Membro Superior

Anatomia II
Vascularização

Trabalho Elaborado por: Guilherme Franco Helena Guedes 1ºAno

Vascularização do Membro Superior
Tronco Braqueocefálico
A. carótida comum direita Artéria subclávia direita

Arco da Aorta

Artéria carótida comum esquerda

Artéria subclávia esquerda

Artéria Axilar
• Começa no bordo lateral da 1º costela como continuação da artéria subclávia e termina na margem inferior do músculo redondo maior. • No braço, passa posterior ao peitoral menor e “torna-se” artéria braquial quando passa distal à margem inferior do músculo redondo maior ,local onde normalmente atinge o úmero.

Artéria Axilar
1ª Parte – Proximal ao Músculo Peitoral Menor 2ª Parte – Posterior ao Músculo Peitoral Menor 3ª Parte - Distal ao Músculo Peitoral Menor

Ramos da Artéria Axilar
• • • • • • Artéria Torácica Superior Artéria Acromio-Torácica Artéria Torácica Lateral Artéria Subescapular Artéria Circunflexa Anterior do úmero Artéria Circunflexa Posterior do úmero

• Anastomoza-se com as artérias intercostais.Artéria Torácica Superior • Ramo da 1ª parte. Subclávio. • Tem origem junto do bordo inferior do m. • Dirige-se anterior e medialmente para a parede torácica. .

Artéria Torácica Superior .

. • Divide-se em 4 ramos: .Artéria Acromio-Torácica • Ramo da 2ª parte.Ramo Peitoral . • Na sua parte medial é recoberta pelo m. • Perfura a fáscia clavipeitoral. peitoral menor. . .Ramo Clavicular .Ramo Deltóide . para depois se curvar em torno do bordo medial do mesmo. .Ramo Acromial .

deltóide. Subclávio e a articulação esternoclavicular. irrigando-os. . depois. Deltóide e o m.Ramos da Artéria Acromio-Torácica • Ramo Peitoral: o maior dos ramos. Peitorais. ao nível do abdómen. que irriga. vai dirigir-se entre os m. • Ramo Deltóide: cruza o m. • Ramo Acromial: cruza a apófise coracóide. Anastomosa-se com a artéria torácica lateral. Peitoral menor acompanhando a veia cefálica entre o m. terminando. Peitoral maior. profundamente ao m. • Ramo Clavicular: irriga o m. irrigando ambos.

Artéria Acromio-Torácica .

• No sexo feminino tem um calibre maior e vai contribuir com ramos mamários laterais. serreado anterior. • Irriga o m. . os Peitorais. Subescapular e os gânglios linfáticos axilares. que vão curvar em torno do bordo lateral do m. • Dirige-se para a parede torácica ao nível do 5º espaço intercostal. peitoral maior e contribuir para a irrigação da mama. o m.Artéria Torácica lateral • Ramo da 2ª parte.

Artéria Torácica lateral .

• Tem origem junto do bordo inferior do m. Subescapular . • Divide-se em 2 ramos : .Artéria Subescapular • Ramo da 3ª parte e o maior dos ramos da artéria axilar.Artéria Toracodorsal .Artéria Circunflexa da omoplata .

Esta artéria contribui com ramos para os m.Ramos da Artéria Torácica lateral • Artéria Circunflexa da omoplata: dirige-se posteriormente. • Artéria Toracodorsal: vai acompanhar o nervo que se dirige para o m. Serreado anterior. Entra na fossa infraespinhosa e anastomosa-se com a artéria supraescapular. Redondo maior e Intercostais. curvando-se em torno do bordo lateral da omoplata. . Grande dorsal.

Artéria Subescapular .

• Tem origem junto do bordo inferior do m. • Dirige-se horizontalmente e anteriormente ao colo cirúrgico do úmero . . • Profundamente cruza-se com a circunflexa posterior do úmero.Artéria Circunflexa Anterior do Úmero • Ramo da 3ª parte . Subescapular .

Artéria Circunflexa Anterior do Úmero .

Artéria Circunflexa Posterior do Úmero • Ramo da 3ª parte. • Tem origem junto do bordo inferior do m. . • Cruza o espaço quadrangular. • Dirige-se posteriormente. Subescapular. acompanhando o nervo axilar.

Artéria Circunflexa Posterior do Úmero .

