quando se desconhece uma relação direta entre o agente de risco e o efeito à saúde. bacilos e outras espécies de microorganismos.2. fungos. neblinas. que tem orientado muitas intervenções nos ambientes de trabalho. como: ruídos. . Classificação dos riscos Riscos Físicos: são representados por fatores ou agentes existentes no ambiente de trabalho que podem afetar a saúde dos trabalhadores. Riscos Químicos: são identificados pelo grande número de substâncias que podem contaminar o ambiente de trabalho e provocar danos à integridade física e mental dos trabalhadores. Riscos Biológicos: estão associados ao contato do homem com vírus. névoas. pressões anormais e umidade. radiações. frio. parasitas. vapores. protozoários. vibrações. substâncias.RISCOS OCUPACIONAIS A noção de risco “ocupacional”.

monotonia. máquina e equipamentos sem proteção. . mobiliário inadequado. material ou matéria-prima fora de especificação. repetitividade e situações causadoras de estresse. jornadas de trabalho prolongadas.Riscos Ergonômicos: estão ligados à execução de tarefas. armazenamento inadequado e outras situações de risco que poderão contribuir para a ocorrência de acidentes. à organização e às relações de trabalho. pisos pouco resistentes ou irregulares. levantamento e transporte manual de peso. trabalho em turno e noturno. imposição de ritmos excessivos. posturas incorretas. Riscos de Acidentes: são muito diversificados e estão presentes no arranjo físico inadequado. ao esforço físico intenso. ferramentas impróprias ou defeituosas. instalações elétricas defeituosas. probabilidade de incêndio ou explosão. iluminação excessiva ou insuficiente. controle rígido de tempo para produtividade.

O Mapa de Riscos está baseado no conceito filosófico de que quem faz o trabalho é quem conhece o trabalho. de informação para os demais empregados e visitantes.3. O Mapa de Riscos O Mapa de Riscos é uma das modalidades mais simples de avaliação qualitativa dos riscos existentes nos locais de trabalho. É a representação gráfica dos riscos por meio de círculos de diferentes cores e tamanhos. Ninguém conhece melhor a máquina do que o seu operador. elaborado pelos próprios trabalhadores e de conformidade com as suas sensibilidades. permitindo fácil elaboração e visualização. Serve como um instrumento de levantamento preliminar de riscos. . que deverão opinar. É um instrumento participativo. e de planejamento para as ações preventivas que serão adotadas pela empresa. As informações e queixas partem dos trabalhadores. discutir e elaborar o Mapa de Riscos e divulgá-lo ao conjunto dos trabalhadores da empresa através da fixação e exposição em local visível.

bem como estimular sua participação nas atividades de prevenção. e possibilitar.3. medicação. substituição de trabalhadores e danos patrimoniais. . conscientização quanto ao uso adequado das medidas e dos equipamentos de proteção coletiva e individual. maior produtividade. Benefícios da adoção do Mapa de Riscos identificação prévia dos riscos existentes nos locais de trabalho aos quais os trabalhadores poderão estar expostos. durante a sua elaboração. redução de gastos com acidentes e doenças. competitividade e lucratividade. indeminização. a troca e a divulgação de informações entre os trabalhadores.1Objetivo do Mapa de Riscos Reunir as informações básicas necessárias para estabelecer o diagnóstico da situação da segurança e saúde no trabalho na empresa. facilitação da gestão de saúde e segurança no trabalho com aumento da segurança interna e externa. e melhoria do clima organizacional.

gerar doenças e que não dispõe de mecanismo para redução. conforme a tabela de classificação dos riscos ambientais. mutilar. A gravidade é representada pelo tamanho dos círculos. neutralização ou controle.3. Círculo Grande: risco que pode matar. Círculo Pequeno: risco pequeno por sua essência ou por ser risco médio já protegido. .2 Elaboração do Mapa de Riscos São utilizadas cores para identificar o tipo de risco. Círculo Médio: risco que gera relativo incômodo mas que pode ser controlado.

TABELA DE CLASSIFICAÇÃO DOS RISCOS AMBIENTAIS .

3.3 Etapas de elaboração 1. e causas mais freqüentes de ausência ao trabalho. treinamento recebido. e higiene e conforto: banheiro. Identificar os agentes de riscos existentes no local avaliado. organização do trabalho. Identificar os indicadores de saúde: queixas mais frequentes e comuns entre os trabalhadores expostos aos mesmos riscos. jornada. as atividades exercidas. conforme a tabela de classificação dos riscos ambientais. sexo. vestiários. e o ambiente. idade. armários.3. 2. Identificar as medidas preventivas existentes e sua eficácia referente a: proteção coletiva. queixas de saúde. 4. bebedouros.número. área de lazer. instrumentos e materiais de trabalho. acidentes de trabalho ocorridos. os equipamentos. refeitórios. proteção individual. Conhecer o processo de trabalho do local avaliado: os trabalhadores . lavatórios. . doenças profissionais diagnosticadas.

que deve ser representada por tamanhos proporcionalmente diferentes dos círculos. a especificação do agente (por exemplo: amônia. Elaborar o Mapa de Riscos. conforme as cores classificadas. . o número de trabalhadores expostos ao risco. sobre uma planta ou desenho do local de trabalho. de acordo com a percepção dos trabalhadores. ou ergonômico . o qual deve ser anotado dentro do círculo. ácido clorídico. e a intensidade do risco. indicando através do círculo: o grupo a que pertence o risco.repetitividade.5. ritmo excessivo) que deve ser anotado também dentro do círculo.

