Não Metálicos II

Cerâmicos
Kirlene Salgado Fernandes Penna

9 – Vidros
• • • • •
Características Histórico Composição e Estrutura Processamento Beneficiamento

Vidro
Substância inorgânica, homogênea e amorfa, obtida através do resfriamento de uma massa líquida a base de sílica. ASTM

Produto inorgânico de fusão que foi resfriado até atingir condição de rigidez, sem sofrer cristalização.

apesar da sua aparência sólida nas temperaturas usuais.Características É um óxido metálico de elevada dureza. inerte e biologicamente inativo. não apresentando estruturas cristalinas. o que garante ordem em pequenas distâncias. Os vidros formam-se a partir de líquidos inorgânicos super-resfriados e altamente viscosos. Na2CO3 e CaCO3 . Fusão de 1250°C: SiO2. Os líquidos que dão origem ao vidro possuem uma estrutura reticular com baixo nº de coordenação.

No século XVIII – Portugal iniciou a indústria vidreira com produção artesanal. A areia e o calcáreo (conchas) se combinaram através da ação da alta temperatura.c. A cada 1000Kg de vidro leva-se 1300 Kg de areia.Histórico Surgiu em 4000 a. . quando navegadores fizeram fogueiras na praia. . Decomposição do vidro leva 4000 anos.egípicios Conta-se que ele foi descoberto por acaso.

Estabilizantes: tem a função de impedir que o vidro composto de silício e álcalis seja solúvel. . de magnésio e de zinco Retículo do vidro sílica (vidro Quartzo) Retículo do mineral Quartzo . bórico e fosfórico. São compostos de óxido de sódio e de potássio. São compostos anidrito silico. .Fundentes: possuem a finalidade de facilitar a fusão da massa silícea.Vitrificantes: utilizados para dar maior característica à massa vidrosa.Composição e Estrutura  As matérias primas que compõem o vidro são vitrificantes. . São o óxido de cálcio. fundentes e estabilizantes.

Os elementos constituintes do vidro: Vitrificantes (formadores de rede) Estabilizantes (intermediários) Fundentes (modificadores de rede) SiO2 B2O3 GeO2 P2O5 As2O5 Al2O3 TiO2 PbO BeO ZnO MgO K2O BaO CaO Na2O .

Composição e Estrutura A estrutura possui as seguintes características: 1) Possui relação de vizinhança ou ordem em pequenas distâncias o que faz dele um material amorfo. Vidro de vidro Retículo do quartzo sílica (vidro Quartzo) Retículo doMineral de quartzo mineral Quartzo . 2) Uma estrutura tridimensional contínua de ligações primárias fortes.

do vidro e de um cristal: .Comparação entre as estruturas de um líquido.

O gráfico exibe o comportamento da viscosidade em função da temperatura para cada tipo de vidro de acordo com sua composição. por alguns autores.Apesar de ser considerado. um sólido amorfo. O valor da viscosidade do vidro a temperatura ambiente é alto: 1040 Pa·s a 20 °C. o vidro possui características de uma substância líquida possuindo inclusive reologia com alguns estudos específicos sobre sua viscosidade. Figura 15 .

. Óxido de sódio (Na2O): auxiliar a diluição do SiO2. e reduz a temperatura da fundição.Óxido de boro (B2O3): utilizado na fabricação de vidros especiais. Óxido de cálcio (CaO): aumenta a qualidade química do vidro plano e vitral. baixa o risco de cristalização e obtêm-se cores mais brilhantes. facilita a homogenização e a fundição do vidro. aumenta a refração e o brilho da luz. Composição do Vidro Óxido de alumínio (Al2O3): aumenta a resistência química do vidro e eleva a sua viscosidade em baixas temperaturas. Óxido de chumbo (PbO): melhora a resistência. Óxido de potássio (K2O): melhora o processo de fundição.

Translucidez. . . com exceção ao ácido fluorídrico .Dilatação térmica baixa.É reutilizável.Suportam mais pressão do que tração.Podem suportar grandes pesos quando sua superfície não possui falhas ou riscos. .Alta durabilidade porém frágil (características dos materiais cerâmicos). .Baixa condutividade elétrica.Baixa absorvência.Propriedades dos Vidros . .Essencialmente inerte e biologicamente inativo. . . retornável e reciclável. .

mas basicamente é formado pelas etapas:  Preparação da mistura.  Tratamentos térmicos de têmpera (em casos especiais). .  Fundição.Processamento dos Vidros O processo pode variar de acordo com o tipo de vidro fabricado. Conformação .

vitrificantes. As matérias primas (fundentes.  Após a pesagem. são conduzidas a um misturador. a qual passa a ser chamada de composição ou mistura vitrificável. . estabilizantes são armazenadas em silos → que têm a função de dosar a quantidade necessária de cada material.Preparação da Mistura:  É a primeira etapa do processamento. para produzir uma mistura homogênea.

