You are on page 1of 27

Felipe Lima Nascimento e Paulo Hugo Ferreira Dantas

A telemedicina e a junção do conhecimento médico com as tecnologias de informática, robótica e telecomunicações, combinando, de forma racional, as ciências médicas e a tecnologia. Nesse cenário, para onde convergem tecnologias de diversas áreas, incluindo aplicações em informática, inteligência artificia, robótica e telecomunicações, as informações médicas de naturezas diversas são transmitidas pelos meios eletrônicos de telecomunicações, como: cabos, fibras óticas, satélites, internet.

telemedicina é a oferta de serviços ligados aos cuidados com a saúde. Esses serviços são providos por profissionais da área da saúde. nos casos em que a distância é um fator critico. a partir de tecnologias de informação e de comunicação para o intercâmbio de informações válidas para diagnósticos. prevenção e tratamento de doenças e a continua educação de prestadores de serviços em saúde . De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS).

os progressos alcançados em circuitos fechados de televisão e telecomunicações atingiram um grau de confiabilidade e redução de preço. A telemedicina não é um acontecimento recente. A busca por comunicação para conhecimento da saúde é bastante antiga e teve seu maior impulso a partir da evolução e barateamento dos recursos de telecomunicação. . No final dos anos 50. segundo Bashshur. de tal forma que os profissionais da área médica passaram a considerar seriamente sua utilização.

principalmente em áreas rurais e diferentes Implantação de programas educacionais a distância para médicos e residentes localizados em regiões remotas. alcançando um número maior de pessoas. Redução no número de consultas presenciais por meio da coleta eletrônica dos dados clínicos do paciente. Acesso remoto aos serviços de saúde nas várias modalidades presente na telemedicina. Possibilidade de acesso ao prontuário eletrônico do paciente. com isso melhorando o atendimento multicêntrico ao paciente. essenciais para o desenvolvimento pessoal e institucional. Uso mais efetivo de recursos. Melhoria nas condições de diagnósticos por meio da cooperação de profissionais multidisciplinares com compartilhamento de informações médicas. com situações de isolamento profissional e abrindo novas perspectivas aos processos de formação e informação. favorecendo a educação médica continuada. assim. por meio da centralização de especialistas e a descentralização da assistência primária em saúde. . acabando. fora de centros especializados.       Acesso rápido a especialistas em locais distantes nos casos de desastres e emergências.

. Constitui-se no fato de o médico de saúde. os pagadores e provedores de recursos e serviços conhecerem as soluções e acreditarem que elas podem trazer inúmeros benefícios. Um dos maiores desafios da telemedicina é o desafio cultural. os usuários.

        TELECONSULTA TELEDIAGNÓSTICO TELEMONITORIZAÇÃO TELEATENDIMENTO TELEDIDÁTICA TELETERAPIA TELEPATOLOGIA TELECIRURGIA .

. imagens histológicas e anatomopatologicas. é possível transmitir a qualquer distancia. resultados de exames e sons de sinais biológicos. laudos. vários tipos de informações medicas. tais como: imagens de radiografias. Nesta modalidade. tomografias. fotos de pacientes.

.

. na atenção a pacientes crônicos. no cuidado direto ao paciente em sua casa e na assistência primaria a comunidades de regiões em desvantagem geográfica ou de desigualdade sociocultural. No telediagnóstico são realizadas consultas remotas sobre informações medicas do paciente e um posterior atendimento do mesmo para fins de diagnostico. idosos e a gestantes de alto risco. O telediagnostico é normalmente aplicado em hospitais e instituições de referencia para consultar e trocar informações. Estabelecem muitas vezes um sistema de segunda opinião medica.

.

  telemonitorização baseia-se no conceito de digitalização de sinais biológicos por meio de um meio físico de comunicação. onde serviços de vigilância e alarme monitoram . continuamente esses sinais. ou ainda. A diferença em relação ao telediagnósticos é que a monitorização geralmente se da ou em bases continuas. ou em bases periódicas. . sob demanda. alertando quando ocorrem possíveis anormalidades. desde o local onde o paciente se encontra a um centro de especializado de interpretação e analise.

.

conectados a aplicativos computacionais. os pacientes são atendidos a distancia para a utilização de serviços de saúde como marcação de consultas. realizam o serviço solicitado. . Na modalidade do teleatendimento. de procedimentos e informações gerais. Os dados coletados no teleatendimento vão alimentar banco de dados que. por meio de telefone ou computadores ligados a internet.

.

pode ser considerado um caso especial de telemedicina aplicada ao treinamento clínico e a atualização profissional. baseados em internet. . o acesso a bancos de informações em saúde para o ensino e a educação continuada. Na teledidática – ensino à distancia – o uso de vídeo conferência. por meio de redes telemática na implementação de cursos médicos à distancia.

.

o paciente é conectado ao equipamento que . Uma das que tem tido sucesso. Com a ajuda de um assistente familiar ou de um profissional de saúde não especializado. ou em centros de saúde na periferia. técnicas de realidade virtual e robótica. para fins terapêuticos e. a distancia. incluem-se. desenvolvida inicialmente na Itália. é telecontrolado por uma central remota . que pode ser colocado no domicilio do paciente. é a teledialise. Ela consiste de um equipamento de hemodiálise simplificado. por sua vez. Teleterapia é o controle de equipamentos.nesta especialidade.

poderá em pouco tempo. Enviando imagens de um caso duvidoso. . Ela pode também ser utilizada como forma de treinamento e educação continuada. A telepatologia é uma importante ferramenta de auxilio ao patologista que se encontra isolado em uma cidade onde é o único especialista desta área. uma vez que dispensa gastos com viagens . informando-se até mesmo sobre quais marcadores histoquímicos podem ajudá-lo a firmar um diagnóstico. ter uma idéia precisa do caso em questão e da conduta a ser tomada.

.

por meio de sistemas de realidade virtual com sinais visuais.auditivos e tácteis entre o local onde está o medico e o local onde está o paciente. ser realizados remotamente. Os procedimentos cirúrgicos podem em uma telecirurgia. . utilizando-se equipamento de manipulação remota de instrumentos.

.

Dessa forma. Um projeto com aplicações de telemedicina propõe de telemedicina propõe a possibilidade de recursos tecnológicos ampliarem as ações de profissionais de saúde não somente no atendimento especializado a pacientes remotos. mas também na promoção da atualização cientifica e na educação continuada desses profissionais. será apresentado a seguir um projeto educação a distância – teledidática. .

em campinas. diferentes idades e compromissos familiares diversos. bem como suas aplicações. origem em variados grupos socioeconômicos. o Dr. que alojou o curso em seu servidor ambiente virtual de aprendizagem TelEduc. Ser estudante ou profissional da área da saúde. O curso foi planejado e implementado no núcleo de tecnologias da informação na Saúde – NTIS. . É importante buscar informações sobre os alunos para direcionar o desenvolvimento do curso com intuito de alcançar os objetivos gerais propostos.2004a). com autoria e orientação dos autores (Costa. Alunos educados à distância têm diversas formações e necessidade.Renato Sabbatini. do centro federal de educação tecnológica da Paraíba – CEFET-PB. Dessa forma. diretor do instituto para Educação em medicina e Saúde – EDUMED. foi definido como perfil dos alunos: Possuir interesse em conhecer a telemedicina. apresentando a implementação de um curso denominado TELEINFO. realizado em 2004 e desenvolvido como de dissertação de mestrado curso de Engenharia Biomédica do Centro de Ciências Exatas da Saúde na Universidade Federal da Paraíba –UFPB. Também participou como parceiro desse projeto. O projeto que usaremos como exemplo retrata uma aplicação de educação a distância em telemedicina.

bem como suas aplicações. Ter acesso à internet por duas horas. Ser estudante ou profissional da área da saúde. no mínimo três vezes por semana.      Possuir interesse em conhecer a telemedicina. como recurso para estudo para estudo. . um computador com acesso internet. Possuir conhecimentos básicos de informática e internet. Possuir.

diariamente. e contou com 27 alunos de diversas profissões e regiões do brasil. de acordo com o cronograma do curso. No final do curso. dividido em quatro aulas e cada aula foi programada com atividades executadas pelos alunos. O curso foi concentrado em oito dias. . bem como o seu uso para promover a atualização e a educação continuada. os alunos ficaram familiarizados com o ambiente de aprendizagem TelEduc e conheceram os principais projetos existentes no Brasil . O curso teve como objetivo geral proporcionar aos estudantes e profissionais da área da saúde a oportunidade de conhecer a telemedicina. em qualquer horário do dia.

O uso dessa tecnologia tem proporcionado uma sensível melhoria na qualidade do atendimento dispensado ao paciente. A telemedicina é uma tecnologia que ainda se encontra em fase de expansão.lhe inúmeras e potenciais vantagens não só pelo atendimento por especialistas em locais remotos. mas também pelo o uso mais efetivo dos recursos e tecnologias disponíveis. trazendo . .com melhorias nas condições de diagnóstico e atendimento feito por multidisciplinares.