• Inicia-se na margem inferior do músculo redondo maior e termina na fossa cubital oposta ao colo do rádio. .Artéria Braquial • Continuação da artéria axilar. • Divide-se em artéria cubital e radial – Ramos Terminais • Apresenta também ramos colaterais. • Esta artéria é relativamente superficial e palpável.

Ramos Colaterais da Artéria Braquial • Artéria Braquial Profunda .Artéria Colateral Medial • Artéria Colateral Cubital Superior • Artéria Colateral Cubital Inferior • Ramos Musculares • Artéria Nutritiva .Artéria Colateral Radial .

• Acompanha o nervo radial através do sulco do nervo radial e passa em torno do corpo do úmero. • Esta artéria divide-se em ramos descendentes anteriores e posteriores que participam nas anastomoses arteriais em torno do cotovelo.Artéria Braquial Profunda • Esta artéria é o maior ramo da artéria braquial. .

Artéria Braquial Profunda .

terminando. participando também na referida anastomose. • Vai acompanhar o nervo cubital. . depois. Flexor cubital do carpo.Artéria Colateral Cubital Superior • Tem origem um pouco distal ao ponto médio do braço. profundamente ao m. perfurando o septo intermuscular medial e.

Artéria Colateral Cubital Superior .

Braquial. entre o nervo mediano e o m.Artéria Colateral Cubital Inferior • Vai dirigir-se medialmente. perfura o septo intermuscular. • Passa inferomedialmente e anterior ao epicondilo mediano do úmero e junta-se as anastomoses da região do cotovelo anastomatizando com a artéria cubital recorrente anterior. • Surge da arte braquial aproximadamente 5 cm da dobra do cotovelo. .

Artéria Colateral Cubital Inferior .

• A artéria corre distalmente no canal em direcção ao cotovelo.Artéria Nutritiva • Origina-se na artéria braquial ao redor do meio do braço e entra no canal nutricio na face Antero medial do úmero. .

Artérias do Ante-Braço • Artéria Cubital • Artéria Radial .

Artéria Cubital • É o maior dos ramos terminais da artéria braquial. Inicia-se na fossa cubital próximo do colo do rádio. • Os ramos suprem os músculos mediais no antebraço e na mão. a bainha sinovial dos flexores comuns e o nervo cubital. . imediatamente medial ao tendão do musculo bicípite braquial.

Ramos da Artéria Cubital • Artéria recorrente anterior • Artéria interóssea comum • Artéria interóssea anterior • Artéria Recorrente Posterior • Ramos musculares da artéria cubital .

participando em anastomoses arteriais em torno do cotovelo.Artéria recorrente anterior cubital • Origina-se da artéria cubital imediatamente abaixo da articulação do cotovelo e corre superiormente entre os músculos braquial e pronador redondo • Anastomosa-se com a artéria colateral cubital inferior. .

• Supre os músculos adjacentes e depois participa das anastomoses artérias em torno do cotovelo. . • Passa superiormente posterior ao epicondilo medial onde se situa profundamente ao tendão do músculo flexor cubital do carpo.Artéria Recorrenre Posterior Cubital • Origina-se da artéria cubital distal ao ramo anterior da artéria recorrente cubital.

Ramos da Artéria Cubital .

Artéria interóssea comum • Ramo curto da artéria cubital origina-se na parte distal da fossa cubital e divide-se na artéria interóssea anterior e posterior. Perfura a membrana interóssea e continua em direcção ao pulso na face posterior da membrana interóssea . Artéria interóssea anterior • Passa distalmente na face anterior da membrana interóssea para a margem proximal do músculo pronador quadrado.

que passa superiormente. posterior ao epicôndilo lateral. • Supre os músculos adjacentes e depois emite a artéria recorrente interóssea.Artéria interóssea posterior • Passa posteriormente entre o rádio e o cúbito imediatamente proximal a membrana interóssea. e participa das anastomoses arteriais em torno do cotovelo. .

Ramos da Artéria Cubital .

• Apresenta os seguintes ramos: .Ramo palmar superficial da artéria radial .Ramos musculares . inicia-se na fossa cubital próximo do colo do rádio.Artéria Radial • É menor que a artéria cubital.Ramos carpal dorsal e palmar da artéria radial .Artéria radial recorrente .

