Apresentações Multimédia e Powerpoint

Trabalho elaborado por: Maria Anabela Mesquita de Oliveira Rodrigues Paulo Jorge Rebelo Tenreiro da Cruz

A CIVILIZAÇÃO EGÍPCIA

A História da Civilização Egípcia é muito interessante, situando-se cronologicamente entre 3300 a 525 a.C. Esta civilização tem fascinado os historiadores pelos seus aspectos invulgares, quer na economia, política, sociedade e cultura. Os monumentos bem conservados e os documentos escritos que deixaram, permitemnos ter um bom conhecimento deste povo.

Consulta Interactiva O que te propomos é o seguinte:  Vais consultar o que quiseres sobre a civilização egípcia.  Clica nas imagens que te vão aparecer no diapositivo seguinte e saberás mais informação sobre esse assunto. Bom Trabalho .

O EGIPTO ANTIGO Localização Rio Nilo Economia Sociedade Faraó Religião Arte Escrita Ciências Bibliografia .

LOCALIZAÇÃO GEOGRÁFICA .

O EGIPTO ACTUAL

O EGIPTO ANTIGO
Localizada no continente africano, esta civilização é banhada pelo Rio Nilo. Sem o Nilo, o Egipto seria um deserto, uma vez que tem a ocidente o deserto líbio e a oriente o deserto arábico. O Egipto divide-se em duas grandes zonas: O Baixo Egipto (a norte) onde vai desaguar o rio Nilo O Alto Egipto (a Sul) a zona mais montanhosa .  

O RIO NILO

.O NILO O Nilo é o maior rio do Mundo. e orienta-se de sul para Norte desaguando no Mediterrâneo. com um curso de 6 700 Km. desde a sua Nascente no Lago Vitória.

Após as cheias violentas ( que traziam muitos restos de plantas e animais ). o rio Nilo era uma importante via de comunicação e era o único recurso de pescadores e agricultores. os detritos depositados na terra eram uma garantia de boas colheitas.A IMPORTÂNCIA DO RIO NILO O Egipto dependia totalmente das cheias anuais do Nilo. Além disso. .

em que. durante quatro meses. os campos absorvem a água e o lodo fértil que os cobre no período das enchentes. repartidos por 3 estações: A Akhet era a estação das inundações. .O NILO O ano dos Antigos Egípcios tinha 365 dias.

. para fazer os tecidos. os camponeses cultivavam o trigo e a cevada. que servem para preparar o pão e a cerveja. assim como o linho.O NILO Durante a Peret.

O NILO Finalmente. na Chemu. A importância do Nilo era tão grande para os egípcios que o Nilo era considerado um Deus. decorriam as colheitas. .

A ECONOMIA .

as margens do Nilo. O Chaduf ou Cegonha é um aparelho muito utilizado pelos egípcios e que permite retirar a água do Nilo para os canais de irrigação. através da construção de diques e canais. Para as tornar cultiváveis. bem como de regularização e distribuição das águas. . foi necessário fazer obras de drenagem.AGRICULTURA No início. eram terras muito pantanosas.

O COMÉRCIO Apresentação e Registo do Gado .

padeiros. marceneiros.O ARTESANATO A Ourivesaria Construção de um muro de um templo A maior parte dos trabalhos artesanais são executados por homens livres. Os proprietários das grandes terras procuravam ter ao seu serviço trabalhadores de quase todas as profissões: cervejeiros. . sapateiros. oleiros. carpinteiros.etc. fundidores.

As tecedeiras dispõem de um tear rudimentar colocado horizontalmente. Os fundidores introduzem o metal em fusão ( cobre) . Este gigantesco molde destina-se a fazer uma porta de um templo.O ARTESANATO As fiandeiras conseguem manusear dois fusos ao mesmo tempo.

A CAÇA E A PESCA A caça ao Hipopótamo .

Para evitar o roubo dos animais os proprietários marcavam o seu gado. A passagem pelo rio Nilo era feita com grande dificuldade principalmente pelo perigo de crocodilos.A PECUÁRIA O Egipto era um grande criador de Gado. .

ouro e cobre .QUADRO SÍNTESE Agricultura Pecuária Artesanato Comércio Trigo Centeio Cevada Linho Papiro Uvas Legumes Bovino Caprino Asinino Ourivesaria Tecelagem Cestaria Vidro Construção Naval Exportavam artesanato e excedentes agrícolas e Importavam cedro.

