You are on page 1of 16

COMPREENDER A

ESTRUTURA E A
DINâMICA DA GEOSFERA
Métodos Directos
Sumário
2

 Métodos para o estudo do interior da
geosfera:
 Métodos directos

Nuno Correia 08/09
Investigação do interior da Terra
3

•Planetologia

?
•Exploração de •Astrogeologi
jazidas minerais em a
minas e escavações; •Geotermism
•Magmas e xenólitos o
•Sondagens •Gravimetria
•Observação e •Geomagnetis
estudo de mo
afloramentos •Sismologia
•Densidade

Nuno Correia 08/09
4

Nuno Correia 08/09
5

 A exploração de
jazidas minerais em
minas permite-nos
recolher informações
sobre o interior da
Terra.
 Estas informações
limitam-se apenas a
alguns metros de
profundidade.
Nuno Correia 08/09
Observação directa da
6 superfície
 A terrestre permite-
nos concluir acerca da
existência de falhas e
de dobras, qual o tipo
de rocha e respectiva
idade, com o
inconveniente de esta
observação se limitar
a poucos metros de
profundidade.

Nuno Correia 08/09
Sondagem
7

 A utilização de
tarolos de
sondagem
permite-nos
atingir maiores
profundidades

Nuno Correia 08/09
8

 Os furos de
sondagem,
geralmente para
exploração
petrolífera, que
ultrapassam os 1700
metros de
profundidade,
designam-se furos Sondagem Japonesa
(Chikyu)
Nuno Correia 08/09
Maior perfuração realizada
9

Sondagem ultraprofunda
Profundidade alvo – 7 km
Objectivo : alcançar o manto
Data de conclusão : 2012

http://www.jamstec.go.jp/chikyu/eng/ChikyuImages/
science.html Nuno Correia 08/09
Problemas
10

 A temperatura e a
pressão aumentam com
a profundidade, pelo que
os materiais utilizados
teriam de conseguir
resistir a essas elevadas
pressões e
temperaturas.

Nuno Correia 08/09
Actividade vulcânica
11

 fornece-nos importantes informações sobre o
interior da Terra (até cerca de 150 km de
profundidade).
 Sempre que um vulcão entra em actividade,
lança para o exterior materiais que se
encontram no interior da Terra.
 A análise desses materiais (lavas, cinzas,
gases) permite-nos conhecer a composição
da parte superior da crosta terrestre.
 Um vulcão não nos fornece apenas a sua
lava como fonte de estudo, mas fornece-nos,
também, fragmentos da chaminé e da
Nuno Correia 08/09
12

Xenólitos

Nuno Correia 08/09
Movimentos Tectónicos
13

 também contribuem
para o
conhecimento das
rochas às quais não
podemos chegar.

Nuno Correia 08/09
14

 Nos limites convergentes
de placas, as forças de
compressão, actuando
durante dezenas de
milhões de anos, são
capazes de criar
deformações da litosfera
tão intensas, que
vestígios de um fundo
oceânico podem surgir
no alto de uma
montanha, a milhares de
Nuno Correia 08/09
15

 Em Portugal, nos distritos
de Beja e de Bragança,
esses encontram-se no
interior de uma cadeia
montanhosa, actualmente
desaparecida; no
chamado maciço de
Morais, em Trás-os-
Montes, conservam-se
testemunhos da parte
superior do manto e da
base da crosta oceânica
sobrepostos a rochas
Nuno Correia 08/09
16

Gnaisse de Lagoa : esta rocha metamórfica, tipicamente
continental está coberta por uma sequência
representativa de uma antiga litosfera oceânica –
Maciço de Morais, Macedo de Cavaleiros.
Nuno Correia 08/09