You are on page 1of 5

DÚVENDOR - UM TRIBUTO A TOLKIEN

WWW.DUVENDOR.HPG.COM.BR

Os Flagelos de Morgoth O Quenta Silmarillion conta como, na Primeira Era do Sol, Morgoth, o Inimigo Negro escondeu-se nos Abismos de Angband e forjou suas obras-primas do mal a partir da chama e da bruxaria. Essas jóias tenebrosas do gênio de Morgoth eram os Grandes Vermes chamados Dragões. Ele os fez de três tipos: aqueles que eram como grandes serpentes que rastejavam, aqueles que caminhavam sobre pernas e aqueles que voavam, dotados de asas como as do morcego. Dessas raças havia dois tipos: os Dragões Gelados, que lutavam com presas e garras, e os miraculosos Urulóki ou Dragões Ígneos, que destruíam com sopros de chama. Todos os Dragões eram a corporificação dos piores males dos Homens, Elfos e Anões, e, portanto eram hábeis na destruição dessas raças. Os próprios Dragões eram como grandes exércitos que trabalhavam no sentido dos objetivos de Morgoth. Os répteis eram de um poder e tamanho imenso e eram protegidos por escamas de ferro impenetrável. Suas presas e garras eram como lanças e espadas, e seus calcanhares podiam esmagar a parede de escudos de qualquer exército. Os Dragões Alados varriam a terra abaixo de suas asas como furacões, e os Dragões Ígneos sopravam chamas verdes e escarlates que lambiam a terra e destruíam tudo em seu caminho. Os Dragões portavam outros poderes mais sutis além do poder da força. Sua visão era mais acurada que a do falcão e nada do que vissem podia escapar-lhes. Eles possuíam uma audição que podia capturar o som da mais leve respiração do mais silencioso dos inimigos, e um faro que lhes permitia nomear qualquer criatura pelo mais leve cheiro da sua carne. A inteligência dos Dragões era famosa, assim como a sua paixão por propor e resolver enigmas. Dragões eram antigas serpentes, e, portanto eram criaturas de enorme esperteza e conhecimento, mas sem sabedoria, pois sua inteligência era obscurecida por sua soberba, gula, cobiça, falácia e fúria. Tendo sido criados principalmente a partir de elementos de fogo e bruxaria, os Dragões temiam a água e preferiam a escuridão à luz do dia. Sangue de dragão era negro e mortalmente venenoso, e os vapores do seu corpo de verme eram de enxofre escaldante e limo. Seus corpos brilhavam sempre com uma chama forte, como uma pedra preciosa. Sua risada era mais profunda que as profundezas de uma nascente e fazia as próprias montanhas tremer. Os olhos dos Dragões emitiam raios de luz rubi ou luziam como raios vermelhos quando encolerizados. Suas cruéis vozes de réptil eram sussurros ásperos e, combinadas com a intensidade do olho da serpente, invocavam o feitiço de Dragão que dominava inimigos desavisados e os fazia querer se render à espantosa vontade da fera. O primeiro dos Dragões de Fogo, os Urulóki, a ser criado por Morgoth em Angband foi Glaurung, Pai dos Dragões. Depois de apenas um século sendo criado e crescendo nas cavernas, Glaurung irrompeu em fúria ardente do portão de Angband e apareceu para um mundo espantado. Os elfos que guardavam Angband ficaram deveras espantados com Glaurung, muitos simplesmente fugiram dele com medo de seu hálito de fogo e seus olhos penetrantes. Mas uma guarda de arqueiros élficos montada fez um círculo ao redor de Glaurung, e suas longas flechas eram fortes a ponto de penetrar na couraça do dragão que teve que fugir de volta a Angband ou ser morto, pois neste momento Glaurung ainda eram jovem e não tinha sua pele suficientemente

