SENSORES ÓPTICOS

 INSTRUMENTAÇÃO ELETRÔNICA
• Professor Luciano Fontes

 KLEBER ANTÔNIO LEITE LOPES
• Matrícula: 200321714 • E-mail: kleber.leite@gmail.com

SUMÁRIO
         Processos de Controle; Princípio de Funcionamento; Conversão do Sinal; Transformação do Sinal; Diagrama Esquemático; Condicionamento de Sinais; Funcionamento Macro; Sistemas de Detecção; Aplicações;

    É necessário transformar tais grandezas físicas em grandezas elétricas (corrente ou tensão). velocidade.Processos de Controle  A grandeza física das variáveis controladas são grandezas não elétricas. O elemento que realiza a transformação de uma forma de energia em outra é denominado transdutor O transdutor é um sistema completo que produz um sinal elétrico de saída proporcional à grandeza sendo medida. O sensor é apenas a parte sensitiva do transdutor . temperatura e umidade. como por exemplo: posição. pressão. força. vazão. .

.

.Princípio de Funcionamento Sensores Fotoelétricos     Uma fonte de luz ou transmissor de luz (LED) [1] Um receptor (Fototransistor) [2] Um conversor de sinal [3] Um amplificador[4].

Transmissor  O transmissor envia o feixe de luz através de um fotodiodo. com alta potência e curta duração. para evitar que o receptor confunda a luz emitida pelo transmissor com a iluminação ambiente. . que emite flashes.

que em conjunto com um filtro sintonizado na mesma freqüência de pulsação dos flashes do transmissor. faz com que o receptor compreenda somente a luz vinda do transmissor.Receptor  O receptor é composto por um fototransistor sensível a luz. .

exceto sistemas de fibra óptica. Sua velocidade é menor que a do fotodiodo. pela operação em alta freqüência.  Suas aplicações são as do fotodiodo.Fototransistor  É um transistor cuja junção coletor-base fica exposta à luz e atua como um fotodiodo. e fornece alguns mA com alta luminosidade. O transistor amplifica a corrente. .

.os quais são processados para se determinar se correspondem a uma transmissão de luz. Realizada a verificação a saída do sensor comuta a chave de acordo com o sinal .Conversão do Sinal  Os pulsos de luz que são recebidos pelo fototransistor são convertidos em sinais elétricos.

Transformação do Sinal .

Diagrama Esquemático Fenômeno Físico Transdutor Sinal Elétrico proporcional à grandeza física Transferência de energia que sensibiliza o elemento sensor .

Condicionamento de Sinais  O condicionamento de sinais analógicos proporciona a operação necessária para transformar a saída de um sensor em uma forma necessária e adequada para “interfaciar” com outros elementos do “loop” de controle de processo .

Funcionamento Macro .

Sistemas de Detecção por Sensores Ópticos  Barreira ou interrupção de luz  Proximidade difusa ou Difusão  Retro-reflexivos ou de reflexão .

Sistema por Barreira  O transmissor e o receptor estão em unidades distintas e devem ser dispostos um frente ao outro. . de modo que o receptor possa constantemente receber a luz do transmissor. O acionamento da saída ocorrerá quando o objeto a ser detectado interromper o feixe de luz.

. Sendo que o acionamento da saída ocorre quando o objeto a ser detectado entra na região de sensibilidade e reflete para o receptor o feixe de luz emitido pelo transmissor.Sistema por Difusão  Neste sistema o transmissor e o receptor são montados na mesma unidade.

O feixe de luz chega ao receptor somente após ser refletido por um espelho prismático. . e o acionamento da saída ocorrerá quando o objeto a ser detectado interromper este feixe.Sistema Reflexivo  Este sistema apresenta o transmissor e o receptor em uma única unidade.

como os relés fotoelétricos de iluminação pública e sensor indireto de outras grandezas. é a parte de sistemas de controle de luminosidade. .Aplicações  Sensores de LUZ  Além de seu uso em fotometria (incluindo analisadores de radiações e químicos). como velocidade e posição.

Aplicações .

Dúvidas??? .