.

.

classificando e definindo os graus de riscos ocupacionais envolvidos. incluindo as endemias parasito-hospedeiro relacionadas ao trabalho. . avaliando sectores produtivos vulneráveis a acidentes e doenças ocupacionais. bem como conhecer a real distribuição dos sectores produtivos e avaliar os graus de riscos à saúde do trabalhador e ao meio ambiente na região.Conclusão Este estudo propôs elaborar o mapa de risco ocupacional utilizando técnicas de georeferenciamento a fim de identificar as empresas e seus ramos de actividades económicas.

n 9  ° ¾n ½  ° ½ ¾f ¾¾y°nf  ½ ¾  ¾n ¯x  ©h ½ –  .

x  ¾n  – f  f °n´¯  ¯f¾  ½ ¾  n°f  .n .

n f° ¾n  ½ ¯ff ¯f – f  °sf¾  °j ¾½µ ¯ nf°¾¯ ½ff  sj ° ffsj  n° .

@ .

.

.

-@ ..

 f½f¾  f fsj # [ZWUW^[\^[UW__[VW`^STS[V[[USSbSSV[ [_`^STSSV[^W_ Z W^[_W [VSVW]aW S_VW_S VW[^ZSVS `^WZSWZ`[^WUWTV[ [_W]a\SWZ`[_Z_`^aWZ`[_WS`W^S_VW`^STS[ S_S`bVSVW_W W^UVS_W[STWZ`W # VWZ`XUS^[_SYWZ`W_VW^_U[_W _`WZ`W_Z[[USSbSSV[U[ZX[^W S`STWSVWUS__XUS [V[_^_U[_STWZ`S_ # VWZ`XUS^S_WVVS_\^WbWZ`bS_W _`WZ`W_W_aSWXU US^WXW^WZ`WS \^[`W [ U[W`bS [^YSZ S [ V[ `^STS[ \^[`W [ ZVbVaS W YWZW W U[ZX[^`[ TSZW^[ SbS` ^[_ bW_` ^[_ S^ ^[_ TWTWV[a^[_ ^WXW` ^[_ ^WS VW S W^  VWZ`XUS^[_ZVUSV[^W_VW_S VW ]aW S_S_X^W]aWZ`W_WU[aZ_WZ`^W[_`^STSSV[^W_W \[_`[_S[_ W_[_^_U[_ SUVWZ`W_VW`^STS[[U[^^V[_ V[WZ S_\^[X__[ZS_VSYZ[_`USVS_W USa_S_S_X^W] WZ`W_VWSa_ ZUSS[`^STS[ .

 f f.f½f ¾n¾ ¾  ¯f½f°f ¾ ° nf f f ° nf° ffx¾ nn  –½ f  ½  °n  ¾n n°€¯ f¾ n ¾ nf¾¾€nf f¾  °¯  f ff  ¾ ½¾¾ f ¾n  f  ¾  f°f  °  nn f ¾½ n€nfsj  f– ° %½  ¯½ f¯´°f hn  n n  –°´¯n  ½  f ¯ n ¾¾%   ¾  f°f  f¯ x¯ °  nn f ° °¾ f  ¾n fn  n¯ f ½ n ½sj ¾ f ff  ¾   ¾   ½ ¾ °f f ½ f¯f°¾ ½½n°f¯ ° €  ° ¾ ¾ nn¾ .

.

.

.

°n¾j ¾ ¾  ½½´¾ f f  ¯f½f ¾n n½fn°f f°  xn°nf¾ –  €  °nf¯ ° f €¯  °€nf f¾ ¯½ ¾f¾ ¾ ¾ f¯¾ fn f ¾ n°¯nf¾ nf¾¾€nf°  €°°  ¾ –f¾ ¾n¾ n½fn°f¾ ° ¾ ¯ n¯ n° n  f  f ¾ sj ¾ ¾ n ¾ ½ ¾ fff ¾ –f¾ ¾n¾ g ¾f  f ff  f ¯  f¯  ° °f  –j fff°  ¾ n ¾ ½ ¾ ° h ¾ f fn ° ¾  °sf¾ n½fn°f¾ °n°  f¾ ° ¯f¾ ½ff¾ ¾½   fn°f f¾ f f f .