São responsáveis pela fabricação de 15% do vidro mundial.Seu tempo de alimentação é de cerca de 8 horas. . Pode ser realizada de duas formas: intermitente ou contínua.utiliza fornos de potes que possuem secção reta circular ou oval. A fundição intermitente: .Fundição:  Essa mistura é enviada a fornos de fundição. .Este processo é utilizado na fabricação de vidros de alta qualidade em funções periódicas e artesanais. . .

2.1. 6. 7. 4. 3. 5. Potes Queimadores Purga Boca Compartimentos Regeneradores Fumos figura 5 .

4. .Fundição contínua: . Gota figura 6 . 6. 1. 3. Alimentador 10. Fusão/afinagem Carga Queimadores Pórticos Garganta Anteparos Trabalho/ acondicionamento 8. 7.O aquecimento é feito através de eletrodos de grafite. 2.são utilizados fornos tanque onde a produção de vidro ocorre automatizada e contínua podendo chegar até 250 ton/dia. 5. Distribuição 9.

As etapas pelas quais passam a mistura até ficar pronta para conformação são: 1º-Fundição grossa: os componentes da mistura reagem juntos (1000 à 1200°C). 2º-Massa e concretização: as composições gasosas evaporam. 3º-Formação do vidro: a mistura de concretização começa a fundir (1300 à 1600°C) e a ficar transparente. 4º-Fundição fina: a viscosidade aumenta e as infiltrações de ar se libertam mais facilmente. 6º-Descanso da fundição: período de descanso entre 900 e 1200°C para baixar a viscosidade e melhorar a manipulação. (1300 à 1600°C) 5º-Homogeneização: remove-se as infiltrações de ar restantes. A mistura se concretiza e formam-se os silicatos. .

o vidro ainda vai estar mole depois de pronto e vai fluir ou se "esparramar". Por outro lado.Conformação: O vidro é modelado de acordo com sua aplicação. Existe um intervalo de tempo certo para se conseguir dar a forma ao produto. Se demorar muito. o vidro fica rígido e não dá mais para mudar sua forma. . se a forma é dada muito rapidamente. À medida em que o vidro fundido se resfria sua viscosidade aumenta.

e o parison é transferido para o molde. que vai empurrar o vidro contra o molde. Finalmente. A seguir. que dará a forma final do produto.  o material. ar é soprado por dentro do gargalo.Tipo de Conformação: SOPRO  Aplicado: na fabricação de garrafas. . cai dentro do bloco onde será formado o gargalo. o bloco se abre.  Em seguida. definindo a forma final. criando o vazio interno da embalagem e formando o "parison" . é soprado ar no interior.

SOPRO: Figura 7 Figura 8 .

o material é prensado assumindo a forma do molde em que foi depositado. etc.Tipo de Conformação: PRENSAGEM  Esse processo normalmente se aplica na fabricação de artigos de mesas como pratos. . por exemplo. precisando ser fabricadas em duas etapas (aba + recipiente). juntando-se as duas peças posteriormente. Algumas peças específicas como xícaras. xícaras. Em seguida. tigelas.  o vidro condicionado termicamente é cortado em gotas na quantidade correta para moldagem e é depositado na forma.

PRENSAGEM: Figura 9 Figura 10 .

mesas. vidros para janelas. automóveis.  Exemplo. Figura 11 Figura 12 .etc.Tipo de Conformação: LAMINAÇÃO  A Laminação é aplicada em vidros planos. fachadas de prédios. Este processo consiste passar o vidro por cilindros regulados com a espessura desejada.

LAMINAÇÃO: Figura 11 Figura 12 .

