1

Exercícios Bioenergéticos – Técnicas de relaxamento TÉCNICA DO LAGO DE ÁGUAS MORNAS * Visualize uma floresta. * Caminhe calmamente pela mata, concentrando-se na energia que sobe da terra pelos seus pés. * Respire profundamente o ar puro da natureza. * Visualize na sua frente um lago de águas mornas. * Veja o vapor que sai deste lago. * Aos poucos, entre neste lago. * Sinta a gostosa sensação da água morna aquecendo seu corpo. * Comece a boiar. * Nesta posição (boiando), sinta os raios de sol aquecendo a parte da frente de seu corpo e ao mesmo tempo, sinta a água morna aquecendo a parte de trás de seu corpo. Isto é, sinta o calor da água e o calor do sol. * Mantenha-se assim por um tempo, sentindo uma sensação agradável de calor tomar conta de você. * A seguir, saia do lago e imagine que os raios solares estão secando seu corpo e ao mesmo tempo, estão recarregando-o energeticamente. * Imagine que os raios solares entram pelo topo de sua cabeça e preenchem todo seu corpo de energia e contentamento. * Aos poucos, você vai se sentindo totalmente revitalizado e cheio de energia! TÉCNICA DO KRISHNA * Visualize que você está dentro de um enorme losango. * Comece a exteriorizar uma energia azulada em forma de vapor. * Visualize que aos poucos, o losango vai ficando totalmente preenchido por esta luz azul. * Procure absorver e respirar esta energia azul, sentindo esta atmosfera bem sutil e relaxante. * Visualize agora que ao seu lado começa lentamente a se plasmar a figura de um ser azul. * Aos poucos, este ser vai ganhando forma e você percebe que é o Sr. Krishna. * Visualize que ele está sorrindo para você.

2

* Agora, Ele vem em sua direção e lhe dá um abraço extremamente amoroso. * Sinta a energia e o carinho deste abraço entrando em seu peito, causando muita alegria e paz. * Após isso, despeça-se do Sr. Krishna com "Namastê", sentindo-se muito bem! TÉCNICA DO CHAFARIZ ENERGÉTICO * Visualize à sua frente um rio muito bonito. * Chegue perto deste rio e coloque seus pés na água. A água pode estar na temperatura que você desejar (quente, morna ou fria). * Visualize que um pouco da água deste rio sobe pelos seus pés e pernas, chegando até a altura do seu chacra básico, limpando totalmente qualquer bloqueio neste chacra. * Visualize agora que esta água continua subindo, chegando agora na altura do seu chacra sacro. Visualize então que esta água começa a sair pela boca da frente e também pela boca de trás do seu chacra, limpando-o totalmente. * A água sobe mais um pouco e chega até seu chacra umbilical, desaguando pela parte da frente e de trás deste chacra. * Agora a água chega no seu chacra cardíaco e desagua pela frente e por trás, limpando totalmente qualquer bloqueio nesta região. * A água sobe mais um pouco e chega até seu chacra laríngeo. E da mesma maneira, ela sai pela parte da frente e de trás, desbloquendo totalmente sua garganta. * Agora a água chega no seu chacra frontal e também desagua pela frente e por trás, limpando totalmente a região da sua testa. * E por fim, a água sobe por toda a sua coluna e chega até seu chacra coronário, formando um chafariz de luz. * Imagine que este chafariz vai aumentando de tamanho e vai molhando aos poucos todo seu corpo por fora, com esta água energética, curativa e relaxante... Até que você se sinta totalmente equilibrado e energizado. TÉCNICA DO CHÁ * Prepare um chá de sua preferência. * Escolha uma música bem tranqüila e suave. * Sente-se em uma posição bastante confortável e procure relaxar seu corpo e mente. * De olhos fechados, comece a tomar o chá gole por gole, bem devagar. * E aos poucos, relaxe seu corpo enquanto absorve o calor do chá.

3

* Imagine agora que este chá é um líquido totalmente dourado. * Concentre-se em cada gole, sem pressa alguma. * Imagine que por onde o chá passa, deixa um rastro todo dourado, que vai se espanhando em seu interior. * Sinta a gostosa sensação do chá aquecendo-o por dentro. * Imagine que aos poucos você vai ficando todo dourado por dentro. * Faça isso com bastante calma e suavidade. * A seguir, comece a exalar este dourado por todos os seus poros. Deste modo, você começa a ficar dourado por fora também. * Exteriorize essa luz dourada com muito sentimento, na intenção de que esta energia possa se estender a todas as pessoas e ajudá-las de alguma maneira. * Por fim, agradeça amorosamente aos amparadores e fique bem! TÉCNICA DAS BOLHAS ENERGÉTICAS * Imagine ao seu redor um monte de bolhas coloridas, como bolhas de sabão. * Visualize atentamente o brilho destas bolhas. * Coloque agora dentro de cada bolha um sorriso de criança. * Sinta ao seu redor toda a alegria que estes sorrisos estão emanando. * Visualize agora que estas bolhas ao tocarem o chão, transformam-se em um líquido energético, brilhante e colorido. * Estas bolhas também lhe tocam, desfazendo-se e molhando seu corpo com este líquido brilhante e colorido. * Procure sentir estas bolhas tocando seu rosto, seu cabelo e todo seu corpo. * Aos poucos, você vai ficando todo colorido e brilhante. * Sinta que você, de algum modo, absorve todos os sorrisos contidos nas bolhinhas e sente esta atmosfera de contentamento envolvê-lo completamente. * Fique por um momento usufruindo desta sensação de paz, alegria e muita luz! * A seguir, visualize uma enorme bolha muito brilhante envolver seu corpo todo. * Sinta que você está dentro dela, absorvendo sua energia! * E agora, visualize que esta bolha explode, irradiando luz por todos os lados. * Procure imaginar uma explosão energética, bem grande que emana um brilho colorido muito intenso e bonito, um verdadeiro espetáculo de cores!...

4

* Por fim, com o coração radiante, deseje que toda esta luz seja compartilhada com todo o Universo, numa verdadeira comunhão cósmica de paz, amor e alegria!... TÉCNICA DO AMPARADOR * Visualize um jarro bem em cima de sua cabeça. * Imagine que este jarro contém um líquido brilhante da cor lilás. * Despeje este líquido em cima de sua cabeça. * E aos poucos, sinta que este líquido vai tranquilizando-o, até que você fique totalmente lilás. * Agora, você começa a exalar um vapor lilás, muito sutil e suave. * Imagine que seu campo áurico está totalmente lilás. * Visualize agora à sua frente a figura do seu amparador. * Imagine que você e ele estão dentro de uma cúpula lilás, bastante suave e brilhante. * Dê um abraço em seu amparador e sinta toda a amizade que ele sente por você. * Agradeça de coração por tudo, do seu modo... * Agradeça por tanta dedicação, paciência, amor e carinho. * Deixe-se envolver por completo por este sentimento de união e bem-querer. * Peça perdão por alguma coisa. * Leve consigo a certeza da ajuda de seu amparador e sempre que possível, procure envolvê-lo mentalmente em um abraço de luz, cheio de agradecimento e amor. TÉCNICA DA VELA * Antes de começar qualquer exercício energético, procure ficar bem sereno. * Se possível, coloque uma música bem suave que possa tocar seu coração e trazer-lhe alguma inspiração... * Respire profundamente, sem acelerar a respiração. Apenas, concentre-se no ar entrando em seus pulmões suavemente, fazendo com que você vá relaxando aos poucos. * Procure ficar em uma sintonia elevada, bem sutil e amorosa. * Quando sentir que seus pensamentos estão tranqüilos e seu coração está tranqüilo, comece o exercício: * Visualize em seu peito uma pequena vela da cor que você quiser.

