NARRATIVAS DE AVENTURA

APRESENTAÇÃO/ Pauta.

 3º ano EM: artigo de opinião.  Gêneros selecionados:  4ª série/5º ano: carta ao leitor.NARRATIVAS DE AVENTURAS SARESP/2011.  8ª série/9º ano: artigo de opinião.  Resolução: SE 41 de 30/06/2011.: Dom Quixote adaptação. .   Obs.  6ª série/7º ano: narrativa de aventura. pois o original é do gênero romance.

. absurdos ou perigosos.6ª série/7º ano  Narrativas de aventuras   A narrativa de aventura é cheia de acontecimentos grandiosos e emocionantes que podem ser engraçados.

     . Personagem. Características estruturais: Enredo. Narrador. Espaço. Tempo.

O ENREDO Numa narrativa de aventura. o mais importante é a sequência de ações das personagens. são enfrentadas situações perigosas Que desafiam as personagens. Ou seja. que se passa num determinado espaço e num determinado tempo.  Geralmente existe um objetivo à ser alcançado e para atingi-lo. O momento culminante do enredo é o clímax . o mais importante são as peripécias e os acontecimentos inesperados que o herói vive ao longo da história.

força de vontade. etc) que serão colocadas à prova. audacioso. o que ressalta ainda mais tais valores. A presença do herói representando as capacidades humanas (como coragem.PERSONAGENS  Personagem principal: herói. . O protagonista geralmente é valente.

permite ao protagonista. a floresta densa e misteriosa.o  O herói enfrenta piratas. animais. uma vez transposto . suas características humanas permanecem. criaturas estranhas. O herói não tem os poderes mágicos dos super-heróis. mas o desejo de aventura e de justiça são inerentes à sua personalidade. ladrões. Antagonistas ou vilões: contrapõem ao herói.  Importante: Não confundir herói com super-herói. é possível que eles não apresentem características tão maléficas.eles apenas representam um obstáculo a ser vencido e que. . atingir o objetivo desejado.

um diário ou autobiografia.  .narra em terceira pessoa fatos.  Quando o narrador é em primeira pessoa:  a história em geral.  Faz antecipações. opiniões. ou prevê o rumo que as ações irão tomar. defeitos e qualidades das personagens. não se apresenta. sentimentos.NARRADOR Narrador oculto. é uma confissão.

 Quando não corresponde ao tempo cronológico. .narrativa não-linear. emoções. seguem lembranças. sensações dos personagens. quer seja cronológico ou psicológico.TEMPO  Sequência cronológica – forma linear.  Importante: o tempo é fictício.  Flash backs – recursos para o tempo psicológico.

etc. uma passeio a bordo de um balão.ESPAÇO  Diverso: uma viagem por terra. caça tesouro em uma ilha deserta. . na floresta..  O espaço pode exercer uma forte influência nas personagens chegando a modificar o seu comportamento.

OFICINA I Análise da narrativa / Trecho do Livro As Aventuras de Huckleberry Finn- 8 grupos de 7 integrantes .

OFICINA : 0 2 Análise do quadro de correção. Proposta de redação. .

Acessado 15/08/2011 .editoraajs. Disponível em unisinos.49.. Acesso 15/08/2011. Cândida Vilares Gancho – Como Analisar Narrativas   . Cordeiro.com. Flávio. João. Português: a arte da palavra. Marta. Disponível em 187.   Rodella.pdf....REFERÊNCIAS:  Azevedo. Nigro. O interacionismo sociodiscursivo: como trabalhar com sequencias didáticas e analisar as produções dos alunos de narrativas de aventuras de viagens..pdf. Acesso 15/08/2011 Geraldini.br/PDF/ArteDaPalavra_Amostra7...52/. Gabriela. Disponível em www../15calidoscopiov2n2_artigo10. Narrativas de Aventuras.6. Glais Sales. Campo..br/publicacoes. Isabel Michelan de./pdfs./7°%20ano_Português%202°%20Bimestre_ .

Master your semester with Scribd & The New York Times

Special offer for students: Only $4.99/month.

Master your semester with Scribd & The New York Times

Cancel anytime.