Os Dragões

A História dos Dragões

1

e não prestaram mais atenção aos seus inimigos. quando Glaurung o Grande Verme. era seu costume usar em combate grandes máscaras.DUVENDOR. e com os demônios de Morgoth. Este foi o começo da Quarta Batalha nas Guerras de Beleriand que ficou conhecida como a Batalha da Chama Súbita. pois nessa altura ele tinha (da maneira misteriosa dos Dragões) dado origem a uma ninhada de Dragões Ígneos e Dragões Gelados menores para segui-lo na guerra. Feliz ficará teu pai ao saber que tem tal filho. Dizem as lendas que a última de todas as forças a permanecer firme foi a dos anões de Belegost. e quando na sua ira Glaurung se voltou e derrubou Azaghâl senhor de Belegost. Morgoth. horríveis à vista. e rastejou sobre ele. Para Glaurung o seu ataque não passava de uma aventura adolescente .um teste juvenil de poder. Apesar de não pertencer à raça alada que mais tarde surgiria. sob o encantamento de Glaurung. que eram como olhos de serpente. ganhou fama pois os Naugrim suportavam o fogo mais valentemente do que os Elfos ou os Homens e. pois ele havia planejado que os Dragões deveriam crescer até o seu poder total antes de revelá-lo para o Mundo desavisado. que saiu correndo em busca de sua família sem nem ao menos pensar no que estava fazendo. Se não fossem eles Glaurung e sua prole teriam destruído tudo quanto restava dos Noldor. e as feras de Angband. Tanto exércitos de Elfos como de Homens caíram diante desse ataque furioso. e nem a sua poderosa armadura resistiu totalmente aos golpes dos seus grandes machados. Então os anões levantaram o corpo de Azaghâl e levaram-nos com passos lentos. estava descontente com Glaurung por sua impulsividade. no auge do seu poder. Mas os Naugrim fizeram um círculo à volta dele quando os assaltou. e legiões negras de orcs inumeráveis. Glaurung foi também a principal arma de Morgoth durante ataques a fortalezas élficas.COM. e de tal modo o feriu que ele fugiu do campo de batalha. Na Quinta Batalha. Assim a primeira aparição do Verme de Morgoth foi rápida e mal causou danos. e assim mesmo uma dura provação aos Noldor que cercavam Angband. Glaurung causou uma destruição ainda mais terrível. como se fora uma pompa fúnebre na sua terra. Ele queimou e tornou selvagens as terras dos Elfos em Hithlum e Dorthonion antes de Fingon. Então. Quando ocorreu o saque a Nargothrond. o Verme de Morgoth estava lá. sua força mal estava desenvolvida e sua armadura de escamas ainda estava penetrável às armas. Então Glaurung falou novamente: “Ruins tem sido teus atos. E Túrin. Glaurung era o maior terror da sua época. príncipe de Hithlum. Túrin.UM TRIBUTO A TOLKIEN WWW. vendo que todos s elfos de Nargothrond haviam sido mortos ou aprisionados e que Túrin não o incomodaria mais por longo tempo. com o último alento Azaghâl cravou-lhe uma faca na barriga. por isso. ademais. Apesar de ter sido terrível para os Elfos.HPG. e imediatamente ficou sob o encanto do dragão. que tinham vindo lutar contra o inimigo comum. e glaurung riu-se disso. tê-lo feito recuar. Expeliu fogo que queimou tudo a seu redor. escutou e acreditou nestas palavras. Glaurung avistou Túrin e falou: “Salve filho de Húrin. mas tu não te importas com isso. e nenhum ousou detê-los. os Balrogs. apavoradas fugiram atrás dele. Andas como um príncipe enquanto tua irmã e mão caminham pela terras ermas como mendigas. Devido a isso Morgoth manteve Glaurung dentro de Angband por outros dois séculos antes de soltar os Urulóki. chamada de Batalha das Lágrimas Incontáveis. ele quebrou o cerco a Angband e trouxe desespero aos Elfos. Sem medo Túrin sustentou-lhe o olhar enquanto erguia a espada.BR endurecida. ordenou a todos os orcs que estavam ocupados A História dos Dragões 2 . filho de Húrin. e ninguém podia suportar a chama do Dragão a não ser os Anões de Belegost. enlouquecido de ódio atacou Glaurung que ficou parado e abriu por completo seus olhos. caminharam atrás dele a cantar em voz profunda. e isso dava-lhes vantagem contra os dragões. Vendo que suas mentiras tiveram efeito Glaurung libertou Túrin. que. pois há de sabe-lo”. liderou as forças de Morgoth na batalha contra os Altos Elfos de Beleriand. Seu grande tamanho e seu fogo abrasador abriram um caminho entre os exércitos de seus inimigos.DÚVENDOR . Glaurung decidiu fazer sua a fortaleza semi-destruída. no entanto. bom encontro”.