A SOCIEDADE .

uma sociedade diferenciada ou estratificada. O Egipto não era uma sociedade em que todos eram iguais mas. Não privilegiados.A SOCIEDADE  A sociedade egípcia dividia-se essencialmente em dois grandes grupos: Privilegiados. Vamos encontrar diferentes grupos sociais com actividade. pelo contrário.     . riqueza e poder diferentes de outros grupos.

pertencia ao Faraó e fazia os trabalhos mais duros e perigosos: trabalhavam nas minas. Seguiam-se os artífices ( artesãos ). na construção de monumentos. os grupos mais importantes e que tinham mais direitos eram os nobres. sacerdotes e escribas. O poder destes grupos vinha do domínio da religião e escrita. etc. os comerciantes e os camponeses. Na base da sociedade encontramos os escravos.A SOCIEDADE EGÍPCIA   Em primeiro lugar encontramos o Faraó e a sua família. Era o grupo social mais numeroso.   . Imediatamente a seguir.

PIRÂMIDE HIERÁRQUICA .

estudando. vigiar o trabalho nos campos e o serviço nos templos. . assegurar a justiça. comandar a polícia. recrutar soldados. todos os recursos da escrita egípcia. Os escribas são educados nas escolas dos templos e do palácio. durante longos anos.OS PRIVILEGIADOS O faraó governa o Egipto por intermédio de altos funcionários ( Os Vizires e os Governadores de Províncias) Por sua vez estes dispõem de numerosos escribas para: Cobrar impostos.

OS NÃO PRIVILEGIADOS Os Camponeses e os Escravos levavam uma vida muito difícil. .

O FARAÓ .

O faraó tinha o poder total sobre o Egipto porque era considerado superior aos homens e. sabia mais do que os homens sendo ele a pessoa que devia decidir tudo. por isso. .O FARAÓ : UM DEUS NA TERRA Tudo o que acontecia no Egipto era comandada por uma pessoa que era considerada pelos egípcios o seu rei e Deus.

O FARAÓ : UM DEUS NA TERRA A educação do faraó começa desde a mais tenra idade. como a caça. . O faraó terá de ser um campeão de tiro com arco. para mais tarde poder perseguir. Mestres experientes ensinam-lhe toda a espécie de desportos violentos. as gazelas do deserto ou combater os inimigos do Egipto. uma actividade nobre. no seu carro.

OS PODERES DO FARAÓ Os poderes do faraó são variados. o chicote (nekhekh ) e a imagem da serpente sagrada. O faraó. governa o território com a ajuda dos governadores das províncias e decide a paz e a guerra (poder político). ordena os trabalhos agrícolas e cobrança de impostos. . uma vez que é adorado Como um Deus. A base do seu poder reside no poder religioso. sendo também o chefe do Exército (poder militar). A nível económico. Ele é o senhor do Egipto. possui os símbolos do seu poder sobrenatural: o pequeno báculo ( heka ). sendo também um deus. É seu dever assegurar as oferendas aos deuses e prestar culto aos deuses.

O PALÁCIO DO FARAÓ .

O Faraó comanda as suas tropas. Repara na coroa de guerra (Kheprech) .

Depois de uma vitória procede-se à contagem dos inimigos mortos cortando-se a mão direita dos cadáveres. Repara na importante função dos escribas. .

RELIGIÃO .

Alguns deuses eram animais.A RELIGIÃO  Os egípcios são considerados os mais religiosos dos homens.   . outros humanos e alguns misturavam as formas humana e animal. Eram politeístas (Acreditavam em muitos deuses) .

É perante ele que os mortos se apresentam na esperança de vida eterna. Era venerado em todo o Egipto. Mulher de Osíris Anúbis Deus dos mortos e rei dos embalsamadores Osíris Deus das Terras e das Sementeiras.PRINCIPAIS DEUSES Ámon-Rá EGÍPCIOS Deus-sol. Ísis Protectora das crianças e da fecundidade. .

