DISPNÉIA

Dr. Paulo Gurgel Pneumologista do HM

Definição
• Dificuldade na respiração ( Novo Dicionário Aurélio) • Dis/pnéia (< lat dyspnoea < gr dyspnoía)

Cognatos: • Eupnéia = normopnéia • Apnéia

Descritores populares

• • • • • •

Cansaço Falta de ar Fôlego curto Sufocamento Aperto ou arrocho no peito Etc

(Uma) definição científica
Uma sensação de desconforto respiratório gerado por diversos mecanismos: orgânicos, psicossociais e ambientais. Gera grande limitação na qualidade de vida de milhões de doentes e em muitos casos é um sintoma debilitante e refratário, mesmo com tratamento clinico máximo.

VRI VC VRE VR CV CPT

Volume Corrente = 500 mL Freqüência = 16 ± 4 ir/min

Padrões de dispnéia
Padrão Taquipnéia Bradipnéia Hiperpnéia Hipopnéia Polipnéia Oligopnéia FR VC

↑ ↓ ↑ ↓ ↑ ↓

↑ ↓

“Palcos da respiração”
Mário Rigatto

• • • •

Ambiente Ap. Respiratório Ap. Circulatório Células (mitocôndrias)

Ambiente

Torricelli, 1641

1 atm = 1013 mb = 760 mmHg

Atmosfera terrestre
• Nitrogênio (78%) • Oxigênio (21%) • Outros gases (1%)
– Gás carbônico (0,0003%)

• Água (variável)

Aparelho respiratório
• Vias respiratórias superiores • Vias respiratórias inferiores • Pulmões • Pleuras

Gradil Torácico, Músc. Respiratórios (Diafragma), Circul. Pulmonar e Sistema Nervoso

Obstruções de VRS
• • • • • • Alergias Infecções Pólipos Tumores Hipertrofias Outras

Apnéia obstrutiva do sono

RINOFIBROSCOPIA

RF C/ MÜLLER

DICAS: • Obeso • Hipertenso • Roncador • Com paradas respiratórias durante o sono • Com sonolência diurna excessiva

Distúrbios de CV

RESPIRAÇÃO

FONAÇÃO

Obstruções de VRI

CÂNCER DE TRAQUÉIA

Pulmões – Trocas gasosas

• Ventilação • Perfusão • Relação V/Q (Q = perfusão)

Pulmões – Difusão

Lei de Fick: a velocidade de transferência de um gás através de uma membrana é diretamente proporcional à sua área e inversamente proporcional à sua espessura.

DPOC

BRONQUITE CRÕNICA

ENFISEMA PULMONAR

Silicose

Fibrose pulmonar idiopática

Pneumonia

Neoplasia maligna (carcinoma bronquíolo-alveolar)

Atelectasia

Embolia pulmonar

Patologias pleurais

PNEUMOTÓRAX

DERRAME PLEURAL

Cifoscoliose

+

Poliomielite

Timoma  miastenia

Patologias do diafragma

Circulação
Transporte de O2 e CO2
• Continente
– Bomba propulsora – Rede de distribuição

• Conteúdo (sangue)
– Hemácias – Hemoglobina

Cardiopatias ICC  EAP
• • • • • Miocardiopatias Valvulopatias Cardiopatias isquêmicas Cardiopatia hipertensiva Etc

Anemia

SANGUE  HEMÁCIAS  HEMOGLOBINA HbO2 (98%) > O2 dissolvido (2%) HCO3- > HbCO2 > CO2 dissolvido

Cianose

• Coloração azulada da pele e das mucosas • Sangue com 5 g de Hemoglobina reduzida

HHb, COHb e MetHb
Hemoglobina HHb COHb MetHb (*)(*) VN < 5% < 2,5% (*) < 1,5%

(*) até 15% nos fumantes (*)(*) por causas tóxicas (ex.: dapsona) e não tóxicas (deficiência enzimática)

Respiração celular
Cianetos inibição da citocromooxidase  interrupção do fluxo de elétrons bloqueio da produção de ATP  hipóxia citotóxica

Descondicionamento físico

Obesidade

Gravidez

• Presença do feto • Situação do diafragma • Ação da progesterona

Dispnéia psicogênica
• Dispnéia suspirosa • Síndrome de hiperventilação
– Ansiedade – Polipnéia – Dor torácica – Alcalose respiratória: ↑ pH, ↓pCO2, ↓HCO3-, ↑pO2 – Hipocalcemia  parestesias, câimbras, espasmos e tetania

Abordagem clínica
• • • • • • Identificação História clínica Antecedentes Exame físico Pró-diagnóstico Exames complementares • Diagnóstico • Conduta

Profissão

História clínica
• • • • Início Duração Intensidade Associação com outros sintomas • Relação com:
– Esforço físico – Decúbito – Tratamentos

Ritmo circadiano
Asma

Antecedentes
• Alergopatias • Traumas • Doenças e tratamentos anteriores (seqüelas) • Tabagismo (detalhar!) • Etc

Exame físico

• • • •

Inspeção Palpação Percussão Ausculta

R-X de tórax

• • • •

Lembrete Podem cursar com RXT normal ou com alterações discretas, desproporcionais à clínica: Asma DPOC Embolia pulmonar Dispnéia psicogênica

ECG

• Arritmias cardíacas • Sobrecargas de câmaras • Isquemias e infartos

Oximetria Gasometria arterial

PFE (peak flow)

Espirometria “O teste do sopro”

Pletismografia de corpo inteiro Espirometria com difusão

Polissonografia

Testes de exercício

TECP – sistema integrado

GRATO PELA ATENÇÃO
Dr. Paulo Gurgel pgcs@ig.com.br

http://blogdopg.blogspot.com