Tão grande foi a derrota dos Dragões na Grande Batalha que apenas na Terceira Era do Sol que as histórias da Terra-média falam novamente de Dragões. mas a força na batalha não era o único poder que o monstro conhecia. "Mandíbulas Impetuosas" é o significado do seu nome. mas antes teve tempo de amaldiçoar novamente Túrin e Nienor. Com isso morreu Glaurung. o "Narn i Hîn Húrin" relata com ele foi morto pelo mortal Túrin Turambar. mas um jato de sangue negro e venenoso saiu com ela e queimou-lhe a mão. por isso e pela dor do ferimento desfaleceu. O dragão encontrava-se em Cabed-en-Aras. onde ficou se debatendo em espasmos e jatos de fogo que levaram a ruína todo o vale a sua volta. o Sol nasceu. e foram as palavras finais do dragão que causaram suas mortes. Depois destruiu a ponte de pedra sobre o Narog e reuniu todo o tesouro e riquezas de Finrod. sua irmã. o Grande Verme de Morgoth e flagelo de elfos e homens. e tão súbito e ruinoso foi o aparecimento dessa temível esquadra que a hoste dos Valar recuou. O maior de todos os dragões das Montanhas Cinzentas era aquele chamado Scatha o Verme. ofuscante em uma chama branca. Morgoth usou Glaurung para manter territórios que conquistava.HPG. que foram destruídas pela ruína do dragão. Dos fossos de Angband saíram os dragões alados. que nunca tinham sido vistos antes. pois logo depois muitos Dragões Gelados voltaram às Montanhas Cinzentas. Então. morre agora e que a escuridão te devore. Quando Glaurung sentiu o golpe mortal soltou um berro medonho e caiu no abismo. segundo consta. e então. comandante da Éothéd.DÚVENDOR . Este era o guerreiro Fram. e as forças dos Valar desceram às profundezas da terra. que expulsou os anões de suas mansões aterrorizados. Nesse tempo eles habitavam as regiões desertas além das Montanhas Cinzentas do Norte. Túrin desembaiou sua espada. a hoste dos Valar predominou e quase à noite todos os dragões estavam destruídos.BR saqueando Nargothrond que parassem e recusou-lhes o que haviam roubado até a última moeda. e à volta de Vingilot estavam reunidas todas as grandes aves do céu. Contudo. Anos depois de Glaurung ter saqueado e devastado o reino de Nargothrond. A História dos Dragões 3 . assim fica vingado Túrin. Glaurung era agora o novo Senhor de Nargothrond. Porém um príncipe dos Homens ficou e lutou. estando abaixo de seu ventre desprotegido o atacaria e mataria. o mais poderoso da hoste dos dragões.DUVENDOR. filho de Húrin”. Glaurung morreu instantes depois. e arremessou do céu. e ele caiu nas torres de Thangorodrim. pois a vinda dos dragões foi acompanhada de grande trovoada e relâmpagos e de uma tempestade de fogo. filho de Frumgar. onde o rio corria numa garganta profunda e estreita que poderia ser ultrapassada apenas por um salto de gamo. fez com elas um monte e deitou-se sobre ele no maior de seus salões. matou Ancalagon. Túrin caminhou até onde estava a carcaça de Glaurung. o Negro. e Scatha foi morto por suas mãos. E. e sua majestade voraz devastou o exército do Ocidente na Grande Batalha e a Guerra da Ira no final da Primeira Era do Sol. foi um alívio apenas temporário do terror que se escondia nas montanhas. Gurthang. sua cobiça os trouxe à riqueza escondida dos Sete Reis dos Anões. travou-se combate no ar durante todo o dia e uma negra noite de dúvida. Depois arrancou a espada. agarrou sua espada e zombou do dragão: “Salve verme de Morgoth. Antes do nascer do Sol. Glaurung ainda não estava morto e abriu os olhos olhando Túrin com tal perversidade que ele sentiu como uma pancada. e Thorondor era o seu capitão. Ele trouxe muitos para o seu controle com o poder dominador do seu olho de serpente e a sua hipnótica fala.COM. Mas Eärendil chegou. o maior Dragão que um dia entrou no Mundo era aquele chamado Ancalagon o Negro. e todas as minas de Morgoth foram atacadas. Túrin decidiu que esperaria Glaurung passar. Apesar da defesa dos Anões ser valente e forte. Mas apesar de Glaurung ser chamado de Pai dos Dragões. e com toda a força de seu braço e ódio cravou-a no ventre mole do verme de Morgoth. esse é um feliz reencontro. pai dos dragões. eles foram esmagados.UM TRIBUTO A TOLKIEN WWW. Eärendil. um por um seus guerreiros caíram e as ricas e auríferas Montanhas Cinzentas foram deixadas inteiramente para os Dragões.

O primeiro sinal dele da vinda de Smaug foi um barulho como um furacão vindo do norte. guiado pelo segredo da fraqueza do Dragão. a Montanha Solitária. virou-se e caiu das alturas. e os pinheiros das montanhas chiando e estalando com o vento. ele saiu em fúria e jogou o seu fogo sobre a terra. a triste história de sempre.DÚVENDOR . Esse Dragão Ígneo chamado Smaug o Dourado era imenso e tinha asas de morcego e era uma maldição de terror para os Anões e para os Homens. Por vingança. Então ele desceu as encostas e. deixou que diamantes e gemas afiadas incrustassem no seu ventre. quando atingiu a floresta ela se incendiou inteira. sua barriga brilhou. usando de esperteza o Hobbit Bilbo Baggins descobriu o único ponto no largo ventre da fera que não estava coberto de jóias. por dois séculos. a cronologia das Terras Ocidentais relata que o mais poderoso Dragão dessa Era veio do Norte para o grande reino dos Anões em Erebor. jóias élficas e gemas trabalhadas. Caiu bem em cima da cidade. enquanto ele deitava estirado sobre a riqueza do seu tesouro. foi até Esgaroth no Lago Comprido. e dorme sobre ela como se fosse uma cama. a Montanha Solitária. O lago invadiu-a com um rugido. derrotado. e muitas esmeraldas. tão violento foi seu vôo. Ali entrou e sumiu. como toda a sua raça. e ele pegou toda a riqueza deles para si.UM TRIBUTO A TOLKIEN WWW. ouro e pedras. o dragão pousou na montanha num jato de fogo. Com sua chama de Dragão abrasadora. Depois disso. Provavelmente. Quando atingiu o lago o calor do seu corpo levantou ondas de vapor.HPG. e um mercenário hobbit que se chamava Bilbo Baggins. mas por cautela ele também tinha protegido seu ventre macio da batalha. onde o aço afiado poderia penetrar. com escamas de ferro. Esse Dragão Ígneo chamado Smaug o Dourado era imenso e tinha asas de morcego e era uma maldição de terror para os Anões e para os Homens. branca. Smaug arremessou-se em chamas pelo ar. safiras e diamantes. Naquele momento todos os sinos estavam repicando em Vale e os guerreiros estavam se armando. Nenhum escapou por ali. doze Anões liderados pelo rei legítimo de Erebor. A flecha negra voou da corda. tão forte era o calor que guerreiros chegavam a fugir A História dos Dragões 4 . Smaug arruinou a cidade dos homens de Dale e quebrou a porta e a muralha do Reino Anão na Montanha Solitária. no ano de 2941 uma companhia de aventureiros veio até a montanha. farpa. mas lá estava o dragão à espera deles. e túneis. becos. valente e forte. haste e pena. Os Anões fugiram ou foram destruídos e Smaug tomou as riquezas do lugar. não restaram anões vivos no lado de dentro. chamado de Bard o Arqueiro que. perto de onde saía a pata dianteira. direto para o