Supre estes músculos e a articulação do cotovelo anastomosa-se com a artéria colateral radial.Ramos da artéria radial Ramos musculares • Suprem os musculos extensores e flexores situados no lado lateral do antebraço. . Artéria recorrente radial • Origina-se do lado lateral da artéria radial imediatamente distal a sua origem e sobe entre os músculos braquiorradial e braquial.

.Ramos da artéria radial Ramo palmar superficial da artéria radial • origina-se na extremidade distal do rádio. Ramo carpal dorsal da artéria radial • corre medialmnete através da face dorsal do pulso. Ramo carpal palmar da artéria radial • é um pequeno ramo que se origina próximo da margem distal do músculo pronadar quadrado. proximal ao pulso.

Artérias da Mão • Artéria Cubital • Artéria Radial .

anterior ao m. Flexor do retináculo.Artéria Cubital • Entra na mão. • É lateral ao nervo ulnar. • Apresenta 2 ramos terminais ▫ Arco palmar superficial -Artérias digitais palmares comuns ▫ Arco palmar profundo -Artérias metacarpais palmares .

• Arco palmar .

formando o arco palmar profundo (Este arco é formado essencialmente pela artéria radial e situa-se sobre os metacarpais.Artéria Radial • Curva-se dorsalmente em torno dos ossos escafóide e trapézio. ) • Dá origem às três artérias metacarpais . • Anastomosa-se com o ramo profundo da artéria cubital .

▫ Não acompanham artérias. ▫ É nestas veias que se faz aplicação de injeções endovenosas. volumosas e de fácil visualização. . com as quais partilham o mesmo nome.Veias do Membro Superior • Veias Superficiais ▫ Veias subcutâneas. • Veias Profundas ▫ Acompanham as artérias.

Veias Superficiais do Membro Superior • Veia Cefálica • Veia Basílica .

Veia Cefálica • Ascende no tecido subcutâneo a partir da face lateral da rede dorsal venosa. a qual passa obliquamente através da face anterior do cotovelo na fossa cubital. . unindo-se à veia basílica. • A veia cefálica flui superiormente entre o deltóide e o peitoral maior ao longo do sulco deltopeitoral e entra no triângulo clavipeitoral. orientando-se ao longo da margem lateral do pulso e da superfície antero-lateral do antebraço e braço. • Anterior ao cotovelo. a veia cefálica comunica com a veia cubital mediana.

por vezes.Veia Basílica • Ascende no tecido subcutâneo a partir do fim da rede venosa dorsal ao longo do lado mediano do antebraço e a parte inferior do braço. numa veia basílica mediana que se junta a veia basílica e a veia cefálica mediana que se liga a veia cefálica. curva à volta do lado lateral do pulso e ascende no meio da face anterior do antebraço entre veia cefálica e a basílica. • A altamente variável veia mediana ante-braquial começa na base do dorso do polegar. • Depois passa profundamente perfurando a fáscia profunda do braço e corre superiormente paralela à artéria braquial até à axila onde se funde com as veias acompanhantes da artéria axilar para formar a veia axilar. . Esta veia divide-se.

Veias Superficiais do Membro Superior .

. formada pela união da veia braquial com a veia basílica. • Veia Axilar. na margem inferior do músculo redondo maior.Veias Profundas do Membro Superior • Veia Braquial.

Veia Braquial • Inicia-se no cotovelo pela união das veias acompanhantes da artéria cubital e radial e termina emergindo com a veia basílica para formar a veia axilar. .

• Localiza-se anterior e medialmente à artéria axilar ao nível da margem externa da 1ª costela vai continuar-se como veia subclávia.Veia Axilar • A veia axilar é uma veia profunda. redondo maior. • Como a artéria axilar está dividida em 3 partes. • Esta veia larga é formada pela união da veia braquial e a veia basilar no bordo inferior do m. .

Veias do AnteBraço • Veias Superficiais • Veias Profundas ▫ Veia radial ▫ Veia cubital ▫ Veias interósseas .

que nascem as veias radial e cubital.Veias da Mão • Arcos palmares superficiais e profundos associados com os arcos arteriais superficiais e profundos palmares drenam para as veias profundas do ante-braço. • É a partir do arco do arco venoso palmar profundo na mão. • As veias dorsais digitais drenam para três veias dorsais metacarpais que se unem para formar a rede venosa dorsal. .

Veias da Mão .

com/watch?v=G_wxtusgovU .youtube.FIM http://www.