5

* Concentre-se na chama desta vela e sinta que este pequenino fogo aquece seu peito, limpa seus bloqueios, causando uma gostosa sensação de bem-estar e tranqüilidade. * Fique assim por um tempo. * Visualize agora que esta vela começa a exalar uma fumaça cor de rosa, que sai do seu peito e segue em direção à sua testa. * Concentre-se então nesta fumaça saindo do seu chacra cardíaco e entrando em seu chacra frontal, bem suavemente. * Aos poucos, sua cabeça vai ficando totalmente preenchida por esta energia rosa, muito amorosa e sutil. * Sinta sua cabeça pulsar e se expandir, envolvida por esta luz rosa suave e brilhante. * Fique um tempo visualizando que seu coração irradia luz rosa para sua cabeça, com muito amor e carinho... * E, sinta como isso faz bem... TÉCNICA DA BOLA COLORIDA * Junte as mãos como se você fosse fazer uma prece. * Aos poucos, vá afastando as mãos, imaginando uma bola de energia entre elas. * Comece a girar as mãos, imaginando esta bola de luz vai aumentando de tamanho. * Concentre-se na cor vermelha e imagine que um raio de luz vermelha que vem de cima, desce até a bola. * Faça o mesmo com a cor laranja, depois a amarela, verde, azul claro, azul índigo e lilás. * Feito isso, com bastante calma, sua bola estará totalmente multi-colorida, com reflexos de todas as cores do arco-íris. * Leve esta bola por cima de sua cabeça e a interpenetre calmamente. * Imagine que ao passar com a bola por cada chacra, ele se alimenta da cor correspondente. Isto é, o chacra coronário absorve a cor violeta contida na bola. * Continue descendo a bola. Agora, ela passa pelo seu chacra frontal, que absorve a cor azul índigo. * A bola desce mais um pouco, passando pelo chacra laríngeo, que absorve a cor azul claro. * A bola continua descendo e passa pelo seu chacra cardíaco, que absorve a cor verde.

6

* Agora, a bola passa pelo seu chacra umbilical, que absorve a cor alaranjada. * A bola passa pelo seu chacra sacro, que absorve a cor amarela. * E por fim, a bola chega em seu chacra básico que absorve a cor vermelha. * Deste modo, seus chacras estão brilhantes e coloridos.

TÉCNICA DA ESMERALDA * Visualize um vapor da cor branca envolvendo lentamente toda sua cabeça. * Imagine que este vapor começa a se condensar e aos poucos vai formando um turbante branco, totalmente brilhante. * Fique um tempo prestando atenção na sua cabeça envolvida neste turbante branco e brilhante. * Agora, visualize em seu chacra frontal uma esmeralda muito brilhante. * Concentre-se nesta esmeralda e sinta que ela pulsa e irradia muita luz. * Seu chacra frontal começa a pulsar no mesmo ritmo da pulsação da esmeralda. * Concentre-se agora no mantra "Sri Ramatis" no meio de sua testa. * Fique assim por um momento, concentrado ao mesmo tempo no turbante branco, na esmeralda e no mantra. TÉCNICA DA MANDALA EM FORMATO DE ESTRELA -grupo * Sentem-se um ao lado do outro e dêem-se as mãos. * Percebam que vocês estão formando uma mandala em formato de estrela de 6 pontas, onde cada um de vocês é uma ponta desta estrela. * A estrela de 6 pontas representa o equilíbrio perfeito de dois triângulos (o que está embaixo é como o que está em cima) e também é um dos símbolos do chacra cardíaco. * Visualizem agora dentro do peito uma pequena estrela branca, bem brilhante. * Sintam que esta estrela pulsa no mesmo ritmo do seu coração. * Percebam como ela irradia luz branca, muito suave e brilhante. * Imaginem agora uma massa de luz branca saindo desta estrela que está em seu peito, indo para o centro da mandala.

7

* E, aos poucos, imaginem que esta massa energética vai preenchendo completamente a mandala. * Coloquem bastante sentimento de união e amor. * Esta mandala começa a brilhar e pulsar, em um ritmo suave. * Fiquem uns momentos concentrado nela, sentindo a energia de todos vocês. * Visualizem agora que esta mandala de luz começa a subir. * Levantem as mãos físicas, de modo que vocês possam imaginar esta estrela subindo... * A estrela sobe, até instalar-se ao lado das outras estrelas do Universo. * E vocês a vêem agora como um pequenino ponto de luz, bastante brilhante que pisca sem parar... * Após isso, imaginem que a pequenina estrela que cada um de vocês tem no peito começa a diminuir de tamanho e também transforma-se em um ponto luminoso, muito brilhante que pisca. * Fiquem uns momentos concentrados neste ponto de luz em seu peito e deixem-se envolver totalmente por toda esta energia amorosa, alegre e suave. EXERCÍCIO DO PURO AMOR * Visualize a Mãe Divina em sua frente. * Não importa qual aspecto da Mãe Divina você escolha: Kwan Yin, Kali, Sarada Devi ou Maria, mãe de Jesus. O importante é sentir-se como filho. * Aproxime-se de sua Mãe. Sinta seu calor. Olhe bem em seus olhos e perceba toda a doçura e amor que eles irradiam. * Imagine o doce toque das mãos de sua Mãe em seus cabelos e em seu rosto. Aconchegue-se em seu colo e sinta-se totalmente protegido e amado. * Fique assim por alguns instantes, sentindo delicadamente este sentimento tomar conta de você. * Neste momento, sua Mãe lhe dá de presente um lindo diamante. * Agradeça e o introduza em seu peito. * Seu brilho é tão intenso que aos poucos, todo o interior de seu corpo começa a ficar iluminado. * Visualize, então, este brilho se estendendo por todas as partes de seu corpo, dos pés à cabeça e como foco principal, o seu chacra cardíaco, que pulsa intensamente. * Concentre-se no mantra OM MANI PADME HUM e permaneça assim por um tempo.