vazio no lado esquerdo do peito. Depois voltou e se arrastou através do Portão Dianteiro e saqueou todos os salões e alamedas. a última mais baixo do que nunca e. derrubou árvores e partiu pedras. Com sua chama de Dragão abrasadora. O rio se ergueu em vapor e um nevoeiro cobriu Vale. Quando Smaug foi encolerizado pelos aventureiros. isso era muito comum naquela época. no momento em que se voltava para o mergulho. mansões e corredores. as chamas das gemas faiscando no luar . Eles aproximaram-se do Dragão em segredo e ficaram espantados. e desta forma curou sua única fraqueza. Smaug reinou em Erebor sem ser desafiado. adegas. Thorin Escudo-de-Carvalho.COM. Assim.DUVENDOR. Assim. No século 28 da Terceira Era.exceto em um ponto. Os anões correram para fora pelo seu grande portão. Com um guincho que ensurdeceu os homens. uma vez que os Homens do Lago haviam ajudado os aventureiros.BR No século 28 da Terceira Era. Smaug arruinou a cidade dos homens de Dale e quebrou a porta e a muralha do Reino Anão na Montanha Solitária. O grande arco zuniu. pois esse é o jeito dos dragões. a cronologia das Terras Ocidentais relata que o mais poderoso Dragão dessa Era veio do Norte para o grande reino dos Anões em Erebor. Alguns dos anões por acaso estavam do lado de fora quando. mithril e prata. No entanto. uma vez que Smaug era maior do que poderiam ter imaginado e brilhava vermelho-dourado com uma fúria viperina. lá vivia um Nórdico. Smaug havia se tornado "Rei sob a Montanha". empilhou tudo num grande monte bem no interior da montanha. Seus últimos espasmos transformaram-na em centelhas e brasas. de uma boa distância. Smaug arremeteu contra a Cidade do Lago várias vezes. Ele também era protegido. e no nevoeiro o dragão avançou sobre eles e destruiu a maioria dos guerreiros.

tomaram-se de pavor pela água na qual o dragão jazia. Ele nunca mais retornaria ao seu leito de ouro. apesar de magníficas. retorcido sobre o fundo dos baixios. e ninguém atrevia-se a mergulhar na água gelada ou resgatar as pedras preciosas que caíam de sua carcaça putrefata.BR das proximidades da água. em meio ás pilastras arruinadas da velha cidade.DÚVENDOR . o maior dos Dragões da Terceira Era. A História dos Dragões 5 . durante eras. Ali. o Vermelho.UM TRIBUTO A TOLKIEN WWW.DUVENDOR. mas nenhuma notícia chegou aos Homens da Terra-média falando novamente dessas criaturas maléficas. Corriam rumores que os Dragões continuaram por muitos séculos a habitar o Deserto Nórdico além das Montanhas Cinzentas. E daquela época em diante. Assim morreu Smaug. Mas poucos ousavam atravessar o ponto amaldiçoado. mas estava frio como pedra. seus enormes ossos podiam ser vistos quando o tempo era bom.COM.HPG.