Tratamento Térmico – TÊMPERA: • Consiste no aquecimento gradativo até que o vidro atinja a temperatura de 650°C (estado plástico). Esse tratamento provoca tensões internas no vidro. em pequenos pedaços e com arestas menos 14 Figura cortantes. conferindo-lhe resistência mecânica até quatro vezes maior do que a do vidro comum. • Seguido de brusco resfriamento. . • Este vidro tem como característica a fragmentação segura.

o recozimento tem por função aliviar as tensões internas através do aquecimento gradativo do vidro e. em seguida.Tratamento Térmico – RECOZIMENTO:  Diferente da têmpera. . resfriamento lento até a temperatura ambiente.

dependendo da espessura especificada para o vidro. Vidro Balístico O vidro balístico (a prova de bala) pode ser laminado com PVB ou resina.Processos de Beneficiamento: Vidro Acidado São vidros cujas texturas. sendo assim. sendo composto de duas ou mais lâminas de vidro recozido ou temperado. Esses vidros não acumulam gordura. desenhos ou formas geométricas são trabalhados com a aplicação de uma solução ácida. . de fácil limpeza. uma ou mais lâminas de policarbonato e uma ou mais camadas de PVB ou resina.

Ele é aquecido a temperaturas altíssimas para tomar a forma do molde e.Processos de Beneficiamento: Vidro Craquelado Este vidro é composto por três lâminas: uma interna. de vidro temperado. de linha branca e moveleira e na construção civil. Vidro Curvo Para curvar o vidro. com duas externas de vidro comum. é resfriado. dando a peça um visual altamente decorativo. Durante o processo de lapidação das bordas. a lâmina temperada se fragmenta e os fragmentos ficam retidos à película plástica e presos às laminas externas. . É utilizado nas indústrias automotivas. é preciso colocá-lo sobre um molde instalado dentro do forno de curvatura. em seguida.

Processos de Beneficiamento: Vidro Espelhado O vidro espelhado é produzido a partir da deposição de metais do tipo prata. esse metal é protegido por camadas de tinta. separadas por uma câmara de ar ou gás. é formado por um conjunto de duas lâminas de vidro. alumínio ou cromo sobre uma de suas faces. Vidro Insulado Conhecido como vidro duplo. A espelhação do vidro à base de prata é um dos métodos mais difundidos no mundo. Em seguida. . utilizado para isolação térmica e acústica.

móveis.Processos de Beneficiamento: Vidro Jateado O processo de jateamento é feito por meio de jato de areia ou a laser. . Há diversos tipos de acabamento e. de modo que o vidro perca a transparência e torne-se fosco. prateleiras e esculturas. depois desse tratamento. os vidros podem ser utilizados em tampos de mesa e de pia. Vidro Lapidado Tratamento que o vidro recebe nas bordas para que não cause ferimentos e ganhe resistência. entre outras aplicações.

os vidros laminados são oferecidos em uma infinidade de cores e têm como principal característica a segurança.Processos de Beneficiamento: Vidro Laminado A laminação consiste na junção de duas ou mais chapas de vidro por meio de uma película plástica (PVB) ou acrílica (resina). Independentemente do tipo de laminação. caso se quebrem. seus fragmentos permanecem presos à película plástica intermediária. reduzindo as chances de acidentes. . pois.

Processo quente. . dois processos de produção do vidro serigrafado: o frio e o quente. Vidro Serigrafado Existem. o vidro passa por um forno de têmpera para a incorporação . o vidro recebe uma tinta cuja cura é feita pela luz ultravioleta (UV). no Brasil.Processo frio. . resistem a riscos e suportam altas temperaturas. menos utilizado no País. em seguida. São produtos que detêm alta tecnologia. é feita a aplicação do esmalte cerâmico (tinta vitrificada).Processos de Beneficiamento: Vidro Pintado Utilizam-se tintas especialmente desenvolvidas para pintar vidros.

Tipos de Vidros e suas Aplicações: Sodo-Cálcico: Embalagens em geral Potes para alimentos. logo após. produtos não alimentícios. frascos e garrafas para bebidas. principalmente com cervejas. higiene pessoal e mais incontáveis outras aplicações: a utilização do vidro para embalagens é uma das mais antigas e freqüentes aplicações para o vidro. seguida pela indústria de alimentos e. sobretudo farmacêuticos e cosméticos. Figura 16 . a maior utilização é a do setor de bebidas. produtos farmacêuticos. Por ordem de consumo.

seguida pela indústria automobilística e moveleira.Vidro plano Fabricados em chapas. Figura 17 . depois na produção de espelhos e um pequeno percentual para múltiplas outra aplicações. são consumidos principalmente pela construção civil.

Boro-Silicato: Aplicação: Utensílios domésticos resistentes a choque térmico Figura 17 .

cálices. peças artesanais (o chumbo confere mais brilho ao vidro).Ao chumbo Aplicação: Copos. taças. ornamentos. Figura 18 .

45. .9.169: #9.       #6.6: %59. 60.169: 46: 9. 647.: $4.

5. .51 6065.

7961 6119660699 .3.651. .58651. 5.16:6956:..7615160..1. : 6..  .065.9..64..

.9.0651065..5. . :13.        : 6.5.4 .7.06: .96: '9..36 . 9. 5./..9. $4.6 .8045. ".6  :.9/ 6  345.9616:19.169  6.9.45.6.169: # 9..

::..97965. 6: 6 ..:8.:.9.4.4:. 0.:73.7.7.9...:7. 065694.

4:.51 696::.9. 6:0647655.45.:1.9.6:  K .

:. 6 .4  4:.:06509...9. .769.:6:.:06476: :.06509.::.694.4.

:6::30.6: ..

616196 .5:7. 519  K .9.106509. .694.0.9. 6064 .95...9.4:.

:1.:.51 65.:53.45.0345.9: 3/9.. .44.9..1..   K .:06:1.

6 946.6465.

9.: . :1.99:.5.:..:53.

573.9.51 6 79 61611:0.:0.9./.9 K7..5:65.14369.4.9.:06:1. 6  .5:61.

 1.41.94.9.51.45.65694.:06:1. :.963..:.06916064:.45.67961.9.1 .4861965116:9:9.:.9 :.69..9 165 61 4.45.99..9 .396: :7. 6 "196 4613.16 :.71.6.9.4..4.6 61960.:7.  6196.67.361.6  &1469.9.694.694.730.1.694.9463176:17965. #696. 6 U411.161..:065:9 1.47609.

15.9 :679.'76165694.51667.6 5.1676915.165.9:65 4631 8 1.3. 61.166.9616/3606651:9 694.9. 6 /3606 : .4694.4/.9:65  4 :1.3 16 7961.3 .36 :9 .9.5166.:   64.. :679.36 09. 5./9  6 7.9.9 56 5.9.99.9.9561.345.5:916 7.16 . 5./90.. 694.9. 6&"#%"  730.3 0.9 6 196 065. 6 5.6 .. 6 4631 15516 .969 8 . 694.9616. 4799.9 .

 . 9.&"#%"  9.

: 769 4736 790:.4631..0  61960651065./90.45.:.16. 61..: 4 1..516. 8..1646.6: .10699.345.7.4 176:.3 795:. 64....:064679.16.9.: . 069.9./90.694. 5.'76165694.9.: . 6#%!&   ::7960::65694.5.: 7 .5..1.:  0.: 0646  0.1.. 4 :1.:5.: .6: 14:.9.16  34.::4516.3.694. 9075.516 :9 .1646314 86176:.730.7.9.165..: :70 0.940./.

96945.: 1.: 76:. .: 7 .: .

 9.#%!&  9.  .

16: 064 .730.1. .9.   . :7::9.9 6 196 769 035196: 93.1. 9. 7. .64 : .: .1.0.53.56:  4736 196: 7.0 :.'76165694.: 1 79 16: 4:.: . 9. 1:..45. 4 196: 73. 6 6 !X" . 7960::6 065::.::.

 9. !X" 9. .

.45.1673 :.9.1S :..8045.06  W &161/9:069:9...5.95.479. .1..6 ::. ..:56196 0659516. 86196..9.6.679660.5: :5.45.56.69..'9.6' 9406 ' #% W 65::...45.

9.: .69168.196..45. 6:064..:456: 9.9 :. 8. 6 :9.39::.9:.0.9.406460.. 50. 47856:71.96:4.0.....16196 0644 W :. 40 50. 069.5.

9.45.1.3.:..69.:.9....95..635.6.4/5.1..'9. . 479.47695 6 ..6 16196 4:1.479. :16.5: :5.45. 690645. .6.6' 9406 %" !'"  95.8045.9. 9:9. ..