8

* A seguir, escolha uma pessoa que esteja necessitando de ajuda. * Visualize esta pessoa em sua frente. * Retire o diamante de seu peito e o entregue a ela, com o mesmo amor e carinho que a Mãe lhe entregou. * Imagine esta pessoa colocando o diamante no peito. Aos poucos, o brilho também começa a preenchê-la por dentro. * Visualize esta pessoa sentindo-se bem, alegre e com os olhos brilhando. * Finalizando, visualize novamente sua doce e querida Mãe. * Dê-lhe um abraço amoroso e um beijo de despedida e agradeça por todo seu amor e carinho! EXERCÍCIO SUKSHIMA * Imagine em cima de sua cabeça um jarro dourado. Este jarro contém um líquido da cor violeta. * Imagine que este jarro começa a despejar suavemente em cima de seu chacra coronário este líquido violeta. * Esta energia violeta entra em sua cabeça, passando pelos seus chacras lentamente, de um modo bem suave. Faça isso em seu ritmo, sem pressa alguma. * Concentre-se no mantra SUKSHIMA em seu chacra frontal. * Então, calmamente, visualize que você vai ficando totalmente violeta por dentro. * A seguir, visualize que começa a se formar um vapor violeta ao seu redor, formando uma cúpula de luz violeta, bem sutil e relaxante. * Fique assim por um tempo, até sentir que suas energias ficaram mais sutis e você ficou mais sereno. * Agora, imagine que surge à sua frente um ser de luz, o seu amparador. * Estabeleça agora um diálogo pessoal com seu amparador. Diga a ele o que você sentir necessidade, lembrando que ele é seu amigo verdadeiro e o acompanha em todos os momentos, bons ou ruins. Ele está do seu lado, quando você faz besteiras ou algo bom. Mesmo que você não se lembre dele, nem por um momento sequer, ele está presente, com dedicação e carinho. Agradeça, então, por tudo isso e por muito mais, que você nem desconfia... * Você não está só! Seu amparador não o julga e o ajuda sempre que pode. * Traga-o para dentro da cúpula de luz violeta e sinta a energia que ele emana. * Permita-se sentir este amor e abra seu peito, em uma explosão de sentimento e alegria.

9

* Agora, dê um abraço nele, com toda a emoção de abraçar alguém que se ama muito! * Compartilhe todo este sentimento, mentalizando o planeta Terra à sua frente envolvido nesta energia violeta, bem suave e sutil. * Que esta energia possa, de algum modo, levar para as pessoas, a alegria e o amor deste momento de intimidade, reflexão e suavidade... EXERCÍCIO DA LUZ DOURADA * Visualize uma mão dourada por cima de sua cabeça. * Visualize que esta mão dourada irradia uma luz muito brilhante que incide diretamente no topo de sua cabeça. * Procure sentir esta luz dourada entrando em você, causando uma agradável sensação de bem-estar. Esta luz vai descendo, passando pela sua garganta e chegando até seu peito, deixando o caminho por onde ela passa totalmente dourado e brilhante. * Visualize, que esta luz, ao chegar em seu coração, forma uma linda rosa dourada, que brilha e pulsa dentro de você. * Agora, procure fazer uma retrospectiva do ano passado (1999) e tente se lembrar de alguém que o tenha magoado. * Coloque esta pessoa na sua frente e entregue a ela esta rosa dourada, com o seu perdão e votos de um ótimo ano. * Faça isso com todas as pessoas que você lembrar que o magoaram. * É importante que você seja bastante verdadeiro neste exercício, para assim, poder começar a ano totalmente em paz, sem pendências do passado. * A mão dourada continua irradiando luz continuamente. Outra rosa se forma no seu coração e agora, tente lembrar-se das pessoas que você magoou. Coloque-as na sua frente e entregue uma rosa para cada uma, com o seu sincero pedido de perdão. * Sente agora de frente ao seu colega daqui da salinha e dêem-se as mãos. * A mão que está em cima de sua cabeça, continua irradiando luz dourada, que forma mais uma rosa dourada. Esta luz continua descendo e agora chega até suas mãos que vão ficando douradas. Assim, você e seu colega à sua frente, estão com as mãos dadas e totalmente douradas. Procure sentir esta energia em suas mãos. * Agora, usando sua imaginação, dê esta rosa dourada ao seu colega, colocando nela muito amor, carinho e alegria. E receba a rosa de seu colega, coloque-a em seu peito, com todo o sentimento que ele irradiou para você. * Agora, junte suas mãos como num gesto de prece e mentalize um ótimo ano novo para você, com a realização das coisas que você deseja. * A seguir, deseje também um ótimo ano para todas as pessoas em geral e vibre profundamente pela paz mundial.

10

* Agradeça aos amparadores por todas as segundas-feiras que passamos juntos neste ano que passou, cheio de erros e acertos, mas sempre com muita vontade de evoluir. * Agradeça por tudo, simplesmente... EXERCÍCIO DO OURO LÍQUIDO * Faça uma conexão amorosa com os amparadores. * Visualize um jarro à sua frente. * Preencha este jarro com ouro líquido, bem espesso. * Devagar, comece despejando este líquido pelo seu corpo. * Inicie pelo topo da cabeça e conforme o líquido for descendo, seu corpo vai ficando todo dourado. * Imagine que este líquido, ao descer, desbloqueia todos seus chacras e retira as impurezas. * Faça isto com bastante atenção e sem pressa. * Este ouro líquido que escorre e chega ao chão é absorvido pela mãe Terra que o converte em flores. * Imagine, então, que ao seu redor, começa a surgir um lindo jardim colorido e perfumado. E quanto mais ouro líquido você derrama, mais flores nascem e desabrocham. * A seguir, visualize sua casa e aos poucos, vá despejando este ouro líquido por tudo, nas pessoas que moram com você, nos móveis e quando este líquido escorre pelo chão, lindas flores aparecem e perfumam todo o ambiente. * Sua casa agora está toda dourada e florida!... * Depois disso, visualize o Planeta Terra. * E com seu poder de imaginação, despeje este ouro líquido pelo planeta todo. Aos poucos, a Terra também se transforma num lindo jardim e as pessoas se transformam em Luz pura, Luz de Brahman... TÉCNICA DO TRIÂNGULO 1ª PARTE: * Visualize flutuando à sua frente um triângulo de cristal bem cristalino. * Imagine que um raio da cor vermelha sai do seu chacra básico, indo em direção ao triângulo que o recebe e o converte em um raio da luz branca que sobe em direção ao Universo. Procure imaginar que junto com este raio, sai todas os bloqueios deste chacra.

