You are on page 1of 25

O QUE É UM CABEAMENTO ESTRUTURADO

sistema aberto que permite a transmissão de qualquer serviço de comunicação (voz, dados, imagens, sinais de controle) através de um único sistema de cabeamento universal.

CABEAMENTO NÃO ESTRUTURADO •Instalação com pouco planejamento • Não existe estudo para previsão de crescimento de rede • Geralmente não tem documentação • Custo inicial baixo • Rápida implantação • Custo para expansão elevado • Pouca Flexibilidade .

CABEAMENTO NÃO ESTRUTURADO  redes sem normas de instalação traz sérios fatores de risco pois torna-se quase impossível localizar um cabo com defeito. . ou um conector com mal contato.

 • Com único cabeamento é possível realizar diversas funções.  • Disposição de uma rede de cabos que pode ser facilmente redirecionada para prover caminho de transmissão entre quaisquer dos seus pontos.  .CABEAMENTO ESTRUTURADO • Confiabilidade garantida pois garante um desempenho melhor do sistema.

CABEAMENTO ESTRUTURADO • Possibilita o tráfego de qualquer tipo de sinal de áudio. pois amplia e altera implementações futuras sem perda de flexibilidade. dados e telefonia simultaneamente. controles ambientais e de segurança. vídeo.  • Instalação rica em documentação.  .  • Permite que modificações na rede possam ser feitas de forma rápida.

CABEAMENTO ESTRUTURADO • Necessita de um bom planejamento.  • Custos baixos de manutenção e para implementar expansões da rede  • Aumenta a vida útil para o sistema de cabeamento. o que fornece um excepcional retorno do investimento inicial.  • Custo inicial maior que no cabeamento não estruturado.  .

CABEAMENTO ESTRUTURADO .

garantisse que um cliente pudesse comprar a infra-estrutura de um fabricante e equipamentos de outro. . interagindo-se todos entre si.NORMA ANSI/EIA/TIA 568  A criação desta norma veio com o proposto de criar um sistema que fosse “nãoproprietário”. ou seja.

e em ambientes multifabricante.NORMA ANSI/EIA/TIA 568  Esta norma especifica um sistema de cabeamento para aplicações genéricas de telecomunicações em edifícios comerciais (multi-inquilino). .

NORMA ANSI/EIA/TIA 568 A norma classifica os principais componentes da estrutura de uma instalação predial: .

terminais mecânicos. dados. as tomadas de telecomunicações (outlets).CABEAMENTO HORIZONTAL  Constituído dos cabos que ligam o painel de distribuição até o ponto final do cabeamento. Por ele trafegam todos os serviços (voz. controle. etc). jumpers e demais cordões de manobra no armário de telecomunicações.   . ou seja. Inclui também os cabos. conectores e tomadas de telecomunicações. vídeo.

CABEAMENTO HORIZONTAL .

.CABEAMENTO HORIZONTAL   Cabos de distribuição horizontais. Saídas de telecomunicações na área de trabalho.

salas de equipamentos e facilidades de entrada.  . Possibilita interconexões entre salas ou armários de telecomunicações.CABEAMENTO VERTICAL (BACKBONE)  É o conjunto permanente de cabos primários que interligam a sala de equipamentos aos armários ou salas de telecomunicações e aos pontos de entrada.

CABEAMENTO VERTICAL (BACKBONE) Sala de telecomunicações Para equipamentos Para área de trabalho Sala de Equipamentos Facilidade de Entrada .

ÁREA DE TRABALHO  É o local onde o usuário interage com os equipamentos terminais de telecomunicações. Os componentes da área de trabalho são todos aqueles compreendidos entre as tomadas e os equipamentos de telecomunicações. Comprimento de line-cords (mínimo de 0.   .50m e máximo de 3m) são recomendados para cabos na área de trabalho.

ÁREA DE TRABALHO .

SALA DE TELECOMUNICAÇÕES É o local onde estão localizados os equipamentos ativos do sistema bem como suas interligações com sistemas externos.    Existem frequentemente uma ou mais salas de telecomunicações por andar. . Pode conter também hubs ou switches.

SALA DE TELECOMUNICAÇÕES .

fontes de energia auxiliares e espaço para os racks de equipamentos. hubs da rede e. A sala deve ser segura. servidores. central telefônica.SALA DE EQUIPAMENTOS  Sala onde ficam os sistemas de comunicação. ter uma ventilação adequada. roteadores.  . algumas vezes. modems.

SALA DE EQUIPAMENTOS .

Especifica a área onde os cabos externos são conectados ao sistema de cabos internos da edificação. tendo dimensões maiores que as Salas de Telecomunicações e reunindo os cabos que vem da concessionária de serviços públicos ou de outros prédios.FACILIDADES DE ENTRADA  Também chamado de Distribuidor Geral de Telecomunicações (DGT).  . normalmente alojado no térreo ou subsolo.

onde a responsabilidade do provedor de serviços de telecomunicações termina e a dos administradores do sistema local começa.FACILIDADES DE ENTRADA  É tipicamente uma sala segura (de acesso restrito). .

FACILIDADES DE ENTRADA .

$% &@ $ .

203948   .:2.487.0397.008 807../06:./4708 :-8/.8/0.43/01.24888902..42:3.8 /006:5.7...8. 90013.039.080780:7..45../4708 8.. 907:2./0.4..  143908/00307.4 .7080085.$"&!% $ $.:./. 24/028 7490.70/00  .

$"&!% $ .

E70.20390.42:3./4/0897-:/4707.4 88902.43./0807.47086:0.-486:0./0.48 5-./48.2-F2..-48090734884..08 % 3472..02/.$%#  %.0/1...2./0%00.430.08843E7.080 70:33/448.4  ...9..8/0%00..8$..1..43/048.42:3.4./4349F77044:8:-844 903/4 /2038082.-483907348/.484:/04:974857F/48 850.

0/47/0807.$%#  A95...7085438./4708/4 88902.420.08847089794  43/0./48.. /0.20390:2. .4.80:7.-/./0/4574.0890723./23897.0.8.48/0 900.42:3....

$%# .