Riscos Físicos Ruído

exercendo pressão sobre todos os pontos do ambiente.Interpretação Física O choque entre dois corpos. . A energia perdida é transformada em forma de ondas. ou um movimento relativo entre eles. gera um deslocamento de ar causado pela liberação de energia deste choque ou atrito.

número de ciclos por segundo . CICLO .O fenômeno físico associado às ondas é denominado de VIBRAÇÃO.tempo de oscilação da onda FREQÜÊNCIA . HZ) .(HERTZ.

RUÍDO É uma sensação sonora desagradável. .SOM Toda vibração que estimula o ouvido humano (vibrações sonoras). É uma variação de pressão sonora capaz de sensibilizar os ouvidos.

Afinal o que é o ruído ? Fisicamente não existe qualquer diferença entre o som e o ruído. o ruído é normalmente designado por ruído laboral ou ruído ocupacional. . O som é uma percepção sensorial e o ruído é visto como sendo um som indesejado. Quando se avalia o impacto do ruído que ocorre durante o trabalho no bem-estar e saúde dos trabalhadores. O ruído está normalmente presente em todas as atividades humanas.

PRESSÃO SONORA (PS) Diferença instantânea entre a pressão do ambiente na presença do som e a pressão deste ambiente(medida no mesmo ponto) na ausência do som. (N/m²) Pressão Sonora de Referência(Po) = 2x10í5 N/m² . PS = Ptotal .Patm.

DECIBEL (dB) O Decibel mede o NÍVEL DE PRESSÃO SONORA (NPS) .

Uma diferença de 3dB significa o dobro ou metade da energia sonora. ou ruído.O cuidado a se ter na utilização desta escala é não cair no engano de que uma pequena diferença de dB significa também uma pequena diferença de energia sonora efetiva. .

Limites de tolerância para ruído contínuo ou intermitente ± NR-15 Máxima exposição diária Nível de permissível Ruído ± dB (A) 85 8 horas 90 100 110 115 4 horas 1 hora 15 minutos 8 minutos 9 (amostragem da tabela) .

RUÍDO OCUPACIONAL Contínuo/Intermitente e de Impacto NHO 01 Norma de Higiene Ocupacional da Fundacentro ‡ Ruído Contínuo ou Intermitente: todo e qualquer ruído que não está classificado como ruído de impacto ou impulsivo. a intervalos superiores a 1 (um) segundo). ‡ Ruído de Impacto ou Impulsivo: ruído que apresenta picos de energia acústica de duração inferior a 1 (um) segundo. .

Efeitos indesejados causados pelo ruído: Psicológicos Nervosismo Neuroses Prejudica a concentração Irritabilidade Prejudica o sono. Também é o agente físico nocivo à saúde mais comum nos ambientes de trabalho. .O ruído é caracterizado como o fator mais prevalente na origem de doenças ocupacionais.

Deficiências de comunicação ‡ Altera o estado emocional dos interlocutores ‡ Prejudica a qualidade de trabalho Fisiológicos ‡ ‡ ‡ ‡ Perda de audição Dor de cabeça Vômitos Diminuição do controle muscular .

‡ Por vezes. explosivos e muito elevados. a generalidade das pessoas sente a denominada surdez temporária. após uma exposição prolongada (de vários anos) a níveis mais baixos de ruído.Como é que os trabalhadores ficam surdos? ‡ A surdez é causada pela danificação das estruturas da cóclea. . quando sujeitas a uma grande quantidade de energia sonora. mais frequentemente. No entanto a surdez permanente pode ocorrer após a exposição a ruídos repentinos. Deste dano resulta a perda quer da sensibilidade em frequência (resposta do sistema auditivo às várias frequências que um som pode ter) quer do incremento do limiar de audição. ou seja. ou. é necessária uma maior quantidade de ruído para que este se torne perceptível.

A CÓCLEA ATIVA .

AS CÉLULAS CILIADAS EXTERNAS .

PAIR ² CÉLULAS CILIADAS .

PREVENÇÃO Incentivo e conscientização protetores auriculares. que são colocadas entre as fontes de ruído e os trabalhadores. constituídos com materiais isolantes. da utilização dos Programa de manutenção periódica do maquinário. . pois peças gastas. podem minimizar o ruído. falta de lubrificação e de ajustes. soltas. e disfunções mecânicas implicam na geração desnecessária de ruído. podendo ser formadas por painéis fixos ou móveis. Instalação de barreiras.

mas pelas amostras de indústrias que divulgam seus dados. o comércio e algumas outras modalidades de serviços. o número de vítimas do agravo atinge proporções preocupantes. . Não se dispõe de informações precisas acerca do número de trabalhadores acometidos do problema.Estima-se que mais da metade dos trabalhadores da indústria cumpre sua jornada em ambientes com a presença do ruído e dos outros agentes. Somando-se aos trabalhadores de outras atividades. como a agropecuária. de 10 a 60% dos trabalhadores expostos a essas condições sofrem algum grau de lesão auditiva.