11

* Imagine que um raio da cor laranja sai do seu chacra sacro, indo em direção ao triângulo que o recebe e o converte em um raio da luz branca que sobe em direção ao Universo. Procure imaginar que junto com este raio, sai todas os bloqueios deste chacra. * Imagine que um raio da cor amarela sai do seu chacra umbilical, indo em direção ao triângulo que o recebe e o converte em um raio da luz branca que sobe em direção ao Universo. Procure imaginar que junto com este raio, sai todas os bloqueios deste chacra. * Imagine que um raio da cor verde sai do seu chacra cardíaco, indo em direção ao triângulo que o recebe e o converte em um raio da luz branca que sobe em direção ao Universo. Procure imaginar que junto com este raio, sai todas os bloqueios deste chacra. * Imagine que um raio da cor azul claro sai do seu chacra laríngeo, indo em direção ao triângulo que o recebe e o converte em um raio da luz branca que sobe em direção ao Universo. Procure imaginar que junto com este raio, sai todas os bloqueios deste chacra. * Imagine que um raio da cor azul anil sai do seu chacra frontal, indo em direção ao triângulo que o recebe e o converte em um raio da luz branca que sobe em direção ao Universo. Procure imaginar que junto com este raio, sai todas os bloqueios deste chacra. * Até este momento, você está com seis raios de cores diferentes, indo ao mesmo tempo em direção ao triângulo de cristal que os recebe e os envia para cima como um raio branco. * Agora, visualize que do seu chacra coronário, sai um raio da cor violeta, que também vai em direção ao prisma que agora recebe as 7 cores do arco-íris. 2ª PARTE: * Após isso, concentre apenas no prisma de cristal. Visualize que um raio da cor branca incide bem no centro deste prisma, que distribui as 7 cores do arco-íris em direção aos seus chacras principais. Isto é: inicialmente, você visualiza um raio da cor vermelha vindo em direção ao seu chacra básico. Esta energia vermelha vai aos poucos nutrindo o seu chacra. * A seguir, você visualiza que do prisma sai um raio da cor laranja que chega até seu chacra sacro, energizando-o aos poucos. * A seguir, você visualiza que do prisma sai um raio da cor amarela que chega até seu chacra umbilical, que absorve esta energia. * A seguir, você visualiza que do prisma sai um raio da cor verde que chega até seu chacra cardíaco, preenchendo todo o peito com a cor verde. * A seguir, você visualiza que do prisma sai um raio da cor azul clara que chega até seu chacra laríngeo, que recebe toda esta luz. * A seguir, você visualiza que do prisma sai um raio da cor azul anil que chega até seu chacra frontal, preenchendo sua testa com esta luz muito suave.

12

* Até este momento, o prisma de cristal que recebe o raio branco vindo do Cosmo, o transforma em 6 cores dirigidas para 6 chacras. * E por fim, você visualiza que um raio da cor violeta sai do prisma e vem em direção ao seu chacra coronário, preenchendo toda sua cabeça com um violeta suave e sutil. EXERCÍCIO DAS FLORES * Antes de mais nada, procure elevar seu pensamento até seus amparadores, em uma sintonia amorosa e elevada, ideal para a prática deste exercício. * Coloque uma sementinha em seu chacra umbilical. Esta sementinha é alimentada com sua alegria. Irradie, então, muita alegria para esta sementinha até que ela se transforme em uma linda flor. Visualize o seu desabrochar, sempre alimentado pela sua alegria. * Coloque outra sementinha em seu chacra cardíaco. Esta sementinha é alimentada com seu amor. Irradie muito amor para ela, que aos poucos, transformase em outra flor. * Coloque outra sementinha em seu chacra frontal. Esta sementinha é alimentada com sua luz. Exteriorize, então, muita energia luminosa para que esta sementinha possa se desenvolver e se transformar em outra flor. * Você está agora com três lindas flores (da cor que você desejar), uma no chacra umbilical, alimentada pela sua alegria; outra no chacra cardíaco, alimentada pelo seu amor e mais uma no chacra frontal, alimentada pela sua luz. * Imagine, agora, que começa a cair sobre você, uma chuva de pétalas de flores. Sinta o doce toque destas pétalas em seu rosto e em seu corpo. * Procure absorver o aroma agradável e a energia que elas irradiam. * Agora, visualize uma chuva de pétalas sobre o planeta Terra. Imagine como o planeta fica lindo, todo revestido de pétalas coloridas. * Deseje que de alguma maneira, sua chuva mental possa colaborar para a paz entre os povos, afinal, flores não combinam com guerra... * E por fim, escolha uma pessoa que você sabe que está precisando de ajuda. Mentalmente, imagine esta pessoa em sua frente. Dê-lhe de presente uma linda flor, revestida com sua alegria, seu amor e sua luz. Deseje que de algum modo, esta flor possa ajudá-la no que ela precisar e procure imaginá-la alegre, com saúde e em paz!... EXERCÍCIO DO ARCO-ÍRIS * Eleve seu pensamento, procurando uma conexão com seus amparadores. * Procure fazer este exercício com o desejo sincero de que o bem que ele possa lhe trazer, também se estenda a todas as pessoas. * Visualize um lindo arco-íris à sua frente. * Comece a andar neste arco-íris, inicialmente em cima da cor vermelha.

13

* Visualize uma energia vermelha subindo pelos seus pés até chegar em seu chacra básico. Esta energia começa a se condensar até formar uma esfera de luz vermelha. * A seguir, caminhe em cima da cor laranja. A energia laranja sobe pelos seus pés até chegar em seu chacra sacro e se transforma em uma esfera laranja. * Caminhe em cima da cor amarela. A energia amarela sobe pelos seus pés até chegar em seu chacra umbilical, e aos poucos, transforma-se em uma esfera amarela. * Caminhe calmamente em cima da cor verde. Do mesmo modo, visualize que a energia verde sobe pelos seus pés até chegar em seu chacra cardíaco, condensando-se em uma bola de luz verde. * A seguir, faça o mesmo com a cor azul claro, colocando a esfera azul em seu chacra laríngeo. * Caminhe em cima da cor azul índigo. A energia azul sobe até seu chacra frontal, formando uma bola de luz azul índigo. * E, com bastante calma, caminhe em cima da cor violeta. * Visualize a energia violeta subindo pelo seu corpo até chegar em seu chacra coronário, onde se transforma em uma esfera de luz violeta. * Neste momento, você está com sete esferas coloridas dentro de seu corpo. * Visualize que se forma dentro de você um lindo arco-íris, que sai pelo seu chacra coronário, subindo em direção ao Universo. * Exteriorize muita energia através deste arco-íris. Pense que um pouquinho de você está indo para algum lugar, então ofereça o que você tem de melhor, com muito sentimento e alegria em integração com o Universo e seu Grande Arquiteto... EXERCÍCIO DO PERDÃO * Imagine um raio de luz entrando pelo topo de sua cabeça, inspirando-o à uma conexão amorosa com seus amparadores. * Visualize à sua frente uma pira de fogo violeta. * Procure se lembrar das pessoas que o magoaram neste ano que está chegando ao fim. * Tire esta mágoa e rancor do seu peito e jogue dentro da pira. * O fogo violeta vai, aos poucos, transformando esta mágoa em compaixão. Lembre-se de que quem o magoou, está em evolução e por isso, ainda comete erros... Então, perdôe!... * Repita calmamente este processo com todas as pessoas que o magoaram. * Em seguida, procure se lembrar de todas as frustações e tristezas que você sentiu. Jogue dentro da pira toda esta dor e deixe que o fogo violeta a transmute em