90.6 19601.:3 45.45..730.16 & 6196:0.  17515161.3.:3 45.: 1196906166.796.64.:64.16 4. :63 6 01.6196  .64./.3 :.64.45.46919.1.043.#960::6:150.: 1:56:6694.: 64 .9. 761:93.06 .1/..:700.1.4.16064 #69:5.::4 1 03 347.9.9.7. 196.:7::9.:.479.9/65.06 "196/.611.:: 6.:1 7630. 614.:0.16:064. :51606476:..3.3 :.:1#69:5. :::196:5 6. :516.

 7 .:9..:/691.: .71.79:6: :3..:.96196  790:606360 .:.: 1.95.95.3.45.196 06476:.479.1.6:9.479.6 1969.3 45. 1 196.49.09.:4.95.:11960644  9.1069.16:  73 03.73 :.45..5.516.6 19696 #.9 :3 45. 61.67960::613.45.45.16 0641.45.4:.83.6769.3.9. .16 :.#960::6:150.0.5.6:0.

/9.5.:7.694.: .:.9.16 .  9:9..9.9.8016.479.3.1615.3.9.646.4639.:51 :. 3 .36:6/944631 5:.64.9.... ::4...9 6 03 .50.96166956109.165. .: 135.065:.164631  4:1.3.

1.1. 616196 /.9.0 :.:63.:1 . 6.1.176: 61 4.:3 45.3.:16.. 940.:1 196 :7.4. .5..0: 4:1.9.1676940655..3 796.0 4.616:4...:179.1:.9.:15116:564516 1965:3. .:7694.  694.34 56609646:6/94.611.0.: .96 : .#960::6:150.7679.91.16 "196:73. ::4. :73..9.16 796116.45.16 6501606461961736 .167690. 416: 4 .6 196:73.167.7..

45..695...9 50.16 "7960::61.#960::6:150.9..:9 1461686196790. 6.6769461.5:7..9.61..3.6 .. .45.6 196.

76:1 .0.::03.9.. : .39.45.96.6 6:196:7614 :9.:6:06 196.:945. 50.9.3.16 '9.476:14:.730.9../..45.:.:7.9. 4 :  79..: 5.6 176:1::..71.59::.17.6:.16:4.68619690/5.:/691.  19:6:..45.85 6 0.

517515.7. 6065::.:0.#960::6:150. 4 064679507.16:: 669016:44.015.:0.11069:.9.9 :.5.:64.6:794.6 196.0.45.0. 6 6:196: 3.50479:6: 73 03.0.45.551.0.941 9.73 :.45.5 611.45.09 30. # 6.:1 1967694614.73 03.45.:6: 8/94 ::9.: . 91516.50:1. 9:5.. 76: 0.16.16 3.:9.5 .7613.45. 73 :.5.30.45.

4.#960::6:150.45.6 196#5.16 .3..

9::..345..4 569. 9:06::769..4.4.:3 16:7960::6:17961 616196 :99..479.1:5631.16696685. ...::70.6:81.:.5.05636.9 196: & 67961.3..16 :.. 4.: 196&99.9.:.:7..75.3.9.

 . .09.63.33.  .3. #960::696 456:.5..9..1656#.73.. : 619690/4.0.

1..76946956 1.09 406 . 6 .5069769.  ..7.730..::. 479.5.90.9.3. 616:4.. #960::685. 61967... 4:1.

'76:1196::. : &616.:730.

06: 9.: 7.:  98 5.06: 5 7::6.345. : 7. 51 :.345.3.3.:06:  .: .6: . . 06: :6/9.94.69 .0 .: 79507.3.. 1.9. 4.730.3 #6.: 7. 73.730.345. 6 16 196 7..: :1.345. : 6.9.5: 4.94. 4/.  . . 3006 4/.69 1 //1. : .9. 1 .5.: 4. 6 .9.6:  366 .3  4.6: 9. 16 :.16 . //1.: 5065.6: 5 6 .9.: 7961.99.: .5:49.0 .: . 6 196 #69 6914 1 065:46 .3.9.06:  06:4 . 064 09.7 : 7961.

730.7961 61:736:47856 7905.51 :.646/3 :.56 ./90.37.9. .4 3...9.: : 6065:416:79507. 176:5.. :    9.9.0.:6.9 603 :1.73.7.16:40.19673.73.73.. 065:. 4639.345.

696.

9406 9. 6.6 730.068.06:9::.:.5.5: 36:164 :.&30..  .

:.5..6196  9.:.6: 7 . .: 6 04/606594. .9.: 0 30: 695.45. 6676: .604/6 730.:/936.