You are on page 1of 16

 Neste trabalho , vai ser dito numa forma resumida alguns

conceitos da Grécia Antiga. Tal como a arquitectura e a


escultura. . .

A arte grega caracteriza-


se pela procura do racionalismo,
da harmonia, da proporção e do
cânone.. .
A arte grega liga-se à
inteligência, pois os seus reis não
eram deuses, mas seres
inteligentes e juntos que se
dedicavam ao bem estar do
povo.

Pois na sua constante busca da


perfeição, o artista grego cria
uma arte de elaboração
intelectual em que predominam o
ritmo, o equilíbrio, a harmonia
ideal. Eles tem como
características: o racionalismo;
amor pela beleza; interesse pelo
homem, essa pequena criatura que
é “a medida de todas as coisas”; e
A arquitectura e a escultura,
expressão do culto público e da
procura da harmonia
A arte grega é o fruto
de uma longa evolução,
cujos traços mais antigos
se reportam às tradições
artísticas das civilizações
mesopotâmica, egípcia e
geia. Estas culturas
fornecem aos Gregos um
repertório formal,tecnico
e decorativo que estes
assimilaram e \ ou
adaptaram aos seus
As manifestações artísticas no mundo grego
alcançaram notável desenvolvimento, reflectindo
as tradições e as principais transformações que
ocorreram nessa sociedade ao longo da
antiguidade.
A arte grega è antropocêntrica, preocupada com
o realismo, procurou exaltar a beleza humana,
destacando a perfeição de suas formas, è ainda
racionalista, reflectindo em suas manifestações as
observações concretas dos elementos que
envolvem o homem.
Arquitectura
Na arquitectura as
edificações que
despertaram maior
interesse foram os templos.
As colunas dos templos,
sustentavam um
entablamento horizontal
formado por três partes: a
arquitrave, o friso e a
cornija. As quais, as colunas
e entablamento eram
construídos segundo os
modelos da ordem dórica,
jônica e coríntia.
ORDEM DÓRICA
NO CASO DA ORDEM DÓRICA ESTA
ERA SIMPLES E MAÇISA. A CULUNA
NÃO TINHA BASE E ASSENTA
DIRECTAMENTE SOBRE O ESTILOBATA.
O FUSTE APRESENTA CANELURAS DE
ARESTA VIVA E O CAPITA L É MUITO
SOBRIO, SENDO CONSTITUIDO PELO
EQUINO, E O ÁBACO. O
ENTABLAMENTO É FORMADO POR UMA
ARQUITRAVE LISA E PELO FRISO QUE
SE DIVIDE EM TRÍGLIFOS E MÉTOPAS,
ENCIMADO POR UMA CORNIJA.

NESTA SE EXPRESSA O PENSAMENTO,


POIS SENDO A MAIS ANTIGA DAS
ORDENS ARQUITECTÔNICAS GREGAS,
PELA SUA SIMPLICIDADE E
SEVERIDADE EMPRESTA UMA IDEIA DE
SOLIDEZ E IMPONÊNCIA.
ORDEM JÓNICA
A ORDEM JÓNICA DISTINGUE-
SE DA DÓRICA PELO FACTO DE A
COLUNA ASSENTAR NUMA BASE,
DE O SEU FUSTE SER MAIS ALTO E
ELEGANTE,COM CANELURAS
SEPARADFAS POR UMA SUPERFICIE
PLANA,E DE POSSUIR UM CAPITEL
MAIS ELABORADO,COM VOLUTAS
EM FORMA DE CARACOL.
AO QUAL TAMBÉM A ORDEM JONICA
PODERÁ SER APRESENTADA AINDA
EM DUAS VARIADADES
EXPRESSIVAMENTE POR FIGURAS
FEMININAS(CARIATIDES) OU
MASCULINAS(ATLANTES).
ORDEM CORÍNTIA
A ORDEM CORÍNTIA SURGIU
NOS FINAIS DO SEC.V ,SENDO
ASSIM UMA NOVA ORDEM
ARQUITECTÓNICA.
ESTA ERA ESTRUTURALMENTE
IDENTICA A JONICA, MAS
DIFERENCIANDO-SE DESTA POR
APRESENTAR UMA MAIOR
ABUNDANCIA DECORATIVA. A
DIFERENÇA MAIS SIGNIFICATIVA
RESIDE NO CAPITAL,MUITO
ELABORADO, ONDE SE
DESTACAM QUATRO VOLUTAS
SIMETRICAS E UMA DECORAÇAO
DE CARACTER VEGETALISTA COM
FOLHAS DE ACANTO.
ESCULTURA
AS ESTATUÁRIA GREGA REPRESENTA OS
MAIS ALTOS PADROES JÁ ATINGIDOS PELO
HOMEM.
NO PERIODO ARCAICO AS FORMAS
DOMINANTES NA ESCULTURA GREGA FORAM O
KOUROS,”OS JOVENS” REPRESENTADO NU,DE
PÉ,COM OS BRAÇOS ESTENDIDOS AO LONGO
DO CORPO E UMA PERNA AVANÇADA ,E A
KORÊ,A “RAPARIGA”, TAMBEM ELA TRATADA
DE PÉ E VESTIDA COM ROUPAGENS
LONGAS,AJUSTADAS AO CORPO.
CARACTERISTICAS DOMINANTES DESTE
MODELO:A FRONTALIDADE E A SIMETRIA.
NO PERIODO CLASSICO PASSOU-SE A
PROCURAR MOVIMENTO NAS ESTATUAS,PARA
ISSO,SE COMEÇOU A USAR O BRONZE QUE ERA
MAIS RESISTENTE DO QUE O
MARMORE,PODENDO FIXAR O MOVIMENTO SEM
SE QUEBRAR.SURGINDO ASSIM O NU
FEMININO,POIS NO PERIODO ARCAICO AS
FIGURAS DE MULHER ERAM ESCULPIDAS
SEMPRE VESTIDAS.
AS CARACTERISTICAS DOMINANTES NA
ESCULTURA GREGA SÃO A SIMETRIA,ORITMO,O
EQUILIBRIO E A PROPORÇAO.
OS PRINCIPAIS MESTRES DA
ESCULTURA GREGA SÃO:

- Praxíteles
- Policleto
- Fídias
- Lisipo
- Miron
Po
lic l
eto
o
ip s
Li
s
le
te

ra
P
s
d ia

n
Miro