Hathor Hórus Filho de Osíris e Ísis.PRINCIPAIS DEUSES EGÍPCIOS Bes Protege os egípcios na sua vida quotidiana. da alegria e do amor . Deus da sorte e da ressurreição Tot Deus da sabedoria e da escrita Deusa da música.

Essa crença obrigou-os a aperfeiçoar a técnica de embalsamento dos mortos.A VIDA ETERNA Os egípcios acreditavam na imortalidade da alma e na reencarnação. Como Acreditavam na vida para além da morte. era necessário preparar os corpos devidamente para poderem viver na outra vida. .

2. Embora a família esteja presente.A PREPARAÇÃO DO CORPO 1. a fim de mostrar respeito da família pelo seu parente falecido.CARPIDEIRAS Membros da família rodeiam a cama do morto. Depois cobrem o corpo com um sal chamado matro. para secar o corpo e preservá-lo para a vida após a morte. são contratadas também carpideiras profissionais para seguirem o cortejo. EMBALSAMAMENTO Os embalsamadores retiram o cérebro e os orgãos internos do morto e colocam-nos de lado. .

Todo este processo demora setenta dias e. os embalsamadores usam máscaras de animais e fazem o papel de Deuses. . MUMIFICAÇÃO Depois enrolam o corpo em muitos metros de linho. À medida que vão enrolando o corpo com as várias camadas. 4. põem jóias e amuletos entre as faixas e rezam pela alma do morto.A PREPARAÇÃO DO CORPO 3. durante este tempo. MÁSCARA DOS DEUSES Na múmia colocam uma máscara que é um retrato do homem morto.

.A PREPARAÇÃO DO CORPO 5. carregando os bens do morto. que contém os orgãos internos. O CORTEJO No dia do funeral. em cima de um trenó. um cortejo de parentes e criados. A múmia está agora dentro do seu caixão. Aí juntam-se ao sacerdote e às carpideiras. e atrás vem o vaso canópico. vai desde sua casa até à oficina do embalsamador.

Um sacerdote varre a câmara onde fica a urna e afasta qualquer traço de vida humana e. assim. mantém o mal afastado do túmulo. para a pirâmide e colocam-no numa urna rectangular e selam a tampa da urna. APAGAR AS PÉGADAS Levam o sarcófago.A PREPARAÇÃO DO CORPO 6. . que tem a forma de um corpo.

O QUE ACONTECIA AOS MAIS POBRES? . como se estivesse a dormir. O local é depois protegido por grandes pedras. para evitar que os chacais desenterrem o corpo.Os pobres são enterrados num buraco na areia e cobertos por uma esteira. perturbando o seu sono eterno. O corpo do defunto é deitado de lado.

por isso.O JULGAMENTO DE OSÍRIS A alma do morto irá ser julgada. presidido por Osíris. em comparação com uma pena de Avestruz. o coração foi mais leve e a sua recompensa é uma vida eterna cheia de paz. monstro do Nilo. Amit. Anúbis conduz a alma ao local do Julgamento. devora os mortos cujo coração pese mais do que a pena de avestruz por terem sido maus em vida. O coração do morto é colocado numa balança. . Ele teve uma vida exemplar e.

A ARTE .

. No Egipto existem cerca de 60 pirâmides.AS GRANDES CONSTRUÇÕES As pirâmides são túmulos Gigantescos construídos pelos Egípcios para abrigar o corpo dos faraós e prestar-lhe culto após a morte.

AS PIRÂMIDES São necessários milhões De toneladas de pedras que é preciso extrair de Pedreiras distantes. . A pirâmide de Keóps tem 147 metros de altura e 227 metros de largura na base.tendo um aspecto liso. Os grandes blocos de pedra já estiveram revestidos de calcário e granito.

PIRÂMIDES Foram construídas graças ao emprego de rampas sobre as quais eram puxados os materiais. Para tal foi necessário utilizar uma mão-de-obra numerosa. .

Nestas câmaras eram depositados os sarcófagos reais. A entrada que Conduzia ao sarcófago real mantinha-se secreta desde a sua construção.PIRÂMIDES As pirâmides têm um conjunto de câmaras funerárias ventiladas por condutas de arejamento. .

Na ausência de qualquer máquina elevatória. . constituída principalmente por camponeses que a cheia deixava desocupados. a construção das pirâmides exigia muita mão-de-obra.

O INTERIOR DAS PIRÂMIDES .

.AS MASTABAS Os ricos mandavam construir grandes túmulos feitos com tijolos secos ao sol. as mastabas. no fundo de um poço. O corpo é colocado num compartimento subterrâneo.

A câmara funerária. onde se encontra o sarcófago situa-se no final do conjunto subterrâneo. . São grandes conjuntos de salas e corredores cheios de pinturas.OS HIPOGEUS São grandes monumentos funerários cavados na rocha.

. As estátuas maiores. desde o granito ao mármore.AS ESCULTURAS As esculturas eram utilizadas como base decorativa no interior e exterior das construções. eram feitas em pedra de vários tipos.

Por isso. com os ombros rigorosamente iguais. O tamanho das figuras representadas correspondia à sua importância social. . o faraó era sempre representado com dimensões maiores que qualquer outra personagem.A PINTURA A representação da figura humana obedecia à lei da frontalidade. a cabeça e os pés eram representados de perfil e os olhos e tronco de frente. Assim.

A ESCRITA EGÍPCIA .

depois passou a hieroglífica (os sinais correspondem a ideias).A ESCRITA A escrita egípcia é uma das mais antigas do mundo. . mais simples e popular. Inicialmente era uma representação pictográfica (os símbolos representavam objectos). mais desenvolvida por sacerdotes e escribas. Surgiu também a escrita demótica.

que decifrou as inscrições da Pedra da Roseta. Pela comparação destas escritas foi possível decifrar os hieróglifos.A ESCRITA A maioria dos textos são de origem religiosa ou administrativa e ficaram registados em papiros. . A escrita hieroglífica só foi decifrada no século XIX pelo francês Champollion. em escrita demótica e em grego. Nela está gravado o mesmo texto em escrita hieroglífica. nos túmulos e em alguns objectos.

O MEU NOME EM EGÍPCIO  Se estiveres ligado à Internet. descobre o teu nome em egípcio clicando no .

As laminazinhas embebidas na água eram justapostas e depois recebiam uma segunda camada de pequenas lâminas.O PAPIRO Os papiros cresciam nos densos bosques das margens do Nilo e no delta Retirava-se-lhes o caule para cortar em pequenas lâminas de tamanho idêntico. .

O PAPIRO As duas espessuras sobrepostas eram em seguida batidas com um maço para que se interpenetrassem. Por último. As folhas eram depois coladas. a superfície era alisada. . Depois de secar obtinha-se uma folha castanho-clara. esticadas para se obterem rolos utilizáveis horizontal ou verticalmente.

AS CIÊNCIAS .

AS CIÊNCIAS Quanto à Geometria e à Matemática. Calcularam a área do círculo. Tinham medidas de comprimento. volume e superfície. realizavam a multiplicação a partir da soma. sabe-se que usavam a subtracção e a adição. de peso. . conheciam a raiz quadrada e as fracções.

Os médicos egípcios eram famosos em todo o Próximo Oriente e deslocavam-se a outros territórios para tratarem os doentes. .AS CIÊNCIAS   A Medicina foi uma das ciências estudadas e desenvolvidas pelos Egípcios. Sabiam fazer operações cirúrgicas. devido aos conhecimentos de anatomia que lhes advinham do embalsamamento dos corpos. Na Astronomia. o dia em 24 horas e a hora em 60 minutos. o calendário dividia o ano em 365 dias. Estudavam a posição dos astros para prever a época das cheias do Nilo.

Eliseu . Francisco .Flávio .História 7 Texto Editora No Tempo dos Antigos Egípcios Plátano Editora Conti. .História 7 -Porto Editora Cantanhede. no tempo dos faraósfaraósCivilização/Círculo de Leitores Andreu.Abcedário do Antigo EgiptoEgipto-Público Como viviam os Povos Círculo de Leitores.Os Antigos Egípcios -Círculo de Leitores Egipto e Grécia Antiga Col. História da HumanidadeHumanidade-Larousse EgiptoEgipto.Guillemette .BIBLIOGRAFIA Alves.Um tesouro da Humanidade-Planeta HumanidadeDeAgostini Nas margens do Nilo.

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful