You are on page 1of 36

Mas, no fundo, o que é pesquisa?

Apresentação: Apresentação: Prof. Dr. Evaristo Atencio Paredes Prof. Dr. Evaristo Atencio Paredes

Objetivos de Pesquisa
Fazer uma contribuição inovadora para a Ciência Deve responder a uma pergunta
  

de interesse para a comunidade científica ainda não respondida anteriormente de relevância para o interesse social (caso de tecnologia)

A parte mais difícil é:

achar a pergunta certa !
Fonte: Gilberto Câmara - INPE

Pesquisa
Uma atividade organizada e cooperativa

você deve conhecer o campo de pesquisa em que irá contribuir Uso de citações, plágio e produção cooperativa teses, livros, artigos produção na literatura aberta
Fonte: Gilberto Câmara - INPE

Tem suas próprias regras

Produto da pesquisa
 

O objetivo da Ciência é resolver problemas! Qual o problema que você está resolvendo? Comece por um desafio prático Extraia daí um problema teórico Certifique-se que o problema é  relevante  não-resolvido  resolvível Fonte: Gilberto Câmara .INPE .

INPE . comparar resultados com observações Experimento  Fonte: Gilberto Câmara .Exemplo: Copérnico Problema  A explicação ptolomaica do movimento dos planetas era extremamente complicada Teoria existente Visão geocêntrica do universo Hipótese  Visão heliocêntrica do universo Computar posições dos planetas nas duas teorias.

Quais são os critérios da Ciência? Produção científica vem em muitas formas tem alguns princípios gerais segue procedimentos racionais investiga fenômenos recorrentes busca resultados generalizáveis trabalha incrementadamente (quase sempre) Fonte: Gilberto Câmara .INPE .

software)    .INPE Produção tecnológica (ex.. Fonte: Gilberto Câmara .Atividade de Pesquisa Deve produzir uma contribuição significativa em sua área do conhecimento Contribuição     pode ser puramente teórica baseada em teoria com base em experimentação Pode ser uma melhoria de técnicas existentes deve ter resultados que possam ser generalizados um programa não é uma contribuição de pesquisa ! Ilustra ou materializa conceitos teóricos Deve-se mostrar que o programa é “melhor” em algum sentido prático.

quando se fala de pesquisa:  se pensa na descoberta da teoria da relatividade ou na clonagem da ovelha Dolly. . objetivos e rigorosos. de hipóteses e teorias. com o objetivo final de explicar os fatos Importância da pesquisa  Sem pesquisa não há ciência.. muito menos tecnologia.Visão da pesquisa Para muitos.  a verificação sistemática.  a busca de novos conhecimentos. controlados... através de experimentos planejados. A pesquisa é.  Todas as grandes empresas do mundo de hoje possuem departamentos chamados "Pesquisa e Desenvolvimento" (P&D). da sistematização do conhecimento em qualquer área. alargando a base do conhecimento.  a busca. ilimitada e sem preconceitos.

Então... Pesquisa e Desenvolvimento são o que? Pesquisa  Ferramenta para obtenção de Novos conhecimentos Aplicação destes conhecimentos para produção de artefatos Desenvolvimento  .

altruístas. esnobes. querer ser Ronaldinho ou Lonardo di Caprio).  A pesquisa em todos os campos da ciência está sendo realizada todo dia por  Há pesquisadores chatos.  As publicações científicas na realidade são relatos de pequenas descobertas que  A clonagem de Dolly não foi uma grande descoberta no sentido “de repente”. foram (dezenas de) anos de pequenos passos realizados por centenas de cientistas. As grandes descobertas: Dolly  Toda pesquisa é feita de progressos quase insignificantes. cultos.  A maioria dos pesquisadores são pessoas normais com problemas normais (acordar de ressaca. .  Para a descoberta da primeira clonagem de um mamífero. estúpidos. milhares de pessoas que não tem nada de muito especial. lembrar de fazer o mercado) e ambições normais (comprar um novo carro. etc. foi só um passo a mais numa profusão de outros passos. poderiam parecer ridículas para muitas pessoas. medíocres.Desmistificando o trabalho do pesquisador O pesquisador: Albert Einstein  Nem todo pesquisador é um Albert Einstein.

 2 o etapa .  A conferência ou a revista têm um número limitado de artigos que  Só aqueles que são julgados mais interessantes (resultados mais inovadores) serão publicados. podem ser publicados. e logo divulgá-las.  Para isso. descrevendo esse resultado e o publica. Todos os pesquisadores têm prazos a respeitar e uma certa obrigação de produtividade. Seguem-se algumas etapas:  1 o etapa . .  Esses artigos são avaliados por outros pesquisadores da mesma área e aceitos ou não para serem publicados.O trabalho do pesquisador   É achar novas idéias.identificar um problema interessante.procurar uma solução para o problema. escreve um artigo científico. precisa-se de um bom conhecimento de base da sua área de pesquisa bem como estar sempre ciente dos últimos acontecimentos nesta área.   Quando o pesquisador tem um resultado interessante.

O ciclo da produção científica realizar a pesquisa interpretar resultados formular a pergunta divulgar resultados sem divulgação dos resultados.UFRGS) . sua pesquisa não alcançará seu fim Fonte: Nance Beyer Nardi .

 é definir aonde se quer chegar com ele . qual o próximo passo que teremos que dar na direção do objetivo desejado .Como fazer a pesquisa Antes de se iniciar uma pesquisa.assim.  durante o trabalho prático:    saberemos como agir. que decisões tomar.  é prever as etapas do trabalho.  Fazer um projeto:  é "lançar idéias para frente“. deve-se preparar um projeto.

..  Intelectual  Melhorar a qualidade de vida. oportunizando aprendizado  Econômica  Melhoria financeira pelas autorias  Não precisa ficar pobre por ser pesquisador! Deve-se consolidar uma Cultura de Pesquisa como geradora de Riquezas!!! .E como eu decido pesquisar? Duas motivações.

Onde estão os pesquisadores? .

. inventar novas técnicas e explorar ou criar novas realidades Em resumo.  . É um processo realizado para    Responder a uma questão Resolver um ou vários problemas Satisfazer a uma necessidade.... a Pesquisa. que objetiva descobrir novos conhecimentos. É um conjunto de investigações. criar. inventar. operações e trabalhos intelectuais ou práticos.Enfim.

.Os conceitos de pesquisa encontrados na literatura são variadas. Marcovitch. Pesquisar é empenhar-se de forma estruturada em adquirir novos conhecimentos para saber mais e fazer melhor J. Administração do Processo de Inovação tecnológica. nas mensuração desses fatos. ou com verdades geralmente aceitas e. na determinação de conclusões. Ed Atlas. A pesquisa é a busca do desconhecido. Pág 17 1980. A verdadeira pesquisa não é apenas inquérito ou levantamento dos fatos. na sua comparação com outros fatos. do novo. finalmente. Ela consiste em colidir fatos acerca de um problema específico.

Tipos de Pesquisa Científica Pesquisa Científica Quanto à natureza Pesquisa Básica Quanto aos objetivos Pesquisa Aplicada Pesquisa Exploratória Pesquisa Descritiva Quanto aos procedimentos Pesquisa Explicativa Pesquisa Experimental Pesquisa Operacional Pesquisa em Laboratório e/ou Estudo de Caso Pesquisa em Campo .

processos + Conhecimentos com finalidade imediata Melhoria da Qualidade de Vida .Pesquisa Quanto à Natureza Pesquisa Científica Quanto à natureza Pesquisa Básica ou Fundamental Gera conhecimentos sem finalidades imediatas Conhecimentos utilizados em pesquisa aplicada Pesquisa Aplicada ou Tecnológica Gera produtos.

Principais Características Pesquisa Básica      Visa entender ou descobrir novos fenômenos Gera conhecimentos básicos Não é reservada Requer a divulgação dos conhecimentos Produz artigos científicos Pesquisa Aplicada ou Tecnológica     Visa aplicar conhecimentos básicos Pode ou não ser reservada Produz produtos. processos e patentes Gera novas tecnologias e conhecimentos .

pesquisas web. Segundo Köche. que acarretam achados e elucidações de fenômenos. Quase sempre feita com levantamento bibliográfico. “o objetivo fundamental de uma pesquisa exploratória é o de descrever ou caracterizar a natureza das variáveis que se quer conhecer” (1999.  criar maior familiaridade com os fenômenos  Obtenção de inovações tecnológicas   Normalmente exige experimentações. entrevistas. .126)..Pesquisas quanto aos Objetivos Pesquisa Exploratória  Visa  descobrir teorias e práticas que modificarão as existentes.. p.

que estrutura têm. registrar e analisar os fenômenos (com que freqüência acontecem. Relata a aplicação de modelos e técnicas já conhecidas em situações e contextos diversos  Implica na realização de observação sistemática e não participante. . Objetiva observar. como funcionam) Utiliza levantamentos ou observações sistemáticas do problema.Pesquisas quanto aos Objetivos Pesquisa Descritiva   Acontece após a pesquisa Exploratória.

teorização e reflexão do objeto . fato ou fenômeno real Analisa as razões que levam o fenômeno a se desenvolver de determinada maneira Visa aprofundar o conhecimento da realidade para além das primeiras aparências relaciona hipóteses existentes e gera novas vias de dedução     Exige maior investimento na síntese.Pesquisas quanto aos Objetivos Pesquisa Explicativa  Identifica os fatores que contribuem para o surgimento de um problema.

Escolher o Procedimento de Execução Pesquisa Experimental Pesquisa Operacional Estudo de Caso . Entender a natureza da pesquisa 2 Determinar o Objetivo da Pesquisa 3.Pesquisa quanto aos Procedimentos 1.

Pesquisa Experimental Viabiliza novas descobertas: materiais. componentes. . métodos. realizar modelagens. os experimentos Experimentar significa:      elaborar e formular novos elementos. simular eventos. técnicas Usada para obter novos conhecimentos e protótipos Requer manipulação e coleta de dados imparcial Inovações geradas a partir de estudos de laboratório. inferir e introduzir variáveis. testar materiais e componentes.

Pesquisa Operacional Investigação sistemática dos processos de produção  Usa ferramentas estatísticas e métodos matemáticos Visa selecionar os meios para produção. eficiência e valores Algumas aplicações       Controle e produção de estoques Processos e operações de manufatura Projeto e desenvolvimento de produtos Engenharia e manutenção de fábricas Administração de RH Gestão e Vendas . comparando custos.

que é conduzido em um ambiente artificial e controlado. Mesmo que o investigador parta de princípios teóricos. considerando o maior número possível de variáveis.Estudo de Caso Investiga determinado indivíduo. grupo. . Explora o fenômeno sob vários ângulos.    Possibilita estudar fenômenos em profundidade dentro de seu contexto. família. o caso propriamente dito se constrói no processo de pesquisa. podendo passar do contexto descritivo para o interpretativo. Estuda processos sociais à medida em que eles se desenrolam nas organizações. organização ou fatos. diferentemente do experimento.

.

Tipos de pesquisas Quanto ao Local onde estão os Dados: Campo Laboratório Bibliografia .

. na sua origem. e conforme a visão do pesquisador.Pesquisa de CAMPO Coleta os dados onde eles acontecem. Geralmente acontece através da observação direta do fato ou problema. do levantamento de informações (survey) ou de um estudo de caso.

Leitura ou captação artificial do fenômeno a partir da percepção do pesquisador.Pesquisa em LABORATÓRIO Interferência artificial na produção do fenômeno. O fenômeno é reproduzido artificialmente e controlado para que se possam captar adequadamente os dados necessários à descrição e análise. .

Pesquisa BIBLIOGRÁFICA Material escrito gráfica ou eletronicamente a respeito de um assunto. . É o ponto de partida para qualquer pesquisa científica. Apresenta dados organizados e analisados.

. etc.Fontes de Pesquisa Bibliográfica: livros publicações periódicas (jornais. seminários ou congressos.) fitas gravadas de áudio e vídeo Websites relatórios de pesquisas relatórios de simpósios. etc. revistas.

Conhecimento: • • Dados processados para serem úteis. responde questões como: “quem”.O conteúdo da mente humana Pode ser classificado em 5 categorias: 1. Informação: Símbolos 1. responde questões do tipo “como” Apreciação do “por quê” Compreensão avaliada 1. “o que”. Sabedoria: • . Dados: • • • 1. “onde” e “quando” Aplicação de dados e informações. Compreensão: • 1.

por períodos longos. . possivelmente causa e efeito. Sabedoria é essencialmente sistêmica.  Exemplo: A temperatura acima de 38o Celsius é considerada febre Conhecimento representa um padrão que gera um alto grau de previsibilidade ao que é descrito ou o que vai acontecer a seguir. pode sofrer convulsão Sabedoria incorpora entendimento dos princípios fundamentais dos conhecimentos que são essencialmente a base para o conhecimento ser o que é.  Exemplo: Se o paciente apresenta febre muito alta.Dos dados à sabedoria Dado representa um fato ou uma descrição de um evento sem relação com outras coisas. esta se deve a algum processo infeccioso ou inflamatório que deve ser diagnosticado. para se reduzir a temperatura.  Exemplo: Se o paciente apresenta febre.  Exemplo: 43o Celsius Informação incorpora o entendimento de alguma forma de relação. e tratado.

6:#960145.945.5.3 #:8:.7945.7:8:...610 6 #:8:."79.161.:6 .#:8:.9.6.1.96"/.  :06396#960145.519.61.#:8:.6:  5.5.065.3 :.8. .

7./69...11.. 96  6:7945./69. 3.#:8:.616: .9:50.9566:345. .9.9 :  9..:1:06/9.6: 7945.7945.91:.9619.:.: 0647655.3.56.:0647655.76: %894.: :. 6063.6: .6/.:  4 . 050.90.1.94.6:796...573.:  :43.94613.95.9566:065045.16:47.5: .9.1.16:13..:. :9.6:  5995.7..3 ./3.3 56.9.96943.9.:4.

9637961 61:..4 . : 65."79.4.06: :.:.5 61 /90.: .0.516 0:. 651..::.61:56345.616:4. 61% :.9.45.369: 34.5.9.:3065.#:8:.617961.0. :.9.065...:4 .730.3 5:.99.9.7961 6 0647.: 145:... 6::.9. :14..96:46:7.5.6: 0 50.6: 55. #96.4 .16:7960::6:17961 6 :.68: #960::6:679.

115.  69.:679679..9 :  :46865:. 66.45.5.963.1.:6 5:.0.1697.1.483:: 1:5963. 7615167.167945..67.6 1:09.1.17950 76: .4/5.695 49676:: 31.1.945.. 906: 60.161.9.:.961 :065.:69.5..6:065:.979.916065.16  :..6 195.5166 4..: 411.4 3...:. :  7369..6 8  06511644.45.1651 16 976 .45.3065.65 456:6/ 96: 536: 065:19.6: #6::/3.::.95 456:4796511.7960::6::60.9.65.9.9 56 7960::617:8:.6  ..

.

'76:17:8:.660./69.. .5. 96 /369.16: ..6.476 .: $.3651:. 66:.

 6/:9.66796/34.065.5.0.:6 .16:6513:.: 616 7:8:.  163.169 9..04  5..1610..16.#:8:.065. :1..6:1..9.1 #" 63.694 065694. 619. : :9 614:.615694.:.45..345.

9.8:76::.99 50.3165 456.7961 616 5 456 .7.40.0.4"%'b%" 5.#:8:..5 3: .9.1.963.60.0.6:1.9 .9. 7.7907 6167:8:. 065.169 "5 456 9796116.7.35.9.345. 6.18...0.16:50:: 96:  1:09 6.45.91.9.9.167.

#:8:.45.9.3:..9.6 79:5.16:. 0.1.9:7.16:69.3:09..617.63.05.::5.5.1."%V .389 7:8:. .5.7.614.16: 6765.9. .8.69 0.9650.

.0 .65.:1#:8:.:1 16 16 /:.: 93.:9.: .: 93.: 695./369 0.: 9:.0 .... :79 10.. 96:17:8:. 396: 7/30.1. 96:1:47 :6: :45 96:6 0659::6: .

9.::0.16:5694.760646 790.   730. 611. :064684 68 651 8. : 9:76518:.516  64795: 6  &. :16.45.16:7960::..69.:94 . #61:903.:  .3.6   . 161.   6  65045.1640."065.4. 6167698  64795: 6.5.16:  & 4/636:  5694.1.: 9:76518:. .16:7./169..

5. 6 5069769.. 9681:91.345.4.79:5..19 689..5145.16: :.. ::50.79:5.6:493.16 3:: 065:19./169..345.664.9.1.34 7960::65006:6653..:9 4736&67.616:7950 76:51.: 47366 3:: 5694.68 1:09..69.:919..6:1./9 :. 76979 616: 3656: 761:6990653: 6 &. .6:9 68 &.3.:1../169.16 979:5.6 979:5.479.:16: 065045.0.34.6065045...9.... 6  76::345.45. 40.:06:.56:./9 65045.9.1.05.16 7..47.4.09. 5069769.65.6..04..5145.4.:./169.1:09 6145.193./.479.61.3.05.0..1 79:/31.:7. 4736&67. 6 0646.065.9.6668.::....6 4736. .9.16  .694.6:8: 6::50.9./94.