14

aceitação e compreensão. O que você passou, de algum modo, foi útil em seu processo evolutivo. Então, se não pode ser modificado, simplesmente aceite!... * E por fim, lembre-se dos erros e deslizes que você cometeu e das pessoas que você magoou. Peça perdão a estas pessoas, com humildade. * Retire do seu peito toda a auto-culpa por ter errado e jogue dentro do fogo violeta, que a transformará em amor. E simplesmente se perdôe!... Você também é um ser em evolução, por isso, comete erros. Mas, também acerta muitas vezes. Então, não seja duro demais com você. Os erros são muito importantes em seu aprendizado. Aprenda com eles, mas sem auto-culpa. E, procure sentir muito amor por você... * Feito isso, imagine um coração de cristal um pouco à frente do seu peito. * Imagine que este coração é alimentado pelo amor que você irradia. Quanto mais amor você irradiar, mais brilhante ele ficará. * Ofereça este coração de cristal cheio de amor aos amparadores que tanto o ajudaram neste ano, como forma de agradecimento e bem-querer... EXERCÍCIO RESPIRATÓRIO PARA PURIFICAÇÃO DOS CHACRAS * Inicialmente, procure ficar em uma posição bastante confortável e dirija seus pensamentos até os amparadores, na intenção de estabelecer uma sintonia bastante elevada. * Lembre-se de que você está cercado de energia que os chineses chamam de CHI. * Concentre-se no seu chacra básico (base da coluna) e imagine que você está respirando através dele. * No momento que você inspira, concentre-se na palavra TAO e quando expirar, concentre-se na palavra CHI. * Fique assim por um tempo, imaginando que de algum modo, os bloqueios do seu chacra básico estão sendo eliminados e ele está recebendo uma carga de energia positiva. * Agora, concentre-se em seu chacra sexual e respire através dele. Quando inspirar, concentre-se em TAO e ao expirar, concentre-se em CHI. * Imagine que este chacra também está sendo desbloqueado e energizado. * Faça o mesmo para os demais chacras na seguinte seqüência: chacra umbilical, chacra cardíaco, chacra laríngeo, chacra frontal. * E por fim, concentre-se no seu chacra coronário e imagine que você respira pelo topo de sua cabeça. * Do mesmo modo, inspire e concentre-se na palavra TAO e expire e concentrese na palavra CHI. * Faça isto com bastante atenção e calma.

15

* Agora, sinta o CHI nas palmas de suas mãos e movimente-as, fazendo uma limpeza energética ao seu redor. * E para finalizar, junte suas mãos em frente ao peito e faça do seu jeito sua prece íntima de agradecimento a Deus e aos amparadores. EXERCÍCIO DOS LOSANGOS COR DE VINHO * Eleve seu pensamento até seus amparadores para estabelecer uma conexão suave e amorosa com eles. * Visualize embaixo dos seus pés um losango da cor vinho, bem vivo, que pulsa e irradia uma luz brilhante. E procure absorver esta energia. * Visualize agora outro losango da cor vinho no topo de sua cabeça. * Os dois losangos são bem vivos, pulsam e irradiam muita luz vinho. * Procure se concentrar nos dois losangos ao mesmo tempo, sentindo a energia subindo pelos seus pés através de um losango e a energia entrando pela sua cabeça através do outro losango. * Visualize agora mais dois losangos da cor vinho brilhante, um na parte da frente de seu peito e outro na parte de trás do peito. Estes dois losangos irradiam luz vinho em direção ao seu chacra cardíaco. * Sinta que seu coração recebe a energia dos quatro losangos ao mesmo tempo. * Visualize que a luz vinho dos quatro losangos formam uma cruz, cujo centro é bem no seu peito. * A seguir, comece a formar lentamente dentro do seu peito, bem na intersecção da cruz, uma linda jóia da cor vinho, com um brilho muito intenso e muito bonito! * Faça isso calmamente e com muita atenção! * Concentre-se ao mesmo tempo na jóia e no mantra OM MANI PADME HUM, o mantra da compaixão... * Coloque agora um losango da cor vinho nas palmas das mãos e comece a irradiar luz através delas. * O losango representa a UNIÃO, então, deseje que esta energia que sai de suas mãos possa, de algum modo, chegar nos corações endurecidos pelo ódio e pela tristeza. * Que este sentimento de união, compaixão e amor possa clarear os pensamentos obscuros e trazer de algum modo, algo bom e puro! * Faça isso por um tempo, com muita confiança espiritual, contentamento e sentimento de união

16

EXERCÍCIO DA ESTRELA DE CRISTAL * Procure ficar em uma posição bem confortável, sentado ou em pé. * Eleve seu pensamento aos amparadores, estabelecendo uma ligação bem doce, amorosa e sutil. * Visualize sob seus pés o Sol, bem quente e dourado. * Procure sentir o calor do Sol subindo pelos seus pés. * Lentamente, faça esta bola de luz quente e brilhante subir pelas suas pernas. * Visualize que por onde o Sol passa, ele deixa um rastro dourado e quente. * Esta bola continua subindo passando pelo seu baixo-ventre chegando em sua região abdominal. * Imagine a luz dourada que este Sol irradia neste caminho e procure sentir toda esta vitalidade e energia. * O Sol continua subindo e instala-se agora em seu peito. * Sinta todo este calor tomar conta do seu coração, que começa a irradiar toda esta luz dourada e brilhante. * Fique por uns instantes sentindo o sol em seu peito, trazendo alegria, amor e compaixão. * A seguir, visualize em cima de sua cabeça uma Lua bem grande e branquinha. * Sinta a energia mais fria que a Lua irradia na direção do topo de sua cabeça. * Lentamente, faça a Lua entrar em sua cabeça, espalhando energia prateada e brilhante. * Visualize a Lua descendo pela sua testa, desobstruindo seu chacra frontal. * A Lua continua descendo, passando suavemente pela sua garganta. * Agora, a Lua chega até seu peito, onde já se encontra o Sol. * Visualize que o Sol e a Lua juntos transformam-se lentamente em uma linda estrela de cristal. * Sinta esta estrela brilhante em seu peito pulsando e irradiando luz e amor. * Coloque o que há de melhor em você nesta estrela, com muita suavidade e alegria. * Visualize agora que esta linda estrela de cristal sai de seu peito e começa a subir em direção ao Universo. * Esta estrela se afasta do planeta Terra e continua subindo até instalar-se junto com as outras estrelas do Universo.

17

* Procure então imaginar um lindo céu estrelado e a sua estrela junto com as demais, brilhando e irradiando todo o sentimento que você colocou. * Deseje, profunda e sinceramente que esta estrela possa de alguma maneira trazer algo de bom para qualquer pessoa, deste planeta ou de qualquer planeta. * E agradeça sempre aos amparadores e principalmente, agradeça ao Grande Arquiteto deste Maravilhoso Universo... TÉCNICA DE RELAXAMENTO PSICOFÍSICO (Para descansar a mente e renovar as energias) Sente-se confortavelmente. Eleve os pensamentos Ao Grande Arquiteto Do Universo e abra o coração naquela sintonia do Amor Que Ama Sem Nome. Visualize um facho de luz dourada vindo de um ponto à sua frente (como se um portal energético se abrisse em frente a você e irradiasse uma poderosa luz dourada) incidindo diretamente no centro de sua testa (chacra frontal). Imagine que essa luz enche a sua mente de vitalidade. Faça isso por uns dois minutos. A seguir, visualize que um segundo facho de luz surge à sua frente, à esquerda, e entra pelo lado esquerdo da testa. Essa luz é branco-dourada. Preste atenção nele por dois minutos. Visualize um terceiro facho luminoso à sua frente, à direita, que entra em sua testa pelo lado direito. Essa luz é amarela-clara. Preste atenção nela por dois minutos. Finalmente, procure manter a atenção nos três fachos ao mesmo tempo, como se fossem três esteiras luminosas (ou como faixas luminosas de um arco-íris de apenas três cores) carreando o prana (energia) para dentro do seu chacra frontal e limpando a mente de tristezas e pensamentos daninhos. Fique assim por uns dez minutos. Fique bem! Obs: Esta prática simples ocasiona um relaxamento suave e ajuda a limpar a tela mental. Por isso, é excelente de ser realizada antes de deitar e serve como um coadjuvante em técnicas projetivas também. Além disso, é muito agradável de fazer e sintoniza o chacra frontal às suaves vibrações dos planos sutis.* TÉCNICA DE IRRADIAÇÃO LUMINOSA SUAVE Antes de mais nada, eleve os pensamentos ao Alto e abra o coração na freqüência do fraternismo. Pense no bem de todos os seres. Imagine que o seu corpo é todo feito de água. No alto da sua cabeça, no chacra coronário, pingam gotas luminosas vindas do Alto. Quando essas gotas tocam o seu "corpo d'água", elas reverberam nele como quando jogamos pedrinhas em um lago de águas calmas. E essas reverberações luminosas vão se expandindo suavemente para além da extensão de seu corpo e alcançando seus familiares, as pessoas de suas relações e expandindo-se para toda a humanidade. Essas reverberações seguem carregadas de puro sentimento e vão melhorando as pessoas que são tocadas por elas. TÉCNICA DE VISUALIZAÇÃO DAS FLORES ESPIRITUAIS

18

Sentado confortavelmente, ative os chacras frontal e cardíaco (encha o peito e a testa de luz branca ou dourada). Visualize à sua frente, a cerca de uns setenta centímetros, um jarro (ou um receptáculo qualquer) cheio de água. Visualize uma flor amarela em botão flutuando sobre o jarro. A fllor está meio murcha, vergada para baixo. A seguir, visualize que a flor desce até a água. Introduza o talo da flor na água. A partir daí, a flor é reanimada e começa a florescer. Visualize essa flor totalmente aberta. A seguir, visualize uma flor branca desabrochando no chacra frontal. Fique assim por alguns minutos. Visualize uma flor branca desabrochando na base da nuca. Fique assim por alguns minutos. Visualize uma flor amarela desabrochando no umbigo. A partir daí, deite-se em decúbito dorsal e relaxe com a consciência centralizada nesta flor aberta no centro umbilical. Pense em PAZ e LUZ. Deseje profundamente que esta prática possa fazê-lo predispor-se às freqüências espirituais superiores. Tenha boa vontade de aprender e simplicidade em todos esses procedimentos. Pense no Bem de todos os seres. Essa prática equilibra e predipõe a pessoa para alguns fenômenos projetivos ou bioenergéticos. Também melhora a sintonia com os amparadores extrafísicos e aumenta a confiança da pessoa em seu próprio potencial espiritual. UMA PRÁTICA SIMPLES DE VISUALIZAÇÃO CRIATIVA - Posição física: deitado em decúbito dorsal, com as mãos relaxadas e voltadas para cima. - Perspectiva psíquica: consciência aberta, coração generoso e vontade de ser pacífico e feliz. - Objetivo: simplesmente soltar-se no fluxo natural das energias e afrouxar a tensão psicofísica. - Resultado: inspiração, alegria interna, relaxamento, aumento da criatividade e descanso mental. 1. Leve a atenção pacificamente para a planta do pé esquerdo e visualize ali o surgimento de uma rosa amarela em botão. Suavemente, vá desabrochando-a até abri-la completamente.

19

2. Faça a mesma coisa na planta do pé direito. 3. Permaneça carinhosamente prestando atenção nessas duas rosas abertas nas plantas dos pés por cerca de 1 minuto. 4. Leve a atenção para as palmas das mãos e também visualize nelas a abertura de duas rosas amarelas. Fique assim por 1 minuto. 5. A seguir, visualize mais duas rosas amarelas desabrochando, dessa feita, nos dois ouvidos. Fique assim por 1 minuto. 6. Leve a atenção para o chacra coronário (situado no meio do alto da cabeça) e visualize surgindo de dentro dele apenas uma imensa flor amarela. Ela desabrocha no alto da cabeça, mas o seu talo está baseado na glândula pineal (epífise), situada no interior da cabeça, logo abaixo dos dois hemisférios cerebrais. Fique assim por cerca de 2 minutos. 7. Finalmente, leve a atenção para o centro do peito (chacra cardíaco) e também faça surgir ali uma imensa rosa amarela. Enquanto ela desabrocha, pense ternamente em amor, luz, alegria e paz para todos os seres de todas as dimensões. Fique assim por vários minutos. 8. Sinta-se bem e agradeça silenciosamente aquele AMOR ONIPRESENTE que permeia a tudo e a todos. 9. Por favor, e por amor, faça isso com simplicidade, lucidez e alegria. Não deixe seu ego capturar seu bom humor no alçapão da ansiedade. Trabalhe com serenidade e exonere carinhosamente suas angústias internas. Viver aqui na Terra não é fácil. Mas, é possível entrarmos na sintonia da harmonia íntima usando as flores de nossos pensamentos criativos a favor da paz, em nós e em todos! Faça essa prática simples todos os dias. Seja feliz, pois, apesar dos problemas diários, viver (aqui, no astral ou no mental) ainda é uma maravilha. Precisamos seguir e sorrir... Dentro ou fora do corpo, somos imortais! Isso é motivo de uma grande alegria. Alguém pode assassinar ou atropelar nosso corpo, mas continuaremos vivos, em frente, sempre... Que essa simples prática possa ser em você a síntese de PAZ e LUZ em todos os seus pensamentos, sentimentos e energias. Sem mais palavras: - AMOR, AMOR, AMOR... Esta prática pode ser feita sentado, desde que as plantas dos pés não estejam aderidas ao chão e as mãos estejam com as palmas livres. ." OLHOS DOURADOS E CORAÇÃO ROSA Ainda agora, lendo alguns dos ensinamentos do Buda, lembrei-me de uma prática espiritual muito simples e que faz muito bem à pessoa. Trata-se de uma visualização praticada por vários mestres da região de Kailash (1), nos Himalaias. Aprendi isso com eles e agora repasso para vocês. Os procedimentos são bem simples. Vamos a eles: 1. Sentado em numa posição confortável, erga os pensamentos e abra o coração às vibrações da paz profunda. 2. Pense no BEM de todos os seres sencientes no universo. 3. Leve a atenção suavemente ao centro interno do peito.

20

4. Visualize uma luz rosa bem terna espalhando-se internamente pela caixa toráxica. Essa luz é pulsante, mas é muito pacífica e alegre. 5. Imagine o som de pequenos sinos retinindo dentro do seu peito em meio à essa luz rosada. Faça isso por uns três minutos. 6. A seguir, leve a atenção para o chacra frontal e ilumine a parte interna de sua testa com uma luz branquinha e serena. Faça isso por uns dois minutos. 7. Leve a atenção para dentro dos dois olhos e visualize que eles estão cheios de energia dourada. Pense que seus olhos são de ouro vivo e mantenha a concentração nisso por cerca de cinco minutos. 8. Ao mesmo tempo, pense na compaixão para com todos os seres sencientes. 9. Livre-se de qualquer encrenca interna nesse momento, dissolva seus dramas nessa emanação dourada dos olhos. 10. Pense que você mesmo é um Buda e que a iluminação é um estado de consciência que transcende os limitados parâmetros sensoriais do ego. 11. Não importa o que você tenha feito antes (todo mundo vacila e tem um passado com lembranças nada agradáveis). Sinta-se semelhante a um lótus e floresça em uma onda de sentimentos fraternos. 12. Esta prática ativa os nádis ida, pingala e sushumna (2), dissolve bloqueios energéticos e melhora bastante a concentração. 13. Podem ocorrer bocejos, lacrimejamento e arrepios durante essa prática. Essas sensações são normais e decorrentes da movimentação bioenergética pelos nádis. Além disso, estão associadas a uma verdadeira desintoxicação bioenergética do organismo. Inclusive, muitas pessoas têm essas sensações quando estão envolvidas em algum trabalho espiritual, até mesmo em uma simples leitura de um tema espiritual. 14. Conclusão: essa prática é excelente para dar um banho vibracional no corpo e na aura. Também anima e eleva o padrão consciencial da pessoa. Para inspirá-los, repasso para vocês alguns ensinamentos do Buda: "Ninguém pode purificar o espírito com sangue, pois, se os deuses são bons, não lhes pode ser agradável o sangue e, se são maus, não basta este para subornálo." "O homem que não se esforça por aprender, envelhece como um boi: aumenta de peso, mas, não de sabedoria." "Ninguém é sábio só porque vive em silêncio." "De cada um tem que ser o esforço. Os Budas apenas instruem." "O tolo que sabe que é tolo, nisso, pelo menos, é sábio. Mas o tolo que pensa que é sábio, esse é um rematado tolo." "As pessoas são escravas porque não abandonam a idéia da personalidade." "A verdade é eterna; não conhece nascimento nem morte; não tem começo nem fim. Que a verdade se aposse de suas almas." "A compaixão para com todas as criaturas é a verdadeira religião." "O exame de si mesmo é doloroso." "É muito melhor morrer combatendo o mal do que ser vencido por ele." "Nem através do pranto nem dos lamentos obteremos a paz da mente." "Feliz aquele que vence o egoísmo: alcança a paz e encontra a verdade." "O ego é o mestre do ego. Cada qual é o mestre de si mesmo e o seu refúgio. Que outro poderia ser?" Espero que esta prática espiritual tão simples de realizar e esses ensinamentos do Buda possam iluminar o dia de hoje em seus corações. Há uma luz maravilhosa que viaja por todas as dimensões. Ela viaja em silêncio e só os sentidos espirituais podem acessá-la adequadamente. Ela equilibra, compreende, ama e é a melhor companhia de alguém, pois nada pede, nada cobra e tudo oferece. Porém, sua comunicação é silenciosa e só poderá ser percebida na luz das chamas que queimam as tolices e desmandos do ego. Só no fogo dourado do discernimento e na luz rosa da compaixão, a grande alquimia acontece. Então, ocorre a transmutação do vil metal do orgulho no ouro brilhante da consciência irmanada

21

nas ondas da paz. A arrogância se cala e a consciência se vê mergulhada em uma sintonia que o mundo desconhece e que as palavras não são capazes de descrever. Essa iluminação interna não transforma ninguém em sábio, apenas aumenta o brilho dos olhos e o amor no coração. Também não tira as pedras do caminho e nem elimina as provas necessárias ao aprendizado humano. Mas, dá um contentamento interno independentemente das flutuações das situações externas. E o melhor disso tudo: você descobre que há um Buda sentado dentro do lótus do seu coração e que a consciência cósmica não é um lugar ou paraíso celeste, mas um estado de consciência iluminado pelas vibrações da paz profunda. Muitas vezes, quando penso na violência que assola a humanidade há tanto tempo, lembro-me de Sidarta Gautama, o Buda. Ele foi um dos homens mais pacíficos que viveu nesse planeta. Penso nele e algo me diz internamente que devo ficar calado e pensar na paz mundial, pois as ondas passam e tudo é transitório nesse mundo sujeito à roda de samsara (3). Os braços de maya (4) são poderosos, mas há um buda sentado dentro dos corações que almejam a paz. Em silêncio, ele trabalha a favor do mundo e inspira a alma dos homens. Notas: (1) Kailash (do sânscrito): monte sagrado situado nos Himalaias. Segundo a crença, é morada de vários Budas extrafísicos. Ver o belo livro de Paul Brunton, "Um Eremita no Himalaia"; Ed. Pensamento. Ver texto 77. (2) Nádis (do sânscrito): condutos sutis que transportam as bioenergias pelo sistema. Os principais nádis são três e correm ao longo da coluna vertebral: ida (à esquerda), pingala (à direita) e sushumna (pelo centro). (3) Roda de Samsara: expressão muito usada no Budismo, significando a roda compulsória reencarnatória. (4) Maya (do sânscrito): "Ilusão". TÉCNICA PARA MELHORAR A CONCENTRAÇÃO E AS ENERGIAS 1. Eleve os pensamentos, sentimentos e aspirações ao Grande Arquiteto do Universo. 2. Manifeste boa vontade e amor por todos os seres. 3. Usando a concentração, visualize uma tocha acesa em sua cabeça. A base da tocha está fixada em sua glândula pineal (epífise)* e sua abertura acesa está bem no centro do chacra coronário (chacra da coroa, lótus das 1000 pétalas). O fogo é azul turquesa. Esse fogo é alto, mas suave. Permaneça assim por cerca de um minuto. 4. Visualize que o fogo torna-se violeta. Fique assim por um minuto. Se a cor do fogo mudar sozinha, sem o concurso direto de sua vontade, pode deixar, pois o chacra coronário pode convertê-la em uma cor mais apropriada a seu caso no momento. 5. Se desejar firmar melhor sua concentração, pense em um mantra de real significado para você e que expresse algo bom. Sugestão: "EU SOU!" (em sânscrito: "SO HAM", significa uma auto-afirmação de que a divindade mora em seu coração); ou simplesmente o "OM"; ou a palavra "LUZ" ou "AMOR". O mantra deve ser repetido mentalmente com firmeza no centro do chacra frontal. 6. A seguir, visualize uma bola de luz dourada no centro interno de seu peito. É como um sol de ouro aceso no centro da caixa peitoral. 7. Procure manter a concentração (firme, porém pacífica) nos dois pontos ao mesmo tempo. A tocha acesa no alto da cabeça e a bola dourada acesa no peito. Fique assim por cerca de uns três minutos. 8. Pense em coisas boas. Sinta que você é luz. 9. Agradeça ao Supremo Amor as chances de crescimento. 10. Tenha confiança espiritual e lembre-se dos amparadores extrafísicos.

22

11. Essa prática dissolve bloqueios energéticos, aumenta o poder de concentração e preenche a pessoa de lucidez e aspirações positivas. 12. Lembre-se de uma coisa: aqui ou em qualquer lugar, seu ego (o meu também e o de todo mundo) não vale nada. Por isso, faça alguma coisa e combata a inércia de sua consciência. 13. Paz e luz! Notas: * Glândula pineal: Glândula endócrina situada no centro do crânio, bem abaixo dos dois hemisférios cerebrais. É a sede dos principais filamentos do cordão de prata e da raiz do chacra coronário. Está ligada à vários fenômenos parapsíquicos e sua ativação energética é essencial no despertar da consciência. AUTOCURA COLORIDA "É possível fazer uma autocura profunda. As energias bem trabalhadas limpam tudo de nefasto que esteja instalado no sistema físico e espiritual da pessoa. Em primeiro lugar, elas agem sobre o corpo sutil, o verdadeiro pano de fundo da vitalidade do corpo denso, dissolvendo seus bloqueios, purificando seus condutos sutis (nádis) e seus lótus espirituais (chacras). Por repercussão direta, elas interpenetram o corpo denso e espalham-se pelas células e o sangue, difundindo suas benesses a todo sistema. O sistema linfático e as glândulas endócrinas são particularmente agraciados pela infusão colorida das energias. Uma visualização criativa das energias coloridas dentro dos olhos é capaz de ajustar as condições de todo o sistema, sutil e físico. Porém, esse é um método muito difícil de ser efetuado por um ocidental, pois exige grande dose de concentração e paciência. Ademais, seus efeitos potencializam a força de vontade da pessoa, e se não houver um equilíbrio emocional adequado, podem fazê-la escorregar para os reinos da arrogância. Potência energética sem compaixão pode levar alguém a sérios desequilíbrios psíquicos. Para quem vive na agitação das grandes cidades o ideal é a ativação das cores por intermédio do lótus do coração (chacra cardíaco). Quando o "MANI" (do sânscrito: "jóia espiritual") espalha sua essência silenciosa, não é somente a pessoa que melhora, mas também o universo e todos os seres sencientes, em todos os níveis. Antes de efetuar essa visualização autocurativa, feche os olhos e mergulhe profundamente em seu coração. Sinta dentro dele sua essência maravilhosamente iluminada pelas vibrações da compaixão. Manifeste sentimentos fraternos por toda a existência e esqueça qualquer drama ou sensação tormentosa. A compaixão divina, fonte de inspiração de bilhões de Budas e Cristos, brilha dentro do mani. Tome consciência disso e brilhe junto! Alegre-se! A bem-aventurança (ananda) mora no centro de seu coração. Desprovido de qualquer egoísmo e arrogância, visualize uma grande esfera energética em frente ao seu peito. Ela é um sol intenso flutuando a sua frente. De seu centro, emanam cinco raios coloridos: amarelo, azul, verde, vermelho e branco. Esses raios interpenetram o coração e vivificam-no com a vitalidade da esfera luminosa. Imagine que as cores dos raios refletem no seu mani (jóia) e espalham-se cheias de amor por todo seu corpo. O próximo passo é direcionar os raios coloridos diretamente da esfera em frente para os lótus (chacras) na seguinte freqüência: branco para o lótus frontal; azul para o lótus laríngeo; verde para o lótus do coração; amarelo para o lótus do umbigo; vermelho para o lótus do baixo ventre. Após banhar-se nas lindas cores, procure trabalhar individualmente cada um dos lótus. Concentre-se apenas no raio branco inundando o lótus frontal. Que a

23

plenitude da luz branca limpe o centro de sua mente e cure as feridas causadas pelos pensamentos aflitivos. Om Mani Padme Hum!* Concentre-se no puro raio azul inundando seu lótus da garganta. Que a tranqüilidade do irmão azul possa pacificar o seu centro de expressão no mundo e possa curá-lo dos males da fala e do julgamento. Om Mani Padme Hum! Concentre-se no raio verde inundando seu lótus do coração. Que a simpatia da natureza verde possa promover a luz da alegria em seus sentimentos e possa curar suas dores afetivas. Mergulhe nas ondas amigas da paz. Om Mani Padme Hum! Concentre-se no raio amarelo inundando seu lótus umbilical. Que a vivacidade do amigo amarelo possa comunicar-lhe a alegria de sentir a luz do universo no âmago de si mesmo e possa curá-lo da ação das intempéries emocionais instintivas alojadas em suas entranhas. Om Mani Padme Hum! Concentre-se no raio vermelho inundando seu baixo ventre e chegando até a base da coluna. Que a potência do curador vermelho possa comunicar a seu corpo a cura da Mãe Terra e a alegria da vida. Om Mani Padme Hum! Agradeça a compaixão divina pela ação benéfica das luzes coloridas em sua vida. Finalizando essa realização colorida, junte as mãos na altura do peito e visualize que a esfera de luz em frente ao peito transforma-se em uma linda flor azul (a pessoa escolhe o tipo de flor de seu agrado). Ofereça essa flor espiritual a todos os seres sencientes do universo, visível e invisível. Om mani Padme Hum! Alegria! Alegria! Alegria!" Aproveitei o lance e fiz o exercício a medida que eles explicavam-no. O efeito é bem legal! Ativa as energias pelo corpo e descansa a mente sem tirar sua vivacidade. Agradeci a eles pela disponibilização dessa visualização aos leitores. Lentamente fui deixando de percebê-los. Suas imagens foram diluindo-se gradativamente. Contudo, um deles ainda pediu-me para acrescentar aos leitores o seguinte: "Para uma autocura mais eficaz é necessário o rompimento com as dores do passado. Lembranças aflitivas levam a consciência ao reino do ilusório. Tudo é passageiro nessa roda do samsara (do sânscrito: "roda do renascimento obrigatório"). A característica das energias do plano físico é a impermanência: TUDO PASSA! Voltar ao passado é o mesmo que viajar ao cemitério de si mesmo. Corresponde a enterrrarse sob toneladas de emoções insidiosas e mal-resolvidas. Viajar ao passado só é válido como questão terapêutica ou de pesquisa que reverta em sabedoria e solidariedade no momento presente, também passageiro, mas necessário à experiência da consciência no plano fenomênico. Cada ser é divino, é expressão da compaixão perene que anima a todos. Como portadores da divindade dentro da jóia do coração, todos estão destinados à felicidade serena e à expressão da divina compaixão em si mesmos. E essa bemaventurança não reside no passado e nem é filha das dores de antanho. Ela é resultado direto dos esforços executados no aqui e agora. Ninguém encontra a plenitude nas feridas do passado. Mas, é possível encontrá-la agora mesmo, no brilho da jóia do coração. O perdão consciente liberta a pessoa das amarras psíquicas do ódio e faz surgir as maravilhosas energias da compreensão. O resultado efetivo disso é o canto da compaixão alegrando a consciência em todos os planos: OM Mani Padme Hum!" Bom, anotei e agora estou digitando tudo isso. Não sei se conseguirei completar o tal artigo agora, mas, de qualquer maneira, o congestionamento cerebral desapareceu. Acho que já dá para terminar de ler o gibi do Super-Homem. Om Mani Padme Hum a todos os leitores! - Wagner D. Borges * OM MANI PADME HUM (do sânscrito): "Salve a jóia no lótus!"; Esse é o mantra da compaixão divina usado pelos budistas tibetanos. É uma dádiva de Avalokitesvara, o boddhisattva da compaixão.

24

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful